MENU

quinta-feira, 8 de dezembro de 2005 - 11:40Fusca & cia.

Pra não dizer que não falei dos fuscas…

…nesta quinta-feira luminosa e outonal em SP, no dia dos 25 anos da morte de Lennon, eis a preciosidade. Note lá no fundo, a calotinha… Aliás, tem um Fusca também, se não me engano, na foto de “Abbey Road”.

9 comentários

  1. Luiz Ribeiro disse:

    Pessoal tem um colega de trabalho que é doente por veículos antigos, ele tem um Fusca 69, uma Kombi 75 e acaba de comprar um Fiat 147 e está dizendo que pensa em comprar mais um Fusca, procurem no Google por Marco Rebuli.

  2. zams disse:

    ” Pra não dizer que não falei dos fuscas… ”

    Flavio Gomes,
    Você já fez o melhor texto que já li sobre fuscas no seu ótimo livro ( meu presente oficial neste Natal, junto com o DVD A Carne é fraca) .
    Aproveito indicar a você este DVD depois do que li aqui sobre os patos.

  3. Carlos Barreto disse:

    Oi Flávio! Realmente existe um fusca branco, na capa do LP “Abbey Road” e a placa dele é “28 IF”. Essa placa é uma brincadeira, pois na época do lançamento havia um boato que o Paul McCartney havia morrido alguns anos antes. Assim, em 1969 ele TERIA 28 anos (28 IF) se estivesse vivo. Essa também é a razão para o Paul McCartney estar descalço, pois lá na Inglaterra os mortos são enterrados descalços. Um bom exemplo do “Beatle-humor” :). Tanto, que anos mais tarde, o próprio Paul lançou um LP ao vivo chamdo “Paul Is Live” e a capa é justamente ele atravessando Abbey Road e com o mesmo fusca, mais com a placa “43 IS” :)

  4. b. disse:

    sim, há um fusquinha na capa do Abbey Road, o melhor dos Beatles pra mim!

  5. Rangel disse:

    Confesso que estou atravessando a síndrome dos Quarenta Anos como voce Flávio, mas para mim não dá para sentir saudades do Fusca, não tinha porta-malas, sentava com a cara no vidro e na maioria deles um desagradável fedor de Gasolina dentro. Uma das maiores estu.pidez que vi na Automoblilística foi a volta do Fusca captaneada pelo Itamar, só serviu para mostrar para mais gente ainda como é ruim um Fusca, infelizmente ele teve de morrer duas vezes. Sinto mais saudade da Brasília, meu primeiro automóvel, e cumpri com pelo menos uma promessa na vida, nunca comprei um Fusca.

  6. Carlos disse:

    Parabéns sr. Flávio, que bom vc ter parado nos anos oitenta. Há quem tenha viajado a Woodstocks e ainda não tenha retornado …

  7. Aliandro Miranda disse:

    Está parecendo aqueles caras que medem a temperatura da pista no pitlane!

  8. Rodrigo Soares disse:

    Pô o Fuscão é o fuscão! Praticamente o Yollow Submarine da WV.

  9. Cláudio disse:

    O George era muito melhor….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *