MENU

quarta-feira, 2 de setembro de 2009 - 18:14Colunas Apex

SPA BY JUNG

SÃO PAULO (dúvidas) – No ar a coluna Apex de nosso batera Andre Jung, analisando o GP da Bélgica e as suspeitas de armação da Renault em Cingapura. E, no fim, a solitária voz em defesa de Badoer.

Leia lá, comente aqui! A ilustração, como sempre, é da Marta Oliveira.

22 comentários

  1. Tuta Santos disse:

    E ainda é um baita músico. Putz, que inveja. André, tu tá cada vez melhor em tuas frases.

  2. porsche 917 disse:

    O RL disse, durante a transmissão, que a denúncia partiu de integrantes da própria equipe. Se a gente parar pra pensar, seria bem pouco provável que tenha partido do Piquet, pois seria como dar um tiro no pé, à menos que exista algum trunfo contra a Renault, pois telemetria , já a algum tempo, só existe no sentido carro/box. O único que se beneficiaria dessa situação é o choronso e o mais plausível, é que haja alguma clausula no seu contrato que o libere, caso a Renault se envolva num escandalo, tal qual aconteceu, em 2007, com a Mclaren, quando o Alonso dedurou os e-mail, quando já tinha cessado a investigação, reacendendo o caso da espionagem, e com isso conseguiu a liberação da equipe, sem pagamento de multa por rompimento do contrato. Parece que agora a história se repete; o Alonso de olho na Ferrari, já pra 2010, com puta patrocinio por tras, dedura a atual equipe, e com a brecha do escandalo, rasga o contrato e vai pra Ferrari sem a necessidade de pagar multa. To desconfiado que ele não é ligeiro só nas pistas; e tem mais, coitado do Massa, se ele vier a por tempo no Alonso, o Choronso vai criar “aquele” clima de guerra na equipe. Com o desfecho do escandalo,vai cair a máscara do traira; será que os chefes de equipe ainda não se vacinaram contra o mau-caratismo do choronso?

  3. jung disse:

    regi rock,
    o rubens andou forte mesmo, o que acontece é que ia parar muito cedo, com kers o kimi o passaria na largada e outros mais pesados iriam ter voltas para passar nas paradas, poderia pontuar sim, mas deveria chegar atrás dos red bull, da ferrari e da force india.

  4. Claudio Aun disse:

    No minimo estranha a postura do Piquet ( pai). Se alguem acompanhou de perto a ferrada que o Briatore deu no Moreno,foi o Nelson .
    Coloca seu filho na mão do Briatore com plenos poderes ,e quer jogar B……….. no ventilador , ele é no minimo conivente?
    Sem esquecer que nas hilarias historias do Nelsão sempre tem alguma de maracutaia .

  5. Claudio Arantes disse:

    Perfeito André!
    Também acho, como alguém acima, que tem muito mais atrás da História de Cingapura. Serviria de “base” , de um arranque para outros fins, vamos dizer assim.

  6. regi nat rock disse:

    Gostei da coluna e especialmente do comentário do Fritz. Acrescentaria uma certa “má vontade” do Jung em relação ao Rubens, quando afirma que “..Com o carro mais leve entre todos do Q3 em condições normais, mesmo saindo da segunda fila, Rubens penaria para pontuar…”
    Pô Jung, o cara caiu prá último, pilotou no limite o tempo todo, foi buscando posições com ultrapassagens espetaculares, e chegou em 7º com o motor fumando . Concordo que não teria chance de vitória mas o pódio REALMENTE estava na mão.
    Nesses últimos tempos, pilotos de ponta raramente chegam nos pontos quando caem pro fundão.

  7. Thiago Azevedo disse:

    O Raikkonen guia pacas. Ele é bem agressivo e se dá muito bem em pistas de alta. O problema dele é que ele é muito fechado e foi perdendo espaço pro Massa. Sem contar que deve ser beeem complicado ter o Massa de companheiro de equipe.

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    Na boa, acho que a Renault tem os dados da telemetria do carro do Piquet guardados.

    Basta apenas apresentar a FIA para comprovar se houve ou não uma mudança de comportamento na condução do Nelson Piquet.

    Agora, se a empresa que gerencia este tipo de informação for a mesma que executa o serviço no Palacio do Planalto em Brasilia isso vai ficar um pouco mais complicado de ser apresentado.

    Abraços

    Imperador.

    Obs.: Resposta do Flavio Briatore quando questionado sobre as suspeitas: “EU NÃO SABIA…”

  9. Maurice Stambouli disse:

    QUALQUER TIPO DE “ARRANJO” PARA FAVORECER ALGUM PILOTO, É CONDENÁVEL. APESAR DE TORCER, TAMBÉM, PELO RUBINHO, ELE FEZ UMA DECLARAÇÃO QUE NÃO DEVIA. ELE TAMBÉM TEM TELHADO DE VIDRO. LEMBRAM DA ÁUSTRIA? O CHEFÃO MANDOU SEGURAR PARA O ALEMÃO VENCER. A ÚNICA DIFERENÇA COM O PIQUET, É QUE ELE NÃO BATEU. E AÍ? ISSO PODE? VÃO INVESTIGAR?

  10. Mark Kweirotz disse:

    Muito bons os textos do Jung.

    Já virei fã faz tempo.

  11. Pedro Giulliano disse:

    tensa essa historia dos boxes franceses…

    concordo com o Moreno quando ele falou que ”nao é da criaçao dos Piquets fazerem isso”

    quanto ao Badoer sr. FG, o Jung nao está sozinho nao:
    metaforicamente falando, é como se o Domenicalli tivesse chamado um Flavio Gomes da vida, e posto no cockpit de uma ferrari

    falo isso porque, nos ultimos 6 meses o FG tá bem melhor que o Badoer, pelo simples fato do Gomov ESTAR PILOTANDO ALGUMA COISA, já luquinhas…nem Lada pegou pra pilotar nesses ultimos tempos, sacanagem desse mundo egoista da F-1 para com o coitado.

    e chuto mais, uma noticia quente: pra interlagos no final do ano, Flavio Gomes assume a boleia vermelha, simplesmente por conhecer mais a fundo a pista paulista!

    e pelos ultimos posts, será pario para Button, sendo que o mesmo já adimitiu que ele ”corre demais!”

  12. FRITZ JORDAN disse:

    Primeiro, sobre o Badoer:

    Desde a saída de Ross Brawn, seguida pelo afastamento de Jean Todt, a Ferrari vem acumulando patuscadas de toda ordem. São erros grotescos de estratégia, erros em pit stop, alguns absurdamente infantis, como aquela troca de pneus de Kimi Raikkonen no grid depois do prazo limite. E agora, uma nova faceta de bobagens se revela: o erro administrativo.

    A começar pela apressada divulgação de que Michael Schumacher estaria de volta. Foi criado todo um frisson que culminou na ducha de água fria: “brincadeirinha… ele não volta não”. Se o problema foi dor no pescoço, desmaio ou desavença contratual, pouco importa. O que importa é que ficou claro que a equipe fez uma divulgação apressada e inconsequente. E que, mesmo tendo praticamente um mês inteiro para planejar a substituição de Felipe Massa, não soube fazê-lo.

    A decisão de colocar Luca Badoer para correr, por mais nobre que possa ter sido graças à extensa ficha de bons serviços prestados ao time, foi ridícula. Há dez anos afastado das corridas e com mais de 38 anos de idade, Luca não tinha a mínima condição de guiar competitivamente num final de semana de Grande Prêmio. E a Ferrari não conseguiu detectar isso, não soube fazer uma avaliação e acabou expondo um importante membro de sua “família” a um ridículo público. Isso não se faz.

    É bom que se diga que Badoer não é um incapaz. Ainda que não tenha uma trajetória brilhante na Fórmula 1, foi campeão de Fórmula 3000, andou muito bem ao lado de veteranos como Michele Alboreto e Pierluigi Martini na Minardi e na Scuderia Italia. Nunca foi um prodígio, é fato, mas não merecia essa humilhante exposição pública.

    A Ferrari se humilha, saindo em último lugar. A Ferrari humilha Luca Badoer, que paga mico em público. E demonstra uma gigantesca incompetência gerencial. A continuar assim, vislumbro uma temporada caótica em 2010, caso realmente Fernando Alonso corra ao lado de Felipe Massa. Para ter sob o mesmo teto dois pilotos geniosos, competitivos e que já andaram se estranhando no passado (lembrou do “va cagare?”), é preciso uma estrutura preparada para controlar a situação. E se nem a organizada McLaren conseguiu segurar a rivalidade entre Alonso e Hamilton, imagine o que não pode acontecer na bagunçada Ferrari. Será o caos absoluto. E a concorrência, além de dar risadas, agradece.

    Agora, sobre o Piquet:

    Antes de acreditar nessa historia e comentar como fato, prefiro esperar confirmacao. Enquanto isso, comento como boato:

    Piloto gosta, adora carros. Se for um F1 entao, e a coisa mais preciosa do mundo. Ele jamais o destruiria propositalmente, seja sob ordens ou de forma espontanea.

    Um piloto destruir um Formula 1 por dinheiro equivale a um homem, por grana, mandar a filha, a irma ou a mae p/ zona.

    E o famoso “tudo por dinheiro”, nao creio que o Piquet fizesse isso e imagino que sua paixao por carros tenha sido assimilada pelo filho.

