FOZ, 1989

SÃO PAULO (onde se quebrou?) – Dessa corrida eu juro que não lembrava. Gozado, tenho na memória as provas de rua de formulinhas em Florianópolis e Vitória, mas não em Foz do Iguaçu. Fórmula Ford com grid enorme, grandes pilotos, uma certa bagunça e insegurança, umas chicanes esquisitas, mas… Mas havia automobilismo de base no Brasil. E como havia. Com transmissão de TV aberta, público enorme, participação de fábricas, grandes patrocinadores.

Quem mandou o vídeo foi o Pétrico Portiglio. Quem se lembra dessa prova? Quem assistiu ao vivo? Vamos lá, faz só 24 anos.

Subscribe
Notify of
guest
43 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
madruga
madruga
5 anos atrás

Nossa, lembro como fosse hoje, ficávamos bem no gramado do parque, os carros faziam a volta muito próximos, eu tinha medo pois era criança na época, mas foi um evento muito legal e marcante, se não me engano houve apresentações da esquadrilha da fumaça neste evento.

omar
omar
7 anos atrás

ainda existem as gincanas nas ruas da Vila A

Pablo
Pablo
7 anos atrás

Pessoal, alguem lembra do traçado do circuito? Eu tinha 7 anos quando fui ver a corrida. Moravamos no Paraguai mas meu pai tinha um Corcel Belina e fazia a manutençâo na Olsen Veiculos e ai ele comprou os ingressos.

Ricardo Mattos
Ricardo Mattos
9 anos atrás

Bela lembrança Flavio….. Nessa prova eu fiz a Pole e estava + de 20 segundos na frente do segundo, mas perto do final, toquei numa zebra um pouco + forte e quebrou a suspensão! Pior, foi que o Fogaça ganhou de Heve e passou pelo nosso Box tirando o maior sarro de todos! rsrsssss Infelizmente hoje nosso “automobilismo escola” está morto!!! Naquela época saíamos do Kart e tínhamos aqui no Brasil uma Ótima opção que era a F. Ford. É um absurdo não se fazer uma categoria escola num país como o nosso de tantos talentos e títulos mundiais!!!!
Parabéns pela coluna! Grande Abç

Müller
Müller
9 anos atrás

Lembro de um piloto que copiou o layout do patrocínio “AutoCapital” de outro piloto, mas trocou as palavras para “BaixoCapital”, pois estava sem patrocinador…

Alguém imagina isso acontecer hoje?

luiz henrique de almeida
luiz henrique de almeida
9 anos atrás

Grandes momentos do nosso automobilismo!!!!!
Uma geração de jovem pilotos , que correm em em busca de resultados que no futuro , as vitorias serão um trampolim para chegar a categoria máxima do automobilismo mundial . F1

Nós da sports show, pudermos participar desse inicio fenomenal!!!!!!!
ELISIO CASADO, LUIZ COLINHA, EVANDRO, ADILSON , etc.

Parab;ens a todos participantes!!!!!!!!!

Roberto Mafra
9 anos atrás

Em nosso programa ” Pódium Sem Fronteiras” (http://www.foztv.com.br) a mesa tem como base quatro pneus do carro pilotado pelo iguaçuense Marco Ghering, hoje diretor do Adrena Kart – Kartódromo Internacional de Foz do Iguaçu.

Bruno Zanette
Bruno Zanette
9 anos atrás

Foz do Iguaçu recebeu a Fórmula Ford, em sua pista de rua no bairro Vila A (formado após a construção da usina de Itaipu) durante três anos, em 1987, 88 e 89. No primeiro ano da prova em terras iguaçuenses, o vencedor foi Gil de Ferran, no dia 7 de junho de 87. No ano seguinte, Foz do Iguaçu encerrou a temporada, no dia 27 de novembro, e quem venceu foi Christian Fittipaldi. E nessa de 89, como bem lembrou o Rodrigo Mattar, o vencedor foi Djalma Fogaça.

Não posso dizer que eram bons tempos, porque não vivi essa época, já que nasci em 89, mas a falta de autódromo em Foz, forçou a utilização dessa pista de rua improvisada. Hoje seria inviável realizar corridas lá, pelas “lombadas” construídas no trajeto.

Abs

Roberto Mafra
Reply to  Bruno Zanette
9 anos atrás

Grande Bruno Zanette, em nosso programa ” Pódium Sem Fronteiras” (http://www.foztv.com.br) a mesa tem como base quatro pneus do carro pilotado pelo iguaçuense Marco Ghering, hoje diretor do Adrena Kart – Kartódromo Internacional de Foz do Iguaçu.

Tiago Avila
Tiago Avila
Reply to  Roberto Mafra
9 anos atrás

Foi o que eu disse lá embaixo Mafra, sobre a mesa do seu programa!
hahaha

Marcelo Dalbelles
Marcelo Dalbelles
9 anos atrás

Me lembro da F Ford, e me lembro também da corrida de floripa em 89 que chovia demais e o Rubinho venceu a prova de forma brilhante vencendo os dois Texacões, os 71 e 72.

fernando
fernando
9 anos atrás

Pô legal Flávio, moro em Foz e trabalho em um hospital na Vila A. Estas zebras estão na vila até hoje e as vezes eu tiro proveito delas..rs.

Legal mesmo.

Renato Ariano
Renato Ariano
9 anos atrás

Seria bacana uma categoria de formula de novo no Brasil ( Porque F-3 quase não é uma categoria , meia dúzia de carro não é grid . Eu e meus amigos juntamos pelo menos 15 a vinte neguim p faze corridinha de kart alugado na Granja , Aldeia e Atibaia uma vez por mês rs rs ) ! Do jeito que nosso automobilismo ta minguado a unica solução é unificar as categorias num mesmo fim de semana . imagina um fim de semana com Stock (lixo ) , F-3 e F- ford . Quero ver se a Ford sortear alguns Ford Ka nas corridas se não enche autódromo ! Nos anos 80 as corridas de Motocross e carros davam pau na audiência nos jogos de futebol !

Rafael Vefago
9 anos atrás

Putz, eu lembro dessa corrida. As zebras estão lá até hoje. Deve ser o tal “legado” da corrida, de que tanto estão falando agora na copa. Bons tempos.

Rodrigo Mattar
9 anos atrás

Eu vi a corrida ao vivo pela TV como, aliás, assisti todas daquele ano de 1989. Da primeira à última. E lembro dessa, com o Fogaça ganhando a bordo de um Heve velhíssimo. Na corrida seguinte, ele pegou o carro do Jefferson Elias e foi com ele até o final. Um ano antes, vale lembrar, o Fogaça tinha ganho o Brasileiro em cima do Christian Fittipaldi pela Texaco-Petrópolis, que em 89 tinha Tom Stefani e Ricardo Mattos, protagonistas de um acidente bizarro na largada da prova de Cascavel, vencida pelo meu conterrâneo José Renato Garcia.
Bons tempos da Fórmula Ford… Saudosos tempos…

Daniel
Daniel
Reply to  Rodrigo Mattar
9 anos atrás

Aí galera do Grande Prêmio contrata a fera aí! Este é um dos maiores especialistas em Automobilismo do Brasil e está no mercado. O Grande Prêmio teria muito a ganhar com o A Mil Por Hora no Portal.

Alex
Alex
9 anos atrás

Essa foi bem no ano que nasci, também não sabia que da existência dessa corrida! Fui pesquisar no Street View e realmente as zebras ainda existem! Para quem quiser um exemplo: http://goo.gl/maps/KEiQ0

Muito bacana, obrigado Flavio por resgatar essas histórias!

Luciano
Luciano
9 anos atrás

A edicao parece filme do Tarantino. A violência e sangue ficou por conta da CBA cortando a Cabeca da categoria.

Geovani Hahn
Geovani Hahn
9 anos atrás

Assisti ao vivo está corrida, morava a uma quadra daí, na época tinha 16 anos.
Muito bacana, legal rever.

William Kelm
William Kelm
9 anos atrás

Olá Galera, bom eu estava lá, ao lado de uma das curvas próximo ao Hospital Costa Cavalcante. A cidade ficava em polvorosa com as corrida, época que rolava muito dinheiro com o comercio com o Paraguai. Foram 2 anos de corridas e ainda hoje as zebras estão lá para quem curtiu essas corridas. Lembro que em 1990, bem na curva onde estava o Gil de Ferran bateu e engavetou uma fila de carros.

Vou mandar fotos das zebras da pista em plena Vila A de Itaipu.

aquele abraço.

Junior
9 anos atrás

Bela corrida, tinha meus 20 anos e vi grandes nomes ao meu lado…..credencial de box e tal…balões de ar quente foi realmente um evento para nossa cidade….independente do que digam…..deus-e no circuito da Vila A de Itaipu….circuito de rua…foi um show para os aficcionados….valeu cada volta….

Junior

Vitor
Vitor
Reply to  Junior
9 anos atrás

E a gente continua usando as zebras até hoje…. hehehehe

Ricardo Trigona Neto
9 anos atrás

Eu morava lá nesta época. Tinha uns 15/16 anos Foi uma luta para conseguir (gratuitamente) ingresso para bons lugares. A vila era uma vila residencial de Itaipu, com ruas pequenas, O retão era na avenida que levava a rodovia Trancredo Neves que leva a usina. O vencedor foi Renato Russo, mas acho que depois foi desclassificado.

Ricardo Trigona Neto
9 anos atrás

Eu morava em Foz nesta época e tinha 15/16; Foi um luta para conseguir lugr para ver a corrida. A vila “A” era uma vila residencial de Itaipu, com ruas pequenas. O retão era na avenida que levava a rodovida Tancredo Neves. Lembro que teve um piloto que ficou preso no quebra molas, tamanha foi a improvisação. O campeão, foi o Renato Russo, mas acho que foi desclassificado depois.

Felipe Bronoski Penteado
Felipe Bronoski Penteado
9 anos atrás

Flávio, achei aqui em Curitiba um formula da década de 80 para vender. Não sei de que categoria é. Está meio surrado mas vale a pena ver.

http://www.socarrao.com.br/curitiba-regiao/pinhais/outros/outros/kart/usado-semi-novo/kart-vermelha-1990-1239346/1

Roberto Bascchera
Roberto Bascchera
9 anos atrás

Eu estava nessa, trabalhando pelo saudoso Popular da Tarde. A F-Ford atraía grande público tanto nas corridas em autódromo como nos circuitos de rua. As provas eram organizadas pelo Hélio Perini, então diretor de Competições da Ford. Nessa éoca (fim dos anos 80), a categoria revelou nomes como Gil de Ferran, Rubens Barrichello, Christian Fittipaldi e Oswaldo Negri Jr., entre vários outros. O narrador da Manchete (Paulo…) não sei quem é. O comentarista é o Charles Marzanasco.
Abraço.

Paulo "McCoy" Lava
Paulo "McCoy" Lava
Reply to  Roberto Bascchera
9 anos atrás

Prezado Roberto, tudo bem? Não sei se voce se lembra de mim. Mas eu lembro ter conhecido voce em 1989, ocasião na qual fiz trabalho ‘free lancer’ junto ao ‘Charlinho’ e a Lolly Toledo, em algumas provas da categoria (= eu auxiliava jornalistas a passar telexe/ou remeter noticias via fax). Aonde voce trabalha, hoje? Vc tem ‘profile’ no Facebook? Aproveito para renovar admiraçao por seu trabalho naquele período (até porque, eu também fazia serviços de clipagem — hoje em dia, dificil para a ‘new generation’ imaginar o espaço que a chamada ‘mídia impressa’ dedicava ao esporte motorizado). Aproveito para dizer quão perfeita foi sua análise sobre o assunto ‘F-Ford’.
With kind regards,

Paulo McCoy Lava

Roberto Bascchera
Roberto Bascchera
Reply to  Paulo "McCoy" Lava
9 anos atrás

Caro Paulo,

A F-Ford era, antes de tudo,uma categoria muito divertida e disputada. A rivalidade entre os pilotos era pra valer e sempre havia histórias pra contar. Eu me lembro que, quando estreou na categoria, vindo do kart, o Christian Fittipaldi (leia-se Wilsinho Fittipaldi) mandou desenvolver a carenagem de seu carro em túnel de vento (na Embraer, se não me engano), algo incomum numa categoria-escola. Isso para tentar obter algum ganho competitivo, já que os carros eram iguais e o regulamento limitava a preparação. Apesar de seu reconhecido talento, Gil de Ferran pagava o preço de ser filho de um diretor da Ford. Adversários diziam que ele era “beneficiado” pela fábrica com peças especiais de motor. E por aí vai. Histórias e folclore de uma época em que o automobilismo doméstico tinha, antes de tudo, vida. E as matérias dos jornalistas eram transmitidas via telex, com a inestimável ajuda dos amigos da Ford. Nem fax existia ainda…
Abração.

Thiago Sabino
Thiago Sabino
9 anos atrás

Deixando de lado a edição um tanto caótica do video, confesso que me lembro sim dessa corrida…dessa e a de vitória foram as mais marcantes…

Pela TV Manchete, eu assistia e depois comprava a GRID semanal…..

Quantas e quantas recortei os dois F-Ford da Texaco-Vogel, pintura fantástica com aqueles numerões 71 e 72 e a estrela da petrolífera, e colei na capa dos meus cadernos….

Rubinho (ainda inho) andando muito, o polêmico Djalma Fogaça e seu escudeiro Ricardo Mattos, Marcello Ventre, e companhia ilimitada….

E a várzea que era o autódromo….mas várzea que frutificou, que gerou gente, que formou….

E tem gente que acredita no PICARETA-mór da CBA…..hahaha..

A Ford tá cagando pra esse passado aí. Esportivo pra eles, agora, é Fiesta, KA, essas merdas. Coisa de executivos MBAzísticos, fudencios-formados-em-Harvard, e o caralho a 4….

Montadora mandar fazer monoposto, espetar motor, definir acerto, pacote, suspensão, câmbio, etc etc etc, e fazer uma categoria?

Melhor esperarmos algo mais plausível da nossa vida. Já Elvis pessoal….acabou.

E daqui uns anos, a consequência vai dar as caras, e como diria Burti: ou seja, ninguém nas categorias top.

Questão de tempo pra administração Pinteiro mostrar a que veio.

Aí é enfiar o dedo no c……….. e rasgar.

Foda.

Zé Maria
Zé Maria
Reply to  Thiago Sabino
9 anos atrás

Disse tudo o Thiago. . .

Ainnem Agon
Ainnem Agon
Reply to  Thiago Sabino
9 anos atrás

“Enfiar o dedo no cú e sair urrando”, como diria o saudoso Alborghetti.

Já era, caras, acabou.

mm
mm
Reply to  Thiago Sabino
9 anos atrás

No vídeo um XR3 amarelo.

Americo Teixeira Jr.
9 anos atrás

Lembro, sim. Estava lá, já como jornalista. Lembro que, pouco antes da largada, por algum motivo (não lembro) o Fogaça atravessou o carro na frente de todo mundo e abortou o procedimento. Aliás, foi um campeonato bem legal, aquele de 1989.

Paulo "McCoy" Lava
Paulo "McCoy" Lava
Reply to  Americo Teixeira Jr.
9 anos atrás

Oi, amigo Americo. Pois noite dessas, relendo Auto Esporte, chamou-me atenção texto sobre tal corrida. E, claro, também digno de ressalva o ‘bastidor ‘ envolvendo o Fogaça. Em resumo: ele saiu da posição em que seu monoposto ‘Bateau Mouche’ (!) estava alinhado e posicionou o carro em frente de todos, segundo ele, ‘Para acabar com essa imensa palhaçada’ (no caso, a indecisão da direção de prova no que tange a continuar ou não a corrida, depois de um acidente que, creio, voce conseguirá descrever para nós, posto vc estar presente ao evento). Abraço.

Americo Teixeira Jr.
Reply to  Paulo "McCoy" Lava
9 anos atrás

Amigo Paulo, não lembro desse acidente, realmente. Só sei que foram vários. Tem até uma história sobre um dos carros, durante os treinos livres, ter invadido o jardim de uma casa depois de uma rodada. A proprietária, indignada, teria reclamado com uma vassoura na mão. Não a presenciei mas, se de fato aconteceu, sem dúvida é uma engraçada passagem do nosso esporte.

Marcelo
Marcelo
9 anos atrás

Cadê o presidente da CBA Cleyton Pinteiro ?

http://flaviogomes.warmup.com.br/2013/01/para-os-registros-2/

“Essa é uma vitória de todas as federações que se dedicaram nesses quatro anos ao automobilismo de seus Estados, principalmente nas categorias de base, que teve um acréscimo significativo de participantes”.

Paulo "McCoy" Lava
Paulo "McCoy" Lava
9 anos atrás

Ao Ricardo Bigliazzi: amigo, de forma respeitosa, vou indagar algo: “Voce sempre sonha alto?” Mas, sério, agora: tambem gostaria mas… o que se pode esperar de uma empresa que se RECUSA em resgatar a historia da empresa nas pistas brasileiras? Alguma vez voce viu noticias ‘racing’ no site oficial da empresa no Brazil? Não fossem pessoas como o Flavio Gomes relembrar algumas corridas — como este topico demonstra –, dificilmente a ‘nova geração’ teria noção de que entre 1971 e 1996 houve um certame nacional de monopostos patrocinado pela empresa. Ah, outra coisa: eu tenho alentado trabalho de pesquisa sobre a empresa e suas atividades de automobilismo no Brazil — e desde 1927, quando um Ford carretera ganhou corridas em ‘solo brasilis’. Infelizmente, os ‘gestores’ NUNCA demonstraram interesse… sequer um ‘parabéns’ pelo trabalho. Lamentável atitude, não?
See ya,

McCoy

@chrisalves88
@chrisalves88
9 anos atrás

REDE MANCHETE… sempre ela salvando nossa televisão, nos educando informando e dando espaço televisivo as pequenas coisas que nos davam prazer. transmitia tudo que era bom. e agora nos dá uma puta saudade.
poorra, que merda se tornou a televisão brasileira com a falta da MANCHETE.

Luc Monteiro
9 anos atrás

Dei uns pitacos sobre essa corrida nesse post aqui, de 2012, lá no blog: http://lucmonteiro.blogspot.com.br/2012/02/bandeira-verde-para-foz.html

Tempos antes, havia escrito algo sobre a volta de Foz ao calendário do automobilismo: http://lucmonteiro.blogspot.com.br/2010/05/foz-cidade-veloz.html

Ainda na torcida.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
9 anos atrás

VOLTA FORD!!!!

Depois do fim da F-Ford nada mais vingou no Brasil

Imperador

Marcos Rosa
Marcos Rosa
9 anos atrás

Eu fui assistir, tinha 13 anos na época. Lembro pouca coisa. As zebras existem até hoje. Ela foi realizada nas ruas da Vila “A”, famoso bairro de Foz, construído para abrigar os trabalhadores da usina de Itaipu. Hoje as casas são ocupadas por pessoas das mais variadas atividades. É um local muito bonito. Época maravilhosa.

Tiago Avila
Tiago Avila
Reply to  Marcos Rosa
9 anos atrás

Marcos Rosa que pilotou um kart F4 por algum tempo, não?!

Nessa corrida, o diretor do kartódromo aqui de Foz participou, o glorioso Marco Gehring, que é gente boa pra caramba e guia um kart 125cc como nunca vi alguem guiar.

Tem um programa na tv fechada aqui da cidade em que a bancada do apresentador é feita com os pneus desses velhos F-Ford, para chuva, que o velho Marco não chegou a usar. É show de bola!

Marcos Rosa
Marcos Rosa
Reply to  Tiago Avila
9 anos atrás

Olá Tiago, esse mesmo. Marcos Rosa, amador quase profissional….hehehehe…….Bom te ver por aqui, falando em kart, eu vou voltar a brincar este ano. Grande abraço.