MENU

domingo, 24 de junho de 2012 - 0:44Gira mondo

SE FOSSE AQUI…

SÃO PAULO (…daria) – Por 800 mil dinheiros americanos, está à venda o rancho de Steve McQueen em Santa Paula, Califórnia, avisa o Ricardo Divila. Nada de nababesco, apenas uma casa em estilo vitoriano do fim do século 19 e um pequeno hangar de 400 metros quadrados onde ele guardava seus carrinhos e motos e seu amado biplano Stearman. E tem vinhedo, estábulos, celeiros… A coleção, li em algum lugar, já foi vendida aqui e ali.

Esse seria um ótimo lugar para passar o fim dos meus dias. Mas teria de ampliar um pouquinho o hangar para colocar meus DKWs. Se bem que, apertando, acho que dá.

26 comentários

  1. Marcelim disse:

    Segundo este site, o sitio de McQueen está sendo vendido a 1,95 milhões e não 800 mil. Dólares americanos, claro.

    http://www.luxist.com/photos/steve-mcqueen-ranch/2300504/

  2. Ullisses disse:

    No DVD do filme Bulit, vem um segundo com alguns extras e um pequeno documentário com a história de Steve.
    Segundo esse documentário, ele preferia dormir nesse hangar em um mezzanino onde tinha uma cama grande. Dormia junto com suas máquinas preferidas e principalmente, com sua esposa, a bela atriz Ali MacGraw.
    Se for verdade essa história (deve ser), tinha muito bom gosto o “rapaz”!

    Sou fã “de carteirinha” do cara.

  3. vitão disse:

    gostaria de saber se o 197 da Solar entreprises, produtora dele que fez LE Mans e faliu a United Arts ( fundada por Chaplin , Douglas Fairbanks, Mary Pickford e outros atores) ficou uma época aí. Sei que a algum tempo ele foi para a Gunnar Racing, do V. Polack . Acho que o Jerry Seinfeld comprou a máquina. O carro tinha inclusive um suporte especial no capô dianteniro para prender a câmara.
    E concordo, qualquer “xacrinha” em Jundiaí, JArinu tá valendo o metro a preço de hectare.

  4. ags disse:

    FG..Bons dias……………Pelo jornal de Marin County, George Lucas vai vender tbm o mega estudio que ele tem no norte de São Franscisco.. não se sabe o valor..mas é lindo..muito bonito…se for procurar entrem no http://www.marin.ij.com
    Bom dia……

  5. Bruno Oliveira disse:

    Fizeram uma reportagem na revista inglesa Evo – Edição 165, do inicio do ano. Sobre o McQueen. Testaram um Jaguar XKR-S e andaram na estrada que McQueen gostava de andar direto, na qual fica essa casa, eles foram na casa e no topo de um morrinho do terreno ainda existe os restos do ultimo projeto de McQueen, uma espécie de bugue com motor a ar. Ficou lá intocado todos esses anos, no tempo. Muito legal a matéria.

  6. Pina disse:

    Se ganhasse uns R$ 20 milhões na Megasena, ia atrás dos vendedores, com certeza!!

  7. Renan Brait disse:

    Cada hectare de vinhedo espadeirada custa 1mi para montar no Brasil!
    O Galvão gastou 5mi no terreno que ele comprou no Sul e que é administrado pela miolo, 1mi em 4 hectare e 4mi na plantacao

  8. Men disse:

    tá uma pechinxa. Pena que nao a tenho. Casas em condominios nas nossas grandes cidades estao neste valor, e isto aqui no meio do atraso.

  9. Paulo F. disse:

    O hangar do Sebastião Camargo em Jaú era cheio de Fordinhos…

    • Ricardo Sarmento disse:

      Sebastião, fundador da Camargo Corrêa?

      Quais eram as preciosidades que tinham lá?

    • Ullisses disse:

      Os fordinhos eram todos de seu genro, Fernando Botelho, recentemente falecido naquele acidente com um avião clássico da II Guerra.
      O Sr. Sebastião não era um colecionador, ele tinha vários automóveis (é óbvio) espalhados pelas suas propriedades, todos muito bem cuidados e todos de uso pessoal.
      Naquela fazenda, de veículos do Sr Sebastião Camargo, eram uma Harley Davidson 1972, uma veraneio 1974 (amarela), um Maverick V8 4 portas verde metálico com teto de vimul preto (esse carro eu acho que também era de Fernando Botelho) e um Landau, todos absolutamente impecáveis e lindos.
      O Sr. Sebastião utilizava todos esses veículos no dia a dia da fazenda, mas, somente quando ele estava presente.
      Autorizado a dirigi-los em sua ausência, somente o mecânico da fazenda (Sr Piauí, se não me falha a memória), durante alguma manutenção deles.

      Não sei o que aconteceu com esses veículos, trabalhei um período nessa fazenda no final dos anos 80. Devem ainda estar por lá. É uma família que valoriza muito a memória do patriarca.

  10. Edson - Cambuquira/MG disse:

    Sem querer esnobar moro num lugar igualzinho.
    É um parto manter os carros limpos.
    Nem tudo é perfeito…

  11. AS disse:

    Flavio, essa semana foi notícia por aqui a entrega dos primeiros carros eletricos tipo Sedan e da TESLA… Acho que vale a pena dar uma olhada: http://www.teslamotors.com/models

  12. Ettine disse:

    não sei a metragem desse rancho, mas por 1.600.000.00, vc consegue muita coisa aqui no Brasil melhor do que esse ai (vc disse que não tem nada la de coleção).

  13. Marcelim disse:

    Por essa milha e meia em dilmas, daria para comprar algo equivalente em Itu, Cotia,Ibiúna ou qualquer uma dessas regiões onde estão os sítios dos paulistanos endinheirados? As coisas andam baratas nas terras do Tio Sam. A Califórnia deve ser o estado mais legalzinho, menos racista dos EU, mas tem terremotos. Preferia algo equivalente no sul da França.

    • Nelson disse:

      Acorda.A curiosidade é por ser de quem foi.Para um heroi americano está muito barato.Quanto vale mais um sitio que tenha sido do Luciano Hulk ou do Barrica?pra mim não vale nada mas, para muitos tontos pagariam o dobro do valor.

      • Marcelim disse:

        Santa idiotice… pouco me importa de quem tenha sido a terra, o que me importa é o custo-beneficio, benfeitorias, localização, etc.

        E sim, as terras estão mais baratas do que algo equivalente no Brasil.

      • Nelson disse:

        Tem razão mesmo.É muita idiotice sua pensar em custo beneficio quando o que se trata é de valor AGREGADO,será que sabe o que é.?Resumindo,se fosse a terra de algum MARCELIM,valeria realmente bastante menos.

      • Marcelim disse:

        Só tem valor agregado para idiotas tupiniquins, é uma terra como outra qualquer. Se o cara cagou lá, superadubou a terra ou algo assim?

        Tem que ser muito trouxa para achar que uma terra vá valer mais só porque um zé-mané famoso morou lá…

      • Nelson disse:

        Dificil.Para voce acho que nem desenhando como diz o Flavio,iria resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *