BOM EXEMPLO

SÃO PAULO(só para os famosos…) – O Leo Engelmann mandou a notinha. A Mazda restaurou por conta um modelo 626 fabricado em 1991 que pertence a um jogador de futebol americano, Alfred Morris, do Washington Redskins. O rapaz tem o carro há anos e nunca trocou por uma dessas SUVs ridículas metidas a besta. A história está aqui. Não é nenhum modelo particularmente espetacular, mas mostra o zelo da marca por seus filhotes.

mazdafutamer

Comentários

  • O VVVVeeeettttteeellllll teracampeao de F1 (porenquanto…..) possui uma simples van volkswagen….. ele diz que e um otimo carro pra carregar apetrechos, ja os massa e barrichelo, que sao umas pulgas perto dele se acham com o rei na barriga………..

  • “…e nunca trocou por uma dessas SUVs ridículas metidas a besta”

    Flávio, já pensou em escrever algo sobre esta obsessão dos brasileiros (neste ponto revelando gosto muito parecido com o dos americanos) por SUVs “metidas a besta”?

    Tenho observado há alguns bons anos o comportamento dos proprietários deste tipo de veículo.

    As conclusões são meio tristes, e também assustadoras.

  • A Mazda restaurou porque o dono não precisava.

    Em 2002 eu tinha um Mazda Protege, e planejava fazer a viagem entre Tampa, FL, e Cuiabá, MT, de carro. Estava de mudança para o Brasil. Carro até a Cidade do Panamá (6.000 km), navio até Equador (evitando Colômbia), e carro novamente de Quito até Cuiabá (mais uns 6.000 km). Tudo num Mazda Protege 1991, já com 180 mil milhas. Escrevi para a Mazda informando meus planos e perguntando qual o tipo de suporte ou auxílio eles poderiam oferecer em troca da história com detalhes e fotos. Não esperava mais que uma revisão antes da saída, e mais uma ou outra pelo caminho.

    Nem responderam o email. Vendi o carro e vim de avião, igualzinho a todo mundo…

    • Verdade mesmo,jogador rico,aí tem…
      Gozado eh que foi justamente no ano 1991 que eles ganharam em Le Mans e ate hoje foi a única vez que uma marca japonesa conseguiu vencer.coincidência ??? Hum…

    • é porque o cara jogava na NFL. a Mazda fez publicidade usando o jogardor…

      nem ligam para o consumidor “comum” mas que mantém a marca de verdade.

      claro que existem fabricantes que dão suporte e atenção porque não tem estrelismo. na Aviação isso ocorre direto porque não tem “estrelinha” fazendo marca.

      cliente bom é cliente que paga seja famoso ou não…

  • no final dos anos 80 e nos anos 90 eu representava um empresa de pedras ornamentais nos usa e todo mes quando nao duas vezes por mes eu descia em san diego e ou LA e pegava um carro que entregava ou em chicago ou em NY e a minh escolha era por este mazda 626 ue tem uma mala enorme e o consumo era menor que o de um honda civic fora o desempenho da unidade de potencia.para substitui lo eu optava por um toyota AVALON que atendia mas gastava muito combustivel.para informacao em 1993 este 626 ja tinha GPS no painel.bons tempos jc

  • ESTES MODELOS SUBARU/KIA/HYUNDAI/MAZDA ETC da decada de 90 estão pipocando na net e em anuncios muito, mas muito baratos,, acham-se carros em otimas condiçoes em torno de 5 a 7 mil reais, de unico dono, estofamento perfeito,lindas cores… vou tomar um copo de cachaça, gritar AAArrrrhhhhh!!!!! e assinar uns cheques e pegar alguns,, com 20 paus da pra comprar 4, 1 de cada montadora… depois é guardar, revisar, e por no domingao pra ir ao mercado,, acho uma otima ideia…

    • Subaru e Mazda, ok. Excelentes carros. Mas Hyundai e Kia dos anos 90 eram tão inferiores quanto os atuais chineses. É mosca branca dos olhos azuis e patas negras encontrar algum que não tenha alguma gambiarra mecânica ou de acabamento.

      • Fernando, caso queira e goste, tenho um 626 100% original.
        Querendo matar a saudade e ver como um carro 2014 deveria ser, ~e so me mandar uma mensagem e agendamos sua visita .

        abraco

        Ricardo

      • Fernando,
        Querendo matar a saudade e ver como um carro 2014 deveria ser, e so me mandar uma mensagem e agendamos sua visita para apreciar o meu mazda 626 , modelo GLX 1997, totalmente original .

        abraco

        Ricardo