PIKET ETERNO

SÃO PAULO (bela ideia) – Nelson Piquet faz 60 anos amanhã. Nelsinho encontrou uma boa forma de marcar a data. Mandou pintar um capacete inspirado no que o pai usou na Super Vê em 1974, com a famosa gota lateral e a inscrição “Piket” em maiúsculas. Ele usou essa grafia para correr escondido da família. Era o “Nelson Piket”. Artifício que, desconfio, não deve ter funcionado muito. Seria como eu correr escondido com o nome “Flavio Gomez”.

Mas entrou para o folclore. E o capacete é mais bonito que 98% de todos os outros que estão em uso em todas as categorias do mundo.

Nelsinho vai usá-lo em Michigan sábado, na corrida da Truck Series. Depois dará de presente para o pai. Diz que tem até uns risquinhos e umas marquinhas “fake” para simular um capacete usado, como naquela época em que o piloto ficava com o mesmo casco por anos a fio. Hoje, neguinho troca a cada corrida.

Comentários

  • Parabéns ao Nelsão e parabéns ao Nelsinho, a vitória hoje na corrida da truck series foi muito legal. Além do capacete foram várias homenagens em detalhes no carro dele, como o nome na lateral (Piket) e o super vee desenhado na carenagem.
    Legal também foi ver a cobertura do Speed chanel aqui nos EUA dando destaque e explicando corretamente as homenagens e a história que o sobrenome tem no automobilismo.

  • Senhores,

    Registro aqui o meu mais sincero parabéns ao piloto que foi responsável pelo mais duradouros dos meus hobbies: acordar cedo – ou nem dormir- pra ver as corridas de f1. E lá se vão mais de 30 anos… Piquet , um gênio, foi , é e será, sempre, referência para todos os que amam o esporte automotor. Congrats, Nelson. E pisa fundo no que for, que 60 é pouco pra um “bota” como você. Ademais, pros mais novos, uma entrevista exemplar do gênio: http://www.youtube.com/watch?v=-K_cMNqlIAw

    • Sensacional essa entrevista. E a sinceridade típica da família, que jamais veremos em certos tipinhos que passaram pela F1:

      LS – O quão difícil é ser companheiro do Alonso. Não só por este fator, que dizem que ele centraliza tanto, mas até pela qualidade dele como piloto na comparação direta?

      NP: “A única dificuldade é que ele é muito rápido. Ele é extremamente rápido, não erra… Ele é foda. Ele é o melhor que tem. É engraçado ver muito fã falando “que merda, aquele Alonso, que babaca”. Por quê? Ele nunca fez nada de errado. Ele é fudido, é bom. Isso é que gera outras coisas, o interesse da equipe ficar nele. Por este motivo.

      • Bate como vai? familia Souto Maior, nem se compara com quem fica
        pedindo donativos para instituto.

        No passado Piquet foi o melhor e mais completo, no presente Alonso, pode ver que os dois tem um monte de predicados em comum, principalmente gosto por gatissimas.

  • Parabéns pelo aniversário de 60 anos de um dos maiores pilotos de nosso pais a vencer na F1.
    Que ainda viva por muitos anos e nos brinde com suas tiradas sarcásticas que lhe valeram também o troféu limão no tempo em que ainda corria.

    Belo exemplo de pessoa que faz (e bem) aquilo que gosta sem se importar com o que o resto pensa.

  • Legal demais..
    Parabéns “””Piket””””
    É isso!!! E já chegaram as piadas com referencia a idade::Comentadas pelo próprio..
    “”””””””””Carteira de idoso pra pegar onibus de graça”””””””””
    Esse é o Nelsão….
    Valeu….

  • Antes de tudo vou falar do capacete. Lindo, sempre adorei este capacete. Se andasse de moto, iria ter um. Fiquei até puto com o Nelson quando ele, na Lotus, pintou de amarelo a gota por causa da Camel (vendido do caraio, rs).
    O vídeo mostra o que Piquet achou do acidente do Ayrton, e me lembro que ele estava em uma corrida de kart em Brasilia (?) quando soube do acidente e falou “o silêncio de Imola se ouvia aqui”, mostrando-se extremamente abatido. Aliás, o Ayrton quando soube do acidente do Nelson em Indianápolis, se preocupou em saber se o Dr. Terry Trammel era um bom médico, etc, se preocupando pelo Nelson.
    A homenagem do Nelson Angelo ao pai, muito legal.
    Com relação à viúva/anti-viúva, acho uma tremenda idiotice. Piquet e Senna nunca foram times de futebol para ter torcida que odeie a outra e estavam muito pouco interessado se eu ou alguém prefira um ou o outro, eles eram profissionais fazendo seu trabalho da melhor maneira possível.
    Nelson Piquet sempre foi e será meu maior ídolo em qualquer esporte. Confesso que nunca torci para o Senna, nunca vibrei com suas vitórias ou títulos. Porém acho que Senna foi o piloto com mais gana de vitória que já vi. Tremendo piloto. Rápido, procurava tirar o melhor do carro sempre, não se conformando em ser mais lento/segundo lugar. Mas eu sentia pena dele (sem o conhecer) porque ele era centrado demais e não vivia, enquanto o Nelson teve muitas vitórias, mas sempre procurava aproveitar a vida. Portanto, celebremos os nossos eternos campeões (Rato, Piquet, Senna) porque, pelo jeito, vai demorar para ver campeões brasileiros na F1 (apesar de eu gostar de F1, independente de brasileiro ganhar ou não).
    O Flavio conheceu/conviveu com os dois, sabe-se lá se teve amizade com algum ou se a relação era profissional apenas, mas ele sabe quem era quem.

  • Flavinho, achei linda a homenagem do Nelsinho. Mais do que merecida. Sobre o tal Marcel, ele falou agumas besteiras mas a parte final ,sobre o escândalo, é inconstável. O Piquet realmente sabia de tudo e deixou rolar. Com a influência que tem, podia ter evitado. Pagou p/ ver se dava certo e o tiro saiu pela culatra. Ficou feio. Eu nem entro nessas discussões SENNA / PIQUET , acho ridículo. Cada um com sua história…..

  • Engraçado, se o texto fosse elogioso sobre o Senna (o que seria impossível neste blog), já viriam uma série de comentários tipo “viúva detect” e outras babaquisses, agora quando é sobre o Piquet, aí pode né?
    Viúvas do Piquet detect no blog todo.

    • Como queira!!

      “Ayrton Senna WIDOW DETECTED”!!!

      (Ah! Só pra lembrar: Piquet TÁ VIVO e fazendo aniversário, recebendo homenagem DO FILHO)

      Parabéns Nelson Piquet!! Nosso tricampeão Eterno!!! (E ainda vivo, curtindo a vida…Para horror, despeito e pesadelo eterno daquelas viúvas)

      • Piquet foi o cara mais sortudo da F1,ganhou um campeonato ajudado pela Willians que sacaneou Reuteman, e depois com a morte e aposentadoria precoce da dupla da Ferrari(Vileneuve e Pirroni,que sofreu grave acidente e abandonou as pistas.Ate hoje não esqueço da humilhada q Vileneuve deu no Piquet no Canadá,debaixo de chuva,esse dia ví que o brasileiro apesar de minha torcida na época era muito limitado.

      • Os motores Honda turbos eram poderosos tinham pressão de turbo muito alta atingindo quase 3,9 bar contra 3,6 bar dos Renault, isto significava que o honda se comportava como se tivesse 5850 cilindradas (1500×3,9) contra 5400 dos Lotus (1500×3,6) Ferrari, Porche e Ford também teriam ao redor de 3,6 bar, o torque do motor Honda era espetacular. Acredito que os Honda de 86 e os 87 (mesmo agora com válvula limitada em 4 bar pelo regulamento) foram os motores mais poderosos que existiram, não pela potência (o BMW turbo eram mais potente) mas pela aceleração e baixo consumo destes motores, isto que o Piquet fez em cima da Lotus é pura força de motor ele ganhou na aceleração, esta pista é muito difícil para ultrapassar. O Renault tinha 820 cavalos e o Honda 880 cavalos, mas isto não é determinante em pistas travadas é claro. Um Ford V8 aspirado resistiria a um ataque de um V10 ou V12 Honda ou Ferrari, por que apesar de ter 50 cavalos a menos, os Ford V8 tinha um torque muito alto em baixa rotação sem contar que carregava muito menos gasolina. Por isto que esta ultrapassagem é impressionante, parecia que o Piquet tinha um KERS e uma asa móvel para conseguir tanta aceleração. Esta pista é quase impossível ultrapassar.

      • Piquet não precisou de dar uma de DICK VIGARISTA pra ser campeão do Mundo como certo outro brasileiro e um alemão jogando o carro pra cima do rival.

    • Amigo, se nesse blog, um dos mais respeitados sobre automobilismo dentre os editados no Brasil, como você diz, “seria impossível texto elogioso sobre o Senna”, é porque não deve haver muita coisa elogiosa a dizer a respeito do cara.
      Afinal, a audiência é que define o meio de comunicação. Se esse blog é o que é, é devido à frequencia de pessoas que, na sua maioria, não são simples torcedores.

      Claro que viúvas e pachecos (ambos sem noção) acabam aparecendo… Vide você mesmo!

  • AHHHH, é ruím, não é? É ruím quando alguém critica nossos ídolos sem fundamento, nao é? Exatamente como o senhor faz com os lutadores de MMA !Engraçado o senhor vir me reprimir por isso, justo por isso! Curioso, eu diria! Logo o senhor? Sempre desmerecendo qualquer esforço e abdicação dos atletas (nem ao menos os reconhece como tais) para chegarem até ali, para terem um lugar ao sol. Ignorando por completo que a grande maioria deles, ajudam centenas de pessoas, empregam outras tantas, e dão esperança muitas. Invariavelmente usando argumentos cretinos, levianos, irônicos e, SIM, falando do caráter de quem você não conhece !E com um agravante: com a (ir) responsabilidade de ser um formador de opinião, professor, jornalista ! Te dei, sim, uma alfinetada. É ruím, não é, Flávio Gomes? Fui em cima de um cara que eu sei que o senhor admira e respeita ! Usei um argumento infundado, sim, apenas um, uma linhazinha apenas, falando de um único piloto. Irrita, não é? O senhor cunhou um texto inteiro, sendo extremamente infeliz e desrespeitoso com fãs, promotores, lutadores, enfim, todos que , de alguma forma, se ligam ao MMA. Em outra oportunidade, chamando a todos de “imbecis”. De coração, eu te acho um cara com qualidades, com valores, que tinha tudo, junto com outros bons profisisonais, para dar um upgrade nessa mídia medíocre que aí está ! Mas o senhor se perde justamente nisso: na leviandade de algumas opiniões. Não há nada que defina melhor um bom jornalista do que a crítica construtiva, feita com classe. Fazer valer sua retórica com propriedade. É uma homenagem à democracia . A mesma democracia tão justamente perseguida (mormente por artistas e membros da imprensa, pasme) quando ainda se falava em censura. Hoje, os senhores tem toda liberdade de expressão, para que fazer mau uso dela? É ruím, não é? Será que esse comentário você vai deixar passar? Acredito que não. Mas só de saber que o senhor vai ler, já é o suficiente. Abraços, fica na PAZ.

  • Simples mas muito bonito. Mais bonito que muito capacete visto na F1 hoje.

    Esse detalhe da “gota” na lateral é uma marca registrada, se transformou num desenho muito original, marcante.

    E o capacete tem melhor a combinação de cores (preto, branco e vermelho) do mundo! rs E o piloto deve ser identificado por seu capacete, suas cores. Ninguém vai correr “com o país nas costas”…nesse caso, na cabeça.

    (Chega de azul-verde-amarelão!! Estamos indo para uma corrida, não para a guerra!! É um piloto, não um soldado!!)

    O que me faz lembrar: falta não só talento, mas também personalidade, autenticidade, originalidade, aos pilotos brasileiros atuais.

  • Tal pai, tal filho. Nelsinho herdou o que há mais fraco no Piquet pai: o caráter. E , desgraçadamente, não herdou o melhor: o talento. Me lembro quando o Ayrton Senna morreu, ainda no fatídico 1º de maio de 1994, Nelsão (aqui, usarei para designar o progenitor dos Piquet) correu para dar sua visão sobre o acidente na Tamburello: “Foi falha humana”. No mínimo, cretino , insensível, e,mais tarde, como restou provado, também equivocado! Para que eu não pareça emotivo , pró Senna, ou ambos, considero Nelsão um mito dentro do monoposto. Um piloto fantástico e passível de ser considerado, talvez, o melhor brasileiro que já guiou na F-1. Ocorrre que um ídolo é forjado muito mais por aquilo que não conseguimos tocar, enxergar , tampouco explicar, do que por aquilo que nos resta óbvio. Talento nunca foi o problema do Nelsão! Por outro lado, pedante , escondido sob o falso escudo da “sinceridade”, assim seguia Sr. Piquet. Ser sincero é falar sem intenção de enganar, tudo o que não fazia Nelsão, um prestidigitador, um sofista de carteirinha. Pobre coitado,enganava a sí próprio e , lá na frente, daria com a cara no espelho! Já dizia Machado de Assis: “a verdade é filha do tempo” . Eu , com todas homenagens ao Velho Bruxo do Cosme Velho, digo: Nelsinho é filho do Nelsão. Crucificar um ser humano por um erro, é desumano, não o farei ! Porém, fechar os olhos pro óbvio, é burrice. Nelsão sabia, sempre soube, daquilo que consubstanciaria uma das maiores canalhices da história do automobilismo, tendo seu filho, Nelsinho, como protagonista. Renault, Briatore , Nelsão e Nelsinho – personagens de um roteiro sem brilho, mas com muita fama. O Sr. Piquet alegou , à época do escândalo , que já sabia de tudo mas preferiu calar-se para “não prejudicar a carreira do filho” . Ahãm, papai maravilhoso esse, nao acham? Vejam o êxito logrado na tentativa de poupar a carreida de sua cria: O menino saiu pelas portas dos fundos da F-1. Sem punição, é verdade, mas com muita vergonha, imagino ! Nelsão, tão sincero, tão impávido, tão senhor de sí, tão……Tal pai, tal filho ! Sinto muito por Nelsinho, de verdade, mas quem sai aos seus, não degenera, j

    • Mais um recalcado que vem a público expor toda a sua frustração com a vida. Nunca ouvi o Nelson falar que teria sido erro humano, muito pelo contrário. Mas enfim, vamos venerar os nossos ídolos que saíram, como o Nelson, daqui de Brasília, mecãnico e ganhou o mundo, na arte, no talento, na esperteza, porque naquele mundo não tem santo não,e no sofrimento.
      Mas Flávio, sabe o que o Nelson disse que a primeira coisa que fará quando completar 60 anos!!! Ele irá tirar a carteira de idoso para poder usá-la nos estacionamento e pegar ônibus de graça. Jovino

    • Como fala merda!!

      Esse aí deve ser viúva do Senna, com direito a ter altarzinho em casa e vibrador com a foto do sujeito, para as horas de solidão!

      Amiguinho, se você não tinha o que falar, ficasse com essa latrina (boca?? nahhh!!) fechada!!

      Pelo visto você só deve saber de F1 pelo que a Globo mostra, porque essa estorinha foi divulgada pela empresa, assim como aquela outra estória de que teria sido o Nelson que disse que o Senna era boiola! E quem falou foi o Prost!! Não falou mentira, mas era uma coisa que nada tinha a ver com a capacidade do cara na pista!

      Agora, amigo, vê se enfia essa língua no rabo e para de falar merda, principalmente fazendo julgamentos de valor a respeito do caráter de pessoas que você sequer conhece!!

      • Após uma corrida, o Prost foi cercado por um monte de repórteres, como sempre e indagaram a ele algo sobre uma declaração dada pelo Senna. Ele respondeu da seguinte forma: “Pelo menos não sou eu que fico assediando mecânicos atrás dos boxes.”
        Isso foi transmitido pela televisão!

    • Meu Deus do céu, quanta revolta. O FG só postou uma foto de um capacete, que aliás é muito bonito. Daí vem neguinho chumbando o do Senna porque é da cor da bandeira do Brasil, o cara nem sabe a história do capacete e porque ficou daquela cor, o outro ao invés de falar do capacete vem falar de caráter de quem o veste.

    • Não existiu esse comentário…….Piquet disse em um documentário que volta e meia passa no canal Brasil que Senna não erraria daquela maneira……..O que havia era as brincadeiras e a língua ferina do Piquet pai em relação a tudo…….Senna, claro, era um dos alvos…….dos muitos e muitos alvos do Piquet…..Que tenha muitos anos mais para não guardar a língua dentro da boca.

    • Viúvas recalcadas e antipáticas, agora mostrando a versão alienada.

      Implicam tanto com Piquet, Schumacher que tem sempre o mesmo bordão: são pessoas de “mau caráter”, “trapaceiros”, “vigaristas” e não tem mérito e talento nenhum…

      São tão xiitas que atacam Piquet até num texto falando de uma homenagem recebida pelo filho.

      Arrisco a dizer que se ainda vivo AS, nem ele aguentaria tamanha ignorância e fanatismo cego. Duvido que moraria aqui. Viveria em Mônaco ou Portugal onde tinha casa. Quanta gente ignorante e rancorosa da vida!!

      Não gosta de Piquet? Tenha o bom senso (e a educação) então de nem comentar num texto sobre ele!!

      São uns coitados que viveram no terror eterno tendo o fantasma de Senna estar morto, Piquet recebendo homenagem e ver Schumacher e outros que vieram e viram depois bater os recordes de seu amado “santo milagreiro”.

      Senna nem mesmo tem um filho, para falarmos do caráter, do talento ou p/ prestar homenagens ao pai….

  • Bem diferente das pinturas usadas atualmente, bastante poluídas. Excesso de formas, cores e patrocinadores. Ficou muito bom mesmo essa pintura aí! Contrasta bastante com o que estamos acostumados. Uma pena ser usada numa categoria de turismo, onde a visão do capacete do piloto é diminuta.