MENU

domingo, 26 de janeiro de 2014 - 22:04Automobilismo internacional

E DÁ-LHE CHRISTIAN!

corvette5dpSÃO PAULO (é bi, e é para poucos) – Aos 43 anos de idade, Christian Fittipaldi volta a brilhar no cenário internacional. Dez anos depois de sua primeira vitória nas 24 Horas de Daytona, o brasileiro repetiu a dose hoje correndo com Sébastien Bourdais e João Barbosa. O Corvettão #5 que levou o trio ao triunfo é esse aí em cima. O relato da prova está aqui.

A prova abriu a temporada das categorias de endurance unificadas nos EUA no Tudor United SportsCar Championship. Parabéns ao Christian, pois.

29 comentários

  1. Leandro disse:

    Flávio: você é a nossa última esperança de termos novamente AUTOMOBILISMO na TV Brasileira.
    O que a FoxSports fez conosco em 2013, ignorando totalmente a NASCAR, foi terrível.
    Esperamos que o Fox Sports 2 venha resgatar nossa alegria dos tempos do Canal Speed, e estamos contando com você.

  2. Carlos Jose Pimenta disse:

    O nome Christian é homenagem á Christian “Bino” Heins, morto em Le Mans.

  3. Ulisses disse:

    Boa Christian!!!!!
    Pé na tábua!!!!!

  4. Roberto Zuquim disse:

    Vejam a cara do guri!

  5. José Cruz disse:

    O Burt Friselle não pôs as mãos no volante do carro ganhador, mas sim no n-º 9 da mesma equipa e que ficou em terceiro lugar. Os pilotos ganhadores foram Fittipaldi, Bourdais e Barbosa, que assegurou o último stint, quando a direcção de prova “inventou” uma bandeira amarela para juntar os dois primeiros e tentar que ganhassem os “gringos” da Wayne Taylor!
    A Grande Premio estava um pouco desatenta quando redigiu a notícia…

  6. RENE FERNANDES disse:

    Amo Corvettão . Sonho de consumo que povoou minha mente um bom tempo. Sonhar não custava nada….

  7. disse:

    Outra vitória foi da Ferrari da Via Itália. Escapou por milésimos de segundo da panca. http://twitpic.com/dtjqeu

  8. Celio Ferreira disse:

    É o Brasil começou o ano vencendo , parabéns Christian !!!!!!!!!!

  9. Andre Nascentes disse:

    Carro de corrida sujo fica ainda mais bonito.

  10. Maurício Rocha disse:

    Uma coisa é decepcionante: verifiquei que só o FoxSports II transmitiu alguma coisa dessa baita corrida (não tenho acesso a este canal ainda, só o FoxSports). Fiquei catando em todas as emissoras de esporte e nada. Futebol? Tem campeonato regional, espanhol, italiano, francês, venusiano, marciano, do raio que o parta… tirando o futebol algum volei, bobsled (???), esqui alpino (?????), tênis… não existe audiência para automobilismo no Brasil? Ontem houve um momento em que 95% dos canais transmitiam futebol, essa mazela, antro de corrupção, que aliena o país e que temos que chamar de esporte. Aí um brasileiro ganha a corrida… sobrenome Fittipaldi… isso não vale nada? O povo sabe quem é Augusto Farfus? Mas sabe quem é o Weckscleidson, centro avante do Esportivo Fim do Mundense, da Terra do Nunca. Parabéns ao Flávio e a equipe Fox pelo programa review do Rally Dakar. Show!

  11. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&GOMES,

    Cristian, novamente como uma Fênix, vôou baixo com o corvete, e provou o que todos sabemos é um piloto especialista nesta competição Parabéns familia Fittipaldi Wilson e Emo

  12. Ronaldo disse:

    Como funcionário da casa você podia apertar o pessoal sobre a grade de automobilismo. Na hora da bandeirada, ontem, passava uma reprise de futebol. Ou melhor, acho que passava, porque é isso que estava anunciado.

  13. Dario Megaini disse:

    Feito muito legal para um piloto quarentão e que, de forma mais ou menos justificada, sempre foi considerado, como piloto, um Fittipaldi de segunda linha…

  14. Roberto Martinez disse:

    Bela corrida…..adoro as 24H de Daytona… apenas dois pontos negativos, o acidente no começo da prova e a disputa da última volta na GT entre a 458 e o R8, linda e limpa, onde os comissários desportivos fizeram uma lambança na punição exagerada, mas parece que corrigiram…

  15. Surubim Volador disse:

    Não é pouca coisa…. bela prova!

  16. ms disse:

    Christian Fittipaldi foi mais um de uma fileira de pilotos que pelo sobrenome famoso gerou grandes expectativas que logo foram frustradas pelos resultados pífios conseguidos nas pistas mesmo que vez ou outra conquiste uma vitória como essa das 24 horas de Daytona e por mais que saibamos que talento não é transmitido geneticamente vai ser interessante observar com o avanço das pesquisas com clones humanos (ou será que alguém ainda acredita que esse tipo de pesquisa não é feita na surdina por alguns países……) se o clone de um piloto genial terá a mesma performance nas pistas que o original …..
    PS: Só espero que não me façam um clone do Rubinho….

  17. Alex disse:

    Fico feliz de ver. Uma vitória em uma categoria de respeito. Afinal trata-se de um piloto que já foi campeão de F-3000, já correu de F-1, venceu corridas na Indy e tudo mais.

  18. Erton Leite disse:

    É quase um milagre que algum piloto brasileiro ganhe algo hoje em dia! Ainda bem que existem pilotos como o Christian! Parabéns!

  19. Marcio disse:

    Muito legal, arriscaram com o câmbio dando problemas e deu certo no fim.

  20. Rafael Mafra disse:

    Parabéns Christian. Valeu Farfus, agora é se deliciar na M4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *