MENU

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 - 0:05Imprensa, Tecnologia

PRÉ-HISTÓRIA

SÃO PAULO (parece mentira) – A gente vê esta pequena reportagem de um canal de TV de São Francisco em 1981 (foi o Ricardo Divila que mandou, many thanks) e fica se perguntando: será que esses caras imaginavam no quê iria dar? Trata-se de uma experiência de um tradicionalíssimo jornal local, “The San Francisco Examiner”, que estava desenvolvendo um modo de transmitir suas notícias a computadores pessoais pelo telefone.

Sim, isso aí virou a internet que a gente conhece hoje.

7 comentários

  1. Olavo Ito disse:

    Sempre soube usar os verbos corretamente, mas nunca consegui explicar cada tempo e modo, que sempre usei intuitivamente. Agora achei um exemplo de Futuro do Pretérito.

  2. Muller disse:

    Isso mais parece uma transmissão digital via telefone do tipo “fim a fim” e não internet.

    Mas não importa; o que chama a atenção (é deve ser isso que o Flavio quis salientar) é o interesse dos órgãos de mídia em investir grana alta em uma forma eletrônica de transmissão de dados diretamente até a CASA dos leitores. Cusatava muito para a empresa criar o sistema, custava igualmente muito pro usuário ter acesso a esse sistema, mas mesmo assim alguém pensou que isso iria ficar veloz e barato pra caramba em algum tempo e decidiu tocar o treco.

  3. Banana Joe disse:

    A origem da Internet não é esse treco aí não.
    A Internet veio da ARPANET, se não me engano criada pelos militares ianques…

  4. Carlos Galvão disse:

    O vídeo é interessante, mas dificilmente isso virou a Internet que conhecemos hoje.
    Os primeiros ISPs surgiram no fim dos 1980. E as especificações do cerne da Internet (pilha TCP/IP) foram padronizados somente em 1982.

    • Kitnet disse:

      É isso mesmo, pelo que eu saiba a internet veio da Arpanet dos milicos americanos.

      Na verdade, acho que esse vídeo mostra uma das primeiras tentativas de conexão de rede via fone, algo mais específico, integrando jornais, mas que certamente ajudou no desenvolvimento das redes e, muito tempo depois, acabou resultando no que hoje é a internet. Foi um “embrião do embrião”…

  5. Sanzio disse:

    O mais assombroso do video é ver como a coisa era jurássica 30 e poucos anos atrás. O texto vai aparecendo na tela pouca coisa mais rápida que o digitar manual. Os computadores eram muito lentos, os modems idem…
    Acho que nesses 30 anos a indústria eletrônica evoluiu o que a automobilística levou 100 anos para evoluir.

    Interessante notar que o jornal “baixado” acabou custando U$5, enquanto o impresso custava U$0,12 e ainda vinha com fotos…

  6. Renato B. Santiago disse:

    Já que vc gosta de velharia: http://www.theraconteurs.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *