MENU

Thursday, 31 de October de 2013 - 17:25Autódromos, Automobilismo brasileiro

DESOVA (11)

desova11Curva 2 e entrada do Retão, pois não? E as baratinhas pisando tudo. Interlagos, sei lá quando. Mais uma da pastinha.

26 comentários

  1. Realmente, em 1960 minha mãe já morava pertinho desta casa da foto (+ 6 casas adiante) e eu havia acabado de nascer. Tenho tantas histórias pra contar. Um dia conto todas. Abs

  2. José Brabham says:

    Aquela casa atrás é da “Nonna” de Barrichello? Rsrsrsrs

  3. Oscar Motta says:

    Eu gostava de ficar por dentro da 1 ou 2, pra ver os caras passarem triscando a grama interna. Tem uns caras ali conferindo tranquilamente.
    Ninguém reclamava.

  4. prperalta says:

    500 Km de 1960.
    Curva 2 – Walter N. Pucci, Carlinhos Aguiar (que corria em dupla com Luis Valente no Duchen Especia), Barros e Bird Clemente em dupla com “Rio Negro” com Meserati, essa corrida foi vencida por Celso Lara Barberis, que se tornaria o primeiro tricampeão da prova no ano seguinte.

  5. Rafael says:

    linda foto!

    Que bobagem esse treco de “ah, antigamente os pilotos tinham paixão!”.

    Hoje também tem, ora bolas.

  6. Ricardo Aranha says:

    Bem legal a foto, mas o que me intriga e o motivo de todos estarem sem o capu.

  7. Curva dois começo do retão aquela casa ao fundo era da Vó do Rubinho que era uma menina na época e ja acertava a previsão do tempo

  8. Automobilismo, improviso, criatividade,bravura e paixao. Numa epoca que pilotar era para bravos e nao para ALGUNS MIMADINHOS

  9. Epoca que automilismo era para apaixonados e grandes homens em todos os sentidos.

  10. Victor says:

    Não me importaria em nada em morar naquela primeira casa ali.

  11. Eduardo Aranha says:

    Pelo chassis Maserati que aparece na foto, poderia ser entre 1957 e 60.

  12. josé marinho says:

    Final dos ano 50 e inicio dos 60?

  13. andre margulies says:

    lindo, mas uma dúvida, por onde andam essas baratas? Não acredito que todas foram destruídas, são lindas.

    • Cristiano says:

      Muito tempo atrás achei um site que tinha a história de Ferraris, Maseratis e Alfas de corrida por nº de chassi. A grande maioria que veio para o Brasil ou foi destruída em acidentes, ou foi levada de volta para a Europa, teve um colecionador que levou vários carros, mesmo com a mecânica modificada, coisa comum na época.

      • andre margulies says:

        lembra do site? fiquei curioso

      • Ricardo Sarmento says:

        lembra do site? fiquei curioso [2]

      • Fernando Amaral says:

        o site e as pesquisas sao do Napoleão Ribeiro, lá de Brasília; (foi muito criticado recentemente a partir da matéria da revista Warmup sobre desmandos na federação do DF, mas o fato é q as pesquisas dele sao excelentes, muito minuciosas e precisas – p.ex. a trajetória dos Simca-Abarth é ótima de se saber).

        o site é. http://www.luik.com.br

        (bem, fui lá conferir e nao abriu, parecendo estar offline, a pagina; mas tenho certeza q é esse a q vcs se referem. tentem conferir, paciência ).

  14. says:

    O Darcio dos Santos está assistindo lá do muro!

  15. Pedro Perez says:

    incrível, interlagos era uma verdadeira fazenda!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *