MENU

quarta-feira, 28 de abril de 2010 - 11:43Tecnologia

POBRE ROBÔ

SÃO PAULO (teremos resgate?) – Ótima a história enviada via Twitter pela sovietóloga Jackie Della Barbov. Um grupo liderado por um cientista americano encontrou, através de fotos da NASA, um robô soviético perdido na Lua há 40 anos. Os cientistas da URSS perderam seu rastro em setembro de 1971. E desde então o Lunokhod, pobrezinho, ficou abandonado à própria sorte.

Que seja recebido como herói, se alguém se dispuser a buscar o pobre diabo.

71 comentários

  1. Turbo Diesel disse:

    Bom, eu sei que o Onibus Espacial não foi projeado pra ir a lua já que ele foi desenhado para voltar a terra planando, então se ele chegasse a lua não poderia planar já que a lua não tem ar, então ele cairia como um apedra sobre o solo lunar, é sim projetado para ir em orbita baixa no maximo 680 Km de distancia da terra, mas eu gostaria de saber se o Onibus Espacial tem combustivel suficiente pra ir ate a lua? ou qual a distancia maxima que ele poderia ir com seus motores ligados e sem freiar?

  2. luiz carlos disse:

    acho muito estranho a nao volta a lua apos 40 anos,o cancelamento do constelacion plano para volta a lua cancelado,hoje com a tecnologia em avionicos e computadores tao avancada que esta o programa seria muito mais barato,apenas os propulsores sao caros,a guerra fria acabou,nao se gasta mais trilhoes em armas,porque ja ouvi comentarios absurdos de que temos que aprender a voltar a lua,se naves robos ja pesquisam o sistema solar distante

  3. geraldo nunes disse:

    Este aí vai correr na Classic Cup em 2011, na categoria Lunáticos? rsrs,,,

  4. arnaldo disse:

    Este robõ sovietico me fez lembrar que,os americanos gastaram milhões em desenvolvimento numa caneta para escreverem na lua,os russos levaram um lapis………´

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Arnaldo , seria até legal mas é uma lenda urbana….. todos usavam lápis de cera e plaquetas para marcação e anotações.

      Agora falando sério e encerrando de vez o tema, e aproveitando para agradecer ao Flávio Gomes por ter permitido as minhas réplicas para dois blogueiros que assumindo uma posição elitista e tentando reeditar a inquisição não permitiam a divergência de opiniões, taxando os divergentes como analfabetos e preconceituosamente como oriundos de escola pública, como se isso fizesse diferença para a educação ou formação de caráter do cidadão.

      Mas voltando a vaca fria, não questiono as missões espaciais e reconheço que a antiga URSS era líder neste setor, como ainda é quando o ítem é avionica, foguetes e vôos quer sejam espaciais , orbitais ou sub orbitais, inclusive foi aí que nasceu o meu fascínio pela Russia, que lamentavelmente nunca repassou toda essa tecnologia para os bens de consumo e foi engolida por brigas internas entre verdadeiras quadrilhas instaladas no politburo assím como caíram no maior conto do vigário que seria o programa “guerra nas estrelas” do famigerado Reagan, foi o maior “fake” já criado até hoje, a antiga URSS quebrou tentando acompanhar um programa de guerra aeroespacial de bilhões de dólares que nunca existiu…….

      Realmente os EUA ganharam a hegemonia aonde sempre foram imbatíveis ; a propaganda. Voltando ao tema, jamais questionei as viagens espaciais nem a capacidade do homem em viajar no espaço, porém quando o assunto é alunissagem algumas perguntas e questionamentos deveriam ser respondidos com precisão e não por respostas lacônicas e genéricas, tipo as intervenções que recebemos dos donos da verdade e sua inteligência de almanaque, não tem nada a ver com caçadores de mitos ou o raio que os parta; tem a ver com tecnologia disponível e equipamentos da época.
      Como uma agência espacial conseguia fazer um acoplamento a 300.000 km de distância e não sabia precisar aonde seu módulo iria pousar/cair? – detalhe- Os russo sabiam, haja vista que os modulos pousavam/caiam em local previamente estabelecido não sendo necessário o oceano e sua possibildade do “mais ou menos”
      obs. Só para citarmos a “precisão da nasa, na reeentrada do Skylab ( que não conseguiu manter a trajetória orbital e reentrou na atmosfera em 1979 a agencia espacial erroua sua reentrada por apenas alguns milhares de km….
      Nunca consegui entender como eram levadas as centenas de kg de equipamentos, inclusive o famigerado jeep lunar em um módulo que não cabia absolutamente nada, e em calculo aeronautico o primeiro ítem a ser considerado é kg transportado x combustivel necessário para esse peso adicional, afinal se a missão foi feita nos limites como é que conseguiram levar aquela jamanta sem reequacionar o envelope inteiro?
      Também queria saber porque até hoje nenhum objeto deixado na superfície lunar foi visto novamente, apesar da excelência dos telescopios disponiveis hoje em dia segundo a propaganda da própria agencia espacial?
      Porque não existe marca da ação do foguete embaixo do módulo lunar pousado?
      Porque o modulo pousado na foto oficial da nasa parece que o pé ao invés de afundar eestá em cima de um morrote? na lua o peso é 6x menor que o da terra em decorrência d amenor gravidade, mas isso não quer dizer que não exista peso, ele é 1/6 do que pesa na terra.

      Dirrimidas essas dúvidas não tenho que contestar nada da missão Apolo, agora aceitar por aceitar e tendo como explicação “e´porque é” e não faça perguntas incovenientes não é do meu feitio.

  5. rubem rodriguez gonzalez disse:

    Agora falando sério ( ou não…..) isso não é aquela geringonça que aparece naquele filme do Will Smith, as loucas aventuras de James West? é igualzinho!!!!! alguém plagiou alguém….. sempre fui fã incondicional da industria aerospacial soviética, mas isso parece exercício de futorologia do século XIX, daí a semelhança ao filme que é ambientado nessa época. Realmente parece o cruzamento de uma churrasqueira com o carrinho do bebê de Rosemary…..

  6. Iuri Jacob disse:

    Caracas. É, esses americanos são bons mesmo é em copiar idéias. Qualquer semelhança com o Pathfinder não é mera coincidência.

  7. Marcel Cintra disse:

    Triste é que mal começamos a ir na lua e já deixamos um monte de lixo lá.

  8. Sandro disse:

    http://kilobyte.com.br/wp-content/uploads/2009/07/apollo11_lrg-300×300.jpg
    fotos da Apollo XI, XV, XVI e XVII tirada pela sonda LRO (Lunar Reconnaissance Orbiter)

    Hum… interessante… Apollo XVI perto de uma cratera!

  9. Celso Guzella disse:

    Essa bate bolo, frita ovo e olha menino.

  10. Afonso Sousa disse:

    Putz Flávio a coisa descambou para as teorias dos “céticos” de que o homem não pousou na Lua. Deprimente ler os argumentos “científicos” deste povo.

    Duas coisas:

    -os russos que teriam os maiores motivos do mundo para questionar a “fraude” nunca argumentaram nada, muito menos a comunidade científica mundial. Mas um bando de principiantes, com conhecimentos limitadíssimos ficam criando dúvidas onde elas não existem, pq o que existe e a limitação do conhecimento deles;

    – sugiro continuarem acreditando neste cientistas americanos. Eles dizem que dentro de um processador de computador existem milhões de transistores, e ninguém vê. Mas não duvidem, eles estão lá.

    • RCRG72 disse:

      Foi um baita golpe de sorte. Por isso tem maluco que não acredita.

      Meu computador tem no processador 221 milhões de transistores, ou seja, está na hora de trocá-lo, pois está ficando obsoleto.

      Colocarei um de quatro núcleos.

  11. RCRG72 disse:

    Simpático o robô. Parece uma caixa d’água com diversos aptrechos. Quanto a polêmica da ida à lua a própria NASA já disse que foi uma baita duma sorte chegar lá. E ao longo dos anos, muitas pessoas, de diversas áreas de estudos, tiveram muito material para esmiuçar e colocar dúvidas definitivas sobre o epsódio. Também foda-se, ir à lua não muda nada aqui em baixo. É um baita desperdício de dinheiro. Se os EUA tivessem gastado toda a grana que gastaram com política espacial em políticas ecológicas, seria bem mais legal.

    • RCRG72 disse:

      apetrechos
      episódio

    • Esses caras da Nasa e da Russia foram verdadeiros Herois… um bando de valentes.

      Chega a ser inimaginavel todo o esforço despreendido para aquelas conquistas.

      A Raça Humana é digna das maiores honrarias quando se mete a fazer coisas legais.

      Segue o jogo… são por essas e outras que ainda acredito que podemos dar um jeito para tudo.

      Abraços

      Imperador

    • RCRG72 disse:

      Devemos arrumar nossa casa primeiro.

      Coragem ou burrice? Foi um baita golpe de sorte, tinha tudo para dar errado.
      Lembre-se da forma como o governo americano age aqui na Terra e me diga se esta conquista é deles ou da humanidade inteira? E a lua, vai ser de quem, dos EUA? Ou de todos?

      E o que motivou a tentativa de chegar à lua foi a guerra fria, motivo bem mesquinho. Queriam impor respeito frente a União Soviética.

      Os EUA deveriam melhorar as emissões dos gases do seu parque industrial, bem como todos os países que são industrializados. Em vez disso ficam jogando a responsabilidade em cima de outros.

      As guerras que já aconteceram depois desta conquista me fazem crer que o fato de os EUA terem conquistado a lua não mudou nosso modo de agir.

      Foda-se, chegar à lua não muda nada aqui embaixo.

    • RCRG72 disse:

      Continuo achando desperdício de dinheiro, e agora de esforço. A humanidade ainda não aprendeu a tratar bem o seu próprio mundo.
      Todo esse esforço para vencer uma guerra fria. Alguns acham que é uma conquista da humanidade, mais não é. O comportamento do governo americano aqui na Terra demonstra isso.
      Todo o dinheiro empregado pelos países deveria ser usado para desfazer todo o mal que o progresso vem fazendo no nosso planeta. Depois sim, poderemos visitar, ou tentar visitar, outros mundos com o comportamento correto.
      A lua ainda será palco de disputa territorial.
      Foi uma baita sorte o primeiro pouso lá. Os outros posteriores também foram precários. Pois foi forçando a barra que os EUA conseguiram chegar lá.
      Tanto é verdade que a algumas décadas não fazem isso.

  12. MM disse:

    Polêmicas a parte, ir a lua é realmente algo bem difícil mesmo hoje. Basta dizer que não existe mais nenhum um foguete com capacidade para sequer chegar a lua. Ônibus espaciais, só pra constar, nem chegam perto.
    Mas se o pouso na lua pode ter sido uma mentira contada muitas vezes, o mesmo pode ser dito sobre a polêmica entre Santos Dumont e os wright. Na verdade o avião destes últimos usava sim uma propulsão externa, mas apenas para facilitar a decolagem, e isso foi comprovado pelos próprios franceses durante um vôo homologado de mais de 1 hora. Qto ao demoseile, este sim copiava o avião original dos wright, e talvez por isso podia fazer bem mais que dar uns pulinhos, como o 14 bis…Em termos de contribuição real para a aeronáutica, gostemos ou não, Santos Dumont foi um pouco menos importante que os americanos. Nem mesmo um patriotismo cego e fanático pode ignorar que a disputa pelo primeiro vôo, diante da contribuição (de ambos…) é uma grande bobagem… E Santos Dumont, nem era brasileiro…

    • Moncho disse:

      Incrível como a ignorância pode ser tão grande quando se fala em ciência. Ora, seu “MM”, não há dificuldade técnica nenhuma em ir para a Lua, ou mesmo Marte. Ou Júpiter. As questões que se colocam são de prioridades, de custo e benefício e até políticas.

      Perceba que foguetes NÃO vão até a Lua porque não é assim que funciona. Poderiam, se fosse o caso. Impulso inicial dado a qualquer objeto no espaço, tende a manter-se. Motores são usados só para correção e impulso, de novo, para a volta.

      Engraçado que há 40 ou 50 anos atrás já se aprendiam essas noções básicas da física desde o curso primário…

      Do mesmo modo, “ônibus espaciais” não são desenhados para “ir à lua”, ainda que as dificuldades técnicas em suas atividades específicas sejam tão ou mais desafiadoras que o simples lançar-se em direção à qualquer satélite ou planeta. Hoje há naves sofisticadíssimas em torno de Saturno, Júpiter, fotografando cada uma de suas luas, seus lagos, vulcões e nuvens…

      Impressionante como pode ser possível que pessoas passem pelas escolas deste país, pelo ciclo básico, secundário e até superioor, com conhecimento tão parco sobre as ciências naturais e crenças tão abnegadas em teorias conspiratórias absurdas e estapafúrdias.

      E Santos Dumont era sim brasileiro. Nascido em Palmira, hoje Santos Dumont, em Minas Gerais. Seu pai também era nacional, filho de franceses.

      Chocante. Não é de admirar que uma hora comecem a colocar em dúvida a força da gravidade, a natureza sólida do granito e a qualidade líquida da água…

    • Renan Brait disse:

      Moncho precisaria de um foguete maior para colocar uma massa maior no ceu
      lembre-se que até a lua é atraida pela gravidade da terra… sim claro a equação da gravidade leva em consideração as duas massas o que faz a lua se manter mais longe… mas mesmo assim o foguete que iria até a lua precisaria de uma força maior…
      ainda mais se for pra fazer alguma coisa de util la!
      os onibus espaciais vão para uma area onde uma estrutura como a IEE se mantem… mas mesmo assim lançando motores de ar para não cair…

    • Moncho disse:

      Pois pois Renan, os ônibus não são colocados em órbita por foguetes? A partir da órbita, é só o caso de acelerar o suficiente para escapar à atração da Terra. Em termos, já que só se estaria ampliando o raio da órbita, acercando-se da órbita da Lua – depois, desacelerar para ingressar na atração do satélite.

      Claro que o custo, o esforço, os parâmetros seriam maiores, mas não se faz justamente por isso: por que fazer tal investimento sem um interesse real, um retorno, um lucro – não por impossibilidade técnico-científica.

      Já quando das visitas das Apolos, a presença humana não se justificava, a não ser por questões politicas e militares ligadas à Guerra Fria…

      Todavia, com o tempo, a criação de bases lunares – seja como estágio de navegações à Marte, seja por exploração material do território selenita – se tornarão necessárias e justificarão plenamente maiores investimentos. E isso não vai demorar…

    • Leonardo Costa - DF disse:

      MM, já visitou Santos Dumont – MG? Vai lá e poderá visitar o local onde Santos Dumont nasceu, a casa onde morou um tempo. É muito interessante. Meu pai nasceu naquela cidade, meu avô também, e tenho alguns familiares por lá.

  13. Ué? Edwin Aldrin e Neil Armstrong fizeram Bar-B-Q de hamburger na Lua e largaram a churrasqueira por lá?

  14. Peixe disse:

    A.., isso não é robô!
    Pegarm uma bacia, colocaram umas rodas de carrinho de bebê e mandaram pra lá!
    Aí falaram que se perdeu.

  15. Felipe disse:

    Dá pra ver de onde a NASA tirou inspiração para os robôs Spirit e Opportunity.

    • Moncho disse:

      Ocorre que é o design óbvio. Não dá para inventar muito mais. Só vão mudar as peculiaridades técnicas, materiais, computadores, cameras. Para carregar tudo isso, claro, um chassi e quatro rodas. Se pegarmos um Ford T e um Rolls, o conceito básico ainda será o mesmo.

  16. Aliandro Miranda disse:

    A cada dia acho que essa história do homem na Lua é a maior cascata de todos os tempos.

    Hoje temos telescópios orbitais avançadíssimos. Porque não existe uma imagem um pouco mais detalhada dos aparelhos que supostamente pousaram na Lua nas décadas de 1960 e 1970? As sondas que a NASA manda para lá só tiram foto de água.

    No link do post é possível ver fotos do que seriam os módulos da missão Apollo. Existem outros pontos idênticos nas mesmas fotos, além de divergência de sombras.

    Digo a célebre frase do seriado Arquivo X, “I want to believe”.

    • Mário Mesquita disse:

      Aliandro, eu completo com a que melhor reflete o que penso de americanos: “Trust no one”.

      Off-topic: Tô puto com esse tal de James Cameron ficar aqui botando lenha nessa estória de Belo Monte. JC, VTNC!

    • Peixe disse:

      Mas mesmo que mostrem fotos de telescópio em que apareçam os módulos lunare, os céticos vão falr que essa imagem foi alterada!
      Só se todas as pessoas do mundo vissem com os próprios olhos…
      Pô! Tem um monte de imagem de videos dos caras andando por lá, e vc só vai acreditar se mostrarem outra foto?
      Cade a foto de Deus? E tá cheio de gente que acredita nisso…

  17. leandro 440 Magnum disse:

    Parece uma maquina de fritar pastel e servir choppsl

  18. disse:

    Prova que na lua não tem umidade nem salinidade. Não enferrujou…

  19. vitão disse:

    peloamordedeus FG, você não pretende inscrever essa coisa na Superclassic, prentede ?

  20. Mauro Rodrigues Junior disse:

    Ô SACO!! Acharam a minha fritadeira elétrica…

  21. ALEX B. disse:

    Se é da Lada, deve estar rodando ainda! Essas “coisas” são interminaveis!

  22. Edilson Vieira disse:

    Tenho certeza que já vi um desses. No Castelo Rá-Tim-Bum.

  23. Marcos Roberto disse:

    Lembram daquele carro que foi “enterrado”, e quando abriram há pouco esta tudo enferrujado? Pois é, se tivessem mandado ele pra lua a oxidação e a umidade não tinham consumido ele!!!

  24. Ruy disse:

    Sendo tambem soviético, o Meianov deve ter alguns genes desse robozinho que estava descansando com vista para a terra…
    Quando o robozinho foi incomodado por esses paparazzi, deve ter enviado como advertência os gremlims que atacaram o Meianov no dia 10…
    Vamos ver o que acontece no dia 01 de Maio em Interlagos.

  25. Inacio disse:

    A Nasa tambem poderia encontrar o Bin Laden, para acabar de vez com os boatos de farsa, do tal 11 de Setembro que foi ” ATAQUE TERRORISTA”, não é mesmo?

  26. rossano disse:

    Esse é o Wall-E lunar. Viste o filme?

  27. Já tem sucata soviética demais na Terra. Larga o troço lá. Parece uma bacia de fritar pastel.

  28. kaio Stadler - Curitiba - pr disse:

    Queria pra mim!!! Assim eu poderia cortar grama mais tranquilo…

  29. Mário Mesquita disse:

    Já que eles acharam o robo russo, deviam mostrar onde estão os equipamentos das alunissagens das missões Apollo, para acabar de vez com os boatos de farsa, não é mesmo?

    • Leonardo disse:

      Estao aqui: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=nasa-mostra-fotos-locais-pouso-apollo-lua&id=010130090718

      NO link do robô está o link das fotos das missoes Apolo.

      A prova irrefutável das missões Apolo são os refletores de laser, até os MithBusters exploraram este mito, é relativamente fácil (com o equipamento adequado) provar que o homem esteve na lua, a grosso modo, basta apontar um laser em direção a um refletor na lua e medir o tempo de resposta.

    • MasterTimAX disse:

      Mário, no proprio link dessa postagem tem um outro link para ver onde as missões apollo pousaram

    • Homer disse:

      Leonardo, como é que é? Que papo é esse de “apontar um laser em direção a um refletor na lua e medir o tempo de resposta”? Explique melhor!

    • Antonio disse:

      Deixa de ser inocente Leonardo. As fotos são da própria NASA. Voce acha que eles iriam mostrar o que ? São Jorge ? E quanto ao MitBusters, eu vi esse programa. Ridículo. Eles são estadosunidenses. Só para constar, esse povo até hoje jura que foi o pioneiro no voo, e não Santos Dumont, sendo que NINGUÉM viu aqueles irmãos realizando tal feito. Soltaram a bagaça ladeira abaixo e dizem que voaram.

    • Mário Mesquita disse:

      Então, aqueles pontinhos ali são os modulos de pouso? Se me falassem que eram fusquinhas 66, acreditava. O laser poderia ser instalado sem a presença humana, não corrobora o fato. Existem algumas teorias: 1) Não houve pouso, tudo mentira; 2) Houve pouso, mas não aquilo que passou na tv. Existem muitas perguntas sobre as missões Apollo que a NASA nunca respondeu. Mistério…

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Concordo contigo Mário, não sou nehuma besta quadrada mas também não levo muita fé nessas alunissagens, há um quê de fraude no ar…. na época a tecnologia embarcada na NASA inteira e a capacidade de todos os processadores juntos não chegavam a capacidade de um netbook meia boca marca tabajara…..gozado que as tecnologias espaciais na época se equivaliam, opsss… falha minha, a russa era infinitamente superior, só para comparar a vota dos astronautas russos eram em terra firme em local pré determinado, os americanos caíam igual a bosta ral em um lugar mais ou menos previsto no oceano…. isso que era tecnologia e precisão!!!! se nunca existiu precisão para pouso nas missões apollo imagine para complexos acoplamentoe e desacoplamentos no espaço a 300.000 km de distancia com folgas infinitesimais e toda aquela “tecnologia” já abordada anteriormente…..
      Também ví as contra-provas dos caçadores de mitos e nenhuma delas me empolgou, mas a da medição do raio laser foi de doer, é a comprovação da teoria do “É POR QUE É” e aceitem dessa forma, tal e qual aos irmãos cara de pau Wright, voaram não se sabe onde nem de que forma, nem a distância, em suma nada. Analogicamente seria o mesmo que você ir ao gerente do seu banco e pedir uns dez milhões de reais emprestados e usar como argumento que você possui garantias de 10x esse valor, mas a única prova que você apresenta é o seu testemunho. O dia que alguém conseguir um centavo em um banco com esse argumento eu acredito na “estória” dos dois picaretas americanos.

      Só para ilustrar, voar como os picaretas afirmaram que a sua joça alada voou até as pedras voam, arremessado até merda!!!!o primeiro avião efetivamente operacional dos ratos ianques era um modelo descaradamente copiado do “demoiselle” que foi o verdadeiro pai de toda a aviação moderna, mas o Santos Dumont como todo brasileiro que se preza publicou gratuitamente suas plantas aeronauticas pelo mundo afora, como todo brasileiro que se preza era um trouxa, genial mas um trouxa.

    • Mário Mesquita disse:

      Realmente, Rubem, Dumont não patenteou o Demoiselle, e graças a isso foi o primeiro avião a ser fabricado em série, por diversos construtores. Atribuo isso ao brasileiro ser de familia rica e um cientista legitimo, interessado apenas na ciencia e seus beneficios para as pessoas. Os Wirght queriam era dinheiro. De qualquer forma, por mais que os ianques falem, o primeiro voo reconhecido e homologado foi o de Alberto Santos-Dumont em Paris, em 23 de outubro de1906. Destaco um trecho da Wikipédia:

      “Apesar de os EUA considerar os Irmãos Wright como os inventores do avião, por uma decolagem ocorrida em 17 de dezembro de 1903 no Flyer – na verdade, um motoplanador – o 14-Bis teve uma decolagem auto-propulsada, e por isso, Santos Dumont é considerado no Brasil e na maioria dos países do mundo como o “Pai da Aviação”.”

    • RCRG72 disse:

      Rubem eu sou brasileiro, mas sou apenas genial!!
      rs rs rs rs rs rs

    • Moncho disse:

      ÔOoo Mário, fez colegial aonde? Escola púbrica? Ou não terminou o fundamental?…

      Não sabia que teorias conspiratórias tão ridículas tivessem tamanha adesão aqui no Brasil.

      Esse é o resultado de décadas de decadência educacional, de estreiteza mental alimentada por falta de lustro, leitura, estudo, treino intelectual…

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      É Mário, vamos ter que rever nossos conceitos já que o tal de mocho…errr perdão moncho resolveu retirar nos do nosso mundo de trevas e ignorância, fico aliviado porque bestas quadradas iguais a essa sempre existiram, são os intelectuais que nasceram com o almanaque fontoura e viscejaram com a internet, qualquer idiota tira onda de sábio apenas por recortar, colar e se apossar de idéias alheias.
      Caro mocho, só para ilustrar jamais disse que o Homem não teria ido a lua, só acho a história nebulosa e cheia de furos, são os questionadores que elevaram o nível de conhecimento e descobertas da humanidade, aos tolos e idiotas resta apenas lêr como analfabetos operacionais e repetir como papagaios as lições adiquiridas, provavelmente sei muito mais do que você sobre propulsão, deslocamento , gravidade e todo o resto da matéria ao qual você se auto proclamou “doutor honoris causa” , só que é da minha natureza – além de assinar com o meu nome próprio as minha opiniões – questionar o estabelecido e desconfiar das unanimidades, ainda bem que a humanidade pegou o rumo de pensamento meu e do Mário, se pegasse o seu ainda estariamos nas cavernas repetindo aquilo que nos ensinaram, tenha um bom dia e aprenda a lidar com os ignorantes como nós ok? nunca soube de alguém que tenha se sobressaído na humanidade, descoberto algo ou inventado alguma coisa repetindo como papagaio hidrocéfalo apenas o que ouviu ou leu, somos nós que mudamos o mundo caro moncho, pessoas como você são apenas naturezas mortas e decoração do cenário da vida.

    • Renan Brait disse:

      Os caras fizeram um experimento de gravidade ao vivo e o pessoal ainda contesta??
      jogaram um martelo e uma pena e eles chegaram junto ao chao(ta no site da nasa o video para todos verem)
      tenta fazer isso na terra… e na hora que você conseguir eu falo que foi uma farsa

    • Moncho disse:

      “Nebulosa e cheia de furos” aqui, seu Ruben, só mesmo as sinapses intermitentes entre a meia dúzia de neurônios que habitam sua parca massa cinzenta.

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Caro mocho ou descornado para os mais íntimos, estou muito satisfeito com a minha meia dúzia de neurônios, e a propósito essa tal de sinapse tem em quantos sabores? se tiver sabor baunilha pode mandar descer… é melhor ter poucos neuronios, pois pelo visto os que possuem 24 neuronios pra lá como é o seu caso são muito sensíveis sabe com é né? escola francesa, falar fazendo biquinho, modos muito polidos, educação esmerada e boiolice idem; da janela do meu internato gostava mesmo era de ver florzinhas iguais a você desfilando, aquela cara de pidão ao ver alguém mijando……meninas vocês são um luxo só, se algum dia eu reeencarnar como viado queria ser igual a vocês, tenho admiração pela sua causa acredite……
      Enquanto vocês ficam correndo atrás de macho eu fico aqui na minha caverna, só saio para descarregar algum caminhão ou então para trabalhar em obra como pião, o pior não é o trabalho duro é o assédio sexula de pessoas educadíssimas e cultas como você, caro descornado.

  30. gleitef disse:

    É um samovar para servir chá na lua.

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      HUAHUAHUAHUAHUA….. agora é que larguei a preguiça e fui ver as fotos do link, pensei que era uma abreugrafia de alguém com efisema pulmonar……….porra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! não dá pra ver merda nenhuma!!!!!!!!!! e aida têm uma foto em que descaradamente é anuciada a visão das pegadas entre o modulo e uma outra bosta sei-lá-o-quê. é muita imaginação!!!!!!!!
      Gozado… esse tal do Ruble não é o fodão do bairro peixoto? como é que não consegue enxergar uma scatada desse tamanho?
      E só para completar, eu ví dezenas de vídeos daquele passeio no tal do jipe lunar, uma perguntinha: aonde aquele trambolho descomunal foi alojado? o módulo lunar não tinha espaço nem para peidar, aonde estava alojado aquele estropicio? desde criança pergunto isso e não obtive nenhuma resposta. nem espaço para esse troço nem para os outros centos de equipamentos que parecem cenário de filme de terceira, como diziam na época; laboratórios…… aonde estava essa trambolhada digna de mudança de pobre alojada naquele esquelético módulo lunar? a resposta com os que acreditam nessa cascata ianque.

    • Moncho disse:

      Seu Ruben, se desde criança pergunta coisas e não obtem respostas é porque não demonstra o mínimo interesse real em aprender. Ainda mais com a internet, hoje, são milhares de sítios científicos onde informar-se sobre questões tão simplórias como jipe lunar, projeto Apolo e quetais. Se VC continua em estágio tão primitivo é porque é de sua natureza mesmo tal ceticismo tosco que só o faz crer naquilo que pode apalpar…

      Só para tentar lançar alguma luz em sua escuridão, não lhe ocorre que em plena Guerra Fria seria de sumo interesse à qualquer dos lados negar os feitos do outro?, denunciar suas “fraudes”? Não percebe que os módulos e “jipes” estão lá até hoje e facilmente verificáveis por qualquer um?!… Caraca! Acha então que as fotos de crateras em Marte, da beleza branca de Europa, de Ganímedes e do vulcão em Io, luas de Júpiter, são todas fraudes?!

      Fico imaginando o interior de pessoas assim…

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      De onde vem essa sua tão auto proclamada excelência em conhecimento, oh devorador de wikipédias e espalhador de preconceitos caro mocho, perdão moncho…. afinal mocho é aquele que já perdeu os chifres…….
      Já pensaste como o mundo seria chato e sem graça se houvessem apenas gênios iguais a você? veja por este lado caro amigo, eu e o Mário somos o contraponto, somos o exemplo vivo de como ainda existem ignorantes e incultos andando pelo mundo, como você mesmo falou em seu comentário nada preconceituoso, é porque viemos de escola pública, não tivemos a sorte de estudar em colégios suíços e franceses como você.
      Fico feliz no entanto que nos sobrou decência suficiente para assinarmos o nosso nome próprio ao comentar qualquer coisa, não precisamos nos esconder atrás de pseudonimos ridículos, no meu caso específico é um negócio que o meu pai me ensinou e que é uma tradição de família, mas pode ser traduzido na linguagem popular por “cojones” sei que com o seu grau de erudição jamais você precisará recorrer a um dicionário para traduzir tal TERMO, MAS SE AINDA ASSIM RESTAR ALGUMA DÚVIDA É SÓ PASSAR A MÃO ENTRE AS PERNAS, É EXATAMENTE AQUILO QUE FALTA A QUEM SE ESCONDE POR TRÁS DE PSEUDONIMOS, meu pai não teve dinheiro para me dar uma educação tão esmerada quanto a sua, mas me ensinou coisas básicas, inclusive como lidar com pessoas iguais a você, ok? e antes que eume esqueça: VÁ À MERDA!!!!!!!!!

    • Moncho disse:

      Se o senhor Ruben fizesse jus à ascendência que seu sobrenome denota, saberia que Moncho não é pseudônimo, mas apelido. Apelido de Ramón, que é meu nome.

      Mas nada de mal haveria em utilizar nome fictício, se tal me aprouvesse, dados os contatos nem sempre saudáveis do mundo virtual.

      Resta o fato que o dono dos maiores “cojones” do pedaço, gastou seu tempo em invectivas e insultos sem justificar de modo algum as asneiras abissais que escretou em seu post anterior, eivado de onomatopéias simiescas, exclamações exacerbadas e palavreado de baixo calão.

      Y adiós…, gilipollas.

    • Leonardo Costa - DF disse:

      Mocho, ele respondeu seu comentário sobre o que ele teria em seu interior na última frase.

      Rubem, deu para notar no seu comentário que não recebeu educação. Mas não falo daquela de escola, e sim daquela que vem de casa, como o respeito, coisas do tipo.

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      ô Leonardo, que classe unida viu menina? sacanagem você chamar o moncho de mocho também……. até tu sabe que o cara perdeu os chifres, huahuahuahuahua.
      Primeiro que tenho de agradecer o Flávio por poder exercitar esse meu lado animal com as florzinhas que visittam este site, e depois te dizer que em momento algum afirmei ter algum tipo de educação, quer seja ela formal, informal da família ou na zona. O mais importante que sou extremamente preparado para lidar com babacas, afeminados e afetados em geral. Falta escolher logo a categoria em que você se enquadra ó grande baitola solidário, o que você queria de quem estudou em escola púbrica?
      Ainda bem que sou grosso, analfabeto e sem educação nenhuma. sendo assim jamais vou ter que sentar à mesa com dois babacas iguais a esses dois cagalhões com carteira de identidade, bom mesmo é ser ruim, indignação é coisa de boiola, nós resolvemos na base da grosseria, O MUNDO É NOSSO, PELA VOLTA DA IDADE DA PEDRA LASCADA!!!!! e antes que eu me esqueça Ô princesa do planalto, vá a merda também!!!!!

    • Leonardo Costa - DF disse:

      Não chamei o Moncho de Mocho, apenas o “n” não quis sair.

      Você disse: “Primeiro que tenho de agradecer o Flávio por poder exercitar esse meu lado animal com as florzinhas que visittam este site, e depois te dizer que em momento algum afirmei ter algum tipo de educação, quer seja ela formal, informal da família ou na zona.”

      O lado animal já percebi que você tem, só que são todos os seus lados. E você realmente em momento algum afirmou ter algum tipo de educação, você afirmou não ter tido e eu só comentei a respeito de ter confirmado isso com seu comentário. E nota-se também que você não tem preparo nenhum para lidar com nenhum tipo de pessoa. Pela sua reação aos comentários dá para perceber que você apenas tenta ofender, só que nem sempre consegue.

      Boa sorte aí no seu mundo. Não vou te visitar não.

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Poooooxa!!!!! não vem mesmo não? fiquei magoado……..

      Se já sacaste que eu sou grosso e anti social a melhor coisa que você poderia fazer era continuar apreciando suas exposições de orquídeas e participando de saraus e festivais de poesia abstrata e não se meter com animais provenientes de escola púbrica como eu, nos semos o bicho mano!!!!!! e muito grato por desejar sorte aqui no meu mundo porque talento eu tenho de sobra, e é claro uma grande dose de grosseria, porém esta é reservada para aqueles que me provocam e entram no meu caminho, revise todos os comentários e todos verão quem é que foi deselegante e sem educação……
      Tanto você quanto aquele outro arrombado o tal do Mocho descornado vieram pra cima de mim destilar preconceito e tentarem demonstrar sapiência e conhecimento de almanaque. emiti minha opinião e fui destratadoe desqualificado por dois baitolas que nem conheço, toda retaliação e grosseria com quem atira a primeira pedra é válida e em termos de grosseria e animalice é difícil de ganhar de mim, porém o meu lema é reagir e não agir. se recebo oum tapa devolvo com um soco, se me dão um soco devolvo com uma paulada, essa de dar a outra face é para seres extremamente espritualizados ou afrescalhados, não me enquadro em nenhuma das duas categorias, fruto de trabalho off shore por 16 anos ininterruptos em plataformas de perfuração de petróleo. lugar pra macho, terreno ideal para separar os homens dos meninos, local aonde não se leva desaforo pra casa e aonde se recebe resposta à altura as provocações baratas e ofensas gratuitas.
      COMIGO É ASSIM: BATEU LEVOU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *