MENU

sábado, 28 de julho de 2012 - 12:19F-1

BUDAS & PESTES (2)

SÃO PAULO (linda festa) – Depois do encantamento com a festa de abertura dos Jogos Olímpicos de ontem, como curtir muito um treino de classificação de F-1?

Sorry, periferia. Durante Olimpíadas, todos os outros esportes deveriam, por respeito, suspender sas atividades. Em Pequim, quatro anos atrás, só teve corrida no dia do encerramento, aquela porcaria de Valência. Que, por sinal, será excluída do calendário do ano que vem, segundo informações que vieram hoje de Budapeste. Ótimo. Bem feito para a Espanha e para a prefeita (acho que era prefeita, não tenho certeza) que torrou as finanças da cidade para fazer essa corrida chinfrim. Entra Nova Jersey.

Outro mistério para mim, essa história de inventar corridas nos EUA o tempo todo. Ah, o mercado americano é muito importante!, dizem todos, o tempo inteiro. Mercado de quê? Para comprar Ferraris? Bonés? Twingos? Pirelli? Que história é essa? Os caras não sabem o que é F-1. Vou repetir bem alto: NÃO SABEM! Os caras não sabem nada, na verdade.

Já foram 62 GPs disputados nos EUA até hoje, incluindo as 500 Milhas de Indianápolis entre 1950 e 1960. Vocês têm ideia do que é isso? Então eu digo. Só dois países tiveram mais corridas de F-1 que os EUA: Itália (88, contando os GPs de San Marino) e Alemanha (73, incluindo GPs da Europa e de Luxemburgo). Já tentaram de tudo na América dos capetas: Sebring, Indianápolis, Riverside, Watkins Glen, Phoenix, Dallas, Detroit, Las Vegas e Long Beach. Neste ano, tem Austin. Se não conseguiram conquistar o maldito mercado americano com tanta corrida e em tantos lugares diferentes, será agora?

Bom, pelo menos aquele lixo novo-rico de Valência vai para a vala da História.

Mas eu falava dos Jogos Olímpicos, e da festa de abertura de ontem. Linda. Bem menos impressionante que Pequim, mas muito mais bonita e humana. Há coisas que nos impressionam. Um prédio de 300 andares, por exemplo, em Dubai. Oh, que grande. Oh, que impressionante. Mas no fundo é uma bosta desnecessária. Aí você vê um predinho de quatro andares em Verona, com delicados toldos verdes na janela, quem sabe um pequeno balcão onde, um dia, uma linda menina passou a noite esperando seu namorado que nunca veio. É muito mais bonito.

Foi uma epifania que tive ontem à noite. Há coisas que nos impressionam, e outras de que gostamos. A festa da China foi tecnicamente impecável, marcante, monumental. Mas meio fake, como produtos chineses. Não curto muito essa China moderna, já deu para perceber. Londres, não. Londres mostrou a história da Inglaterra, que é a nossa. O que seria do mundo sem a Revolução Industrial, Shakespeare, os ônibus de dois andares, os pubs e os Beatles? Seria uma imensa China de merda. Por isso, eles tinham mesmo de mostrar a Inglaterra. A Inglaterra é universal. Mas fiquei com medo de quererem fazer algo tão musical daqui a quatro anos no Brasil. A Inglaterra tem motivos para se orgulhar de sua música. Não teve gerações perdidas, é tudo bom e épico, ao contrário do Brasil. O Brasil tem um bom samba, que é muito local, e a Bossa Nova, essa universal, mas talvez sofisticada demais. E o rock dos anos 80 que foi bom, é bom, mas também não pode ser considerado um fenômeno mundial.

E tem Michel Teló, Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, Luan Santana, Restart, Molejo, Sacolejo, Laje no Quintal, Caxinguelê, Calypso, Revelassamba, MC McIntonsh, sei lá, inventei uns nomes (se não existirem, vou registrar), e vai que resolvem colocar essa fauna afetada para cantar, vai ser um desastre colossal. E como deve ser a Globo a dona do evento, corremos risco de ver Zeca Camargo, Fátima Bernardes e, terror dos terrores, Luciano Huck envolvidos.

Mas creio que faremos algo bonito. Tem muita coisa bonita no Brasil. Não temos, é verdade, um Mr. Bean (morri de rir, e acho demais essa capacidade do inglês de rir de si mesmo), uma rainha sonolenta, um James Bond, um Paul McCartney. Mas temos coisas legais, uma história bonita, natureza, ginga, mulheres lindas, alegria, sol, céu azul, mar, areia branca, florestas, tamanduás e ariranhas, além da Suelen, e é só encaixar tudo direitinho, escolher um bom diretor, montar uma Comissão do Bom Gosto e tudo correrá bem.

Faltou falar do treino de Budapeste. Daqui a pouco.

62 comentários

  1. ney prates disse:

    Concordo com você quanto a nossa futura olimpíada brasílica, com os axes, globos e etc, mas sua aversão aos americanos foi um tanto exagerada. Os caras sabem sim, de muita coisa. Música, dança, cinema, pra só falar de coisas ligadas à arte. A porra do dólar é que estraga tudo.

  2. Rafael Rodrigues disse:

    Caaaara, quanta avacalhação com o Brasil… Sem querer ser pacheco, não dá para pensar que a Cerimônia de Abertura em 2016 será uma festa bonita, sem a influência de Rede Globo, ou de qualquer outra emissora de TV…

    Que mania essa nossa, de nos depreciarmos…

    • John McClane disse:

      Ninguém é antipatriota ou quer o fracasso do Brasil. É mais que hora de sediarmos Copa do Mundo ou qualquer evento similar. Acontece que aqui é a terra da Rede Globo, que vai ficar encarregada da parte artística do evento. Com gente como Boninho ou Jorge Fernando no comando de tudo, é de se esperar um gigantesco Criança Esperança com seriíssima pretensão artística que terá como MC o Huck, acompanhado por Ana Furtado, Bruno de Luca, Fernanda Lima e Tiago Leifert. Haverá “performances” de Ivete Sangalo e Claudia Leite, Regina Casé falando da sustentabilidade do evento ao som de Arlindo Cruz acompanhado das escolas de samba, coreografia da Deborah Colker retratando o lado selvagem e naturista do brasileiro. Pra arrematar, a tocha olímpica terá passado nas mãos de Bruno Chateaubriand, Narcisa, Bruno Mazzeo, Zeca Camargo, Nuzman, Marin, alguma estrela da novela das 8, o vencedor do BBB de 2016 e por fim a Xuxa, que vai entregar a tocha pro Neymar acender a pira olímpica.
      Não é o que eu quero, muito menos o que o FG quer, acho. Quero muito acreditar que faremos uma abertura, um evento e um fechamento sensacionais, porque podemos. Só que a realidade parece querer provar o contrário. Infelizmente.

  3. LBM disse:

    Por falar em Olimpíadas, o Brasil não terá que fazer uma festa de encerramento NESTA Olimpíada? (bão, acho que é só mandar uma escola-de-samba para lá)…

  4. Cyro De Cicco disse:

    Sem mentira, o Gomes fala que os cara NÃO SABEM o que Fórmula 1 e é verdade. Quando morei nos EUA eles conheciam dos Grace (MMA e etc) e Pelé. Ayrton Senna, schumacher, etc? Mesma coisa que perguntar o nome de um jogador profissional de lacrosse para um brasileiro. E sério, me lembro de nego chegar pra mim e falar: “F1, formula 1? What do you mean, Shell oil?”

  5. Joaquim Oliveira disse:

    Para os que acham que Londres é perfeita e não tem problemas, sugiro uma lida neste texto de Rodrigo Vianna . “Ah, isso só no Brasil mesmo… Londres e as Olimpíadas” http://www.rodrigovianna.com.br/palavra-minha/ah-isso-so-no-brasil-mesmo.html

  6. Joaquim Oliveira disse:

    A olimpíada de 2016 terá cobertura da Rede Record, será que a Globo colocará seus “astros”, que na verdade são apenas trabalhadores, para apresentar na abertura?
    Estas olimpíadas tem sido a mais democrática que já vi em relaçção à transmissões. São pelo menos 5 meios de comunicação transmitindo, (Record, ESPN, Band News, Sportv, e o portal Terra), só tenho que agradecer à Rede Record. Se fosse Globo, seria: “só assista o que eu quiser.”

  7. John McClane disse:

    Flavio, será que a F1 não emplaca nos EUA por ser um esporte altamente cosmopolita e globalizado? Os americanos são provincianos, faz pouco mais de duas décadas que um estrangeiro, o Emerson, venceu um campeonato lá após quase 80 anos de automobilismo lá. Eles cagam e andam pra Ferrari. Agora, a Fiat está querendo entrar no mercado lá. Sei lá, é só uma opinião.

  8. Victor disse:

    Se rolar um “bom é ser feliz com o Molejão” na abertura da Olimpíadas do Rio eu vou gostar muito. Isso sim é música popular brasileira e não Chico Buarque e afins. Me surpreende que você, Flávio, exalte o que é da panela dos almofadinhas brasileiros e não do povo simples. O que é popular pode não ser bom para mostrar como somos sofisticados , mas pelo menos é autêntico.

  9. Há blog e podcast ianque onde se pode ouvir o sotaque americano falando de F1:
    http://www.formula1blog.com
    Em um país de 400 milhões de habitantes, por mais que a F1 não seja líder de audiência, ainda pode haver muita muita gente interessada ,principalmente nas grandes cidades, e não na América profunda.

  10. andré frej disse:

    Já teve uma avant-premiere do que vai ser a abertura no Brasil no dia em que a Rede Esgoto produziu um espetáculo inqualificável para o sorteio dos grupos das eliminatórios, um troço desses.
    FG, os “artistas” que você citou representam muito bem o lixo da música e da TV brasileira, mediocridade e falta de qualidade absoluta.

  11. Miguel Direito disse:

    100% de acordo. A abertura dos jogos olimpicos emocionou-me, porque foi feita numa escala humana e porque, de facto, a cultura pop(ular) foi por eles inventada e é a nossa. Conhecemos as referências e o humor do UK é de facto despretensioso. Quem ri de si é inteligente.

  12. Olha lá disse:

    FG, se você ainda não viu, no site do Kibe Loco tem uma “previsão” de roteiro para a cerimônia de abertura da Rio 2016 bem realista, na minha opinião, he he he. Ri pacas, e dá medo de que ocorra algo assim, uma grande festa a la Criança Esperança… Luciano Huck incluso…

  13. Celio Ferreira disse:

    TODOS ESQUECERAM QUE A INGLATERRA É O QUE É PORQUE SUGOU TUDO O QUE
    PODE DAS SUA INCONTAVEIS COLÔNIAS . E A UNICA QUE SE REBELOU TORNOU-SE
    A MAIOR NAÇÃO DO MUNDO.

  14. Ricardo Sa de Lacerda disse:

    Parece que só nos livraremos de Valência em 2013, pois parece que a intenção é revezamento com Barcelona no GP da Espanha.

    E as Olimpíadas de 2016 são da Globo, Record e Bandeirantes. E essas de Londres certamente teriam repercussão muito maior se a Globo estivesse no negócio.

  15. gera disse:

    FG. Você falou tudo que faz gosto de ler. É isso aí. Dizem que hoje somos uma grande nação. Somos a 6ª economia do mundo. Mas isso é graças à um boom demográfico que hoje emprega uma grande demanda de mão-de-obra. Ótimo porque deu oportunidade às classes mais baixas de prosperarem e hoje o mercado de consumo está focado neles. Então toda
    a mídia está voltada para eles. E dá-lhe oportunistas: Ivete, axé, BBB, Fazendas, Luciano Hulk, Ratinho, Tiririca, pagodinho, funk do demo, Famosas e Periguetes que aproveitam do gosto pelo bundão para inflacionar o cachê do boquete. O nível caiu. Perdemos o caminho da civilidade. Mas temos uma natureza tão bela que acabamos por sublimar esta merda que está aí. Acho que o certo seria trocar a frase da nossa bandeira “ORDEM E PROGRESSO” por “TÁ RUIM MAS TÁ PRONTO”.

    • Jr. disse:

      Sinceramente não acho que a Ivete merece estar nessa trupe citada. Agora, esse tal de “funk” – que de funk não tem nada (pobre James Brown, deve estar se revirando no túmulo), é com certeza o pior lixo que já se fez e faz neste país. Trabalho em escola e sei do que estou falando. E pra terminar de f*****r tudo, o RJ tem uma lei que considera isso como “patrimônio cultural”… arghhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!

  16. Lio Campos disse:

    È tradição todo País tentar superar o outro nas aprestações ….e os Ingleses deram maior show e todo mundo pensou o que o Brasil vai fazer para superar ?????? com esses politicos ladrões cobrando os maiores impostos do mundo e para o povo nada ..VERGONHA de ser BARSILEIRO .
    Eu não voto nunca mais em Serra,Geraldo Alkimim,e nem Kassab..com sua CONTROLAR SÓ PARA ARRECADAR DINHEIRO PARA MONTAR UM PARTIDO QUE DIZEM QUE JA VALE $3 BILHÕES…..nunca mais…nunca mais …acho que só asim talvez daqui muitos anos tenhamos politicos honestos..

  17. Jose disse:

    Por nao haver exclusividade o coi ja fechou tansmissao com globo, record e band

  18. Elvys disse:

    FG, não fica dando idéia de artistas p/ cerimônias no Rio em 2016. Vai que até lá surgem coisas piores…

  19. José Brabham disse:

    Faltou Caetano cantando “London London”…

  20. Lucas Gevartoski disse:

    Adoro os seus textos. Só queria registrar isso.

  21. Sam disse:

    ó grande oracúlo , você tem razão os americanos não sabem de nada mesmo, quem sabe mesmo somos nós, afinal aqui tudo é melhor.

    como o amigo Marcelo citou acima acho que somos nós que temos quase 300 prêmios Nobel
    também somos nós que temos tantas patentes e diversos prêmios por trabalhos e descobertas na ciência, fisica e etc.

    esperar o quê de um comuna …rsrs

    abs a todos!

  22. Kiko Prada disse:

    Só aquele trecho do final com Eclipse do Pink Floyd (all that you touch, all that you see, all that you taste, all you feel …) já teria valido a pena.

  23. Wallace disse:

    Pois é Flavio, você já cantou o enredo de 2016….. E pode ser pior. Já imaginou o que não faria o Daniel Filho ” O diretor das prostitutas do Brasil ” com sua mente pornográfica? E essa lixaiada que citou, será que estamos indo pro buraco? Rezo todos os dias, pedindo a Deus; michel tem dó dos meus ouvidos….. Mas parece que ele não me ouve e a coisa tá cada vez pior. Essa RGT deveria ser classificada de X rated, não tem nada que presta. A subcultura superou a Cultura por aqui….Nem raizes existe mais, triste tudo isso.

  24. yuk disse:

    Putz… . Lindo texto. Parabéns !!

  25. Ricardo Pignatelli disse:

    Ou o Ria vai fazer uma abertura maravilhosa, para ficar na história, pois cultura o Brasil tem de monte, ou vai fazer uma merda que será inesquecível e sempre classificada como a pior abertura de todos os tempos. Pensando bem, apostaria tudo na segunda opção.

  26. Aliandro Miranda disse:

    Estas votações do “Maior Brasileiro de Todos os Tempos” do SBT nos dará uma noção do que teremos na abertura das Olimpíadas do Rio.

    Aguardem, e salve-se quem puder!

  27. César Rodrigues disse:

    Pois é, é justamente o bom gosto que me preocupa…

  28. Oliveira disse:

    O que me impressionou foi ver, numa abertura de Olimpíada, o Gosh, o NHS (sistema de saúde) e o Tube (o metrô londrino), ou seja, serviços públicos como referências da cultura de um povo. Se deixar por conta do pessoal que costumeiramente organiza as ufanistas bizarrizes globais, além dos expoentes que você citou, vamos ter o BOPE, o Criança Esperando(?), a ROTA, a Controlar, a Ecovia(do)$, etc…

  29. JP disse:

    Achei meio fraquinha a cerimônia. Talvez pelo fato da Record não ter explicado os detalhes. Até nesse ponto a Globo é superior, sem querer puxar o saco. Talvez eu esteja ficando velho, mesmo.
    Espero que no encerramento eles chamem o Jimmy Page e o Robert Plant pra dar uma canja.

    • Agilberto disse:

      Avise ao Flávio que esses dois pertenceram à mesma banda do JOHN BONHAM, reré (é uma brincadeira com o Flávio Gomes, quem assiste ao Pontapé Inicial vai entender).

    • John McClane disse:

      Isso, vai delirar com o Huck falando “loucura, loucura, loucura essa abertura de Olimpíada no Rio” em 2016. A Globo vai é fazer uma gigantesca mistura de Criança Esperança, desfile de samba com todos os astros de novelas. Vai ter a Regina Casé também falando de sustentabilidade. Tudo coordenando pelo Boninho. A Globo é demais, né?

  30. Gerson disse:

    Me desculpa, mas nem dá pra comparar uma olimpíada de Londres com olimpíada no Rio De Janeiro!!

    Tudo ontem foi ótimo: Mr. Bean, James Bond, Rainha da Inglaterra, Paul MCartney…Uma coisa cinematográfica…E foi só a abertura!! Imaginem a festa de encerramento!!

    No Brasil, não dá! É barbada: vai ter Escola de Samba, muita “micareta”, muito índio (temos de mostrar nossa “cultura tão diferente, tão original”, homenagem á Amazônia, ao Pantanal, muita bunda, vai ter político se “destacando” (Não temos Rainha da Inglaterra), vai ter Show da Ivete Sangalo (não temos Paul MCartney), vai ter estrela “Global” carregando a tocha (Luciano Huck e/ou alguma atriz), Pelé, Oscar, homenagem á memória de Ayrton Senna pelo seu “espírito olímpico”…Isso se não empurrarem até a Xuxa! E a tocha vai apagar umas duas vezes antes de acender a “Pira Olímpica”.

    Sem contar as “obras bilionárias” e os desvios de $$$ sempre! E vai ser o mesmo na Copa do Mundo!

    Previsível e brega, como sempre.

    Não é “complexo de vira-lata” nem falta de patriotismo. É a realidade.

    Guardem e me cobrem após a olimpíada do RJ!!

    • Gerson disse:

      Putz! E podem colocar até o Michel Teló cantando ‘Ai se eu te pego’!!!!!

      Jesuissssssss!!!!!!!

      • José Brabham disse:

        Michel Telo nao resiste nem ateh aa Copa, muito menos ateh aas Olimpíadas. Mas vai surgir algo pior até lá…

      • John McClane disse:

        Eu dei a ideia de a galera fretar um voo pra qualquer canto e dar o fora daqui em 2016, porque vai ser insuportável. Ou será feita uma belíssima Olimpíada ou um evento Global multiplicado exponencialmente. Pena que a segunda hipótese é a mais provável.

  31. roxxon valdez disse:

    “O que seria do mundo sem a Revolução Industrial, Shakespeare, os ônibus de dois andares, os pubs e os Beatles?”

    e sem os STONES, JIMI HENDRIX que se considerava inglês, o TRAFFIC? putz, acaba mundo. uai e KEITH RICHARDS não pintou na abertura, e sir FRANCIS DRAKE tb? sempre falta alguma coisa nessas festas.

  32. Maxwell B. Medeiros disse:

    “Londres, não. Londres mostrou a história da Inglaterra, que é a nossa. O que seria do mundo sem a Revolução Industrial, Shakespeare, os ônibus de dois andares, os pubs e os Beatles? Seria uma imensa China de merda.”

    deveria ter dito que a Inglaterra foi mais, digamos, sincera, ao fazer sua abertura. Tem muita coisa boa que veio de lá, e muita coisa ruim também. Aliás, pergunte aos chineses o que eles acham da guerra do ópio.

    Ps: sei que o que você quis dizer. Que Sem tanta coisa vinda dos ingleses, nossa vida teria sido muito mais sem graça e artificial.

  33. Felipe Souza disse:

    Só faltou citar os carros alegóricos e a Xuxa encerrando a abertura olímpica com o seu ilariê. Cruz credo…

  34. Rafael disse:

    As olimpíadas de 2016 será da record e não da globo.

    • José Brabham disse:

      Vixe! Então vai ter um bispo da IURD acendendo a tocha!

    • Diogo disse:

      Não, colega. O COI vendeu os direitos de transmissão, 6 meses antes do anúncio da sede, para a Globo, a Record e a Bandeirantes. Devido a esse “boom” de transmissão, já era quase certa a vitória da candidatura brasileira para a realização dos jogos de 2016, antes mesmo da votação.

    • Jose disse:

      Infelizmente o senhor esta redondamente errado.
      As olimpiadas de 2016 ja foram fechadas pela Globo, no entanto sem exclusividade o que nao impede que sejam negociadas com as demais emissoras de tv aberta, como por exemplo a record

  35. Venax disse:

    Concordo com você Flávio. A presidente Dilma disse hoje em Londres: “Nós vamos fazer muito melhor, vamos levar uma escola de samba e abafar”. Tá certo que vai ser no Rio e o samba é a identidade do estado mas eu gostaria que mostrassem o Brasil e não apenas um estado.

  36. Marcelo disse:

    Não se preocupe Gomes, vamos fazer bonito nas Olimpíadas e Copa do Mundo, em matéria de oba-oba somos número um, os melhores de todos os tempos!!!

    Enquanto isso no mundo, fazendo a diferença…

    Os países com maior número de prêmios Nobel: 1-Estados Unidos, 275 (75 de Física, 52 de Química, 82 de Medicina, 10 de Literatura, 19 da Paz e 37 de Economia) 2-Reino Unido, 105 (22 de Física, 25 de Química, 28 de Medicina, 10 de Literatura, 12 da Paz e oito de Economia) 3-Alemanha, 77 (22 de Física, 27 de Química, 15 de Medicina, oito de Literatura, quatro da Paz e um de Economia)

    Na América do Sul até a Argentina tem Nobel, são 5 prêmios, com Chile 2, Colômbia 1 e Peru 1.

    “Laje no Quintal” foi sensacional!!! ha ha ha

  37. Victor Serrão disse:

    O site tá bem legal, FG. O novo layout pega onde o antigo parou, e evolui. Excelente.

  38. frederico rodlfo efrom disse:

    grande flávio. acertou na mosca a festa da abertura. mas o que eu vi na festa e quero ressaltar foi a miscigenação hoje no reino unido. concordo, há ainda grandes diferenças sociais, os ingleses abusaram e muito das colônias mas acho que eles estão fazendo um mea culpa, fizeram de questão de mostrar todas as raças na festa. muito bonito

  39. Leandro Ferreira disse:

    Ola. Flavio, eu acho que as olimpiadas de 2016 serao transmitidas pela Record.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *