MENU

segunda-feira, 13 de outubro de 2008 - 12:29F-1

MAIS UMA

SÃO PAULO (tirando as dúvidas) – Está no Blog do Capelli, e reproduzo acima, tomada aérea da largada em Fuji. Muita gente não entendeu por que Hamilton, apesar de ter se segurado quase na frente com sua freada tresloucada, de repente apareceu atrás de Massa na segunda volta. É que quando foi ultrapassado por Kubica e Alonso, partiu para cima dos dois e acabou saindo da pista.

Esse rapaz precisa de maracujina.

107 comentários

  1. McLeo disse:

    bom, mas vcs precisam ver o video onboard do hamilton, o alonso fechou ele, tocou no pneu de hamilton ai ele perdeu controle daquele jeito. Hamilton ia passar, mas Alonso, viu e AQ NAO…..

  2. Djalma disse:

    Excelente, Jean.

    já dizia Jacques Villeneuve: “Schumacher é um excelente piloto, mas se for pressionado…”

  3. Jean disse:

    Esqueci de comentar umas coisinhas:

    1. Você deve ter confundido 2006 com 2005, que foi quando a Michelin tinha um melhor equilíbrio entre aderência e durabilidade que a Bridgestone, já que não podia trocar pneu nos boxes. Eu nem conto a temporada de 2005 pra comparar Alonso com Schumacher, pois foi tão fácil ganhar do alemão quanto foi fácil ele ganhar dos outros pilotos entre 2000 e 2004, por isso acho bem discutível esse negócio de Schumacher ser o melhor piloto de todos os tempos, ele é o maior vencedor, mas o melhor, não mesmo.

    Entreguem o melhor carro a Alonso por 5 anos seguidos, aí depois a gente vê o que ele fez. Só isso já justificaria o que eu penso de Schumacher, ou seja, maior vencedor é diferente de melhor piloto de todos os tempos.

    2. Essa história dos amortecedores de massa foi mais um episódio da novela: Schumacher tem que se aposentar como campeão. O negócio passa metade da temporada sendo aceito, aí do nada proíbem. Claro, viram que o carro da Ferrari se recuperou na temporada, aí pioraram o da Renault para ter briga até o fim no campeonato, ainda bem que se deram mal e a justiça foi feita.

    3. Briatore já trabalhou com Schumacher e Alonso, ele disse que, sob pressão, Schumacher erra muito mais que Alonso, como vimos na temporada 2006, em que foram 0 erros de Alonso contra pelo menos 3 de Schumacher.

  4. Jean disse:

    Ricardo, não é que eu acredite nisso, é realmente o que houve, eu li as declarações de todo mundo sobre o assunto e dá pra concluir claramente que foi assim que tudo aconteceu. Sinto muito, mas se você não leu o que o marcel escreveu, não tem direito de dizer absolutamente nada, pois não há argumento contra o que ele falou, foi exatamente assim que tudo aconteceu.

    Alonso só não tem espaço na Ferrari, por enquanto, porque o Jean Todt ainda é ligado à equipe. Na McLaren, basta ele estalar os dedos que volta pra lá, quem quis sair de lá foi ele, não foi a equipe que expulsou. Só não entra em outra porque não quer, demora a decidir o futuro, aí as outras não esperam e definem seus pilotos, só quem está esperando é a Honda e a STR, mas ele deverá ficar na Renault mesmo.

    Quanto a 2006, quem disse que a Michelin era melhor que a Bridgestone? A única corrida em que a Bridgestone não foi bem foi a da Austrália, a terceira daquele ano. Schumacher se esforçou tanto pra conquistar um bom resultado que rodou e bateu SOZINHO, na pista seca.

    Na Malásia, a Ferrari trocou o motor de Schumacher e ele largou em 12º, se não me engano. Massa trocou o motor 2 vezes (a segunda foi claramente pra ele largar atrás de Schumacher, maior piada) e largou em último. Sabe qual dos dois chegou na frente na corrida? Massa em quinto e Schumacher em sexto. A Ferrari só não fez jogo de equipe pra Schumacher chegar na frente porque isso ficou proibido desde aquele episódio da Áustria de 2002.

    Nas 3 primeiras corridas, a Renault estava melhor mesmo, então não era obrigação de Schumacher chegar na frente, mas a partir da quarta corrida, que tem aquele intervalo de 3 semanas entre os GPs asiáticos e os europeus, aí a Ferrari ficou melhor. Você vai ver como Alonso teve muito mais problemas que Schumacher, e mesmo assim venceu a temporada.

    San Marino: essa pista sempre favorece a Ferrari, até em 2005 o carro mais rápido nela foi o de Schumacher. O alemão foi pole, mas após o primeiro pit stop, usou um jogo de pneus péssimo. Com isso, Alonso chegou nele rapidinho. Alonso tinha feito o primeiro pit bem depois de Schumacher, ou seja, faria o segundo pit bem depois também, mas a Renault cometeu sua primeira cagada na temporada: antecipou o segundo pit do Alonso. Com ele mais pesado, Schumacher, mesmo lento, conseguiu parar e voltar na frente. Como é quase impossível passar nessa pista, ficou assim.

    Aí eu pergunto: Ferrari errou no pneu do Schumacher no segundo trecho da corrida. Renault errou ao antecipar o box do Alonso (se ele se mantivesse atrás de Schumacher e esperasse o alemão parar, só precisaria de uma volta com pista livre pra voltar na frente e disparar depois). Qual dos erros foi pior? O da Renault, afinal, Alonso ficou em segundo, atrás de Schumacher na corrida. Fique contando aí os erros de cada equipe, ok?

    GP da Europa: Alonso fez a pole e Schumacher venceu, confirmando que seu carro era melhor e anulando o GP do Bahrein, em que Schumacher foi pole e Alonso venceu, e como foi a primeira corrida, a Renault realmente estava melhor.

    GP da Espanha: casa de Alonso, normal ele vencer sem ter o melhor carro, mas competência dele também.

    GP de Monaco: Schumacher parou o carro de propósito no treino classificatório e foi pro final do grid. Além da punição ter sido completamente JUSTA, ele ainda ficou em quinto, ou seja, ainda saiu no lucro. Erro do piloto em achar que podia enganar os comissários, e se não foi de propósito, erro dele no treino classificatório, e se foi intencional ou não, ele atrapalhou NA PISTA todos os 9 carros que disputaram a super pole, ao contrário do que a McLaren aprontou pro Alonso no ano passado, que apenas impediu NO BOX que o carro da outra equipe fizesse a segunda tentativa pra tentar a pole (sendo que não existe regra pra punir isso, no caso de Schumacher a regra existe). Erro do piloto é erro do piloto, intencional ou não, não conta, é incompetência, então não conta.

    Parciais: Bahrein se eliminou com Nurburgring, Malásia: Ferrari errou com Schumacher porque precisou trocar seu motor, mas ele ficou em sexto na corrida, ganhou 3 pontos, contra 8 de Alonso, pois o vencedor lá foi Fisichella. Austrália e Monaco: erros de Schumacher. Abandonou ao bater na Austrália e ainda salvou 4 pontos em Monaco. San marino: erros das duas, porém só o erro da Renault prejudicou ela, mas ainda salvou 8 pontos pra Alonso. Schumacher venceu. Com 7 corridas disputadas, Ferrari está com um erro a mais, o da troca de motor, o resto se anulou ou foi erro de Schumacher.

    Inglaterra e Canadá: pistas rápidas favoráveis à Ferrari, mas na competência, Alonso venceu. Semelhante à Espanha, não houve problemas pra ninguém.

    GP dos EUA: A Renault errou completamente nos pneus de Alonso, tanto é que em um determinado momento da corrida, Fisichella, seu companheiro de equipe, teve que ultrapassá-lo, para salvar a equipe, pois Alonso estava muito lento. Acabou em quinto na corrida, enquanto Schumacher venceu. A partir daqui, a Bridgestone já tinha uma enorme vantagem.

    Parciais de erros das equipes: 2 erros da Ferrari com Schumacher, 2 erros da Renault com Alonso. Quantos pontos cada piloto conseguiu com erros das suas equipes? Schumacher; 3 + 10 = 13. Alonso: 8 + 4 = 12. Schumacher já está em vantagem. Como já falei, erro de piloto não conta, é incompetência e/ou pressão sofrida. E já equilibrei o desempenho dos carros.

    GP da França: Renault errou no pneu do treino classificatório/largada e teve que mudar a estratégia na corrida para corrigir seu erro. Erros da Renault: 3 x 2 Erros da Ferrari. Se bem que esse erro não atrapalhou em nada a Renault, pois Alonso foi segundo e Schumacher o primeiro, o que já era esperado pela superioridade do carro da Ferrari.

    GP da Alemanha: Renault errou no pneu nos dois carros e na corrida inteira, tanto é que Alonso ia ficar em sexto, só ficou em quinto porque Webber abandonou perto do fim, aí o sexto foi Fisichella. 4 a 2 nos erros das equipes (na prática, 3 a 2, pois o erro da França não alterou nada).

    GP da Hungria: punição JUSTA a ambos os pilotos. Os dois ficaram no Q2 e largaram no meio do pelotão, com Schumacher obviamente na frente, pela superioridade do carro. Na corrida, chuva. Alonso faz uma das primeiras voltas mais espetaculares de todos os tempos e, mais tarde, quando está na liderança, a Renault não prende direito a roda traseira do carro de Alonso, causando o abandono do piloto. Schumacher insiste com pneu intermediário quando a pista já está toda seca e acaba abandonando também, mas além do erro ter sido do piloto, nas brigas com Heidfeld e Pedro de la Rosa, ele ainda ganhou um pontinho pela desclassificação de Kubica em sua corrida de estréia. 5 a 2 em erros da Renault, 4 a 2 na prática.

    GP da Turquia: Schumacher erra sucessivas vezes naquela famosa curva tripla do circuito, aí foi conservador na sua volta decisiva e acabou largando atrás de Massa e Alonso, e a corrida terminou assim, por erro do próprio piloto, ou seja, incompetência, não conta.

    GP da Itália: Punição INJUSTA a Alonso por ter supostamente bloqueado Felipe Massa nos treinos, a apelação pra Schumacher se aposentar campeão ganhou força total aqui, já que foi nesse GP que o alemão anunciou sua retirada das pistas. Foi injusta porque na câmera onboard de Massa não dava pra ver o carro de Alonso na frente dele, pode procurar até no Youtube, se quiser. Além da punição, o motor de Alonso explodiu quando ele iria marcar alguns pontos. Explosão de motor = erro da equipe. 6 a 2 em erros da Renault, 5 a 2 na prática por causa do GP da França, não se esqueça.

    GP da China: chuva desde os treinos, e chuva é com Alonso (pelo menos com Michelin ele era perfeito na chuva). Fez pole, dominava a corrida, quando no primeiro pit stop a Renault decidiu trocar os pneus intermediários de Alonso, coisa que outras equipes já não tinham feito, como a Honda com Rubinho, por exemplo. Com pneus intermediários novos, o carro perdeu rendimento, aí Schumacher chegou nele, passou, Fisichella passou, até que no segundo pit fizeram tudo certo com os pneus, só que era tarde, Schumacher venceu, com Alonso em segundo após passar o fraco Fisichella. 7 a 2 em erros da Renault, 6 a 2 na prática. Os pilotos estão empatados no campeonato, faltando 3 corridas.

    GP do Japão: os pneus Michelin não rendem na classificação, as duas Ferraris largam na frente, com Massa em primeiro. Na corrida, os Michelin, escolhidos mais duros nos treinos, duram mais e Alonso tem um bom rendimento, superando Massa e, ao perseguir Schumacher, o motor da Ferrari do alemão explode. 7 a 3 em erros da equipe, 6 a 3 na prática, e 1 a 1 em problemas de motor, estão quites nisso.

    GP do Brasil: para Schumacher ganhar o campeonato, ele tem que ganhar a corrida e Alonso não pontuar. Ele teve problemas no carro no treino oficial, teve pneu estourado na corrida, mas o carro dele foi disparado o mais rápido. Mesmo você somando esses dois problemas para a Ferrari, ficamos em 7 a 5, ou seja, a Renault ainda errou mais, e na prática continua 6 a 3 pra Renault, pois errando 0 ou 500 vezes nesse GP, Schumacher não levaria esse campeonato, pois Alonso pontuaria de toda forma.

    Alonso é bom ou não é? Se disser que não leu, nem adianta opinar.

  5. Ricardo disse:

    enqto Toro Rosso e Force India usarem motores Ferrari , o Alonso tem chances de ainda acelerar um propulsor da Ferrari !! pq na equipe oficial , nem pintado de ouro !! alías ele tem as portas fechadas nas 2 principais equipes da F1

  6. Ricardo disse:

    Djalma
    Parabéns pelo seu dia !!!rs

    Essas Alonsetes são de doer !! rs !!

    Jean, se vc acredita nisso , tudo bem !! cada um acredita no que quer !!! essa de que a Mc Laren beneficiou o Hamilton , foi de doer !! o Lewis conquistou a preferencia da equipe dentro da pista !! qto a 2006 , nem vou comentar !! a Renault / Michelin era muito melhor que a Ferrari Bridgestone , além do que tinha irregularidades no carro !! lembra de um tal amortecedor de massa proibido ? qto a punição , vc deveria citar Monaco , aonde o Schumacher foi levado prá ultimo no grid , e não teve a molezinha do ano passado na hUngria , qdo´o cara só perdeu 5 posições numa atitude aonde ficou claro que ele foi sujo contra o Lewis ..

    ano passado eu vi todo o “talento” do Alonso !! KKKKKKK

    ele é tão talentoso , que nenhuma equipe de ponta quer contar com ele , só sobra as Honda e Toro Rosso da vida

  7. SpeedRacer disse:

    Esses Alonsetes são froids!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>