MENU

Tuesday, 18 de August de 2009 - 15:21Turismo

VIAJAR É PRECISO

SÃO PAULO (é viver) – Não sei o nome do hermano. Vi no perfil (a dica é do Luis Salomão, o outro) que ele tem 46 anos, é cientista, gosta de boa música e resolveu colocar o pé na estrada e dar uma volta de carro pela América do Sul. Até aí, nada de tão especial. Muita gente faz isso, embora todas as viagens sejam especiais e mereçam registro, seja virtual/público, seja na memória de cada um.

Mas o carro… Um Renault 4 vermelho, fabricado em 1973. O rapaz, torcedor fanático do River, está escrevendo um blog, fotografando, se divertindo com “la maquina infernal”, como batizou o carrinho, o sucessor do Dauphine e do Gordini, que nunca chegou por aqui.

Boa viagem, vamos seguindo por estas bandas tropicais… E deixem seus comentários. Viajantes solitários gostam de saber que tem gente acompanhando de longe.

25 comentários

  1. paulo says:

    La máquina está hoje ( 16/01/2010) em minha cidade,( Salto de Pirapora/sp) e só agora lo hermano Daniel viu o vídeo do Maradona cantando o hino brasileiro, achou muita graça, e perdeu a conta das vezes que perguntaram a ele Quem é melhor, Pelé ou Maradona?Sucesso ao mochileiro Daniel.

  2. “La maquina” já está no Brasil, em Olinda-PE, depois de passar por Boa Vista, Manaus, Belem,. São Luis, Fortaleza e Natal. Chega ao Rio de Janeiro para o Ano Novo. Quem quiser fazer algum trecho, entre em contato.

  3. Angela Faria Pereira says:

    “La maquina” chegou hoje a metade da viagem, no ponto mais ao norte do percurso, perto de Santa Marta, na Colômbia….em novembro estaremos entrando no Brasil.

  4. Bianchini says:

    E, vendo o “maravilhoso” design da trapizonga, ainda bem que nunca veio para cá!!!!!! É mais um capítulo da conspiração francesa para enfeiar as ruas do planeta.

  5. Mat says:

    Alguem disse que Renault é uma porcaria. E naziwagen é o que?

  6. roger V says:

    Viajar é um barato! Seja lá do que for!

    Boa a foto da Wilza Carla (rs)

  7. petrafan says:

    o Corcel 1 é originário de um projeto da Renaul que, até onde sei, não era uma evolução ou sucessão dos Dauphine/Gordini.

  8. Bill says:

    Fui na Argentina uma vez, numa cidadezinha F…… bem na fronteira, Puerto Iguaçu ou iguazu sei lá, é bem legal prá quem curte ver uns carros diferentes e bizarros, desse aí ví vários.

  9. Paulo says:

    FG,
    Prefere qual:
    http://img268.imageshack.us/img268/9803/scbytl.jpg
    (não achei os créditos da imagem)

  10. nidia says:

    O mais legal é que o roteiro brasileiro nao foi definido totalmente!

    dai dá pra convidar a maquina infernal para uma visita a minha cidade!!!!!!

  11. Jackie Fã #1 (O(###)O) DKW #96 !! says:

    Licencinha FG !!!

    Angela seja muito bem vinda !!

    E não deixe de nos contar as histórias desse viagem…

  12. Angela Faria Pereira says:

    Flavio.
    Adorei teu blog. vou segui-lo sempre a partir de agora. Obrigada.

  13. Angela Faria Pereira says:

    Oi…Sou a Angela, amiga do Daniel..Eu que traduzo e o ajudo no seu blog de viagem…Muito obrigada pelo apoio e pelos comentarios. realmente é uma aventura sensacional. Até agora sou como ele mesmo diz seu “co-piloto virtual”, mas na verdade o que quero é que ele realmente faça uma linda viagem na parte brasileira, que é a maior…estarei informando os novos passos da aventura.

  14. Seven says:

    “Navigare necesse; vivere non est necesse” – latim, frase de Pompeu, general romano, 106- aC., dita aos marinheiros, amedrontados, que recusavam viajar durante a guerra, cf. Plutarco, in Vida de Pompeu]

    Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:
    “Navegar é preciso; viver não é preciso”.
    Quem quiser mais , que vá ler Pessoa.

    “Quero para mim o espírito [d]esta frase,
    transformada a forma para a casar como eu sou:

    Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
    Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.
    Só quero torná-la grande,
    ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo.

    Só quero torná-la de toda a humanidade;
    ainda que para isso tenha de a perder como minha.
    Cada vez mais assim penso.

    Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue
    o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir
    para a evolução da humanidade.

    É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça.

  15. rogerio catelli says:

    vai q a moda pega…………é DKW da terra do fogo ate o alaska e ficaremos sem blog pra comentar.

  16. didi says:

    Ainda espero fazer isso tambem algum dia e sera de kombi,. com um caiaque para explorar mares e lagos .desejo sorte a esse gringo de nome Daniel Aureliano.

  17. como assim nunca chegou? e o corcel 1 é o quê? :)

  18. Eduardo Alves says:

    Renault 4? achei que era um Kia Soul novinho…

  19. Jackie Fã #1 (O(###)O) DKW #96 !! says:

    FG, 1973 é novinhoooooooooo !!!
    Quero um, é lindo !!!

  20. Derick says:

    O cara é corajoso mesmo, se os Renaults zero já são umas porcarias imagine um 1973.

    Admiravél mesmo a aventura deste camarada.

  21. Rodnny says:

    Ei Flávio, não vai comentar nada da última prova da Yelena Isinbayeva??

    RESPOSTA DO FG:

    Não.

  22. Luis Fernando says:

    O “piloto” da maquina Infernal, chama-se Daniel Aureliano e as vezes leva alguns caronas com ele. Fiquei sabendo através de uma amiga de um site desses de realcionamento. Ela será a guia do Daniel no Brasil a partir de Caracas, em novembro. Estou acompanhando.

  23. Rodrigo Duarte says:

    Sempre que leio sobre essas coisas lembro do Che Guevara que, numa época em que não existiam blogs, internet, orkut, escreveu tudo em um diário, que posteriormente virou livro, hoje tem até filme, em sua viagem de moto na América do Sul.

  24. Gilberto Coelho says:

    Flavio sou seu fã, acesso diariamente há uns 2 anos, agora resolvi tc, essa história de viajar pela América do Sul é o maior barato. Ainda a farei, minha Kombi será show!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *