ANDRETTI (QUASE) LÁ

Andretti + Cadillac = F-1. Ou não…

SÃO PAULO (feito) – A FIA anunciou hoje que aceitou a candidatura da Andretti Global a uma vaga no Mundial de F-1. As demais propostas, de Carlin, Hitech, Formula Equal e LKYSUNZ, não atenderam às exigências do, digamos, “caderno de encargos” da entidade.

Agora, a Andretti precisa negociar algumas questões comerciais com a FOM, a Liberty e as outras equipes. Mas é questão de tempo para que seja oficialmente declarada como 11ª participante do campeonato. Para estreia, possivelmente, em 2025. Ou, talvez, em 2026, com o novo regulamento de motores.

A associação com a GM, através da marca Cadillac, pesou a favor de Michael Andretti, claro. Mas toda sua capacidade de trabalho, presença em oito categorias, expertise nas pistas e história no automobilismo contaram bastante, claro. Além da grana: o grupo tem os US$ 200 milhões exigidos como taxa de diluição, que serão divididos entre as equipes atuais, e lastro financeiro que garante uma longa vida na categoria.

É uma ótima notícia. Desde 2017, os grids dos GPs da F-1 têm apenas 20 carros. Ninguém acha que voltaremos aos anos 80/90, quando qualquer maluco montava um F-1 no fundo da garagem, comprava um motor e um câmbio e disputava o campeonato. Era divertido e coisa boa saiu daquela loucura. Mas os tempos são outros, os custos são outros, tudo é outro. Assim, a chegada de uma nova equipe deve ser saudada. E que comecem as especulações sobre os pilotos!

Subscribe
Notify of
guest

18 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo F.
Paulo F.
4 meses atrás

Preferia quando Moss, Surtees, Merzario e Prost construiam suas máquina no fundo do quintal…

roberto kastrup mourão
roberto kastrup mourão
4 meses atrás

O Stroll é contra porque quer vender a Aston Martin e é logico que com dez equipes o preço de venda é maior.

Carlos Sato
Carlos Sato
4 meses atrás

O atual Pacto de Concórdia vence em 2025. FIA e Liberty estão em uma guerra pelo controle da categoria. Todos os envolvidos, principalmente as equipes, se mostraram contrários a idéia de expansão do grid, pois o modelo tem sido bem lucrativo. Nesse entido, para mim, a Andretti tem sido utilizada como boi de piranha pela FIA, nessa disputa particular com a Liberty. Seria, para os fãs, uma excelente notícia a Andretti/GM nas pistas, mas, sinceramente, não acredito que se concretize.

Marcus
Marcus
Reply to  Carlos Sato
4 meses atrás

Vai acontecer sim. A Liberty tem a grana, os contatos com a grana árabe. E é claro que vão querer o sobrenome Andretti na F1.

Wolverine
Wolverine
4 meses atrás

Pilotos Latife e Sargent

Megas Alexandros
Megas Alexandros
5 meses atrás

Michael foi pra F1 cheio de moral da Indy e foi um fiasco.

Veremos como será em relação à equipe…

lagerbeer
lagerbeer
5 meses atrás

VW, GM, Ford, Honda, Renault e Fiat em uma única temporada: quase um mundial de marcas, isto é, tem mais marcas que o próprio mundial de marcas … quem diria …

Oto
Oto
5 meses atrás

Ótima notícia a Andretti no grid, abre mais duas vagas para os pilotos. Tomara que que dê pro Mick correr agora.

Marcio
Marcio
5 meses atrás

Em 2025, Um “fim de carreira” mediano, tipo Bottas + um novato midiático que leva patrocínio de bebida energética concorrente (Monster, Rockstar) e que vai ser garoto propaganda dos Cadillac Blackwing (uma “amg” ianque).
Eles têm tempo, tem que pegar um filho de piloto de Nascar famoso e mandar pra Europa para aprender a virar o volante pra direita.

Igor
Igor
5 meses atrás

O segundo piloto, não sei. Mas o primeiro com certeza é Logan Sargeant.

Fabio Ribeiro
Fabio Ribeiro
5 meses atrás

Oi Flavio, a mídia inglesa (o Benson da BBC, a Autosport) diz que a tendência é que a F1 rejeite a Andretti, principalmente porque acham que os 200 milhões são “pouco”. Você tem informações diferentes?

Beto Filho
Beto Filho
5 meses atrás

Hertinha é quase certeza já!

Jão Bom Jovem
Jão Bom Jovem
5 meses atrás

Mario Andretti piloto numéro um, Michael Andretti piloto numéro 2, e Marco Andretti reserva

Bento
Bento
Reply to  Jão Bom Jovem
5 meses atrás

Pilotos de testes: Al Unser e Al Unser Jr.

Marcus
Marcus
Reply to  Bento
5 meses atrás

Al sr, só se fizerem uma sessão espírita.

Megas Alexandros
Megas Alexandros
Reply to  Bento
5 meses atrás

Como o Al Unser “pai” morreu há quase 2 anos, pode-se chamar o Al Richard Unser, que é da mesma geração do Marco Andretti e teve uma carreira razoável (sendo bem legal com ele, pois perante as expectativas que o nome gerou, foi muito abaixo).

Marcos Bertolo
Marcos Bertolo
Reply to  Jão Bom Jovem
5 meses atrás

Boa kkktudo em casa