A DESGRAÇA DA TOYOTA

SÃO PAULO (eu só achava feio e sem graça) – A cruzada, que nada teve de pessoal, mas sim de defesa do interesse do consumidor, foi levada a cabo pelo Boris Feldman. E a Toyota está proibida de vender Corollas em Minas Gerais.

A história toda está aqui, no blog do Boris. Há meses que ele defende a tese de que os Corollas feitos no Brasil têm os mesmos problemas que os milhões de carros chamados para um recall nos EUA, depois de acidentes fatais causados pelo travamento do pedal do acelerador. Aliás, recalls do modelo aconteceram também na Europa e na China.

Boris investigou e levantou vários casos semelhantes no Brasil, que foram divulgados também pelo jornal “O Estado de Minas”. A Toyota alega que o problema é do tapete, que enrosca no pedal. Mas há alguns acidentes cuja culpabilidade do tapete não foi comprovada, mesmo depois de duros interrogatórios. O tapete nada disse, nem sob tortura.

Se você tem um Corolla, azar seu; mau-gosto danado, carrinho mais sem sal da história do universo, um horror. Mas aqui não há brincadeira nenhuma: tome cuidado e vá a uma concessionária para saber se está tudo bem com o seu acelerador e com o seu tapete.

Enquanto isso, nas hostes soviéticas, é tudo alegria… Eu faria um recall das pernas, só. Muita celulite.

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Getro Duarte Mello
Getro Duarte Mello
7 anos atrás

Agora com a notícia de que o governo autorizou o aumento do teor de álcool na gasolina, eu que tenho um EVOQUE 2015_ gasolina e um GURGEL X12- gasolina, existe algum produto que possa usar no tanque de combustível para evitar o desgaste mais intenso dos componentes do carro?

Ana Cristina Sampaio
Ana Cristina Sampaio
12 anos atrás

Interessante essa ” cruzada ” em defesa do consumidor que o Sr. Boris Feldman entrou de cabeça!
Talvez ou muito provável que o motivo de tanta insistência, seria o não patrocinio da Toyota para seu programa nos veículos de comunicação. Interessante , nao?

ozires
ozires
Reply to  Ana Cristina Sampaio
12 anos atrás

Concordo… e note que a hyundai é patrocinadora do programa.

Td bem. ganhar dinheiro não é crime, né !

Luiz Mariano
Luiz Mariano
12 anos atrás

Caro FG:
desde quando homem consegue ver celulite?
Humm, influências antigas do Nicl B…

Marcus Vinicius Almeida
Marcus Vinicius Almeida
12 anos atrás

Em primeiro lugar, é notório para todos do meio jornalístico o quanto o Sr. Boris Karloff Feldman é um jornalista tendencioso e medíocre. Sempre atacou outras marcas e enalteceu a Fiat, desde o tempo em que acusava o Corsa 1.0 Sedan de não conseguir subir as ladeiras de Ouro Preto.

Sr. Boris, por que o sr. não age com a mesma eficiência ao buscar a segurança dos cidadãos, no caso do Fiat Stilo e suas rodas que se soltam?
Por que não vai usar seus argumentos de engenheiro, questionando o relatório do CESVI, que comprovou a falha do material ANTES do acidente, para a família das pessoas que morreram nos acidentes?
Demagogo, sua máscara vai cair logo!

JR
JR
12 anos atrás

Bom, tenho um Peugeot 206 SW ano 2008 com 33000 km.
Minha surpresa ao levar para trocar óleo do motor foi ter constatado pelos mecânicos que havia um vazamento de óleo de cambio no retentor da alavanca do eixo seletor (realmente visível) e qual a minha surpresa com a resposta do mecânico que poderia ser material ressecado.
Bom enquanto eu estava lá mais um caso surgiu do mesmo modo, enfim, acredito que não é só a Toyota que deva ter problemas de “maquiar defeito de montagem ou fabricação” o problema é que este está bem evidente MUNDIALMENTE ao contrario de muitos que passam batidos.

greyhound
greyhound
12 anos atrás

Vc viu o sobrenome do promotor ? da Matta.
Será que é parente do Cristiano ?

Orlando Salomone
Orlando Salomone
12 anos atrás

Nada como as noites geladas da Siberia para embelezar qualquer mulher. Cês tão metidos, hein?

Varlei
Varlei
12 anos atrás

Mais uma da serie, desgraça nunca vem sozinha,rs

Jorge
Jorge
12 anos atrás

Como diria Bussunda…….. “Se o Corolla daqui é assim, imagine o da Jamaica!”

Jorge
Jorge
12 anos atrás

Se a Toyota F1 foi o que foi, nada surpreende nesse lamentável Corolla.

Walter Campos - Poa
Walter Campos - Poa
12 anos atrás

Tenho um Civic 2009, até agora não enroscou o tapete e se enroscar eu puxo de volta.
Porém o que gasta de gasolina não é mole, média de 6 km/l na cidade e na estrada tenho que abastecer antes dos 400 km, pois fico com receio de não encontrar posto.
Pior ele estava fazendo uma media de 7>7,5 por litro com gasolina comum passei a usar aditiva e a média caiu, voltei a usar comum mas ainda não se recuperou.

Na época deixei de comprar um corolla ou um azera como me arrependo.
Walter

Moncho
Moncho
Reply to  Walter Campos - Poa
12 anos atrás

Pé pesado Walter… Essas não são as médias constantes em testes da imprensa especializada.

Jáder, O Pitoresco
Jáder, O Pitoresco
12 anos atrás

A lataria dessa mulher pode ter alguns amassadinhos, mas não precisa recall. Pernas grossas assim… eu lá quero saber se tem ou se não tem celulite! Só não perdoaria se tivesse varizes. Mas do jeito que tá aí, tá bom demais.

Reynaldo
Reynaldo
12 anos atrás

Que eu saiba a Toyota tem 2 fornecedores de acelerador. Um é japones e o outro é americano. O 1º, se voce se abaixar e olhar o pedal irá reconhecer pelos 5 parafusos cromados que montam a peça. Esse não é o modelo que dá problema e que vem equipado na maioria dos toyotas br.
O americano, que é o problematico, tem os parafusos na cor de aluminio.
Quanto à “senhorita” da foto, nada contra a celulite…mas que ela tem uma carinha de vagaba, hein? Dá não…

Mário Mesquita
Mário Mesquita
Reply to  Reynaldo
12 anos atrás

Quem vê cara, não vê o resto. E quem gosta de cara é tapa…eheh.

Brito
Brito
12 anos atrás

com esse monte de celulite na perna só podia posar ao lado de um Lada msm…..ahahahha

FES
FES
12 anos atrás

Acho que o maior erro deles foi de ter parado de fabricar o Bandeirante. Este não dava pau “nem a pau”!!!

Acho que o que salva o Corolla, é justamente a fama dele não quebrar nunca. Se a fama dele fosse a mesma do 147 (snif snif), a Toy-ota já teria dançado.