NO COMMENTS

Posse de José Sarney no governo do Maranhã em 1966, filmada por Glauber Rocha.

Subscribe
Notify of
guest
49 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Valmir Passos
Valmir Passos
12 anos atrás

Tem gente que vai comemorar aqui. Mais uma pizza confirmada hj.
Os porcos da oposição ( e me desculpem os porcos no mundo animal pela ofensa) fizeram um acordo com os porcos do governo. E assim caminha esse país. E assim se perpetuam Sarney, sua corja, e aqueles que o apóiam. Inclusive o presidente.

Ze Ruela
Ze Ruela
12 anos atrás

Cada povo tem o governo que merece.
Numa democracia o povo sempre esta no poder.
Infelizmente vagabundos e picaretas sao os eleitos da maioria.
Querem provas mais claras que somos como povo uns idiotas?

Mario Echigo
Mario Echigo
12 anos atrás

com tanta gente boa que morre neste mundo e tem alguns que se perpetuam fazendo tanto mal….

Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
12 anos atrás

É incrível a cara de pau desse Sarney, não larga o osso nem a pau! Ele e essa galera que está com ele. Nem o presidente, que insiste em defendê-lo, escapa. Tudo podre.
Como pode? Eles sequer ficam corados.
A capital do nosso país… Tinha que acabar com tudo e começar de novo.

Aledi
Aledi
12 anos atrás

Não li os outros comments mais o cara tá na política a mais de 50 anos, a família dele é dona do Maranhão pq não aposenta e cai fora! Não da pra entender, aliás da sim. Dinheiro, quanto mais se tem mais se quer! Só que no caso dele roubando do povo, aliás dele também.

ALEX B.
ALEX B.
12 anos atrás

O locupletado Sarney deve ter pago bem ou naquela época ainda não era o Zé “de triste memoria” Sarney…

Paulo César
Paulo César
12 anos atrás

Afinal ? Quem é que vota nessa corja ??????

Fazer profilaxia neste bando à base de azeitona de chumbo ?

Tô dentro, é só me avisar quando começa !

Valmir Passos
Valmir Passos
12 anos atrás

Interessante…meu post anterior, porque criticava o apoio de Lula a Sarney, foi bloqueado…..
Ok

Victor
Victor
12 anos atrás

O entusiasmo popular da época se justifica. O José Ribamar começou na política na União Democrática Nacional – UDN que era um partido conservador e moralista de oposição a Vargas e suas bagunças e corrupções. Não podemos nos esquecer da figura do Benjamim Vargas, o Beijo, notório patrocinador de puteiros no Rio de Janeiro, os anos 50 eram uma baderna mesmo. A UDN era oposião à falta de ordem e vendia seu discurso neo-liberal antes do tempo. Tudo blá, blá blá. Apoiou o Janio que lhes deu um pé na bunda e eles acabaram dando um pé na bunda dele.
Sarney entrou nesse bloco conservador sempre vendendo a eficiência, honestidade, ordem e progresso, essas bobagens.
Quando ganhou no Maranhão foi justamente contra coronéis que mandavam no estado desde os anos 20, foi uma esperança. No final ficou pior a emenda que o soneto, Sarney de progressista acabou por incorporar as piores práticas do coronelismo , guinou para a direita com a Arena e principalmente adquiriu a característica camaleônica que era atributo do antigo inimigo PSD.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
12 anos atrás

Muito bom… Viva o Sarney (sic)!!!!

O que esta acontecendo é o que o Lula mais quer… quanto mais as nossas casas legislativas estiverem em frangalhos melhor para o nosso mandatário…

O Lula deve se divertir com o espetaculo dantesco dos ultimos tempos….

Senado e Camara dos Deputados apodrecidos… melhor estrada para o continuismo barato da turma que hoje esta por cima.

É uma pena para o Brasil… mas méritos para a camarilha do Planalto que está conduzindo (apenas e tão exclusivamente para beneficio proprio) muito bem a crise… deixando o Brasil em pandarecos…

Abraços

Emperor Ricardo Bigliazzi

Abraços

Imperador Ricardo Bigliazzi
“Profeta do 3o. Mandato”

Marilia Compagnoni Martins
Marilia Compagnoni Martins
12 anos atrás

como de costume, li o blog antes de dormir, e o último post era esse

po Flavio, filme de terror que me fez ter pesadelos!

assim fico com medo de ler o blog antes de dormir!

Wladimir
Wladimir
12 anos atrás

e pensar que o PT e seu discurso ético seria a solução para a moral deste país.

triste ilusão….

Joaquim de Souza
Joaquim de Souza
12 anos atrás

Inacreditável como nada muda nesse país.

Nem sei o que dizer!

vitão
vitão
12 anos atrás

só faltou prometrer uma corrida da Estoque em São Luiz, porque se Salvador tem, SL não pode ficar atrás……..

Demerval Jr.
Demerval Jr.
12 anos atrás

“Quanto mais as coisas mudam, mais elas continuam as mesmas”

BARAO VERMELHO
BARAO VERMELHO
12 anos atrás

COMO DIZ A MINHA AMIGA ROBERTA CLOSE, EU NÃO TENHO MAIS SACO PRÁ ISSO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Jonathas Nascimento
12 anos atrás

“Será que nunca faremos
Senão confirmar
A incompetência
Da América católica
Que sempre precisará
De ridículos tiranos
Será, será, que será?
Que será, que será?
Será que esta
Minha estúpida retórica
Terá que soar
Terá que se ouvir
Por mais zil anos…”

E bote zil anos nisso!

gustavo henrique
gustavo henrique
12 anos atrás

em pensar que o maranhão já foi uma das potências economicas do brasil a mais de 100 anos… em pensar que este mesmo estado tem rodovias, portos e ferrovias, além e inúimeros rios e solo fétil que se planta tudo é um estado mizerável e deprimente!
e em pensar que tudo que disse acima já caiu no lugar comum! é uma pena.

adam9000
adam9000
12 anos atrás

Pelo que vemos e ouvimos ultimamente, nunca valeu tanto a máxima: “…na prática, a teoria é outra…”

Sarney encarna o lema como poucos.

Roberto
Roberto
12 anos atrás

Sarney é o Dom Corleone brasileiro e merece respeito cáspita! Senão respeitar apaga!

Roberto
Roberto
12 anos atrás

-Nunca na história deste país o povo teve um presidente com ex-presidentes ao seu lado. Digo o meu querido Sarney e Collor.
Que felicidade pois também temos o Renan conosco nesta luta.

-Brasileiros e brasileiras.
É com muito pesar a atual história da instituição desta maravilhosa casa que é o senado. O razão e o povo estão do meu lado. Sou o maior poeteiro que este país já teve. Escrevi vários livros. Sou doutorado! Ex-presidente, Ex-governador! Sou Senador. Sou um político de sucesso! Não vou e nunca renunciarei ao meu mandato de senador. Pois sou um político de cargos vitalício e irei até o fim. Colocar a minha família a minha disposição não é nepotismo. É confiança! No futuro eu voltarei a ser presidente desta grande nação chamada Brasil. Eu vou realizar o sonho das massas. E o meu querido Maranhão! Oh Maranhão! Que beleza de povo! Vou criar três novos estados: O Maranhão do Norte, o Maranhão do Centro e o Maranhão do Sul. Toda a minha família vai administrar com competência e ousadia. A política para mim é algo familiar, passado de pai para filho de geração em geração e assim vai a vida. Muito obrigado povo brasileiro e o povo do maranhão por demonstrar tamanho carinho, gratidão e gentileza por mim. Obrigado meu Brasil!

Felipe Soares
Felipe Soares
12 anos atrás

Faltou o camarada gomov ai, menção honrosa por conta do post apoiando o fumo.

Antonio Carlos
Antonio Carlos
12 anos atrás

Viva Glauber Rocha.

Márcio Heide
Márcio Heide
12 anos atrás

Caro FG,

Será que, como jornalista, o Sr. entende como é bom manter o cidadão longe do conhecimento do que é cidadania?

Ignorantes não tem nem do que reclamar, salvo “entregar nas mãos de Deus”… pq nem sabem que podem reclamar.

Enfim, é isso que eu falo quando me refiro a fortalecer nossas tendências terceiromundistas.

Saudações.

Mauricio
Mauricio
12 anos atrás

E ainda por cima o documentário foi produzido pelo Barretão, que se transformou no Sarney do cinema brasileiro, e o trata como se fosse seu Maranhão.

Edilson Vieira
Edilson Vieira
12 anos atrás

Vôte, pensei que tinha entrado no blog do Kostcho! Mas, vamos lá: quanto ao preconceituoso que afirmou, alguns comentários acima, de que “a política do nordeste é o tumor da nossa política” quero lembrá-lo que esse “tumor” que eu defino melhor como “abandono pelo poder central” dos nordestinos, começou bem lá atrás, na ganância das elites que fundaram a Velha República. A politica do Café com Leite foi o lado mais evidente desse cancêr gerado no centro-sul com consequencias no Norte-nordeste. Enquanto a industrialização, a riqueza e o poder político ficava concentrado em algumas áreas do país, o Norte nordeste ficava com o quê? A Confederação do Equador (primeira tentativa politica de emancipação do povo nordestino) foi sufocada pelo governo. Canudos, pirmeira demonstração de força popular, idem – depois de séculos de abandonos vcs queriam o quê? Sim, o povo do Maranhão ainda vive a pré-história da consciência politica para eleger por tanto tempo uma familia que só sugou e explorou a vida de cada um desses eleitores deixando o Maranhão no mais penoso atraso de toda a região enquanto a Bahia, Pernambuco e o Ceará, por exemplo, fizeram suas revoluções democráticas dizendo não a esses coronéis enfadados e elgendo lideres politicos com algum compromisso com o desenvolvimento de seu povo e seu estado. É lamentável que Lula (que tanto fez e está fazendo por Pernambuco – meu estado ) como presidente, compactue com a vergonhosa família Sarney que solapam o Maranhão, o Senado ou qualquer lugar público onde botem as patas, digo, os pés, em troca de um apoio político para sua candidata, Dilma em 2010. Lula poderia jogar o jogo político de uma maneira menos aviltante.

Márcio Montechese
Márcio Montechese
12 anos atrás

Foi o começo da continuação da desgraça do Maranhão. A miséria continua.

Vitor, o de Recife
Vitor, o de Recife
12 anos atrás

Roberto Torres, que eu saiba Maluf, Quercia, Garotinho, e muitos outros não são “tumores nordestinos”. Em termos de política, estamos TODOS na mesma m…

Breno Peixoto
Breno Peixoto
12 anos atrás

Quando era menino, não compreendi a tristeza de meu pai pela perda de Glauber Rocha… O cara foi capaz de dizer muito sem abrir a boca, só o discurso demagogo, as imagens e seu enquadramento característico (“uma câmera na mão e uma idéia na cabeça”).

Finalmente pegaram no pé do Sarney (que é senador pelo Amapá, pois no Maranhão não engana ninguém). Só acho que demorou, pois a imprensa sempre mostrou sua enorme fortuna, assim como as pilantragens de seu famigerado genro.

General Dególe
General Dególe
12 anos atrás

Um grande câncer! Um tremendo de um cranco é esse Sir Ney ! Mas é gozado , derrepente só tem ele é corrupto safado, Pedro Simón 40 anos na “profissão” de político diz que nunca viu nada igual , ah vá contar pena de tucano e chupar Dementocratas fascistas!

Mario Camargo - Utah
Mario Camargo - Utah
12 anos atrás

O mesmo bigode de “pelo social” de sempre, e a mesma cara de pau. A culpa toda e do povo que troca votos por dentadura e bolsa familia. Os mesmos de sempre.
Agora nao nos esquecamos (para aqueles que criticam a ditadura militar) que os comunistas pretendiam o mesmo. Ou seja, ou era uma ditadura militar, ou uma ditadura comunista. Para os que criticam o Chavez de hoje, o Jango de ontem pretendia o mesmo para o Brasil.
So mudam as moscas, a merda continua sempre a mesma.

rafael jorgens
rafael jorgens
12 anos atrás

Gomes!!! Vai continuar na política?
Aí vou ter que contar minha idéia de formar uma nova guerrilha e tomar brasilia (tentar). Resolvido na bala, e paredão pra muita gente.

Chico M.
Chico M.
12 anos atrás

Puuuutz!!!! Fora Sarney! E fora Lula também…

Earth Dreams
Earth Dreams
12 anos atrás

Sou Fiscal do Sarney.

Helder
Helder
12 anos atrás

É….impressionante!! Como o seu discurso demagógico e populista segue a linha que até hoje é utilizada por todos os políticos.
É o país dos Coronéis. E a culpa é única e exclusivamente nossa!

Marcelo
Marcelo
12 anos atrás

representa o que há de pior no país. lamentável em que estágio estamos…

FABIANO ROCCO
FABIANO ROCCO
12 anos atrás

Pois é, o Lula, assim como o FHC se aliou com o que há de mais podre e atrasado na política brasileira.

Mas nada supera o abraço de Lula em Collor, o homem que há vinte anos atrás contratou a ex-mulher do Lula para a mesma acusar o Lula de ter sugerido à ela que abortasse a filha que estava esperando do Lula.

Nesse episódio do abraço e elogios ao Collor, o Lula ultrapassou e muito os limites da politicagem! Abraçar e elogiar o Cara que jogou sujo com ele, foi demais!
Por isso que cada vez mais me convenço que a humanidade e o Brasil em especial é um caso perdido!

GB
GB
12 anos atrás

Detonou o Maranhâo… depois de 40 anos no poder, como também os grupos de Renan e Collor, tornaram o Maranhâo e Alagoas os Estados com os piores Índices de Desenvolvimento Humano do Brasil.
E o Lulla tá fechado com os três!!
E muita gente que se dizia de esquerda tá fechada com Lulla!

Rodrigo Lombardi
12 anos atrás

Sieg Heil, Sarney.

Cada palavra sua é mais um carvão adicionado ao fogo do inferno.

Continue falando, amigo, continue falando.

Murillo Ferrari
Murillo Ferrari
12 anos atrás

Esse documentário é um dos Extras do DVD de Terra em Transe. O filme, só ele, vale, e muito, a sua compra. Quando vi esse mini-doc nos extras tiver certeza da inegável perspicácia de Glauber.

Um pouco de história para os que não conhecem: ” A pedido do então governador eleito e amigo José Sarney, Glauber Rocha produziu um documentário sobre a cerimônia da posse do político em ascensão da UDN em 1966, dois anos depois do golpe militar de 1964. A posse de Sarney, em 1966, marcava o início da domínio político de sua família no Maranhão, interrompido somente em 1º de janeiro de 2007, com a posse de Jackson Lago no Palácio dos Leões.
Ante o discurso de posse de Sarney e a celebração da multidão com o novo governo, o documentário expõe a miséria da população maranhense. Enquanto Sarney, em um exercício retórico, se comprometia solenemente a acabar com as mazelas do estado, o filme mostrava as mesmas: casas miseráveis, hospitais infectos, vítimas da fome ou da tuberculose.” (Fonte: Wikipédia).

Vejam só que ironia… o documentário foi “encomendado” pelo próprio parasi… digo, Sarney…

Franck
Franck
12 anos atrás

OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS?

Franck
Franck
12 anos atrás

O que diferencia Saney / Lula / Collor e cia…???
Na minha opinião o que os diferencia em geral é o lado do balcão em que eles se encontram no momento. Só isso os diferencia.
Pensam e executam de maneira igual.
Collor, FHC e Lula pelo enorme apoio popular que tiveram (cada um em seu tempo) poderiam ter promovido enormes mudanças no nosso país. Eles juntos somam quase 20 anos de governo que é o tempo necessário para se fazer uma reforma educacional e mudar um país. Fizeram??? NÃO…Por que??? PORQUE NAO INTERESSA A QUEM ESTA NO PODER.
O presidente acha que os feitos de seu governo são mais importantes que o comportamento ético apresentado. Sempre com a desculpa que os fins justificam os meios. Isso não é exclusividade do governo atual.
Mas é sempre bom perguntar…Collor, Sarney, Renan e cia chegaram lá sozinhos? A educação do povo poderia mudar este resultado??? ENTAO…PRA QUE EDUCA-LOS??
Abraço grande.

Guilherme Azevedo
Guilherme Azevedo
12 anos atrás

é o nosso presidencialismo de coalizão. Tem que vender a alma ao diabo para se manter no poder. O mais bobinho nessa faina dá beliscão em parede.

Decio
Decio
12 anos atrás

e o que mudou no Maranhão de lá pra cá???
a miséria continua desgrassada para esse povo sofrido e esquecido.

Mas o registro é belo, ver kombis, jeeps,itamaratis,rurais,fuscas,f 100,f 75 é bem legalllllll

Roberto Torres
Roberto Torres
12 anos atrás

A política do nordeste é o tumor de nossa política.
Falta cultura.

Franco
Franco
12 anos atrás

Os nossos políticos não chegaram em uma nave espacial, forma criados em laboratório ou por geração espontânea. São frutos – e não só causa – de uma sociedade doente em valores, sociedade composta por pessoas que, em sua grande maioria, é composta por pessoas extremamente individualistas e com pouca noção de real respeito ao próximo, de se viver em comunidade.

São Paulo, onde fica a suposta “nata” intelectual do Brasil, não é diferente em nada do Maranhão, pois é capaz de eleger diversas vezes políticos como Serra, Maluf e etc, como Minas elege Newton Cardoso, Eduardo Azeredo, Aécio Neves, o Rio de Janeiro com seu Garotinho, Eduardo Paes, RGS com Yeda, Germano Rigotto… enfim, todos usam do Público para satifazer interesses pessoais, quando deveriam dispor de suas vontades pessoais para o bem do Público.

marcio
marcio
12 anos atrás

FG,
E incrivel como o Brasil de hoje é o mesmo de 43 anos atras, já vi o Sarney ser vice do Trancredo virar Presidente, apoiar o Collor, o Itamar, fazer parte do governo FHC e hoje virar protegido e protetor do Lula. Dá pra acreditar nesse país?

Beto
Beto
12 anos atrás

Faltou o Lula, o Zé Dirceu, o Renan e o Collor na claque para aplaudir.

Roberto Fróes
Roberto Fróes
12 anos atrás

Esses caras não mudam nunca!
Se você tiver saco de escutar o discurso, vai ver que a charopada era a mesma, há 43 anos atrás…
Também a maneira de falar – acredito que deva existir uma escola de oratória exclusiva para políticos – é idêntica à de qualquer outro seja lá que partido for.
No tempo do bipartidarismo, esse sujeito era o presidente da Arena – extremo oposto ao então MDB. Como pode, de repente, mudar para o outro extremo?
Ah, nossos políticos…
Mas o filme teve algo de muito bom: Eu vi pelo menos dois DKW Belcar!