TODOS LÁ!

SÃO PAULO (tem tempo) – Está aberta a partir de hoje para o público no Conjunto Nacional, na Paulista, a  3ª Velocult – Semana Cultural da Velocidade. É uma exposição idealizada pelo designer Paulo Soláriz para homenagear o automobilismo brasileiro e as figuras que fizeram a história do esporte. Vai até 17 de março. Segue o texto informativo e fica a recomendação, porque é legal demais:

O evento mostrará a trajetória do automobilismo brasileiro através da exposição de carros de corrida do passado e de hoje, objetos utilizados por pilotos, troféus importantes, réplicas em miniatura de carros históricos, obras de arte referentes ao automobilismo, totens informativos, capacetes pintados por Sid Mosca e muito mais.

A curadoria da exposição desta vez ficará a cargo de Bird Clemente e Paulo Gomes. Os visitantes terão a oportunidade de ver de perto, entre outros, a legendária carreteira nº 18 de Camilo Christópharo, o Willys Interlagos nº 22 de Bird Clemente e uma réplica do DKW nº 10 da Equipe Vemag, além de protótipos da FEI e o incrível Aruanda, de Ari Rocha.

Os visitantes poderão fazer fotos empunhando uma réplica do troféu da Fórmula 1 de 2011, criado por Soláriz, no alto de um pódio. Além disso, uma réplica do troféu da Fórmula 1 do ano passado e um capacete serão sorteados entre os visitantes que passarem pela Velocult e adquirirem seu número. Toda a renda obtida nos sorteios será doada para o grupo “Médicos sem Fronteiras”.

3ª Semana Cultural da Velocidade – Velocult
Local: Espaço Cultural Conjunto Nacional
Endereço: Avenida Paulista, 2.073 – São Paulo – SP
Data: de 28 de fevereiro a 17 de março de 2012
Site oficial: www.velocult.com.br

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
AS Adriano Souza
AS Adriano Souza
10 anos atrás

Flávio,
Estive lá na exposição hoje.
Realmente está muito legal, você tem a proximidade necessária dos carros, pode tirar fotos a vontade, tem totens explicativos e foi a 1a vez que vi de perto o Willis Interlagos(já tinha visto muito em fotos e pela Tv) e fiquei encantado com o carro. É realmente lindíssimo! Impressionante também é ver o Aruanda de perto. O pessoal tinha um pensamento vanguardista, pena que o carro não foi pra frente.
A carretera que nunca tinha conseguido ver de perto é linda também.
Outro ponto que é bem legal de ver são os capacetes do Sid Mosca. Tem uns que sempre quiz ver com o do Mika Hakkinen, e do Nelsão, mas tem muitos outros lá.
Destaques que também tem lá:
– Um carro da Indy que era do Mario Andretti
– Um opala stock
– Um Opala SS de coleção (LINDO).
– Um Masserati de 45
– Muito mais
Otima iniciativa do pessoal

E para quem quiser saber a entrada é “de gratis”.

Tiago MIo
Tiago MIo
10 anos atrás

olá, FG provavelmente eu vou, queria saber se a entrada é de graça

enko
enko
Reply to  Flavio Gomes
10 anos atrás

paga o estacionamento.

RENE FERNANDES
RENE FERNANDES
10 anos atrás

Esse carro é o latinha que o Pateta recebeu de herança de um tio falecido. O fantasma do tio incorporou no carro fazendo o Pateta e o Mickey sofrerem até descobrir a verdade. Depois de solucionado o mistério, ele voltou ao normal. Alguém se lembra deste gibi?

Marcelo
Marcelo
10 anos atrás

Ano passado já houve essa exposição no mesmo local e eu estive lá. Em 2011, dentre outros carros, estava exposto o Jordan J194 que o Barrichello usou em 1994, alguns capacetes do Ayrton e de alguns outros pilotos. É bem interessante pra quem gosta, pode-se fotografar bastante.

João Carlos Bifulco
João Carlos Bifulco
10 anos atrás

Olha ela aí, meu carro inesquecível!
Eu estava lá e vi quando ela venceu a melhor de todas Mil Milhas.
Bons tempos…

enko
enko
Reply to  João Carlos Bifulco
10 anos atrás

sentei várias vezes dentro dela na oficina do camilinho.
mas o melhor foi ver um bi campeão de f 1 sentar e sair chorando, recordando aquelas mil milhas que o camilão ganhou faltando poucas voltas para o final.
ele e o irmão lideraram a corrida inteira com o, fusca de 2 motores.
ele saiu e disse para o camilinh, sempre tive vontade de sentar nela, tinha vergonha de pedir para o seu pai, ele era um herói por correr nessa cadeira elétrica

André
André
10 anos atrás

Solaris foi o que fez o troféu, não?

Dú
10 anos atrás

O FEI X3 Lavínia é demais.

Valmir Passos
Valmir Passos
10 anos atrás

Trabalho em frente. Acabei de ver. É mesmo muito legal. Vale a pena.

Renato
Renato
10 anos atrás

Grande!

Acho um crime não ter uma exposição dessas dentro do autódromo de Interlagos em fim de semana de corrida de F1, pra turma entender do que é feita a alma daquele lugar. Especialmente ali atrás do setor G, onde você vai fazer xixi sem necessariamente perceber que está pisando no asfalto (sagrado) daquele descidão do traçado antigo.

Seria uma atração muito bacana, já que no pré-corrida não acontece muita coisa mesmo.

Eduardo
Eduardo
10 anos atrás

Qdo vi o interlagos do Bird Clemente ontem achei estranho vc não ter colocado aqui. Tá explicado, começou oficialmente hoje. Simplesmente imperdível, uma viagem no tempo!

Alexandre Salvador
Alexandre Salvador
10 anos atrás

Ano passado eu estava aí bem nessa época e não deixer de apreciar!

Alexandre Alves Andrade (@sendonerd)
10 anos atrás

Legal, já tenho programa para o final de semana!!!