BORRACHA, BORRACHA…

SÃO PAULO (haja confusão) – Vamos tentar entender. A Pirelli hoje faz quatro tipos de pneus slick: duros, médios, macios e supermacios. Dois são escolhidos por corrida. Cada piloto tem de usar ambos em pelo menos algum momento da prova.

Ano que vem: serão cinco tipos. Além dos já conhecidos, haverá um super-supermacio (querem foder com o uso do hífen, só pode ser). Para cada GP a Pirelli vai levar três, não dois. Mas cada equipe terá de escolher dois dos três, sendo que um deles será obrigatório para todo mundo.

Confuso, né? Mas vamos dar um exemplo. Corrida em Suzuka. Serão levados médio, macio e supermacio. O médio será obrigatório. O segundo tipo de pneu terá de ser escolhido entra as outras duas opções oferecidas. Assim, teremos times usando médio e macio, e outros usando médio e supermacio.

Deu para entender, ou entendeu sem dar?

Abre-se uma nova possibilidade para cada carro, um segundo tipo de pneu como “option”. Só isso. Não sei bem o que pensar. Teoricamente, pode ser legal. Vai ter carro que gasta menos, e portanto poderá optar por um mais macio que os adversários. Ainda acho que uma boa disputa entre marcas seria mais interessante, com alguns limites para os custos não chegarem na estratosfera. Mas eles devem saber o que estão fazendo.

Comentários