MENU

segunda-feira, 14 de setembro de 2009 - 7:33F-1

DA SELVA

Antonio_PizzoniaSÃO PAULO (voltas e mais voltas) – Acabou passando batido aqui ontem. Mas vale a discussão: Antonio Pizzonia estaria apto a voltar à F-1? O velho e bom Jungle Boy, depois de passagens frustrantes por Jaguar e Williams, caiu no ostracismo e reapareceu dois anos atrás ao acertar para correr na Stock e, depois, na Superleague, vestindo as cores (ou falta de…) do Corinthians.

Tenho acompanhado as peripécias de Pizzonia pelo Twitter, onde é muito ativo. Brincadeiras que faz à parte (criou um personagem, um certo Slash, que parece coisa de adolescente, mas cada um se diverte como quer), por suas mensagens nota-se que ele tem vivido no eixo São Paulo-Manaus-Mônaco, se prepara bem fisicamente e anda de ótimo humor.

Ontem, como já havia dito à repórter Mariana Becker na Globo, confirmou que conversa com algumas equipes para 2010, como a Manor, que defendeu brilhantemente na F-Renault e na F-3 Inglesa quando surgiu, no fim dos anos 90, como grande prodígio brasileiro saído direto da floresta para o mundo.

Sua última mensagem foi muito otimista. Escreveu que estava surpreso porque tinha sido procurado por mais de um time, e que por isso estava em Monza no fim de semana. E admitiu, com a humildade necessária a todos que querem ser algo na vida, que chegou cedo demais à F-1 e “não estava preparado”.

Vamos ver que bicho dá.

58 comentários

  1. JojoGoodBoy disse:

    Gosto Pizzonia…
    Na Jaguar foi jogado pra escanteio pela equipe… Era só ver como o Webber o tratava quando dava reportagens…
    Na Willians nem teve tempo de sentar no carro…
    Boa sorte Pizzonia…

  2. João Kohl disse:

    O que um cara com macacão do corinthians fará na F1? O mesmo que o timão… nada… nada… e morre na praia.

  3. Ricardo disse:

    Torcendo MUITO pela volta do Pizzonia, vou torcer demais por ele!

    Gozado como muitos destróem o rapaz nos comentários, sendo que ele, em equipes menores que a Renault, fez bem mais que o Nelsinho Piquet.

    Um com nome famoso, todo mundo quer dar mais uma chance. O outro, que veio de longe do eixo Sudeste-Sul, todo esse preconceito. Interessante, nao?

    Acelera Slash! No tretas, mis amigas

  4. Leandro disse:

    Espero que o Pizzonia consiga, agora esse povo que fala mal dele e o mesmo que sempre falaram mal do barrichello, são tudo corneteiros.

    boa sorte Pizzonia!!!

  5. Fabio disse:

    Olha os invejosos de plantão. Povinho, o dinheiro move o mundo e ponto final. Aprendam isso: talendo é bom e blablabla mas a F1 é movida pelo dinheiro.
    Agora, independente da grana que o cara tem, o Pizzonia tem se saído muito bem nas categorias que tem disputado. Parte do preconceito demonstrado nos comentários é pq o cara pilota na F-superleague pelo Corinthians… crescam OK?
    Quanto ao comentário do colega sobre o capotamento do Jaguar pelo Pizzonia, não foi um ganhador de promoção que estava com ele no carro, foi um jornalista de ums revista especializada em autos, OK?

  6. Ricardo Bigliazzi disse:

    Antes de tudo, digo que torço para que ele esteja alinhando no Grid da F-1 no ano que vem.

    Até gostava do Pizonia, mas depois de ve-lo nas 500 Milhas da Granja Viana ( e não foi apenas uma vez) acabei pegando uma certa antipatia pelo menino.

    O cara é um “nojo” só… é sim um grande ator perante as cameras, mas diante dos simples mortais a soberba chega a dar enjoo. Existem caras muito mais famosos do que o Pizonia e que são muito mais simpaticos do que ele (Brazucas e gringos)

    Segue o jogo… ops… a corrida!!!

    Abraços

    Imperador

    • Guga Gauss disse:

      Concordo com vc Ricardo, quem quiser conheçer o verdadeiro Pizzonia, apareça nas 500 da Granja, verão q de humilde o garoto não tem nada!!
      Se pilotasse o tanto q é arrogante ja tinha sido campeão mundial de F1 umas 5 vezes!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>