    Se essa historia for verdade, o nome de um tricampeao vai pra lama.

    A do Badoer me mandaram, a do Piquet e minha mesmo.

  13. rosemeyer disse:

    Pode ser que a Ferrari não queira outsiders,mas o Badoer e’ indefensavel.

  14. foca disse:

    concordo com o J.
    grosjeão pirou e bateu, se esse cingapuregate existir, difícil comprovar. mas acho que não foram os piquets que delataram. não seriam tão burros apenas por uma vingança.
    o que teriam a ganhar?

  15. Tiago S. disse:

    Boa coluna com de costume, mas daí a defender o Badoer já é demais. O cara que é piloto profissional, pilotando uma Ferrari, não pode se dar ao luxo de fazer 1000km de aquecimento, pra se acertar com o carro. Ainda mais tendo uns 20 caras melhores querendo lugar, pra mim se a Ferrari continuar com o Badoer é pedir pra perder a posição na tabela dos construtores.

    PS. Flávio, ja aconteceu isso aqui uma vez a muito tempo e, voltou a acontecer. No FireFox não está atualizando sozinho o blog, só sei que tem novidades se depois de entrar na pagina der um F5. No internet explorer (que não uso) funciona normal.

  16. Daniel disse:

    Concordo apenas com o trecho que fala do Badoer. E ver como todos gostam de bater no mais fraco demonstra que a raça humana tem um defeito de fabricação.

    Já com relação ao caso Renault, o Jung parece sugerir que os fins (a manutenção do time na F1) justificam os meios. Lamentável…

  17. Jackson disse:

    Boa noite FG!

    O blog está com problema de visualização no Firefox.
    Por este motivo postei tantos comentários sobre a Fórmula “massa”.

    Abraços,

    Jackson

  18. Conrado Andrade disse:

    a/c Jung

    [Tu és, de longe, o melhor e mais lúcido comentarista de F1 brasileiro, em minha humilde opinião. Parabéns por outra belíssima coluna! Conquistou um fã!]

    Bem…
    Sou fã de Piquet pai e Piquet filho. Falando sobre o Piquetzinho, ele fez diversas belíssimas ultrapassagens na F1 (quem puder, assista Istambul, Canadá, Inglaterra, França, Hungria, Fuji, em 2008; e aquela no Hamilton por fora tb é Istambul em 2009), além de belíssimas defesas contra carros bem melhores. Todas limpas. Nunca tirou alguem de corrida!

    Mesmo assim, pela mídia fazernos achar que o caso da investigação toda é haver com a suposta batida de Nelsinho, e após ponderar sobre certas ‘entre-linhas’ em tudo que li, considero impossível ele cumprir uma ordem dessas, tendo em vista sua situação na equipe e seu perfil em corridas. Embora tenha gostado da idéia sobre tirar sua atenção no meio da prova…

    Sinceramente, não consigo acreditar que o próprio Piquet Jr. tenha denunciado Briattore. É tão lógico que ele mesmo se queimaria! Portanto, pra mim (e posso estar errado), acho que essa investigação vai muito além dessa suposta armação. Acho que tem coisa pior por vir…

    …ah! muito obrigado por notar que Kimi Raikkonen não tem nada de desmotivado! Esse povo precisa parar de acreditar em tudo que lê! rsrs

    Abraços!

  19. Silvio Roesler disse:

    Parabens pro Andre Jung pela analise equilibrada da corrida. A teoria que a Ferrari nao quer outsiders dirigindo o carro tambem faz muito sentido.

  20. Bruno Saranz disse:

    A pergunta tb vale pro Gomes!!
    O que seria estar do lado do Piquet???
    Falar que ele jamais bateria de proposito ou o contrario??

    Se a acusação contra Briatore e Renault partiu dos Piquet´s porque eu vejo tanta gente como o Moreno defendendo o Piquet dizendo que ele jamais bateria de proposito!??!

  21. Luiz Roberto disse:

    Bem, com relação a batidas “premeditadas”:
    Prost bateu premeditadamente em Senna no Japão e foi campeão por causa disso
    Senna bateu premeditadamente em Prost no Japão e foi campeão por causa disso
    Schumacher bateu premeditadamente em Hill na Austrália (foi na Austrália?) e foi campeão por causa disso
    Schumacher bateu premeditadamente em Villeneuve não lembro aonde, na tentativa de ser campeão por causa disso, mas, como dizem, o feitiço…

  22. petrafan disse:

    petulante mesmo, o Gross Jean. petulante e gross.
    concordo com o blogueiro que disse que, em termos de petulância, Gross Jean já dá uns 2 Schumachers.
    e continuo achando que dava pro Fisichella superar o carro vermelho intocável. uma pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *