MENU

segunda-feira, 16 de julho de 2012 - 17:34Brasil, Indústria automobilística

POR ONDE ANDA?

SÃO PAULO (ah, dona Rosane…) – Ontem muita gente viu no “Fantástico” a patética entrevista de Rosane Collor, ex-primeira-dama do Brasil, nas “comemorações” dos 20 anos do impeachment do presidente doidivanas.

Não vou entrar aqui na discussão sobre o tratamento dado pelo programa a notícias tão velhas e irrelevantes, muito menos à caricatura de gente que virou essa mulher — o marido também. São tempos passados. Curti bastante, na época. Derrubamos um cretino, afinal.

Vou é aproveitar o ensejo para mostrar o que me mandou o blogueiro Luiz Dellano, de outra cidade mineira que começa com B, a exemplo de Belzonte, Beraba e Berlândia. Ele é de Bá. Dellano enviou a foto do primeiro carro que chegou ao Brasil depois que Collor liberou as importações, proibidas desde 1976. O presidente, que curiosamente caiu graças a uma Elba (claro que teve mais, mas não deixa de ser irônico a Elba ter tido papel tão importante), achava que nossos carros eram “carroças”.

O carro em questão é essa Mercedes 300E. Logo depois vieram os Lada, importados em massa — o lado bom desse negócio, não fosse essa liberação, eu não teria minhas belezinhas. A história toda está aqui. Por onde será que anda essa Mercedes? Aliás, por onde será que anda a Elba?

Vamos atrás da Mercedes e da Elba.

127 comentários

  1. kevin disse:

    ela esta presa aqui em uberlandia ela era do meu advogado ela ainda ta no nome do collor a plaaca dela e boe 8381 se quiser achar ela me liga 9224 9080

  2. Fabio disse:

    Infelizmente nossos carros são mesmo grandes carroças,
    comparados aos carros europeus, sem falar nos preços.

  3. Lucas disse:

    Flagrei uma parecida em uma oficina na zona oeste de SP.

    http://www.youtube.com/watch?v=DEfLd0Y2NEs

    E aqui a irmão mais velha, uma 280:

    http://www.youtube.com/watch?v=60jW6zzlKuM

  4. Luciano Tyski disse:

    Olha aqui Flavio, por incrivel que pareça uma das 4 Meca da leva de 1990/91 esta em campinas. Não podemos precisar se é a mesma da foto do seu post, mas é uma delas.

    http://www.reginaldodecampinas.com.br/raridades/?id=141

  5. Ander disse:

    O Collor caiu por causa da Elba e da reforma da casa da Dinda, os que protagonizaram a queda João Alves, Ibsen Pinheiro etc foram acusados de corrupção e condenados diferente do que aconteceu com Collor… O que foi desviado no governo Collor pode ser comparado a dinheiro de pinga perto do que foi desviado no governo Lula só que ninguém fala disso…
    Não tiro os méritos de Lula, admiro uma pessoa sair de onde saiu e chegar onde chegou, fez um bom governo apesar dos casos de corrupção, agora creditar apenas a ele o bom governo é um excesso, o mérito deve ser divido com gestões anteriores.

  6. Lucas Martin disse:

    Foi em 1990 né… pena que essa não é a minha, mas é igualzinha! 300E 1992, esse carro marcou minha infância, hoje vale o mesmo que um UNO, compro dez dela mas não compro um UNO. Ano que vem termino a reofrma e começo a aprecer nos encontros aqui e ali! Sabe quem foi o primeiro dono da minha?!?!? quem quem?!?!?!? IURS, pois é… seu Edir Macedo já sabia o q era bom a muito tempo atrás! Mas agora é minha e vou salvar a alma dela!

  7. luiz dellano disse:

    fala macacada!!!!!!!! “BÁ”, segundo o messias FG é a nossa querida UBÁ, situada na zona da mata mineira, junto a juiz d efora, muriaé, barbacena e viçosa..é a terra do ary barroso( o da aquarela do brasil), do nelson ned, do mauro mendonça, da manga, dos moveis e do guará, maoir artilheiro do clube atletico mineiro, galo forte e
    vingador…

  8. John McClane disse:

    Como leitor assíduo do blog, sei que quando tem post sobre política é garantia de diversão, com os comentários xaropes de alguns devidamente respondidos pelo FG emulando o estilo Tesoura Voadora do Junior Baiano.

  9. John McClane disse:

    FG, faltou você dizer que a Elba foi a única coisa decente que a Fiat fez no Brasil. Agora, falando sério, eu, que tenho 27 anos e era criança na época, nunca vi uma pessoa dizer que votou no Collor. Ninguém admite.

  10. Ricardo Bigliazzi disse:

    Na boa…o Collor,,, e os caras que estão do lado dele hoje em dia não merecem nada mais do que o nosso descaso… essa turma quer tudo no bolso dela… ainda rasparam a ultima moedinha que existe no cofre.

    Imperador

  11. Luciano Goes disse:

    Também achei a entrevista fraca, mas por um bom lado é bom sempre lembrar esse momento histórico, para que no dia 2 de agosto no julgamento do “mensalão” a história não se repita como foi a do fdp do Collor, que era e é um corrupto que infelizmente não foi condenado pelo argumento da “falta de provas”, argumento recorrente no Brasil para livrar cara de sujeito safado, portanto, independente de opinião política Flávio, entendo que o dia 2.8.2012 será uma data muito importante para a nossa história, pois ou evoluimos ou continuemos sendo um país que nunca vai sair do atraso, que o STF julgue com lucidez e com justiça… Isso vale para qualquer político, seja o Dirceu, o Roberto Jefferson ou o Demostenes Torres, que seja defenestrados da política, vamos progredir e evoluir, isso sim!!!

    • Ricardo Sarmento disse:

      Tomara Luciano, tomara que esses corruptos sejam punidos com todo o rigor disponível pela lei brasileira. A máquina estatal já tentou de todas as formas “melar” esse julgamento, já nomeou certos ministros para o STF que não deveriam nem exercer a advocacia e sim, serem clientes de advogados criminalistas. E lá no STF, esses só tentam atrapalhar os trabalhos do min. relator, o linha dura Joaquim Barbosa. O STF no Brasil, não é a mais alta corte do poder judiciário, e sim um orgão político.

      Fizeram com que essa CPI do cachoeira fosse aberta, mas só para desviar as atenções do caso mensalão, pois carlinhos cachoeira é um personagem conhecido há vários anos pelos parlamentares de Brasília e acredito que se quisessem ter pego ele, já poderiam ter feito isso há anos.

      E quanto á história do Collor, se puder leia o livro: Passando a limpo – a trajetória de um farsante, que foi escrito pelo Pedro Collor, e conta a história inteira do Collor na política.

  12. caco disse:

    A Rosane Collor foi no fantástico apenas para reclamar que o valor da pensão é muito baixo (R$ 18.000,00). A amiga ganha R$40 mil. Porém, a jurisprudência mudou. Alguns anos atrás, uma mulher entrou na justiça pedindo 20 mil. Justificou que com 6 mil não dava para viajar para o exterior e trocar de carro zero todos os anos. Além de fazer compras no shopping. O STF anulou a pensão dela. E agora tem que trabalhar. Isso mostra que o Fantástico – nos úlitmos 15 anos – tem as piores reportagens da televisão brasileira. E precisa de muito esforço para ser o pior na tv brasileira.

    • John McClane disse:

      O Fantástico era um programa que eu adorava. A abertura, aquelas reportagens de dar pesadelo, vinha antes do Domingo Maior que passava sempre algum “Vingança Implacável 25″, tinha a cobertura da F-1 (o Leo Batista falando “o inglês Nigel Mansell da Williams venceu o GP…). Aí, virou essa coisa aí, com um malaço apresentando, outra inexpressiva qualquer, com matérias desse naipe. Triste.

  13. vitão disse:

    se me lembro bem, a representação oficial da BMW era o pessoal da Viccari, uma família que tinha loja GM na av. Elizeu de Almeida. Parece que por investimentos zoológicos deles (vulgo jogo do bicho) perderam a concessão da GM e da BMW. Eles conseguiram a concessão da BMW North America, que era quem administrava o terrritório .

  14. Luizão disse:

    Pois é. Uns postam uma coisa, outros outras. Uns ficam putos e outros se divertem e assim vai.

    Só sei que a matéria do Fantástico foi tão sem graça que deveria ser apresentado no programa da Fátima Bernardes. Esta Globo heim!!! TUDO A VER.

  15. Diogo disse:

    Gomes, você se deu conta de que a retransmissora da Globo em Alagoas (de propriedade da família Collor) foi obrigada a transmitir a Rosane descendo a lenha no Fernando?

    • Lucas disse:

      Muita ingenuidade acreditar que o papo gardenal da boneca inflável iria incomodar os donos de alagoas. Imagina a quantidade de dinheiro que vale 1 segundo no comercial de fantástico. Estavam soltando rojões e não chorando… Alias, Fernandinho foi eleito graças a “magia negra” ou graças a globo? Hehehe piada pronta é pouco pra esse país…

  16. Lucas disse:

    Flávio falando em Lada, ontem postei um à venda, o que achas?

    https://adotecarrosvelhos.wordpress.com/2012/07/16/lada-sedan-9595/#comment-1265

    E isso me lembrou 2 flagras que para quem gosta de Lada’s sentirá uma dor no coração.

    O primeiro um SW (hoje está em uma situação muito pior):
    http://www.youtube.com/watch?v=wHseG1Dch3Q

    E aqui um Sedã (foi colocado na rua para um carroceiro levá-lo para o ferro-velho – doação mesmo):
    http://www.youtube.com/watch?v=diSkuCTFSOg

  17. thiago disse:

    não foram os estudantes que derrubaram o collor e sim a falta de apoio político…

    • Pedro Araújo disse:

      Eriberto França é o nome chave desse episódio. Pesquisem.

    • Burrinho Batiquebra disse:

      Óbvio ululante. Os caras-pintadas ajudaram a derrubar o Collor tanto quanto os 6 sem-terras ajudaram a derrubar o Lugo no Paraguay. Chegar ao poder é muito mais fácil do que se manter. Sem sustentação política, não há como.

      Curiosamente, a revista preferida do Flávio Gomes (Veja), foi um dos fatores que efetivamente colaboraram para a queda do Collor com suas manchetes bombásticas sobre PC Farias, Casa da Dinda, Fiat Elba, Eriberto e companhia bela. Isto está motivando os chiliques do Collor na CPI do Cachoeira. Ele quer por que quer botar todo mundo da Abril na cadeia com vingança pelo impedimento.

  18. YPVS disse:

    Lembro que o Barrashopping aqui no Rio abriu uma área só para importados e o primeiro piso era só pra automóveis.
    Lembro como se fosse hj o dia que vi um Honda NSX pela primeira vez.
    Outro carro interessante, na época, era o Isuzu Impulse. Esses dias saí de casa e dei de cara com um, que ainda vejo de vez em qdo. Vou fotografar!

  19. EduardoRS disse:

    Não adiantou muito liberar as importações pra depois socar um imposto de trocentos porcento. Isso ainda inviabiliza muita coisa. O protecionismo da economia brasileira ainda é ridículo no dias de hoje, ainda somos um dos países mais fechados do mundo. Por exemplo, eu preciso comprar uma mesa digitalizadora para desenvolver meu trabalho. Não existem fabricantes nacionais desse equipamento (e mesmo se existissem, provavelmente seriam de qualidade sofrível). Então, sou obrigado a comprar um produto que vem com 100% de imposto nas costas e custa aqui quase o triplo do que no resto do mundo. Os anos passaram, muito progresso foi feito, mas nossa economia continua acorrentada.

    • Lio Campos disse:

      Tem coisas q não posso falar aqui só se o Flavio autorisar e emprestando todos advogados dele p/me defender mas vou explicar só 1% o Collor amava carros e todas tecnologias do mundo la fora e amava o País e achava um crime os governos militares terem fechado as importações em 1976 .à pedido de uma Montadora aqui no País e .quando entrou no governo em 1990 deixou bem claro são 4 anos de mandato no primeiro ano ia abaixar os impostos de carros importados em 25 % no segundo ano iria tirar 50% dos impostos de importados no terceiro ano 100% igualando aos impostos dos carros nacionais e no quarto ano deixaria entra USADOS IMPORTADOS só para comentar uma Ferrai usada na Europa ou EUA custa hoje $30 mil reais..ia fazer isso devagar para não quebrar as fabricas aqui …ficou só 2 anos os politicos ladróes da epoca ( anões do orçamento ) convenceram a população que Ele roubava e tiraram Ele ja tinha abaixado em 75 % impostos ..mas o Itamar colocou novamente os impostos …o Fernando Henrique cagão achou que deveria tirar mas tirou pouco uns 35 % e o Lula colocou novamente para agradar as Fabricas aqui no País enfim é uma vergonha os impostos aqui no Brasil, tentei explicar que a volta dos impostos não foi culpa do Collor, Ele queria que fosse igual quando a gente era jovem o imposto do importado era igual do carro nacional para a industria fazer coisas boas igual la fora e podia entrar usados …eram bom demais..Só para terminar muitos cientistas politicos la de fora dizem que se tivessem deixado Color continuar o Brasil tinha chegado a primeira potencia no mandato dele …mas esta com freio de mão puchado desde que Collor saiu ..só falo o seguinte se o mundo não acabar dia 21/12/2012 …Nós vamos ser escravos da China daqui uns poucos anos 10 no maximo…por que os impostos altos acabam com o País e o crescimento não chega à 1% enquanto que a China cresce à 8% e olha que 8% da China equivale a uns 80.000% da nossa industria ..Nós tamo fudido e mau pagos..só para citar um exemplo no nosso ramo de carro fui comprar um RADIADOR de Gol 2008 que pagava uns $250 à anos ….o Lojista me ofereceu igual chines na caixa por $30 reais…e tem todos os modelos de todos Gols e Unos, e GM, e Ford, os Chineses fabricam tudo e barato e vendem para o mundo inteiro ..Nós fabricamos pouquissimo e caro por causa dos impostos tato ou não estamos fudidos ???

  20. alexis disse:

    O primeiro foi uma BMW

  21. Leandro Castro disse:

    Gomes, antes de tu postar, eu por curiosidade tinha pesquisado sobre a Elba!
    Olhe o que encontrei. http://www.carlosalvesmoura.com/fotos/displayimage.php?album=9&pos=10

    E, pesquisando a placa dela no Google, encontra-se vários links que a ligam a Collor, inclusive o texto: “Os registros do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) informam que o Fiat Elba de placas JDP-7269 é de propriedade de Fernando A. Collor de Mello e está “em circulação”. Modelo 1991, o carro foi adquirido diretamente da Fiat Automóveis. Os registros do Detran também explicam por que o veículo aparece hoje com placa diferente daquela registrada em fotografias em 1992: FA-1208. Essa era a placa anterior, antes da mudança das placas amarelas por placas cinzas”

    Espero ter ajudado!

  22. Mauricio Alves disse:

    Apesar de todo o movimento que o derrubou por muitas razões, algumas plausíveis outras obscuras, temos que reconhecer que o governo do Collor trouxe alguns benefícios que desfrutamos até hoje.
    Minha mulher chegou ao Brasil em 1984, vinda da França. Ela ficou atônita ao descobrir que, por causa das restrições às importações, coisas básicas encontráveis em qualquer mercadinho de Paris não existiam no Brasil. Os carros, só para citar o exemplo em tela, eram mesmo similares às carroças se comparadas aos europeus!
    A indústria brasileira, ao invés de trazer as novidades e implantá-las no país, nos mantiveram na obscuridade em relação às tendências de consumo mundiais. Ou seja, por um grande desconhecimento o brasileiro médio não sabia o que perdia!!
    A “nova abertura dos portos” promovida pelo Collor colocou o brasileiro em contato com o que o mundo já desfrutava há décadas!
    Quanto aos carros, bem, não há o que discutir!

  23. Estevão disse:

    Se Collor foi cretino, imagina o Lula, Dilma, Dirceu e Cia Ltda.
    Algumas das leis que mais são respeitadas no país nasceram no governo Collor. Só prá citar algumas que nos são corriqueiras: Lei 8213/91 (Seguridade Social), Lei 8245/91 (Locações), Lei 8112/90 (garante direitos aos servidores públicos nunca antes reconhecidos). E as mais importantes: Lei 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente) e Lei 8078/90 (Código de Defesa do Consumidor).
    Quanto ao Lula, apenas deu um tapa no que já tinha por aí: Falências, Drogas, Licitações. Ah, e criou uma Lei que legalizou a roubalheira, a tal da Lei 11079/2004 (Parceria Público-Privada). Quem nunca ouviiu falar em escândalos envolvendo OSCIPS?
    Abraço!

    • Flavio Gomes disse:

      É duro aguentar o sucesso dos outros, né? Cai fora, mala.

    • Banana Joe disse:

      Cara, não sou petista nem tenho procuração pra defender o Lula ou a Dilma.
      Não topo nem um pouco os esquemas do Zé Dirceu.
      Mas comparar Lula com Collor não dá né amigo… nem forçando muito a barra!

      • Talvez fazer esta comparação não seja tão absurdo assim, nos dias de hoje. Afinal, vemos a todo instante Lula, Maluf, Sarney e Collor abraçadinhos por aí. Quanto à colaboração de cada um, não dá para dizer que algum deles foi um completo inútil e tampouco que qualquer deles resolveu todos os problemas do país. Aliás, é um erro atribuir o sucesso ou o fracasso de uma era a um único estadista. Houve avanços no governo Collor, o Itamar nos salvou de um retorno ao inferno e patrocinou a chegada do Real. Fernando Henrique botou o país na modernidade, Lula retrocedeu um pouco, mas pelo menos não fez o que prometeu durante 20 anos (e nos mandaria pro inferno de novo) e Dilma vai na mesma toada. Mas onde se veem os nomes citados, devem ser vistas suas equipes de ministros, analistas, técnicos e legisladores. Há um conjunto de pessoas capacitadas (ou não) que determinam o destino do país, para o bem, ou para o mal. Isso sem esquecer que não é só de política que se faz um país avançar, mas principalmente de matemática. Vale a leitura de algumas obras de economia escritas para o público leigo (senão, não entendemos nada) para compreender o mecanismo do progresso.

  24. Moy disse:

    Derrubaram um presidente por casa de um Fiat Elba e uma reforna na casa?
    pffffffff … amadores!

  25. Lio Campos disse:

    Tambem achei ridiculo o monte de chamadas da Globo só para dar audiencia,quanto a Roseane, é como toda mulher quer dinheiro, se acabar ou dininuir pulam fora do casamento e metem o pau mesmo, por que não respondeu do seu processo com Paiva Neto ? Enfim Eu gosto do Collor que sempre gostou de carros e quando Jovem ( ja era rico,sempre foi rico) tinha 2 amigo o pobre Nelson Piquet, que era mecanico e preparava a Puminha do Collor para dar uns paus e o Senador Estevam que não tinha pai e mãe e herdou uma pequena borracharia de um Tio, e trabalha muito até hoje Ela só falou besteira que o Collor era macumbeiro todo mundo ja sabia,..era moço todo mundo erra o bom da reportagem é que a Roseane se tornou EVANGÉLICA e até a macumbeira da epoca se tornou EVANGÉLICA ..que quer dizer siga o que esta escrito na Biblia,Evangelho quer dizer BOA NOTICIA que da tudo certo…nada de macumba..ou qualquer outra religião..na epoca não tinha programas Evangélicos como RR ou Malafaia, hoje tem e todo mundo que quer aprender é só escutar..Se Collor seguisse a Biblia na epoca teria dado tudo certo..mas enfim fez coisas otimas abriu importações de carros,computadores,video cassete, Tvs modernas,geladeiras,maquinas de lavar,de café, relogios,brinquedos tudo era proibido só os militares podiam ter..Se alguém fosse passear nos EUA,ou Europa ou ate mesmo Paraguai e trouxesse um relogio de pulso novo ou um video cassete seu carro era preso e Vc tambem e era taxado como contrabandista,brinquedo só podia trazer de corda, à pilha não. bebida uma garrafa do wiski do bom aqui só Druris para os brasileiros, era duro viver antes dos anos 1990, 22 anos atraz a maioria aqui não sabe. Tem mais coisas q não posso comentar da Industria automobilistica da epoca que cometeu erros ENORMES SENDO DESONESTA e o Collor não aceitou um centavo por que sempre gostou de carros e achava que quando os militares fecharam as importações em 1976 só privilegio uma pequena camada da população o povo tinha ficado ignorante não sabia o que era IGNIÇÃO ,INJEÇÃO em 1990 e ja tinha na Europa desde 1974 ou antes..e esta pagando hoje tudo que ganharam roubando de 1976 à 1990 e as que foram honestas estão colhendo os frutos LUCROS e mais LUCROS ganhados honestamente….é a vida…vive bem quem vive certo abs Lio

  26. Alexandre - BH disse:

    O Luiz Dellano é de Bá, na divisa de Minas com o Rio Grande do Sul… Bá, tchê! O cara é um grande colaborador do Carrocultura. E por falar nesse blog de carros abandonados, publicaram por lá as fotos de uma raríssima Belina Woodie, órfã. Um pecado.

    http://carrocultura.wordpress.com/2012/07/15/orfaos-ford-belina-woodie/

  27. Sereno disse:

    Então a esquerda era revolucionária e contra o sistema?

    Agora conte como é chegar ao poder e ao invés de mudar o sistema, se tornarem os maiores comandantes dos esquemas de corrupção nesse país.

    No Brasil a diferença entre esquera e direita é que uns roubam com a mão direita e outros com a mão esquerda. Bestas são aqueles que acham que existe politico honesto.

    • Flavio Gomes disse:

      Veja o que era o Brasil antes e depois de 2002. E pare de falar merda.

      • Carlos Trivellato disse:

        Eles assumiram com uma varinha de condão…

      • Flavio Gomes disse:

        E resolvemos tudo. Os incompetentes dos 502 anos anteriores só foderam o país. Reconheçam. É mais fácil.

      • Vamos só mudar uma data:
        1) veja o que era o país antes de 1994.
        2) veja o que era o país antes de 1808.
        3) veja o que era o país antes de 1989.
        5) veja o que era o país antes de 1985.

        Foram vários saltos de evolução no Brasil, não só a chegada de Lula ao poder. Não entendo essa necessidade de dizer que tudo que fizeram antes estava errado e só o Lula fez tudo certo.

      • Flavio Gomes disse:

        Só o Lula fez tudo certo. É doloroso para alguns, mas é.

      • sereno disse:

        Se eu tivesse mais paciência eu iria te dar uma aula sobre economia mundial e te explicar porque a China, a Russia, a Índia, o Brasil, o México, a África do Sul, a Coreia, a Malásia e tantos outros cresceram muito no período de 2000 até 2010.
        Nessa década, o chamado “terceiro mundo” passou pelo maior período de prosperidade de toda a história da humanidade e perto dos outros o Brasil teve ainda um desempenho pífio. O Brasil apenas foi no vácuo da economia mundial e isso não se deve a nenhuma politica de nenhum governo.
        Os petralhas ficam arrotando que isso foi mérito do Lulla (agora conhecido como Lulluf), quanta babaquice.
        Isso se chama “gozar com o pau dos outros” Acho que você deveria estudar um pouco mais e para de falar asneiras.
        Pra mim um analfabeto que chega ao poder e se cerca dos maiores criminosos desse país não merece respeito. É só mais um picareta da politica. Você já pos um pôster do MALUF no seu quarto?

    • T.Schumacher disse:

      falou bonito agora, aqui no brasil não existe mais direita, nem esquerda, todos fazem parte de um grande grupo só. O que se entende por partido político nada mais é do que patotinhas que pretendem obter maior influência no cenário político, mas os ideais de todos são os mesmos. A direita legítima morreu há pelo menos 50 anos, e os poucos simpatizantes desse estilo político são vistos como fascistas.

  28. Sereno disse:

    Pra você ver como é a nossa política e como os nossos políticos não têm vergonha na cara e muito menos proposta politica. Hoje Lulla e Collor são amigos, aliados e cúmplices.

  29. Ricardo Sarmento disse:

    Francamente, acho que foi a única coisa positiva que o Collor fez. Os carros nacionais da época eram muito defasados em termos de tecnologia e até mesmo design. Quase todos tinham o famoso quebra-vento, que pra mim, é o primeiro sinal de um projeto antigo.

  30. Rafael Ribeiro disse:

    PQP, uma trabalheira danada para derrubar o cara e hoje ele faz parte do Conselho de Ética, é aliado de Lula, que por sua vez é aliado de Maluf, todos de mãos dadas com Sarney. Se alguém que estivesse em coma em 1992 acordasse hoje, cortaria os pulsos na primeira oportunidade…

  31. O voo 743 da Varig,do dia 28 de julho de 1990, vindo de Frankfurt, abriu novamente o período das importações de carros.
    O Mercedes 300E ( Fob US$ 50 mil ),foi o primeiro carro a ser importado por uma “pessoa física´´, após décadas de proibição.
    Importado pelo representante no Brasil,dias depois chegaria um Bmw série 5,inaugurando oficilmente a “liberação das importações´´ do governo Collor.

  32. Lucas disse:

    Aposto que essa cidade com B é Araguarí.

  33. gera disse:

    A Elba está na Paraíba.

  34. Bruno Schossland disse:

    Eu ainda acho que a queda do Collor tem a ver com a industria nacional( que sustentou o PT e o Lula por muitos anos) que era sucateada( e continua) e usou toda sua força para derrubar o Collor, junto com outros fatores e outras empresas que tinham o mesmo medo…de santo Collor não tinha nada, mas dizer que era o MAIOR pecador Da colonia Imperial brasileira, um exagero!Se fosse assim, Sarney e ACM teriam caído também

    • Flavio Gomes disse:

      A indústria nacional sustentou o Lula… Não há limites mesmo para a ignorância.

      • Don Victor disse:

        FG vc q me perdoe, mas os sindicatos sustentaram sim e muito o sapo barbudo…

      • Flavio Gomes disse:

        O que você chama de sapo barbudo foi o maior responsável pelo reconhecimento dos direitos dos trabalhadores que eram praticamente escravizados até os anos 80. Não fale merda. Lula foi um líder sindical, tão necessário quanto qualquer líder político, industrial, religioso, artístico e tudo mais.

      • Don Victor disse:

        Esqueceu de dizer que foi o mesmo foi o maior responsável por encobrir o mensalão, casos celso daniel e toninho, vampiros, valerioduto, correios, proer, sanguessugas, aloprados, PAC… Enfim, FG, uma coisa é ser esquerdista, bater no peito dizendo lutar pelos ideais do povo (se é que isso existiu algum dia), outra coisa é endeusar “o” maior cancro do país… sem mais delongas, é melhor falarmos de seus trabis, ladas e afins, pq falar da política suja deste país, só perdemos tempo…

      • Flavio Gomes disse:

        Eu falo do que quiser. E lugar pra essa cantilena de mensalão e outras merdas jamais comprovadas não é no meu blog.

      • Clocks disse:

        Espere até o julgamento do mensalão pelo STF para emitir esse tipo de argumento.

      • E pensar que o Collor foi pro saco por causa de uma peteca de 5 milhões de dólares… as falcatruas do governo Lula são da ordem de bilhões de Reais e não deu nada.

      • Flavio Gomes disse:

        Pronto, já falou as merdas que queria, volta para a geladeira.

      • Walter - Poa RS disse:

        Quanta bobagem FG

      • Flavio Gomes disse:

        Não peço para ninguém ler o que escrevo. Aliás, agradeço quando alguns não leem.

      • Fábio Mandrake disse:

        Esses tucaninhos são um pé no saco, a matéria é sobre um Mercedes, não sobre o Lula.Agora essas malas sem ter o que fazer vem falar besteira.Lula foi um grande estadista e até hoje seu nome é respeitado no cenário internacional.Nosso país progrediu muito com ele e continuará progredindo, ao contrário da época das empresas privatizadas por FHC.

      • Reagan disse:

        E Getúlio foi o que então?

      • Daniel disse:

        Foi um merda com uma quedinha pelo nazismo. Que SP combateu em 32 e infelizmente perdeu.

      • Ander disse:

        Não foi só isso naquele período o país passava por fortes turbulências políticas o caso de Vargar acabou acompanhando o Nazismo e Facismo claro que em situação inferior com o fim da II Guerra e com a democratização tomando conta dos pensamento Vargas tbm caiu e acabou voltando com o voto direto nas eleições de 1950, para alguns ele realmente defendia a classe trabalhadora para outros tudo o que fez foi apenas para ter um condição melhor de manipular a todos…
        SP perdeu a batalha, mas não perdeu a guerra afinal 2 anos após a revolução uma nova constituição foi promulgada. ´Vale lembrar que essas leis de CLT que temos hj tem que ser revistas pois hj em dia acabam freiando o crescimento do país e dificultam quem quer trabalhar nas condições certas

      • Acarloz disse:

        Foi um bom Presidente, não há dúvidas, não olho pra política por partidos e sim pelas pessoas.

      • Flavio Gomes disse:

        Exato. Se eu escrevi, é porque é minha opinião. Em geral, melhor que a média.

      • Flavio Gomes disse:

        Outro mala.

    • Minoru disse:

      Bollor caiu por achar que, tendo sido eleito pelo voto popular, era intocável e poderia deitar e rolar e em política, possuir adversários é muito diferente e distante que possuir inimigos e Bollor caiu por criar tantos inimigos que se tornou insustentável a Presidência.

    • Luiz Oliveira disse:

      Man……Vc toma algo pesado ou nasceu doidaço ?????…..Inclui Napoleão no teu delírio que fica mais engraçado.

  35. Bruno disse:

    Depois de anos, era necessário mesmo voltar as importações. Mas convenhamos que foi outro modo de o governo sugar dinheiro com as tarifas de importação. Se ter carro nacional já era sonho distante para muitos, importados então nem se fala…

  36. Luiz Oliveira disse:

    A patética globo, apavorada com as provas da bandidagem existente na veja e consequentemente na globo, vem trazendo essas noticias velhas como algo novo……A anos já havia saído toda essa conversa da perua do colllor……

    Quem deve ter esses registros seria a Fazenda Nacional, visto que entraram legalmente pagando os tributos. Se os dados da época foram tornados públicos e colocados na internet é questão de algum shelock sair procurando.

  37. Nelson disse:

    Sem entrar no lado político da coisa,temos que reconhecer que eram realmente carroças,e as mais caras do mundo.O Brasil até aquela data era um dos países mais fechados do mundo,não se podia ter nada,desde carros até “PASTAS” italianas.Todo produto brasileiro por não ter concorrência era caro e ruim.

  38. @ disse:

    A primeira Ferrari, uma Testarossa, deu PT 2 dias e 287 km depois de emplacada… Se eu não me engano, na Rod dos Bandeirantes.

    • Ricardo Sarmento disse:

      Certíssimo. Vi numa reportagem da Quatro Rodas de Fev/1994, que tratava justamente sobre a falta de perícia dos brasileiros ao volante dos recém chegados superesportivos, que o:

      “industrial Líro Parizotto (dono da Videolar), ansioso, resolver estrear sua Ferrari 512 Testa Rossa na Rodovia dos Bandeirantes, um dia depois de tê-la recebido. despreparado para conduzir um carro com tamanha potência, perdeu o controle a 180 km/h e destruiu um patrimônio de 315 mil dólares, que sequer estava licenciado ou segurado”.

  39. MInoru disse:

    Caro FG:
    O pior é que daquela geração de caras-pintada, não surgiu nenhum grande nome de peso, que pudesse mudar a cara deste país; hoje as faces dos políticos são as mesmas – Bollor incluso.
    Aqueles jovens achavam que estavam fazendo história hoje são os conservadores que acham que o PSDB é o máximo… e ainda perder o meu tempo ouvindo a “ilustre “cidadã dizendo que com apenas dezoito mil reais não dá para viver, já que as “amigas” ganham pelo menos quarenta foi o fim da picada!
    Me tira o tubo!!!

  40. Pedro disse:

    Ridicula a Globo depois de favorecer Collor no debate com Lula (causando a queda de Armando Nogueira), tentar “elucidar” o lado (mais?!) podre de Collor…

  41. Don Victor disse:

    Seja la oq for, se ela é tão futilmente contra seu marido pq insiste em utilizar o sobrenome Collor??? Isso ela não explica… enfim, mais uma das adversidades do pais…

  42. Airton disse:

    Sempre foi divulgado que o primeiro carro a desembarcar no Brasil em decorrência da abertura das importações teria sido um BMW 525.

    • Rodrigo Abreu disse:

      Isso mesmo, e essa BMW série 5 foi capa da (excelente) revista Oficina Mecânica de junho ou julho de 90. Devo ter a mesma guardada em algum canto… Era cinza com calotas plásticas… foi testada pelo ótimo Josias Silveira…

      • Marcelo Pacheco #49 disse:

        Eu tenho essa revista e mais umas 100 “Oficina Mecanica” que só não era melhor que a Auto Esporte e Motor 3 por que estas cobriam muito bem o automobilismo nacional, dando muito destaque para a Copa Shell, o Brasileiro de Marcas e Pilotos..

    • Cristiano disse:

      Sempre li por aí que a 1ª importação depois da liberação foi uma BMW 520, foi destaque na época nas revistas. Começaram a aparecer notícias aqui da Elba, mas e a BMW 320 e ou a Mercedes-Benz 300E que seja, nada?

  43. Victor Leonidas disse:

    Queria mesmo era saber onde está o Lincoln que o Collor usou substituindo o Landau…

  44. Danilo Cândido disse:

    A tal Fiat Elba prata, cujas placas na época eram FA-1208 (hoje são JDP-7269), encontra-se abandonada numa garagem localizada no Setor de Oficinas Sul, em Brasília, constando nos registros do Detran/DF como “em circulação”. Mais aqui:

    http://carrosantigoseonibus.nafoto.net/photo20110910075312.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>