MENU

Thursday, 22 de December de 2005 - 16:54Álbum sobre rodas, Kombi & cia.

Promoção das Kombis encerrada

Muito legal a participação dos blogueiros na brincadeira de me mandar fotos de família em que aparecessem Kombis. Recebi muitas, e agradeço a todos. O vencedor é Felipe Santos Alves de Souza. Não só pelas fotos preciosas (algumas delas abaixo), mas pelo que escreveu, também. Com sua permissão, Felipe:

Desde que comecei a acompanhar o seu blog e a sua campanha pelas Kombi, eu estava pensando em te mandar algumas fotos antigas do meu avô que estão guardadas aqui em casa. Mas faltava coragem de procurá-las. Mas eis que hoje eu estou em casa, de folga, e aproveitando que você ofereceu um pequeno “mimo” pra quem mandasse a foto mais legal, resolvi sair um pouco da frente do micro e ir à caça das fotos.

Fui pro sótão à procura dessas fotos, num puta calor, vasculhar caixas e caixas empoeiradas. Achei um monte de coisas que nem lembrava que tinha mais. Vários LPs, livros escolares antigos, etc… mas nada das fotos.

No fim, já com dor nas costas de ficar todo torto entre a laje e o telhado, e espirrando por causa do pó, achei a caixa em que as fotos estavam.

Agora que elas já estão ‘scaneadas’, aproveite. Caso nenhuma delas seja eleita como a mais legal e você quiser colocar no seu blog, fique à vontade. Está autorizado.

Segue a descrição delas:

Kombi 0001 – Meu avô e a Kombosa… detalhe. No verso, a data escrita a mão: 17/09/65

Kombi 0002 – Típica foto em frente do carro. O Sr. mais “forte” da foto é o meu avô (Agostinho). Ao lado dele com uma bolsa no braço é a minha avó (Maria). E o menino sentado no chão à direita é o meu pai (Flávio). Não sei identificar quem são as outras pessoas.

Kombi 0003 – Passeio na praia. Ente as mulheres, minha avó é a que está usando o maiô preto e branco (nunca escrevi maiô, nem sei se está certo). Data no verso: 23/02/66

Bem ou mal, essa brincadeira serviu de pretexto para pessoas como o Felipe perderem algum tempinho atrás… do tempo perdido. Reencontraram objetos, sentiram saudades, mataram as saudades. Aqueles livros da escola que guardamos para nunca mais vê-los, e que a um toque despertam tantas memórias. Discos antigos que escutamos em bailinhos na garagem, relógios parados, lembranças e mais lembranças.

A brincadeira cumpriu sua função. O Felipe vai receber sua camiseta e seu boné da Renault. E mando junto meu abraço ao seu avô, Agostinho, onde quer que ele esteja. Essas fotos abaixo são um pouquinho de Brasil.

7 comentários

  1. Flavio says:

    gostei das fotos.Você :gostaria de ter algumas fotos de kombis antigas?

  2. Sergio CaFalque says:

    Viva as inesqeuciveis kombosas…minha historia mais legal com ela foi quando ainda morava em Birigui, eu e mais quatro amigos, pra nos “livrar” das namoradas e irmos “zonear” passavamos pelas casas delas (o namorado escondido deitado na kombi) e perguntavamos por ele, na cara dura…
    Assim ela tinha certeza que ele nao estava com os cafajestes de sempre…rsssss
    Boas lembrancas…

  3. Luiz says:

    Essa branquinha com a cara meia amarrotada parece que éra a mais gostosa… E essa kombosa da foto deve ter mt historia pra contar… Pena que ela nunca vai falar nada…

  4. Luiz says:

    É…. kombi era o carro da época qdo biza era viva…

  5. Eduardo S SP says:

    Tempos ingenuos (apesar da ditadura) aqueles

    Não os presenciei, pois sequer existia na época (anos 60) mas parecem ter sido tempos mais simples, menos complexos e menos rapidos que os tempos atuais

  6. Planeta says:

    excelentíssima essa brincadeira!!!! Vai despertar a memória de muitos aqui!!! Só estou esperando Opalas e Caravans

  7. HF says:

    Belo post e belas fotos, até pra mim que não sou nem um pouco fã de kombi.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *