MENU

Friday, 16 de September de 2016 - 17:15F-1

PROST, O MELHOR

SÃO PAULO (é uma opinião) – A notícia tem alguns dias. Em entrevista a Eddie Jordan no “Top Gear”, Bernie Ecclestone elegeu Alain Prost como o melhor piloto que já viu. E pode-se dizer que Bernie viu todos, dada sua idade. Quando a F-1 começou sua história, em 1950, ele já tinha quase 20 anos.

(Aproveitando, notícias sobre o “Top Gear”. Na nova formação, parece que não virou, ainda. Chris Evans pulou fora da apresentação no começo de julho, por causa das baixas audiências. Não vi nenhum ainda com a nova turma. Onde passa? Que dia? Que hora? Já está no YouTube? Estou com preguiça de procurar, aceito links. Por sua vez, os velhos Clarkson, May e Hammond estreiam em novembro na Amazon e tudo indica que será tão bom quanto sempre foi. O orçamento para cada episódio é de 4 milhões de obamas. Não tem como dar errado, com o talento dos caras e tanta grana.)

Schumacher e Senna foram citados entre os melhores, mas o chefão da F-1 ficou com o francês tetracampeão porque ele “nunca teve privilégios na carreira”, o que é uma verdade.

Ontem participei de um programa de TV numa faculdade e me perguntaram dessa história de o Bernie achar Prost o melhor de todos. Respondi que é uma escolha tão legítima quanto qualquer outra. Eu ainda acho Schumacher imbatível — se não por outros motivos, que os há, pelos números impressionantes –, mas qualquer um que saia de uma lista que tenha Fangio, Clark, Prost, Lauda, Senna, Piquet, Schumacher, Vettel e Hamilton é fruto de uma opinião aceitável. Quase questão de gosto.

Esqueci alguém nessa relação? Acho que não. Eu ia pedir uma para vocês, também, mas acho que todos aqui já fizeram essa lista milhões de vezes. Então, fico com uma pergunta simples: para vocês, Prost foi o melhor de todos? Se sim, por quê. Se não, quem?

prostnaedams

91 comentários

  1. Rubens says:

    Sobre o Prost ser o melhor, é questão de gosto mesmo mas dizer que ele não teve ajuda? E o Balestre?

    Todos grandes pilotos tiveram alguma ajuda.

  2. Éder Rodrigues de Souza says:

    O Jack Stewart levou 3 campeonatos, deve ter sido um cara muito bom, deveria estar nessa lista

  3. Leandro Freitas says:

    Nada contra Prost. Grande piloto (ninguém ganharia 4 títulos se nao fosse) mas Tio Bernie soltou mais uma de suas sandices pois vejamos.
    Nos números é facilmente batido em todos os quesitos principalmente por Schummy (todos são)
    Era menos espetacular que Senna e de novo Schuhmacher…
    Em termos de acerto de carro perde de longe pra Piquet e Lauda…
    Em inteligência de corrida e regularidade ninguém foi maior que Nelsão…
    Concluindo… Não foi o mais rápido, não teve os melhores números, não era o mais regular e nem o melhor acertador de carros, embora esteja entre os cinco maiores está longe de ser o maior

  4. Danilo A. says:

    Se Vettel e Hamilton estão nessa lista, Alonso também deveria estar.

  5. José Brabham says:

    Piquet é melhor que Prost. Provou isso na pista.

  6. Wal says:

    Concordo que e quase uma questão de gosto, so acrescentaria Jackie Stewart na lista, mas Prost esta entre os grandes sem duvida.

  7. Com 24 vitórias em 51 corridas disputadas e 5 títulos mundiais, ultrapassados depois de décadas, elejo JUAN MANUEL FANGIO o maior piloto de todos os tempos da F-1.

  8. Victor Serrão says:

    Senna foi o melhor. Essa é a minha opinião, baseado no que vi e no que senti principalmente entre 1988 e 1994, que compreende o período entre minhas primeiras memórias como espectador, e sua morte.

    Prost não teve facilidades? E quem disse que os outros tiveram? Piquet as teve? Lauda veio de uma família abastada, mas provou no braço a que veio e em fim de carreira bateu justo o Prost.

    Prost foi muito bom, mas teve o melhor carro em três de seus quatro títulos – com menção especial para 1993. E o título de 1986 foi muito mais perdido pela dupla da Williams do que propriamente conquistado por Prost. E, da lista aí citada, poucos passaram pela vergonha que o Prost passou em 1992.

    Então, é isso. Minha opinião. E, ainda me atendo à minha opinião, Bernie fez de carreira a arte de permanecer relevante. É isso o que ele faz. E cá estamos de novo falando das peripécias do vetusto polemizador que comanda a F1.

    • Luciano says:

      Senna tbm teve o melhor carro quando conseguiu seus títulos. Esqueceu? Em 1991 a Willians só começou a ser regular no meio da temporada.

      Seu comentário é uma piada, só pode. Haha
      Prost ganhou dois títulos com o melhor carro. Em 1993 e 1989. Mas em 1989, ele ñ correu contra ngm, ñ é verdade?

  9. O Senna pode ser considerado um Mito, mas não pode ser considerado o melhor em todas as listas e opiniões. A F-1 tem feras de várias épocas, então uma lista ou opinião seria melhor nos melhores, e não exclusivamente no melhor. Prost pode ser considerado o melhor, assim como pode ser considerado também um dos melhores!

  10. Leandro says:

    O melhor de todos pra mim é o Fangio.

    Quando o povo considera os números absolutos na F1, acabam ignorando que a F1 mudou em um monte de coisa. Começou com 5/6 corridas por ano, menos profissionalizada, os pilotos estreavam mais velhos e os carros mais quebráveis aumentavam os riscos pra carreira e MAIS AINDA PRA VIDA; hoje já entrou na casa das 20 por temporada, pilotos estreando mais jovens e tendo carreiras mais longas pelo profissionalismo que diminui o risco de morte, com carros que quebram menos.

    Então, para uma comparação mais abrangente para todas as épocas, o método que considero mais justo é a porcentagem. E nisso Fangio não foi batido por ninguém até hoje. Nem por Schumacher.

    Ele começou com 39 anos, e não construiu uma carreira planejada igual Senna, que chegou na F1 aos 24 ou Schumacher aos 22. A F1 nasceu com ele já pilotando, ele que tinha pouca experiência de Europa se comparado com Farina e Ascari, por exemplo (primeira corrida europeia dele foi em 48).

    E mesmo apesar de não ter a experiência, o preparo e nem O DINHEIRO de campeões posteriores (ele corria de tudo por necessidade) conseguiu se sobressair pilotando em 4 carros diferentes e ofuscar praticamente todo mundo da sua época.
    Ou alguém aqui sabe pormenores das carreiras de Giuseppe Farina, Alberto Ascari e Mike Hawthorn? Quando se fala em primórdios da F1, o argentino é quem rouba a cena.

    Começou tarde, teve uma carreira vitoriosa do começo ao fim e mesmo parando tarde, soube quando parar.

  11. Paulo Fonseca says:

    Prezado F&G : simplesmente F A N G I O. – O melhor do mundo de todos os tempos.

  12. Paulo Fonseca says:

    Prezado F&G : com muito respeito , aceito sua opinião, mais discordo um pouco, peço mil desculpas mais ainda continuo votando em FANGIO, como melhor do mundo de todos os tempos. Dos anos 60/70 coloco quatro nomes : Jim Clark., J.Stuart, Ermerson Fittipaldi e Niki lauda , anos 80/90 – Piquet e Prost – 2000- M. Schumarcher – Fernando Alonso- Vettel – Hamilton.

  13. Gil says:

    Realmente, não dá pra criticar a escolha de ecclestone. Eu não acho Prost o melhor por alguns motivinhos, o principal é que ele virava o Haryanto debaixo de chuva… incrível, o cara era habilidosíssimo (desde a quinta séria não usava um superlativo) mas, quando chovia, a corrida acabava para ele. Já Senna e Schumacher davam show, eram pilotos que entregavam um espetáculo. Difícil falar em melhor de todos principalmente com a imensa diferença dos carros no decorrer das décadas, mas não gosto do Schumacher por sua falta de esportividade, por mais que os números sejam incontestáveis…
    Então vou ser romântico e ficar com o Jim Clark, pela essência de seu estilo e pela F-1 “de raiz”.

