PYONGYANG, DPRK

SÃO PAULO (quero ver em 2016…) – Digam o que quiserem. Mas o Arirang Mass Games na Coreia do Norte é de deixar qualquer um de queixo caído. Esse é só unzinho das centenas de vídeos impressionantes gravados no maior estádio do mundo, em Pyongyang. O que eles fazem com os mosaicos humanos é quase inacreditável.

Subscribe
Notify of
guest
70 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mozart
Mozart
9 anos atrás

Depois de ler todos os comentários, fiquei impressionado com o número de gente que conhece a Coréia do Norte… e eu que achava que fosse um país fechado…..

Zé Taubaté
Zé Taubaté
9 anos atrás

Tá, Flavinho, tá bom… é impressionante, bonito… mas, na boa, inacreditável mesmo é o que a ditadura de lá faz com os Humanos da Coreia do Norte. Credo cruz! Abraço.

Zé Taubaté
Zé Taubaté
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Pessoalmente, nenhum, até porque não há liberdade de informação por lá, e não e consegue saber muito bem o que se passa naquele País. Mas me parece que é fato a ausência de democracia na Coreia do Norte, pois os cidadãos não elegem os governantes, não têm acesso à internet, não podem expressar opiniões contrárias ao governo e, sobretudo, não têm liberdade de ir e vir. Isso é algo inaceitável em qualquer regime. Totalitarismo, no capitalismo ou no comunismo, não dá certo. http://www.onu.org.br/coreia-do-norte-estados-membros-da-onu-alertam-para-violacoes-sistematicas-e-generalizadas-dos-direitos-humanos/

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
9 anos atrás

Po Flavio… e voce reclama de nossa ditadura… lembro muito bem que na decada de 70 eramos obrigados (obrigados nada… não existia outra opção… rs rs rs) e executarmos uma especie de ginastica ritmica com ordem unida em minha escola estadual em Santo André – SP.

Era bem legal… todos com os mesmos movimentos… com roupas brancas de ginastica… e os nossos Pais a assistir as nossas apresentações nos dias 7 de setembro e 15 de novembro.

Era bonito pacas… era super organizado… eramos felizes e não sabiamos.

Pena que por tras de tudo isso os caras de verde andavam a matar os caras de vermelho.

Faltou voce no meu colegio… voce ia gostar… era tudo muito certo e tudo muito feliz.

Parecia a Coreia do Norte… principalmente quando comparo aos filmes que voce posta.

Abraços

Imperador

Fabricio
Fabricio
9 anos atrás

Os caras estão numa m. Assim como Cuba, falta comida e sabão, e ir embora para outro pais não é opção.

Carlos Santista
Carlos Santista
9 anos atrás

Política e piadas a parte, o pessoal da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016 deveriam assistir esse vídeo … melhor isso aí que show da Preta Gil, Michel Teló, Luan Santana, Latino, Carlinhos Brown e Claudia Leite na abertura desses eventos.

Luis Claudio Ávila
9 anos atrás

Flavio, responder a essas asneiras do tipo ” quero ver o que acontece com quem erra!” com os seus tradicionais “sai fora tucaninho” e “leitor da Veja”, com o perdão da má palavra, é mole. Gostaria de saber o que você acha – mesmo – dos dois únicos comentários inteligentes em embasados do tópico, os do Victor Freire e do seu amigo Jason Vogel…

Luis Claudio Avila
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Pena. Ficamos sabendo o que você acha de um monte de besteiras ditas por antas cujo repertório monocórdico é alimentado por Vejas e afins e ficamos privados de um debate interessante. Deixa pra lá. E parabéns pela corrida, estava lá e foi sensacional.

Antonio
Antonio
9 anos atrás

Eu adoro estes tópicos sobre a Coreia do Norte. Me faz pensar como sou privilegiado em nascer e viver em um país livre mesmo com todas as mazelas que temos aqui.

Leon Neto
Leon Neto
9 anos atrás

já que Veja é uma merda (o que aliás, concordo), quais são as revistas que o Flavio Gomes recomendaria? Carta Capital, Piaui, Bravo? alguém aí sabe?

JP
JP
9 anos atrás

É inegável o show de disciplina, mas será que eles têm o senso criativo e de saber “se virar” que nós temos?

Felipe Goltz
Felipe Goltz
9 anos atrás

Acho que em dois países do mundo, e só nestes dois, é possível fazer uma demonstração “mosaica” deste tipo: Coreia do Norte, é claro, e China: disciplina oriental aliada a um rigor marcial nos treinamentos. A abertura destes jogos do “Ariri” são melhores, no sentido de melhor executada, que a das Olímpiadas, acho eu.

victor freire
victor freire
9 anos atrás

flávio, me considero comunista. mas não consigo levar a coreia do norte a sério da mesma forma como eu levo cuba, por exemplo. a venezuela, pra mim, é mais socialista que a dprk. e depois que eu li um historiador marxista (sul-coreano, é verdade, o que nos faz ler seu artigo com uma pitada de sal) falando que a socialização e gestão popular de fábricas e propriedades rurais ocorridas após a desocupação japonesa foi interrompida tanto pelas autoridades americanas, ao sul, quanto pelas soviéticas stalinistas, ao norte, é que acho difícil ter respeito pela família kim.

o cara que mais se aproximou dos ideais que eu apoio se chamava josip broz, vulgo tito, que colocou os nazistas pra correr de sua iugoslávia natal sem ajuda do georgiano bigodudo. pena que os nacionalismos tacanhos e escrotos das repúblicas iugoslavas (com uma boa ajuda da alemanha, frança, inglaterra e eua) “trollaram” o seu país.

Jason Vôngoli
Jason Vôngoli
Reply to  victor freire
9 anos atrás

Concordo totalmente com o Victor.
A disnastia Kim inventou um pastiche do stalinismo, no pior sentido. É o que eles chamam de Ideia Juche – uma pregação de autossuficiência e uma egotrip de culto à personalidade (os Kim, no caso…).
Nessa loucura de independência total do resto do mundo, renegam até o papel que a China teve na construção da Coreia do Norte.
Está mais para seita do que para marxismo… Deturpação total.

Guilherme
Guilherme
9 anos atrás

Tem mais gente realizando o espetáculo do que assistindo-o porque essa apresentação é feita apenas para os turistas com o intuito de mostrar o empenho do povo norte-coreano em mostrar o quanto ama a sua pátria. Em um documentário americano, os jornalistas foram nesse estádio e na apresentação havia 80 mil artistas, enquanto a plateia era de apenas pouco mais de 100 pessoas.

Joseh
Joseh
Reply to  Guilherme
9 anos atrás

É mais fácil acreditar em uma biografia do Papai-noel escrita pelo Coelhinho da páscoa do que acreditar em um documentário sobre um país comunista escrito por jornalistas norte-americanos…

Guilherme
Guilherme
Reply to  Joseh
9 anos atrás

O documentário não foi feito com caráter ideológico, mas sim para mostrar um pouco de um país desconhecido pelo resto do mundo. Se para você é difícil acreditar em um vídeo que mostra claramente uma multidão se apresentando para um estádio vazio, melhor acreditar na biografia do Papai Noel mesmo.

Tiago Dias
Tiago Dias
Reply to  Guilherme
9 anos atrás

“Não foi feito com caráter ideológico”… Isso não ecziste

Guilherme
Guilherme
Reply to  Tiago Dias
9 anos atrás

Tá bom, padre Quevedo.

Wesley Medeiros
Wesley Medeiros
9 anos atrás

Legal mesmo se fizessem isso por amor a pátria… infelizmente eles fazem isso por amor a propria vida e assim nao deixarem seus filhos órfãos!

Beto
Beto
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

E quantos te contaram que não?

Felipe Lima
9 anos atrás

Bom, eles são meio que “obrigados” a fazer isso. Caso contrário já sabe né!!

Quem bom seria se toda essa organização refletisse para o bem estar da população principalmente.

Lucas S.A.
Lucas S.A.
9 anos atrás

Bonito e tal, mas o que que tem jogo nisso aí? Guardadas as devidas proporções, tá mais pra Cirque du Soleil…

Zé Taubaté
Zé Taubaté
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

kkkkkkkkkkkk… Flávio, vc devia sugerir uns temas pra retomada dos episódiso do Super Sincero, do Luis Fernando Guimarães. Gosto disso. Mesmo quando discordo de alguma ideia sua, gosto do que vc fala. E a sinceridade – que às vezes custa caro, como bem sei – é artigo raro hoje em dia. Tá tudo muito chato. Ninguém pode xingar alguém ou falar o que pensa que é logo tachado de “agressivo”, “polêmico” ou outro adjetivo babaca qualquer.

Mauricio
Mauricio
9 anos atrás

Realmente impressiona.

Mas me impressiona mais o contrassenso que é a Coréia do Norte. Uma republica socialista em que o principal líder é tratado como uma divindade na terra.

Nós, seres humanos, nos adaptamos realmente a qualquer situação, basta o estímulo correto.

Mauricio
Mauricio
Reply to  Mauricio
9 anos atrás

Faltou dizer que, historicamente falando, a situação não é tão absurda quanto parece.
Mas que há uma falta de lógica, há.

Guilherme
Guilherme
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

A diferença é que as outras divindades não tiveram filhos que tentaram entrar na Disney japonesa com documentos falsos e nem mantinham coleção de vinhos raros e muito menos usufruíam dos “serviços” de prostitutas estrangeiras.

ferdinandes
ferdinandes
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Quando o FG não tem argumento, ele responde que o leitor é “viúva do Senna” ou “leitor da Veja”…

Guilherme
Guilherme
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Carta Capital.

JP
JP
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Toda idolatria é burra e idiota.

Ricardo
Ricardo
9 anos atrás

Mais um post com indicações de internos do pinel aproveitando induto de corpus christi…

Maxwell B. Medeiros
Maxwell B. Medeiros
9 anos atrás

Tomei abuso do comunismo depois de ler “GULAG”. Mas é de se admirar, e muito, o que esse pessoal faz. Tem a capacidade de fazer uma olimpíada de forma mais competente do que muitos países mundo afora.

Ricardo
9 anos atrás

Patético. Por trás dessa beleza toda, há milhões de pessoas famintas e sendo torturadas. Teu caso é de psiquiatria, meu “kamarada”!

Joseh
Joseh
Reply to  Ricardo
9 anos atrás

Que bom que estamos no Brasil então, porque aqui ninguém é torturado por bandidos durante assaltos e nem pela polícia quando é “pego”. Ah! e com certeza não tem ninguém passando fome em nossas ‘pequeninas’ favelas ou mesmo na esquina da sua rua…

regi nat rock
regi nat rock
Reply to  Joseh
9 anos atrás

REalmente. De acordo com o ‘nosso’ governo, classe mérdia é quem ganha 600,00 ‘reaus’ por mes. O FG pela ótica do governo que ele apoia – tá no direito de – deve ser biliardário ou no caminho de !

Não preciso dos sais do Veloz HP, preciso de rivotril mesmo pra aguentar tanta asneira.

Gus
Gus
9 anos atrás

Analisando o espetáculo, temos que concordar que é muito impressionante!

regi nat rock
regi nat rock
9 anos atrás

e o estadio com gente saindo por todos os lados.
o show é um espetáculo maaassss, pra quantas pessoas, mesmo?

regi nat rock
regi nat rock
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

FG: o estadio está com as arquibancadas às moscas pô! Tirando o mural humano, o resto – gigantesco – está vazio.
Ali só assistiu quem é da Nomenklatura e convidados escolhidos a lupa.
Continuo achando que foi um show! independentemente se o treino foi debaixo de chibata ou não.

Zé Taubaté
Zé Taubaté
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Flávio, o estádio é novo? A gente não fica sabendo de quase nada que ocorre por lá (sei-lá por quê), mas é um dado interessante esse de que o estádio é o maior do mundo. Nunca ouvi ou li isso, de verdade.

Luiz Fernandov
Luiz Fernandov
9 anos atrás

Depois falam do carnaval aqui no Brasil, essa porcaria de carnaval não chega nem nos pés
desse tipo de apresentação grandiosa , parabens pelo post FG, e me desculpem os fans dessa bosta chamada carnaval…

Felipe Lima
Reply to  Luiz Fernandov
9 anos atrás

pelo menos no Carnaval vc tem a “LIBERDADE” de criar alguma coisa.. coisa q lá eles nao tem!

rodrigo mota
rodrigo mota
Reply to  Felipe Lima
9 anos atrás

sim. a “liberdade” que leva a putaria sem freio, drogas, sexo sem responsabilidade e marginalidade.

365 dias por ano de putaria e marginalidade nesse país. beleza de “liberdade” hein?

se é essa “liberdade” que o Brasil prega ao mundo eu acho que precisamos rever nossos conceitos…

os estrangeiros acham que o Brasil é o país da putaria porque nós damos o motivo, colocamos o carnaval e futebol como “eventos culturais”. só que nosso carnaval virou sinônimo de putaria e nosso futebol virou sinonimo de fedelhos sem noção que abusam do status que tem, pra não fazerem nada na hora da verdade…

é. putaria é cultura no Brasil, BBB é melhor que um documentário da BBC

Tiago Dias
Tiago Dias
Reply to  rodrigo mota
9 anos atrás

“sim. a “liberdade” que leva a putaria sem freio, drogas, sexo sem responsabilidade e marginalidade.”

Claro, somos os únicos que temos isso, e ainda estou pra entender o que de fato é sexo com responsabilidade.

365 dias por ano de putaria e marginalidade nesse país. beleza de “liberdade” hein?

Novamente, o mundo inteiro tem putaria, e o mundo inteiro tem marginalidade. Aliás, a sua implicância com putaria me leva a crar na vossa virgindade.

se é essa “liberdade” que o Brasil prega ao mundo eu acho que precisamos rever nossos conceitos…

Ô, grande sábio, por favor nos ilumine…

“os estrangeiros acham que o Brasil é o país da putaria porque nós damos o motivo, colocamos o carnaval e futebol como “eventos culturais”. só que nosso carnaval virou sinônimo de putaria e nosso futebol virou sinonimo de fedelhos sem noção que abusam do status que tem, pra não fazerem nada na hora da verdade…”

Por favor, com sua explicação sobre cultura, nobre estudioso antropólogo.

“é. putaria é cultura no Brasil, BBB é melhor que um documentário da BBC”

Obviamente não somos tão cultos, quantos os nobres ingleses, talvez devamos ser colonizados novamente…

rodrigo mota
rodrigo mota
Reply to  Tiago Dias
9 anos atrás

simples jovem padawan…

como diria um sujeito chamado Yoda…

a DPRK pode ter um monte de problemas, assim como China, Russia, Cuba, Canada, EUA e o resto do mundo…

em tudo que é lugar tem putaria, de todos os modos.

o problema é que o Brasil parece que acha muito normal o turismo sexual no nordeste, que Carnaval que antes era um “halloween” Brasileiro ter se transformado em um festival de bunda, sexo sem compromisso e farra…

eu vejo a inocência das crianças em apenas brincar fantasiadas contrastando com a vulgaridade de “adultos” que enchem a cara de cerveja, se vestem de mulher e depois de meter em não sei quantas pega um carro e dirige, mata pessoas inocentes e tá tudo muito bem porque a fiança no Brasil é refresco pra quem tem dinheiro…

quem sabe se nós Brasileiros começarmos a fazer propaganda das coisas REALMENTE boas que temos por aqui o mundo não trataria o Brasil como um grande playground ou como um variado puteiro. Temos 3 campeões mundiais de Formula-1, campeões na INDY, temos a EMBRAER, a construção da ferrovia Curitiba-Paranaguá foi um feito único no mundo que NÓS fizemos, temos a tecnologia do biocombustível desenvolvida a décadas e o mundo ainda engatinha pra desenvolver o que nós tratamos como algo do cotidiano!

Colonização não é o problema, a Austrália recebeu uma colonização formado por fugitivos da Inglaterra e olha o que o país do Mark Webber é hoje. A Groelândia é uma ilha no meio do nada mas os caras conseguem produzir no meio do gelo…

Nós tratamos a vulgaridade como algo normal quando não deveria ser! O povo Brasileiro deveria impedir que novelas ensinassem vulgaridade aos mais novos, programas como BBB e “Ratinho” deveriam ser banidos ou então classificados como gênero estritamente adulto e passando de madrugada. Deveríamos agir com extremo rigor com as torcidas organizadas que promovem verdadeiras batalhas campais nos dias de jogos. A CBF entope os cofres com zilhões de reais pra ver o Pokémon Neymar amarelar e transar sem responsabilidade. É esse o exemplo que temos pra nação?

Perdemos a noção de quão enorme anda a zona neste país. Afinal pra mais de 80 % dos Brasileiros isso não tem solução. Coisas como BBB e novelas mequetefres continuarão a encher o povo com merda misturada com porra. Porque a mídia Brasileira não passa filmes que ensinam coisas como “coragem”, ou mostram filmes como “something that god made” em que mostra a história da primeira ponte de safena do mundo em que um branco e um negro fizeram esse feito em meio ao racismo em 1940 nos EUA…

Depois falam mal de MMA, boxe, Russia etc…

Mas não. Bostas como BBBs da vida são mais destruidoras que uma bomba de hidrogênio, pois contaminam gerações inteiras com um monte de merda…

Beto
Beto
9 anos atrás

Flávio,

Pede para a ESPN te mandar para lá cobrir estes eventos.

Beto
Beto
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

Pra vc se enturmar, leva aquele japinha que apareceu no Fora de Jogo outro dia. Ele parece da família do Kim. Como ele se chama?

hendrix
hendrix
9 anos atrás

se 1 errar, geral vai pro pau de arara.

kkkk, foi mal, + tinha q fazer a piadinha tosca. rsrsrs

hendrix
hendrix
Reply to  hendrix
9 anos atrás

lembrei-me do ursinho Misha (Moscou – 1980)

Felipe Lima
Reply to  hendrix
9 anos atrás

pior… se exilado la na “siberia norte-coreana”

PAULO EDUARDO - professor de história
PAULO EDUARDO - professor de história
9 anos atrás

Flavio eu só gosto do seu blog porque vc é muito doido…varrido, não é pejorativo dizer muito doido, pelo contrário…não se-lo é um saco…se não fosse vc, ninguém iria reparar na matrix que a imprensa monopolizada intitui…as minhas aulas sempre são ilustradas com os FNM, DKV,seus videozinhos da época do LIMITE, massa cara…
Vou dizer mais…tenho um blog e vira e mexe pitario uma parada sua…sempre deixando a fonte é claro, acho que vc não se importa se, entende também que a internet é um ambiente anarquista…sucesso sempre e desculpa se ficar puto pela pirataria…tenho que copiar os bons né velho…obrigado rs!!!

TH
TH
9 anos atrás

Neste país – fazer isso é mole – quero ver é não fazer….

pedro
pedro
Reply to  TH
9 anos atrás

isso mesmo, sao todos robos!

Diogo
Diogo
9 anos atrás

Flavio, você TEM QUE comentar a lei editada na Rússia que PROÍBE manifestações gays por 100 anos!!!!!!!!!! Isso é muito engraçado! 100 anos? Quem você acha que determinou que os 100 anos? As mulheres do femen vão poder mostrar os peitinhos para declarar apoio aos gays? Vão ser recolhidas em Ladas da polícia secreta? Esse povo é muito, muito doido.

Elmer
Elmer
Reply to  Diogo
9 anos atrás

Fiquei orgulhoso da Rússia. Deu vontade de morar lá!

Dú
9 anos atrás

Mosaicos Humanos. Ai está uma chamada para as Olim”piadas” e a Copa no Brasil.

Marcelo Bovo
Marcelo Bovo
9 anos atrás

O que eles deem fazer com quem erra a coreografia também deve ser impressionante

Squa
Squa
Reply to  Marcelo Bovo
9 anos atrás

KKK, Marcelo, duvido que venha um comentário melhor!