MENU

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 - 15:56F-1

PAULISTÂNIAS (2)

SÃO PAULO (pra quê mais?) – Os mecânicos reclamam da falta de espaço. Outros se queixam da estrutura, que consideram precária. Anos atrás era o asfalto. Interlagos sempre recebe críticas da F-1 como um todo. Mas, da mesma forma, é tratado, o autódromo, com um carinho condescendente por quase todos. O traçado, embora não seja mais o mesmo há 20 anos, ainda é considerado espetacular, capaz de oferecer boas corridas. E a verdade é que a turma gosta do clima da corrida, da cidade, das caipirinhas, dos rodízios. Dá para acreditar, até, que esse pessoal acostumado a um luxo cada vez maior e mais supérfluo curte uma chegada na perifa da grande metrópole. Ao menos uma vez por ano.

E tenho cá minhas desconfianças do porquê.

É porque Interlagos é uma das últimas pistas de verdade, a falta de estrutura e de espaço lembra um pouco o que eram os autódromos de antigamente, o jeitão mais circense da F-1, de uma turma menos numerosa e mais íntima, que se encontrava em geral a cada duas ou três semanas em geral nos países europeus, nos circuitos instalados em pequenas cidades, e todo mundo se conhecia, jantava nos mesmos lugares, muitas vezes viajava junto.

É o que se chama de “era romântica”, seja lá o que for isso.

Hoje tem muito mais gente, os países são mais distantes e tudo parece meio artificial, como essas pistas de Abu Dhabi, Coreia do Sul, Bahrein, Cingapura, Malásia, Valência.

Bom, pelo menos é o que eu disse para o jornalista inglês que encontrei agorinha, fazia tempo que não nos víamos, e ele me perguntou por que não viajo mais a todas as corridas, eu dei essas explicações, e algumas outras, e como ele concordou com tudo, acredito que pensa a mesma coisa. Disse, inclusive, que ano que vem será o seu último. Mas desconfio que falou a mesma coisa no ano passado, e no retrasado, e continua voando de um lado para o outro atrás da F-1, condicionando o calendário de sua vida ao do Campeonato Mundial.

Eu fiz isso por 18 anos e fiquei meio cansado de pegar avião para cada vez mais longe.

38 comentários

  1. José Marinho disse:

    Monaco tem espaço de sobra?

  2. Julio Cesar Ruthes disse:

    Flávio, na minha modesta opinião, automobilismo em geral, e principalmente a F1, é sem dúvida alguma uma das grandes paixões brasileiras.
    Por maiores que sejam os escândalos, o jogo de interesses (político, econômico, etc.), e alguns outros problemas nítidos para o público e principalmente para os profissionais, a verdade é que ao ouvir o 1o motor de um carro (pode ser até a Hispânia), tudo isso vai por água abaixo e o que vale realmente é a paixão.
    Digo isso porque com felicidade posso dizer que tenho um GP Brasil in loco no currículo (2006) e foi justamente isto que senti, ainda do lado de fora do autódromo, quando a primeira Spyker (acho que era) entrou na pista. Isto é sensacional, isto é F1, isto é Interlagos, isto é GP Brasil!

  3. jaacesar disse:

    Na verdade interlados sempre foi assim, desde o retorno da F1 a São Paulo , todo ano está de saída, tem reclamação para todo o lado e… continua aí é asfalto, ondulação etc, mas é uma pista maravilhosa, e o engraçado, com 70 anos, infinitamente mais eficiente que as pistas novas, caras, com muito espaço e conforto para todos, mas com corridas medíocres, é uma pista antiga, mas muito mas eficente com inumeros pontos de ultrapassagem, independentemente da configuração dos carros, antigos, atuais, F1, stock, truck, GT etc. é um circuito perfeito que deveria ser copiado, por este engenheiro da F1 que só faz pista para corrida de autorama com um trilho únicos, tanto na configuração anterior (que deveria ser recuperado) como na atual. Parabéns Interlados, 70 anos , com corpinho de um. Não acredito que sentirão saudades dos novos circuitos, somente se houver uma nova configuração para os carros de F1, já tentado mas sem resultados, abraços.

  4. Cleiton Pessoa disse:

    Mas sinceramente falando alguns autódromos dão a sensação de campeonatos futebolísticos de várzea. Não comparando as estrutura de alguns estádios ou campos de futebol que também são sofríveis e nojentas para os atletas, principalmente quando se deparam com instalações confortáveis e bem montadas encontradas nas esferas dos endinheirados.
    Os autódromos merecem uma cara nova, pois tudo na vida avança, inclusive a velhice necessita de alguns reparos com próteses, pílulas azuis, plásticas para a ala feminina em geral, nem sempre nessa mesma ordem. Com um pouquinho de planejamento é simples e fácil alterar a área dos bosques(ops boxes) e demais edifícios anexos por algo de rápida execução, simples, espaçosa e barata, e com a devida tecnologia necessária no certame atual. Se quiserem me contratar com o projeto eu topo!

  5. disse:

    No dia que tirarem Mônaco…

  6. Paulo Emilio disse:

    Credo ! Quer dizer que interlagos, mesmo mutilado, já provoca sensações de nostalgia ? Acredito ! Perto do que nos reserva o futuro da F1 é possivel sim !

  7. Cyro De Cicco disse:

    Sinto falta da época da sua cobertura na Bandeirantes. Eram coberturas divertidíssimas com você e o Fábio Seixas. Animal era quando você discordava do Odnei ou vice-versa. Aí o assunto começava!!!

  8. Antonio disse:

    É isso, as pessoas vão envelhecendo e se tornando mais nostálgicas, presas a um passado que não volta mais.
    Os jovens de agora vão reclamar no futuro com saudades das pistas Abu Dhabi, Coreia do Sul, Bahrein, Cingapura, Malásia, Valência e a vida continua.

  9. Dennis disse:

    Negar o problema de falta de espaço xingando ou se apoiando no saudosismo não me parece a melhor saida. Os grandes circuitos do mundo como Spa, Silverstone, Nurburgring, Suzuka passaram por grande reforma para melhorar as condições para todos. Por que negar que chegou a hora de Interlagos?

    • Cesar Cardoso disse:

      Dennis, reformar os boxes é uma coisa, usar os boxes como chantagenzinha barata pra trocar Interlagos por um tilkódromo qualquer (seja na Rússia, seja em Deodoro, seja no quinto dos infernos) é outra.

      E eu quero ver se a turma que reclama de Interlagos reclamou com a mesma veemência daquele circuito incompleto da Coreia, em que tiveram que correr escapando de resto de obra e vergalhão.

  10. Rodrigo disse:

    Boa noite 69, a bem da verdade, a F1 acho que precisa mudar de dono. Esse Sr. sabe mais que ninguém fazer din din, e sabe abrir a boca e dizer coisas que para todos não presta. Circuitos como na sua epoca gomes, esta acabando, hoje que manda são esses paises que enxem o bolso do velho Berne espertalhão de grana. E, fica essas cidades no meio do nada e que chega a lugar nenhum, com pistas parecendo pista de Kart.

  11. Camarx disse:

    Caro Flávio,

    Graças aos preços proibitivos da F-1, só consegui ir uma vez em 2003 e mesmo assim nos treinos de sexta-feira, porque consegui um refugo de ingresso-cortesia da Renault.
    O meu retorno ao circuito aconteceu esse ano quando fui assistir a Copa Classic e o incansavel #69!!!!!
    E, ao circular pelos boxes, as únicas marcas da F-1 que encontrei foram algumas quase apagadas marcas da posiçao dos pilotos no interior dos boxes (no caso era do Buemi) e a pintura desgastada das zebras…
    Provavelmente vai tardar um looonnngo tempo para obter aqueles mega-ultra-premium ingressos com direito a ver os pilotos coçando as frieiras.
    Mas que foi muito bom, no dia Copa Classic, transitar em todo aquele espaço, estacionar no interior do autódromo e ver uma cacetada de corridas, isso foi.

    Saudações soviéticas

  12. Orlando Salomone disse:

    Entendo exatamente o que você quer dizer, Flavio. Cada vez que ponho os pés em Interlagos, me sinto remoçar alguns anos.

  13. Luciano disse:

    Quanta viadagem. Anos atrás largavam 26 carros (fora os que não se classificavam) e os boxes eram suficientes. Bando de maricas, vão correr nas “pistas” do Tilke. O mundo está mesmo cada vez mais idiotizado.

  14. ricardo bifulco disse:

    Olá Flávio, olá pessoal.
    Posso dizer uma coisa?
    Todos estes mecânicos, dirigentes e pilotos que reclaman, que vão todos à M-E-R-D-A COM M MAIUSCULO.

    Há pouco correram em uma b. de circuito coreano inacabado…mas tá tudo bem..desde que tenha $$$$ no meio.

    Repito: que vão à M!!!
    Ricardo Bifulco

  15. Cara, acho que a reforma do paddock é importante. Não vejo a mínima necessidade dos milhões gastos pelos países do Oriente para receber a F-1, mas, pelo o que eu mesmo vi no autódromo, ele está apertado, não consegue receber “bem” a Fórmula 1. O problema é que não tem para onde crescer.

    Escrevi uma “reportagem” sobre isso em meu blog, caso se interesse, Flavio, agradeceria se lêsse. O mesmo digo aos seus leitores. Não precisam concordar, é apenas mais um ponto de vista.

    http://porforadosboxes.wordpress.com/2010/11/03/o-apertado-paddock-de-interlagos/

    Grande abraço a todos

  16. Roberto Martinez disse:

    Claro que o patamar é incomparavel, mas e esses caras da F1 deveriam ver como eram as Mil Milhas, com 66 arros e quase o triplo de pilotos…seria engraçado

  17. André Scudeller disse:

    Infelizmente em qualquer época do ano a infra eh uma porcaria para quem fica nas arquibancadas. Já cansei de levar amigos e parentes e para todos ficou a mesma impressão, corrida só pela TV!

  18. luis Freitas disse:

    Se não for pedir muito, gostaria de ler mais textos sobre a “era romântica” da F1.

    Grato

  19. MSM disse:

    Estou achando que o GP Brasil, depois de 2014, terá o seu fim. Interlagos está ficando muito defasado em relação aos novos circuitos, que embora em locais sem nenhuma tradição no automobilismo, possuem autódromos com mais conforto e modernidade. Infelizmente, se o Brasil quiser continuar com a categoria, só gastando dinheiro para fazer um autódromo novo.

  20. Guilherme disse:

    A F1 tá tão chata, tão chata, que até pouco tempo os carros tinham transmissão automática.

  21. Rafael Chinini disse:

    essa reclamação ai é pura frescura!!

    anigamente tinha mais equipe, menos estrutura, e ninguém achava ruim! estão mal acostumados
    viva os circuitos, que tem que ser reformados sim, mas não podem sucumbir por puro luxo.

  22. marcão disse:

    Olha, passou da hora de dizer pra esses gringos ai que se, não tá bom não ta do jeito que eles querem, que não venham mais pra cá.. Chega dessa putaria ridicula de falar mal de SP, do Templo e o escambau… Esses ai vem pra cá todo ano, e se não vem, ficam de chororo. Quando estão aqui falar merda..
    Se hospedam em grandes hotéis pagam quase nada comem pra caramba, bebem muito não respeitam ninguem. E a prefeitura e os poderes publicos nada fazem a respeito disso. Tá na hora de rever esse conceito de que eles podem tudo..

    Eles estão aqui, que sejam bem vindos desde que respeitem a terra que estão pisando..

  23. alexandre disse:

    Flavio, moro no sul, e infelizmente, nunca fui a Interlagos (alguma hora eu vou), porém, você e outros tantos sempre falam que o traçado antigo era zilhões de vezes melhor… Agora pergunto, por que não recuperam este antigo traçado e, se ele não for usado pela f1, que seja pela estoque ou qualquer outra modalidade que queira, classic cup quem sabe??? carros antigos, pista antiga, nada mais justo…

  24. Cleiton disse:

    Sou leitor assíduo do blog, gosto de corridas em especial F1, porém não sou profundo conhecedor do assunto principalmente dos seus bastidores, porém, caso tome força os boatos da F1 deixar Interlagos, alegando-se falta de estruturas modernas, espaços, e outras coisas pergunto:
    É possivel uma modernização das instalações de Interlagos, nos moldes da FIA?
    Se possível, pode-se manter o mesmo traçado?
    Se não, há a possibilidade de, a partir de um novo projeto, partido do zero, a construção de um novo circuito, nos padrões FIA, em outro local, mas mantendo o traçado de Interlagos?
    Qual o nível de comprometimento e interesse de se manter a F1 em Interlagos, do poder público, CBA ou outras entidades?
    E quanto a participação da iniciativa privada numa possível modernização das instalações atuais ou de uma tranferência do traçado?

    Abraço a todos

  25. Mauro Batera disse:

    Grande Flavio Gomes!

    Acho que estes gringos xaropes que reclamam de tudo, deveriam ler o seu fantástico texto “Box 21” relatado no excelente livro “Interlagos, Um Sonho de Velocidade”.

    E Faço das suas as minhas palavras!!!

    Grande abraço!!!

    • galileu disse:

      é maurão não li este livro, mas concordo com o escrito, esses caras correm em pistas piores que o nosso autodromo, vem aqui enchem a cara comem do bom e do melhor tem uma grande acolhida, e ainda tem a coragem de reclamar, viva a indy que é mais democratica, a nascar que é mais emocionante, abaixo uma tecnologia que nunca teremos em nossos carros, pois os mesmos ficariam tão caro que não poderíamos comprá-los, completando sobre a stock, deveriamos sim ter o modelo da tc 2000, mais barata e mais competitiva pois o regulamentoj é igualdade de condições para todos. o argentino edgardo ganhou na mega sena quando nos empurrou esse projeto abandonado, a categoria ficou monopolisada na mão dos giaffone,e cara demais para um piloto em começo de carreira e com pouco patrocinio.

  26. Marcelo Martinez disse:

    Eu acho que essas críticas vindo de todos os lados é meio orquestrada.
    Não sei o real motivo: se é para não ter mais corridas em interlagos, não ter mais corridas na américa do sul, sendo substituído pela Rússia ou que esse pessoal é fresco mesmo é só quer saber de “glamour”.
    Mas, ao que parece o GP de F1 de interlagos está com os dias contados.
    Quem vai perder é só a F1 que a cada dia está mais chata do que nunca!
    Interlagos vai perder? dúvido, pois podem ter certeza que ali continuará tendo várias e várias corridas, pois ali é um templo do automobilismo mundial e sempre alguém irá fazer várias corridas ali!
    nada mais.

    • ALEX B. disse:

      Marcelo, to contigo nessa! Deve ser o tio Bernie – o ditador – que quer destruir o templo e fazer mais um circuto chato do mala daquele alemao!

    • galileu disse:

      caro marcelo: interlagos fecha mais ou menos no mes de agosto para as reformas na pista, enquanto isto o pessoal do turismo payulista fica sem fazer nada e sem ganhar dinheiro, talves seja um lobby contra a formula indy que veio para sp, lembre-se que o bernie mandou acabar com as curvas 3 e4 que faziam o anel externo de alta velocidade para que a cart não corresse lá

    • vitão disse:

      o valor imobiliário de Interlagos é enorme, chega fácil aos R$ 1,5 bi. Daria para demolir e fazer umas pista nova, como já foi sugerido, mas teria que ser longe da zona do agrião ( literal e figurativamente) , sem hotel, churrascaria, boite, etc por perto. Além de que o licenciamento ambiental é quase impossível ( foi o que matou a pista da Cabreuva do Moraes, ia interferir com os ninhos dos pássaros dizem) e o MST ia querer ” compensações ” financeiras ( como fizeram com a fazenda invadida da Sygenta, queriam um pedágio que ficaria com os dirigentes) . Li em algum lugar sobre um plano de fazer os novos boxes no antigo retão ( matando a antiga curva 2 , se não neguinho ia dar na torre da caixa dágua), com o novo paddock feito no kartodromo .

  27. Marcelo disse:

    Flávio,
    a primeira corrida de F1 que assisti “in loco” foi no Rio de Janeiro, em 1988 (a última de Jacarépagua). Desde então, frequentei muitas outras em Interlagos, talvez umas 15. Mas hoje não tenho a menor vontade de voltar a pisar em Interlagos para ver uma corrida de F1. Nesse tempo, percorri quase todas as arquibancadas do autódromo. A primeira foi a arquibancada G (a mais barata e a que dava para comprar com o dinheiro que tinha na época). Jurei a mim mesmo que nunca mais voltaria a sentar nesse setor. Fui para a arquibancada A e fiz o mesmo juramento. Fui para a M e jurei de novo. Por causa do trabalho que realizo, voltei a Interlagos frequentando o camarote da Globo, no final da reta oposta. A visão não é das melhores, mas tem conforto e respeito aos frequentadores que todo o resto do autódromo não tem. Sentado numa cadeira deste camarote, via as arquibancadas e o público. Não sei se tenho dó deste público ou se acho burras as pessoas que ainda colocam a mão no bolso para comprar um ingresso caro para dias humilhação – não há lugares decentes, banheiros decentes, comidas decentes. Não há nada decente. Só se vê o resultado de aproveitadores – entre estes, a prefeitura. Isso falando do portão do autódromo para dentro. A parte de fora é igualmente podre. Me cansou essa maquiagem de Interlagos. Infelizmente, sinto que Interlagos, mesmo sendo uma “pista de verdade”, é deprimente e decadente. Decidi há dois anos que não vou mais a nenhuma corrida de F1 em Interlagos. Posso ir em qualquer outra – Fórmula Truck, Stock, Fórmula 3 etc – porque saberei que o evento caberá dentro da estrutura sucateada do autódromo.

    • galileu disse:

      marcelo,frequento interlagos desde 1976, já corri la no antigo e novo, te digo: melhorou muito, ultimamente (a uns 17 anos), forneço peças para a stock car, (quen piada que é esse carro, é um hibrido de nada pois não existe nada parecido no mundo), não me sinto mais a vontade como antigamente, nunca fui a uma corrida de formula 1, pois acho que o melhor lugar para assisti-la é na poltrona de minha casa, não sou humilhado, nãO LEVO SAQUINHO DE XIXI NAS COSTAS, posso ir ao banheiro sem medo de perder o lugar, comer o que quizer e na hora que quizer ainda economizando uma grana legal.

    • Lio disse:

      Concordo em 99% com o que esse Marcelo falou..Eu tambem cansei de ser humilhado,MULTADO,PASSAR FOME e PAGAR CARO Por que o setor B que Vc não mencionou custa $1.500 e fui varias vezes…nã vou mais..NÃO PAGO MAIS PARA ESTE PREFEITO IR COM SEUS AMIGUINHOS DE GRAÇA E DE HELICOPTERO TUDO NÓS QUE PAGAMOS… e até os gringos estão reclamando…sabe o que vai acontecer ??? São Paulo por GANANCIA E INCOMPETENCIA DO PREFEITO VAI PERDER A FORMULA 1 menos um negocio para Eles ganharem dinheiro…

  28. TOM SEM FREIO disse:

    Hoje em dia a formula um, está como a maioria das pessoas: artificial. Me diga que graça tem uma corrida na Coreia ? ou em Abu Dhabi ?. Só para os manda chuva, que recebem a grana. Legal mesmo era antigamente, onde as pistas eram de verdade. Mandou bem Flavio.

    • galileu disse:

      concordo plenamente com vc, tom; o mais legalera quando a formula 1 corria no interlagos antigo, que legalver o emmo acelerando na marginal pinheiros. tenho uma replica escala 1×12 da tamya jap,onesa deste bolido, vce olha dentro do capacete do piloto e ve calaramente o narigão do emersom, perfeito.

Deixe uma resposta para Cleiton Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>