  14. Fernando Delucena says:

    também escolho Schumacher, mas tenho uma intuição de que dentre os nomes desta lista, Piquet é o que ganha menos votos entre a maioria das pessoas, e acho isso injusto. Mas também não tenho resposta sobre o porque de escolherem menos Piquet.

  15. Não acho que Prost foi o melhor de todos. Mas, como bem dito, qualquer um dos grandes pode ser classificado como o melhor.

    Porém, não consigo ver nenhum dos melhores no mesmo nível de Schumacher.

  16. Leovegildo Fernandes says:

    Pros meninos que sabem de ouvir falar, vou falar bem baixinho aqui, pra ninguem nos ouvir: O Ballestre nao tirou o titulo de 89 do Senna. O Senna teria que ganhar as duas ultimas corridas, no Japao e Australia, pra levar o titulo. Mesmo se tivesse ganhado no Japao, teve uma chuva torrencial na Australia e quase ninguem terminou a corrida, Senna inclusive. Entao o campeonato de 89 seria do Prost de qualquer maneira.

    Ah, e antes que digam que o Senna tinha entregado os pontos, se me lembro bem alguem ja tinha entrado com recurso e estavam tentando mudar o resultado do Japao, entao o Senna correu pra ganhar na Australia.

    • Carlos says:

      Que bom saber que alguém além de mim lembra-se desse fato.
      É uma das imagens que guardo na memória daquela época, a do Senna voltando para os box no meio do dilúvio da Austrália, com seu carro sem a suspensão e roda de um dos lados. Naquele momento, toda aquela pantomima da corrida do Japão acabava de ir água abaixo, sem a vitória, o título seria de Prost de qualquer jeito.

    • Rafael Schelb says:

      Verdade isso aí…

    • Daniel says:

      Sim, colega. Mas me responda: Como você pode garantir que, se no GP da Austraçia de 1989 o campeonato estivesse em aberto, o resultado seria exatamente o mesmo?: Por um acaso Senna (no caso, mas vale para qualquer dos pilotos na pista) faria exatamente os mesmos tempos em cada volta e bateria exatamente no mesmo ponto? Como afirmar que ele não estaria mais rápido ou mais lento? Como dizer que ele não iria, por exemplo, bater na primeira volta ou na ultima curva… Ou vencer entre outros resultados possíveis?
      Não seria certeza de titulo, claro, mas Senna, com o campeonato em aberto, estaria muito mais focado. Claro que Prost tambem…

      Sobre a pergunta do Flavio. Concordo com o que ele escreveu.

      Pessoalmente, não saberia dizer.
      Numa lista sem ordem, e deixando alguns nomes de fora:

      Fangio e Clark pelo que li e ouvi dizer,

      Senna, Prost, Lauda e Piquet por memoria afetiva

      Schumacher principalmente (mas não apenas) pelos numeros
      Hamilton e Vettel pelos feitos recentes

  17. Todos da lista são merecidos.. essa eleição é difícil.. mas não vejo um com o dobro do talento do outro.. então não há um super melhor.. todos foram gênios.

  18. Rafael P Chinini says:

    engano meu, ou cada hora ele fala um piloto diferente?

  19. Oi? says:

    No, thanks. But… no, thanks.

  20. José Eduardo says:

    Comparar os pilotos é complicado, por que os mais antigos tinham condições, regulamentos, carros e tecnologias diferentes. O Fangio na época do capacete toquinha tinha audácia, coragem e muita habilidade, o Lauda, tinha tudo isso em carros mais evoluídos, mas era mais frio e metodico, o Senha, como,o Flávio diz um obstinado, que trouxe a preparação física e acho que mental para F1. Shummi era muito competente, habilidoso e audacioso, mas já seguiu passos de senna e teve carros mais evoluídos numa F1 diferente. Os mais recentes pilotaram numa F1 digamos eletrônica que auxílios externos, mas tiveram habilidades de fazer o pokemon race da F1 funcionar da maneira correta e superar em muito os demais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *