MENU

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 - 18:43F-1

S DA SALVELINA (3)

SÃO PAULO (tudo no jeito) – Na condição de usuário desta pista, onde brilha o bravo soviético Meianov, fui ver de perto as duas grandes mudanças realizadas na primeira fase das obras de Interlagos. E gostei muito. A começar pelo S da nova entrada dos boxes, que bem poderia se chamar S da Salvelina.

salve004

O mais importante nesse trecho foi redesenhar o leito da pista, eliminando aquela quina que marcava o início do muro que delimita o pit-lane. Era perigoso pacas, porque todo mundo lambia a parte interna para cortar caminho e passava muito perto daquele troço. Quem cortar a linha, agora, será punido. E não tem mais quina, e sim um murinho com pneus em ângulo apenas para proteger aqueles que estiverem na segunda perna do S da entrada. Ficou ótimo e muito mais seguro.

Já o S do Senna ganhou uma nova área de escape que havia muito se fazia necessária.

salve003 A segunda perna do S do Senna sempre foi muito perigosa. Qualquer coisa errada ali acabava com uma estampada no guard-rail. Ao empurrar a cerca metálica coisa de 10 metros para dentro, foi preciso também redesenhar a saída dos boxes. Ficou ótimo. Assim como o asfalto, já que a tecnologia empregada no último recapeamento foi a mesma. Ninguém mais reclama de ondulações em Interlagos faz tempo. E esse asfalto escuro tem boa aderência. Meu Lada não reclama.

O piso do pit-lane também foi refeito, com concreto na parte interna e asfalto na faixa de passagem dos carros. Essas obras, pelo que sei, custaram coisa de 50 milhões de dilmas, pouco mais, pouco menos. No final do ano começam a ser erguidos o novo edifício dos boxes, os escritórios para as equipes e o novo paddock, que será ampliado e coberto. No total, 160 milhões serão gastos para adequar o autódromo às necessidades da F-1.

Todo mundo vai aproveitar. Eu adoro o paddock atual, acho que está tudo ótimo, mas nem todos compartilham desta opinião irrelevante. Principalmente os caras da F-1. Então, que façam o que tem de ser feito.

23 comentários

  1. Allez Alonso! disse:

    A pista ficou ótima mesmo. Alguém saberia dizer o tipo de asfalto???

  2. Paulo F. disse:

    Teve há uns anos um acidente pavoroso em uma prova de motociclismo no local. Espero que tenha tornado mais seguro para as outras modalidades também.

  3. Junior disse:

    Só eu que achava graça na galera que passava raspando o muro da entrada dos boxes? Tudo bem que era perigoso, mas essa porra toda é perigosa mesmo!
    Quanto ao S do Senna ele é perigoso para motos em track day com pouquíssima segurança, deveriam fazer um traçado alternativo (chicane, uma meia reta passando por fora da pista, qualquer coisa) para ser usado exclusivamente para motos. Muitos circuitos modernos tem isso e Interlagos não serve só para F1.

  4. RENE FERNANDES disse:

    Essas faixas pintadas tem cores insuportáveis e deixam os autódromos com um quê de artificial…Não é bonito….Cores mais naturais amenizariam. O Juncadella acabou de saracutiar na zebra multicolorida e sifú!

  5. A quina da entrada dos boxes realmente era muito perigosa, justamente pelo que você falou, todo mundo dava uma chegada para a esquerda, por dentro. Era preciso mudar aquilo, realmente, era perigoso por uma questão milimétrica.

    Mas… Devia ser duca tirar um fino daquela quina!!!!

  6. PRNDSL disse:

    Há previsão de alteração no desenho da pista? (Como aquela que previa uma extensão da reta oposta??)

  7. PRNDSL disse:

    Lembro que no primeiro treino da sexta-feira de 2002 (eu esava bem na frente deste ponto) o Hakkinen deu uma vacilada (vou ou entro??) e rodou, entrando na via do box de RÉ !!! por pouco dá de lado na quina daquele muro …

  8. Thiago Christao disse:

    O mesmo velho comentário quando se fala do asfalto de Interlagos, quem dera a prefeitura/estado , culpem quem quiser, usasse o mesmo asfalto na cidade toda …No mais taca-lhe pau #44 que o alemãozinho não é de nada….

  9. Rafael Banzales disse:

    A entrada do box ficou melhor. Deu mais segurança na reduzida. Por mim deveriam era acabar com o S do Senna. O cara fez a bagaça, morreu e ninguém sabe de verdade como fazer aquela curva. Minha opinião, deveria ser um hairpin tipo de Spa só que para o lado contrário. Iria ficar muito mais complexo e mais disputado.

  10. disse:

    A 2ª perna do S ficou show, motos sofriam lá. O Café continua, eterno e inocente, afinal nunca teve culpa. FG, duas equipes a menos deixaram os boxes tranquilos, menos aperto em relação a 2013, e reparei que menooooosssss pneus, muito menos a Pirelli trouxe este ano. Agora da reforma, como disse um amigo em comum: Pode de início parecer exagero, mas está adequada ao futuro da F1 e garantirá Interlagos por mais 20 anos no mínimo.

  11. Silvestre Zanon disse:

    Com essas reformas previstas a partir do fim do ano, como ficam as competiçoes regionais que usam o autódromo?

  12. paulo disse:

    Flavinho, só uma pergunta, sem querer gerar intriga, de jeito algum, só me surgiu a dúvida: O Lívio saiu do UOL porque você assinou com eles?

  13. Dan Patricio disse:

    O Meianov não estava aposentado?
    Quem aposenta primeiro? Meianov ou Rogério Ceni?

  14. José Brabham disse:

    Também gostei da mudança da entrada dos boxes. Um de meus pesadelos recorrentes nessa pista era ver alguém encher aquela quina e chover pedaço de carro e piloto por todo o pit-lane e arquibancada…

    • Robertom disse:

      Em condições normais é difícil bater ali, mas no ano passado, correndo na chuva, o Corsa (Marcas Paulista) do piloto Nelson Fortes rodou e acertou de traseira a ponta da mureta.
      Saiu ileso, apenas hematomas e dores no corpo todo, mas o carro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *