MENU

quarta-feira, 20 de maio de 2015 - 17:33Legião urbana

LEGIÃO URBANA

Não é todo dia que a gente vê um Dardo. Vermelho. Placa preta. Corona.

odardovermelho

15 comentários

  1. Waldir Ucci disse:

    O Dardo acima é de minha propriedade. Todos os emblemas e outros detalhes são originais da época. Quem precisar de peças e acessórios para Dardo é só entrar em contato com Trinacria – Serviços Técnicos Automotivos, Estrada da Capuava, 172, Jardim Sábia, Cotia, SP, telefones: 4616-1887 e 4243-8412 procurar por Silvio de Priolo, ele é filho de um funcionário da Corona que comprou quase todo o material que existia na fábrica quando esta parou de fabricar, além de ser um apaixonado por esse carro.

  2. Carlone Papa disse:

    Segundo o que ouvi do próprio Toni Bianco, ele fez esse carro por encomenda de alguem do grupo Corona, se baseando apenas em fotos do Fiat X1/9 Bertone.
    É uma cópia assumida, já que as importações estavam proibidas. Me dá a impressão que é um pouco menor do que o original.

    • Roberto Fróes disse:

      Acredito que haja algum engano aí, e explico a razão.
      Um amigo tem um desses (Dardo), em final de restauração, e comprou várias peças italianas, do X1/9, que serviram como uma luva!
      Interessante, o Dardo desse amigo não tinha as rodas originais, tinha umas de Uno, simples.
      E outro amigo – esse o FG conhece, o Doktor Helius – comprou um 147 do qual ele detestou as rodas, preferia as originais.
      E os dois se encontram, com os respectivos carros!
      Bem, achar as rodas do 147, originais, foi fácil.

      • Carlone Papa disse:

        Uma moldagem à partir de um original, seria muito mais fácil, com certeza, O comentário que ouvi sobre como foi feito, foi do próprio Toni, informalmente durante um churrasco. Não sei “exatamente” como foi feito, não entramos em detalhes, posso estar enganado.
        Lembro que uma coisa que me causava estranheza na época era o fato de usar como suspensão traseira, as McPherson dianteiras da Fiat, segundo uma ficha tecnica que li..

    • Smirkoff disse:

      Na verdade, o Dardo é uns 15cm mais longo na traseira que o X1/9. Tive a chance de comparar o meu Dardo com um X1/9 que estava à venda em São Paulo por volta de 1993.

      O Dardo tinha a vantagem em ter o porta-malas traseiro maior e estar livre da ferrugem. Mas o X1/9 tinha ar condicionado (a cabina do Dardo é uma sauna) e mais rigidez da carroceria, o que o tornava mais confortável para dirigir sem o teto.

      O “reprojeto” do Toni Bianco foi excelente, e o Dardo no geral é muito bem construído.

  3. Reinaldo Bascchera disse:

    Gosto mais do Dardo hoje do que quando foi lançado. Difícil ver algum por aí e mais difícil ainda ver um inteiro. A mecânica dele era do Fiat 147, motor 1.3, correto? E se não me engano, a montagem do motor era entre-eixos, mas não tenho certeza. e o teto era do tipo Targa. Lembra um pouco o Porsche 914. O garoto propaganda dele,se não me engano era o Fábio Jr…

  4. Paulo disse:

    Realmente uma relíquia. Achei uma neste fim de semana e gostaria de te enviar a foto. Qual e-mail posso enviar? Você vai babar na charanga.

  5. Smirkoff disse:

    Tenho um prata, 1980. Precisa de uma boa reforma, mas leva a placa preta sem muito problema. Era meu carro de uso diário nos anos 90. É uma delícia de carrinho, uma boa versão de um original Bertone, sem a ferrugem que furava rápido os X1/9. O maior problema dele era parar com chão molhado _a frente é muito leve e as rodas travam fácil. E sem o teto o meu “gingava” que era uma beleza, falta uma estrutura a mais para estabilizar o monobloco.

  6. Ricardo disse:

    Reza a lenda que a Corona deixou vários sem terminar, na região de Cotia. Aliás, é uma lenda bastante factível.

  7. guest disse:

    Muito bonito, de fato. Obrigado pela foto, FG.

  8. Alex disse:

    Dos chamados “fora-de-série” eu adorava o bianco. Os primeiros miúra eram legais também. O dardo já não fazia muito meu gosto.

  9. Fabio disse:

    Até o piso da garagem é de época…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>