TONY E A INDY

SÃO PAULO (legal) – Para os fãs de Tony Kanaan e da Indy, são alentadoras suas declarações a Victor Martins em entrevista exclusiva publicada hoje no Grande Prêmio. Ele diz que a Indy não se livrou dele, que tem grana para correr boa parte do campeonato e que o fim da Dragon De Ferran não invalida o patrocínio que conseguiu no Brasil, da cerveja Itaipava. Tony garante ter bons convites, pode pintar até numa das equipes mais tradicionais da categoria, mas precisa fechar o orçamento.

É atrás disso, agora, que corre. É triste, já que é um campeão com ótimo currículo e tal? É. Mas é assim que as coisas estão funcionando hoje. Eu diria que já funcionan assim faz tempo. Exceções são os pilotos que recebem salários polpudos sem ter de arrumar patrocinadores, mecenas, financiadores. De uma certa forma, até Alonso é um piloto “pagante”, com aspas enormes. O Santander na Ferrari é obra sua. Claro que ele não paga para correr, não sai de pastinha debaixo do braço para conseguir patrocínios, mas sua presença viabiliza a temporada da Ferrari, já que o banco espanhol só está lá por ele.

É assim que as coisas são, ponto. Tomara que Tony consiga correr a temporada toda. Porque é bom piloto e um sujeito do bem.

Comentários

  • Acompanho o Tony,da época do kart,ele tem potencial de F1,mas no automobilismo “money talks”,e o cara é muito boa praça.Parei de correr,pelo mesmo motivo,mas espero que ele feche um acordo em breve.

    Boa Sorte Tony

  • O Tony é de longe o cara mais bacana que já entrevistei.
    Fiz uma entrevista com ele pra extinta revista “Máquinas e Pilotos”.
    Era pra ser só um bate papo rápido; marcamos na hora do almoço e ele quase elouqueceu a sua assessora na ocasião (Fátima Paiva).
    Ficamos mais de 3 horas conversando e relembrando sua carreira desde o kart, com a passagem pela F-Alfa Boxer na Europa, começo na Indy Lights e por ai foi.
    Foram 5 páginas na revista.
    Já era seu admirador e amigo, hoje sou muito mais.

  • LAMENTAVEL, o melhor piloto da indy ficar de fora da temporada, na boa, não estou vendo a luz no fim do tunel, os melhores carros já tem vagas ocupadas, correr na indy no fundão é arriscado demais….. mas tambem mostra que a Indy tá falida faz muito tempo, na verdade a indy é apenas uma disputa entre Roger e Chip, porque o resto é resto mesmo

    • se eu fosse o reger, mandava o p.rego do helinho embora e contratava o tony, era campeonato garantido, quantos anos este cidadão está na penske e quantos campeonatos ele ganhou, perdeu titulo até para o gil de ferran, (que mesmo correndo com um carro com motor adulterado dentro da ford perdeu um campeonato para o gencarlo maieux que andava com esquema bem mais pobre).

  • Sempre gostei do TONY… pq, como o FG falou, o cara é bom e é um como cara.

    A única vez que estive com ele pessoalmente foi há alguns anos em MIAMI… onde fomos vizinhos… e o cara, que estava em vertiginosa ascendência, era de uma simplicidade e simpatia desconcertantes.

    Dali nasceu uam adimiração mais do que sincera.

    Tony, vc é espetacular e ainda nos dará muitas alegrias!

  • FG, se houver interesse por parte do TK tem uma equipe de formula 1 que eu tenho certeza absoluta que receberia ele e os patrocinadores dele de braços mais abertos que o Cristo Redentor. Até que seria legal ele ficar um ano na F1, se divertindo, para não ficar parado, afinal, não é todo mundo hoje em dia que tem possibilidades de conhecer 19 diferentes países em um único ano (alguns muito importantes e relevantes como Bahrein, Emirados Arabes e Cingapura), à trabalho.

    Quem sabe, com a ajuda financeira que ele levar, esta equipe, que me nego informar o nome, mas que todos devem imaginar, consegue gerar um carro melhor que o da Brawn GP, permitindo ele fazer uma temporada de gala.

    Assim, no ano que vem ele volta pra a Indy com moral e se sagra bi-campeão.

    Abraços!!!

  • Puxa temos que levantar as mãos para o céu e agradecer ao grupo Petrópolis por que se não fossem por eles, acho que muitos pilotos aqui no Brasil estariam a pé !!!!
    E por que não dizer que se não fosse por eles , a GT3 no Brasil nem existiria, pena que a maioria dos grandes empresários não te esse espírito !!!!

  • Concordo, o Tony é um excelente cara, um baita piloto, porém acredito que nos últimos anos tenha produzido pouco..se le conseguir se manter no topo nessse início de temporada vai arranjar a grana até o final..torço por vc…!

  • FG..Boa tarde………………………………………..meu….só espero que o TK não faça a loucura de andar de caminhão ou carros bolhas..por isso…ou tudo isso..que ele fique andando nos karts do GRAND PRIX que fica perto do condominio onde ele fica em Miami…mas pelo amor do santo DAIME… não….mesmo;;;;seria o fim de uma baita piloto…………………………….aqui no pais das maravilhas……só vive um automobilismo real e verdadeiro os de automoveis antigos……..e essa de caminhão ou iskoti bolha é mesmo que ..QUANDO NÃO TEM MUIÉ…QQ CAMARA DE PNEU COM UM FURO RESOLVE… acho que pedir isso não é muito………………………………abraços..

  • Absurdo seu falar que o Santander está na Ferrari “só” por causa do Alonso. isso é ranço seu contra a Ferrari. Se o Santander sair da ferrari amanhã, depois de amanhã já tem fila na porta de grandes marcas querendo patrocinar talvez a maior e mais tradicional marca da F1, que é a marca Ferrari, a única que está na F1 desde o seu começo.

  • é só ler o texto do site do Stirling Moss sobre o Luiz Pereira Bueno. Desde aquela época é assim.
    O LPB perdeu o começo do campeonato pq o dinheiro dos patrocinadores, se não engano, SHELL, TERGAL e mais um, não haviam sido depositados.

    É recorrente isso. Não é de agora e nem de pouco tempo atrás. Essa história acima é do campeonato de 1969!!!!!

  • Ninguém faz automobilismo sem dinheiro, o Senna mesmo começou com “paitrocínio” no kart, depois veio o Banco NACIONAL nas categorias de base! Se um banco ou uma grande empresa banca a carreira do piloto, isso é motivo de vergonha? Se fosse assim então ser bancado pelo pai seria um pecado, eu mesmo acho o contrário, se uma grande empresa(não da família) apostasse em mim, ficaria muito orgulhoso! No caso da Formula 1, sempre teve piloto “pagante” e piloto que é bancado por alguém, no fundo a diferença é o talento, tem uns que chegam ao título, outros não.