PRENDE EU

PEQUIM (bons serviços) – Não são duas, nem três. São centenas de Santana Quantum na frota da polícia de Pequim. Daquelas antigas, com o farol auxiliar no meio. A frente mais bonita, sem dúvida. Quanto estive na China pela primeira vez, em Xangai, reparei que tinha Santana saindo pelo ladrão. Dos novos, principalmente. Depois vim a saber que a VW montou uma fábrica aqui. Faz o Santana 2000, igual aos últimos brasileiros, e o 3000, com entre-eixos um pouco maior e acabamento mais sofisticado.

Essas mais antigas aí, desconfio, foram feitas em São Bernardo. Mas não tenho certeza. Ah, a foto foi tirada pelo Maurício Teixeira, colega do iG, já devidamente contaminado pelo vírus automotivo deste blog.

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
edillson lopes
5 anos atrás

oi boa tarde .
amigo Flavinho tudo bem. ?
quanto esta essas duas viaturas ai na foto .
gostaria de saber o preço delas e se elas estaõ a venda ?
obrigado.

Flavio Gomes
Flavio Gomes(@fgomes)
Admin
Reply to  edillson lopes
5 anos atrás

Estão. Em Pequim. Não leu o texto, não?

Alex
Alex
13 anos atrás

Este Santana Quantun ainda eh fabricado aqui na China.
O Gomes pode ir numa concessionaria Volkswagen para ver ao vivo um zerinho. pelo menos no sul da China onde moro ainda tem zero para vender.

Pedro Jungbluth
Pedro Jungbluth
13 anos atrás

Os carros eram fabricados aqui, mas montados na China.
O próprio Santana 3000 deve ter componentes brazucas.

Marcos Reis
13 anos atrás

anota os 3 primeiros digitos do chassis que eu respondo

Ronald
Ronald
13 anos atrás

Bela quantum……..um amigo meu pagou 6.400,00 numa há pouco tempo…..essa calota que tá estranha.

Jason
Jason
13 anos atrás

É made in China, feita até hoje em Xangai, junto com o Santana “novo”.

Aliás, quase tudo o que você vê por aí – mesmo os BMW, Audi e outras marcas nobres, são made in China.

Alvaro
Alvaro
13 anos atrás

Acho que a última coisa que eu queria era ser preço pela polícia da China, não deve ser nada interessante, já sabe né……..

Victor
Victor
13 anos atrás

Na verdade o nome “Santana” já batizava a versão sedã de quatro portas do Passat alemão. Era uma espécie de Passat de luxo, que acabou não dando certo. Anos depois, o Passat – que só existia em versões de três e de cinco portas – passou a ter também versão sedã, e matou o Santana europeu.

Uma curiosidade é que o nome “Quantum” adotado aqui designava o sedã nos EUA.

Esses carros foram com certeza fabricados na China. A proximidade com os produtos brasileiros vem do fato de que era daqui que partia a transferência de tecnologia para a VW da China.

Eric
Eric
13 anos atrás

Lazza
O problema é que nos vidros só é gravado para ser vendido aqui para o mercado interno.Só o Brasil exige.
Agora se abrir o capô,aí vale o 9BWZ….O que identificaria facilmente seria a marca dos vidros,quase sempre são fabricados de onde o carro sai….

Marcus V
13 anos atrás

eu tive dois GLS 4 portas.
um 88 e o outro 1990, último ano deste modelo!
não sei pq vendi este último, me arrependo até hj…
realmente este modelo é belíssimo.
abs

V Maghetti
V Maghetti
13 anos atrás

O Santana (o modelo mais antigo) era, na verdade, um Passat alemão dos anos 80 renomeado, pois, para poder continuar produzindo e vendendo o Passat nacional (que também foi, em época anterior, fabricado na Alemanha), a VW do Brasil precisou rebatizar o carro, para não ter dois carros tão diferentes usando o mesmo nome.

Acarloz
Acarloz
13 anos atrás

Acho mesmo é que eles falsificaram o nosso…

Roberto
Roberto
13 anos atrás

Hoje em dia no Brasil é raridade ver esses carros. Principalmente a Quantum! Santana atuais só para taxistas!
Em matéria de carros para exportação a VW brasileira dá de 10 a zero na concorrência. Vide Fox (nosso antigo voyage) (EUA), Passat (Iraque), Kombi (algumas foram parar na França), Gol (de perder de vista, deixou de ser exclusividade dos brasileiros).
Isto é só vw, imagine as outras marcas.

Gomes
Você devia fazer uma matéria de carros de brasileiros exportados para o exterior. Seria ótimo!

Lazza
Lazza
13 anos atrás

Se tiver o número do chassis gravado nos vidros e começar com o 9BW…., pode ter certeza que foi fabricado no Brasil.

Cristiano, o ruivo
13 anos atrás

Segundo o Bestcars, esses Santanas foram produzidos na China mesmo:
“A SVW — Shanghai Volkswagen Automotive Company Ltd., subsidiária VW em Xangai, na China, foi criada em novembro de 1982 em associação com a Shanghai Tractor and Automobile Corporation e produz o Santana desde setembro de 1985 sob licença da matriz alemã. Na década de 90 o modelo adotou o estilo renovado do brasileiro e um entreeixos 108 mm maior (foto superior), oferecido como opção, que alonga essa medida para 2,655 metros e o comprimento para 4,68 metros. Os motores são AP de 1,8 e 2,0 litros.” http://www2.uol.com.br/bestcars/classicos/santana-6.htm#b

Jackie
Jackie
13 anos atrás

Seja bem-vindo Maurício !!!

Eric
Eric
13 anos atrás

Essa frente era da GLS somente.Essa roda aí saiu em algum carro por aqui….sim é claro no Voyage GL 94….só que era aro 13.
Com a grade aí no caso do Santana Executivo….era lindo pra KCT….aquele EX azulão monaco e os couros Recaro cinza eram de matar…..era “o”carro de rico….lanternas fumê e rodas BBS que podiam ser douradas ou prata…

Em 1991 lançaram o novo Santana e aí fu…tudo…..perdeu a graça…

Gustavo
Gustavo
13 anos atrás

A grade do Santana Executivo, mas sem os filetes cromados, pode muito bem ter sido feita em Sampa mesmo.