S DA SALVELINA (12)

SÃO PAULO(não chove) – Acabou agora há pouco o último treino livre do fim de semana e Rosberguinho continua dominando a bagaça. Virou em 1min10s446, 0s114 na frente de Comandante Amilton. Massacrado ficou em terceiro a 0s429, e os três foram os únicos que andaram abaixo de 1min11s. Bottas, Ricciardo, Button, Raikkonen, Alonso, Magnussen e Kvyat fecharam os dez primeiros. Do primeiro ao oitavo, a diferença foi de 0s953. Não, a F-1 não está equilibradíssima. Todos os anos repito a mesma coisa. A pista é muito curta, e assim é natural que as diferenças de tempo sejam igualmente menores do que em circuitos com mais de 5 km, que é o que mais tem por aí.

A volta de Rosberg não é a mais rápida da história de Interlagos, como eu disse no Twitter. Em 2004, Barrichello, de Ferrari, virou em 1min09s822. Foi naquela pré-classificação que determinava a ordem de entrada na pista dos carros para voltas lançadas. Nem me lembrava direito desse formato de definição do grid. Alguém lembra?

Vamos comer um negocinho e já voltamos. Vou deixar a visita ilustre cuidando das minhas coisas aqui na sala de imprensa.

dilmanaf1

Comentários