MENU

segunda-feira, 28 de setembro de 2009 - 7:48Automobilismo brasileiro

ZERO MILHAS

SÃO PAULO (alguém precisa se mexer) – Alguns anos atrás, o empresário e piloto Antonio Hermann comprou os direitos de uso da marca “Mil Milhas Brasileiras” e passou a fazer a corrida que, até então, era do Centauro Motor Clube. Aí, não sei quem do Centauro contestou a aquisição do título, abriu-se um processo, Hermann foi obrigado a chamar a corrida de “Mil Milhas Brasil”, tentou internacionalizar a prova, gastou dinheiro, trouxe a Le Mans Series (sensacional, diga-se), depois voltou a se concentrar em protótipos nacionais e supercarros importados, e no fim das contas nada deu certo.

Seja por falta de interesse do público, de pilotos, equipes, ninguém mais deu bola para as Mil Milhas, e Hermann não vai fazê-la neste ano, como revela o sempre competente Américo Teixeira Jr. em seu blog.

Era a corrida mais importante do Brasil. Ou, ao menos, foi durante os anos 60 e parte dos 70. Hoje, não é mais nada. Como o automobilismo brasileiro em geral, diga-se. Um nada.

68 comentários

  1. Hugo Guidini disse:

    Embora um pouco atrazado faço meu comentário à respeito das mil milhas. O Sr Antonio Hermman tentou internacionalizar as mil milhas excluindo os carros e pilotos brasileiros que sustentam os automobilismo regionais por ex. Fez uma corrida de protótipos com incriveis 18 ou 20 carros largando….imaginem a emoção de termos 10 horas de corridas (aproximadamente) com no máximo 20 carros. Eu larguei em uma mil milhas com 96 inscritos (opalas, stock, fuscas,passats, voyages, etc,etc………mas nossos presidentes de federação, clubes organizadores e outros iluminados acharam por bem fazer uma prova dessas. Por ultimo este ano de 2012 teriamos uma 24 horas de interlagos. Uma inscrição absurdamente cara e que graças ao nosso Kassab que aumentou mais absurdamente o aluguel do autodromo…….não tivemos. Então Sr Antonio Hermman acabou com as mil milhas e nossos dirigentes estão acabando com o automobilismo.

  2. JORJÃO disse:

    é uma pena. ja fui daqui do ceara assitir a 2 mil milhas e agora tudo acabou

  3. Gustavo Oliveira disse:

    Retiro o que disse, o melhor modelo para as Mil Milhas não é o FIA GT, as 24 Horas de Nuruburgring é que são. Uma prova democrática com várias categorias e que permite a participação do maior numero de carros o possível.

  4. claudio aun disse:

    Fica claro que o mais democratico do esporte continua nas Mil Milhas Barsileiras.
    Detesto o comparativo com o chutebol, mas é mais ou menos como a pelada de fim de ano em que todos querem estar presentes, é so pegar o velho calção sua corroida chuteira endurecida pela falta de uso e se apresentar no dia da grande LARGADA ( PARTIDA).
    Achar que qualquer tv aberta transmitiria uma corrida de 12 horas é hilário

  5. luiz alberto disse:

    depois que distruiram o grade e lindo Intrlagos corridas de longa duração com varias categorias n o atual ¨cartodromo¨ficou muito chato pois os carros das categorias menores só fazem atrapalhar as maquinas mais velozes e quem gosta de automobilismo quer ver grandes maquinas velozes e tecnicamente evoluidas sendo comduzidas por por bons pilotos.

  6. Rodrigo Duarte disse:

    Só um comentário, eu guardo até hoje aquela credencial de piloto que ganhei das mil milhas, quando fui acompanhar uma etapa da Classic Cup, acho que ano passado. Tá lá em casa, de recordação hehe

  7. leandro 440magnum disse:

    Sem sombra de dúvidas acabaram de desligar um dos aparelhos que faziam o automobilismo brasileiro respirar.
    Tô cansado de ver pessoas injetarem dinheiro no automobilismo esperando receber mais do que aquilo que sabem que vão receber, e não porque gostam realmente do esporte.O que aconeceu com as grandes corridas como a Targa di Fiori , Migli Miglia ,Panamera? Ou circuitos como Avus ,Jacarepagua?Tudo acabado por interesses de pessoas que não ligam para o esporte,apenas para seus proprios bolsos.Prefiro ver um grid cheio de Opalas , Dodges, Mavericks,Pumas,Chevettes,Brasocas,Fuscas!!!,a ver um grid mirrado de Ferraris,Vipers e Porsches.
    Poderiam montar uma corrida de Mil milhas simples, sem ostentacao .Assim como Prefiro uma boa Feijoada a um File de Salmao grelhado no Molho Madeira.Saudações Moparianas

  8. Daniel disse:

    Não restou só as 12 horas como disse Dado Miler. Tem as 500 Milhas de Londrina que é uma prova democratica e também barata. Este ano será sua 18ª edição e será disputada no dia 12 de dezembro.

  9. Paulo Ferreira disse:

    Lamento muito… achei que com a Le Mans Series ia alavancar as Mil Milhas, mas só terminou de afundar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *