MENU

segunda-feira, 28 de outubro de 2013 - 15:42F-1

TOONED, SENNA

SÃO PAULO (let’s go) – A McLaren colocou no ar ontem o sexto episódio da série “Tooned” que festeja os 50 anos do time. O personagem é Senna, com sua voz dublada pelo sobrinho Bruno. Achei o mais fraco de todos.

88 comentários

  1. Arlindo disse:

    Muito fraco.
    Muito abaixo de todos os outros.
    Até os defeitos dele poderiam ser muito mais bem explorados…
    Será que a empresa contratada para o roteiro é francesa… :-)

  2. Christian Alves (@chrisalves88) disse:

    Acho que só da pra ter algum comentário embasado e inteligente, se souber inglês bem pra entender o vídeo. Ou alguém traduza os diálogos.

    Só li abobrinha aqui.

    Eu preciso ver mais algumas vezes pra entender, mas mesmo assim não achei tão bom quanto os demais, e creio que poderia ter sido melhor.

  3. Fernando Delucena disse:

    Hunt foi o melhor de todos! E logo Senna, o mais mítico de todos, fazerem uma coisa tão xoxinha … Deviam ter estudado mais! O que mais tem é gente querendo contar história sobre Senna.

  4. Madeira disse:

    Tanto a viúva quanto o anti Ayrton para mim são faces da mesma moeda.
    Ambos simplificam algo complexo um para mais e outro para menos.

  5. Madeira disse:

    O timbre de voz do sobrinho não tem nada haver com a do Ayrton
    Sou um grande fã do Piquet ,
    tb acho que exageram um pouco ao falarem do Senna mas não há como negar 3 grandes feitos:(todos eles já sem o melhor carro)
    Monaco84
    Brasil91
    Donnington 93
    mas esse papo de viúva já ta chato pra car……..
    Tanto a viúva quanto o anti Ayrton para mim são faces da mesma moeda.

  6. Hullington disse:

    Quer saber, os caras que fazem o Tooned são fãs do Prost. Foi o melhor até agora o mais longo e o melhor roteirizado. O olhar platônico do Professor para o Prost diz muito. Pro Senna ficou a rabugice e a irritação. Espero o do Mika.

    É isso.

  7. Mr. Jefferson disse:

    É claro que não foi dada nenhuma consideração ou pelo menos uma indireta de que ele foi sim, apesar de pouco tempo na elite das corridas, o melhor piloto e ainda recordista, mesmo em condições de carro muito piores e em tempos difíceis da F1

  8. Felipe S. disse:

    De fato, não é o melhor de todos.

    Mas, dava pra ser? Senna era isso mesmo: um cara mal humorado, chato pra cacete e, no jargão da “boleirada”, “ruim de grupo”. É difícil tirar sarro de um cara desse.

    A piada com a rivalidade “Senna vs Prof.” é o momento de maior inspiração do vídeo. Também foi legal a tiração de sarro com as frases “de efeito” de Senna, mais próximas com “filosofia de botequim” do que com qualquer outra coisa.

    Enfim, bom episódio, mas longe do episódio do Prost (o melhor até agora).

  9. Nilton Marcelino disse:

    Para mim, um retrato do que era o Senna:
    GENIAL, porém, mimado, reclamão e vingativo!

  10. Fernando Zimmermann disse:

    tem dublado em portugues…. todos eles
    http://www.youtube.com/watch?v=SEt_g2fwCLc

  11. Gus disse:

    Contraditório se tivermos como base o ótimo filme do Emmo. Naquele episódio, a velocidade era uma coisa tangível, com grande destaque…o lobisomem ultra rápido. Mas a velocidade pura era a característica mais famosa de Senna – e não especialmente do Emerson; e ela não foi sublinhada uma única vez nessa homenagem ao tricampeão.

    Faltou um pouco do componente físico, das vitórias na chuva por exemplo, alguns poucos segundos seriam o suficiente para emoldurar todo o panorama político um pouco forçosamente apresentado.

  12. Rubergil Jr disse:

    Pô, eu gostei. Não é um documentário, pombas, todo mundo sabe o que o Ayrton fez na pista. Foi só uma zoeira com o estilo meio “turrão” do Senna e sua rivalidade com “o Professor”. Achei todos bem divertidos, principalmente o do Emerson.

    A piada do Jenson nunca mais lavar a mão depois de ter apertado a mão do Senna em Donnington 93 foi legal pacas também. Mostra que todos sabem o quanto aquela corrida foi especial.

  13. Carlos disse:

    Apesar de não entender nada de ingles, gostei da parte que ele arranca os fios do rádio…acho que muito piloto gostaria de fazer isso!

  14. Vanderlei Silva disse:

    Em um dos diálogos de Button ele cita o feito de Senna em Donnington, parece que passou desapercebidos que mencionaram terem sentido falta.

  15. João disse:

    Achei tremendamente ofensivo.

    Como assim não retrataram o maior herói brasileiro de todos os tempos sem sua auréola ou asas de anjo? E por que se focaram na rivalidade contra o “professor” enquanto podiam se falar dos outros grandes feitos de nosso herói, como transformar água em vinho, caminhar sobre a água e fazer com que paraplégicos voltassem a andar? Por que não comentaram nada daquela vez que ele parou nos pits, salvou quinhentas crianças de um orfanato em chamas, voltou para a prova e ganhou com 15 voltas de vantagem sobre o segundo colocado?

    Também não comentaram que Senna morreu virgem, o que achei mancada.

  16. Marcus Lima disse:

    Certamente, concordo que se trata do mais fraco. O que não concordo foram comentários criticando o endeusamento de Senna. Bobagem, grande boagem. Primeiro, porque a essência dessa série é ser elogiosa a todos os campeõs: Hunt virou 007, Fittipaldi um lobisomem…
    Nesse sentido, penso o oposto: foi inclusive pouco feliz, porque se dedicou a tratar o piloto como mal humorado, político, insubordinado…o piloto não tem nenhum traço de humor.
    Nesse ponto, a história do câmbio em interlafos valeria risadas…a habilidade na água poderia render graças…o ” túnel” em mônaco poderia render graça…
    Detalhe desistenressante, mais importante: se ressalta o político Senna tirando Prost ( o professor ) …

    A série resvalou na religiosidade: mas não se atreveu nem a mencioná-la…..enfim, chato, mal humorado e pouco elogioso…infeliz mesmo.

    • Glauber disse:

      vc disse “… porque se dedicou a tratar o piloto como mal humorado, político, insubordinado…o piloto não tem nenhum traço de humor…”. Sinceramente, pra mim vc acabou de fazer a melhor definição do Senna!!

      Não sou nem viúva nem Anti, e nem discuto as conquistas e o que ele representa para o automobilismo não só brasileiro, mas mundial. Mas eu que acompanhei sua carreira desde que ele chegou na Lotus sempre tive exatamente esta imagem dele.

      Agora em quem acreditar? Nos caras da McLarem que conviveram diariamente com ele e ou no “endeusamento” promovido pela mídia??

      • Marcus Lima disse:

        Se o tooned era para ser engraçado, seira possível criar traço sde humor. Nesse sentido, creio que houve respeito e receio demais, foi isso que disse. Não só ele não é engraçado: pense em Hakkinen por exemplo. Tirar sarro to ” túnel ” em Mônaco, de sua habilidade na chuva seria possível… acho que são raros os pilotos de F1 com muito humor, pois por serem tão competitivos se levam muito a sério. Pense aí num Alonso, com sua cara de constante constipação. Ou no humor não intencional da dicção de Felipe Massa. Ou na falta de senso de Barrichello. Nossa nossa nossa, perdão, fui longe demais. Raillonen? É tão chucro e monossilábico que tornaram isso graça.
        Enfim, tirando o Piquet, quem mais era vencedor e engraçado? Não lembro.

        Enfim, acho isso: nesse caso, mandaram mal. Uma pessoa pode não ser humorista, mas sem humorável. Creio que alguns traços de Senna, sua carolice, sua voz de budista x sua hipercompetitividade, sua habilidade na chuva: são traços que renderiam boas risadas, tivessem eles sido explorados.

  17. Antonio disse:

    Achei interessante a forma que encontraram para falar das rixas com o “Professor” sem citar o nome do Prost, justamente o homenageado no capitulo anterior. Nao citaram suas conquistas, eh fato, mas tocaram no assunto da rivalidade, talvez a mais notavel na Formula 1, de uma forma sutil e inteligente, ao meu ver.

  18. Ernesto Longhi disse:

    O do Fittipaldi é muito mais divertido.

  19. perna quebrada disse:

    Chuva, Interlagos, a briga com o Prost… Tanta coisa poderia ter sido feita,
    Acho que os caras viram o documentário e pegaram as brigas de bastidores como as do Piquet e com o Balestre e acharam que essa era a principal caracteristica dele.

  20. Marcelo disse:

    Esse endeusamento todo da Mclaren sobre Senna seria o mesmo se ele fosse eterno piloto da Ferrari?

    Vamos cair na real, tem muito marketing a favor dentro da Formula Um. Não é uma crítica em cima do brasileiro que foi um grande piloto, mas Prost dentro da Mclaren fez muito mais.

    Foi o francês que elevou a Mclaren a outro patamar técnico nos anos 80, quando Prost saiu(levando junto o fantástico Nichols), o domínio da Mclaren começou a cair! Bom lembrar, Ron Dennis nunca perdoou Prost por abandonar a Mclaren, ainda mais levando Nichois pra Ferrari. A ordem na Mclaren até hoje é falar pouco dos feitos do francês na equipe…

    Observe que Lauda e Hamilton são ignorados na série “Tooned” por causa das ligações com a Mercedes.

    Existe muita “conveniência” dentro do circo, no passado correndo pela Mclaren, Hamilton era Senna desde criancinha:

    Março de 2011
    Hamilton diz que deseja imitar Senna e conquistar três títulos da F-1:
    http://grandprixgirlsf1.blogspot.com.br/2011/03/hamilton-diz-que-deseja-imitar-senna-e.html

    Depois que entrou na Mercedes, o foco virou piloto alemão.

    Outubro de 2012
    Hamilton diz que quer repetir na Mercedes o que Schumacher fez na Ferrari:
    http://tazio.uol.com.br/f1/hamilton-escolher-entre-mercedes-e-mclaren-foi-muito-muito-dificil

    “Schumacher, por exemplo, saiu da situação de campeão para ir à Ferrari. Nós não conhecemos outro piloto na F1 que seja conhecido por ter feito isso. Ter isso como desafio… Se der certo, será maravilhoso”

    Agora, Lewis é só elogios para o alemão da RBR, isso cria um bom clima trabalhando com alemães:

    Hamilton elogia feitos de Vettel e afirma: “Ele está a caminho de se tornar o maior de todos os tempos”
    http://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/hamilton-elogia-feitos-de-vettel-e-afirma-ele-esta-a-caminho-de-se-tornar-o-maior-de-todos-os-tempos

  21. Joelmir disse:

    Também não gostei. Pareceu-me que a Mclaren ficou com medo de ofender alguém com as brincadeiras que ela faz no Tooned e foi cautelosa demais no vídeo. O engraçado deles era exatamente a capacidade de rir deles mesmos. Um vídeo tirando sarro do problema no câmbio em interlagos 1991 teria sido engraçado e ainda assim uma bela homenagem. Ou qualquer outra coisa!

  22. Saulo Caridade disse:

    Pode não ser nada, mas entendi que na disputa entre Senna e o “Professor”, como publicado na pagina do jornal durante o filme, na minha opinião é uma referencia a preferencia de Ron Denis por Senna na disputa com Prost. É sutil a referencia. Alguém percebeu isso ? Ou é piração minha !!!!!

    • allan disse:

      Isso. Pra mim ficou bom, especialmente a forma McLariana de ver os pilotos mais… Audazes. Queria ver o que falariam do Hamilton, mas só invadindo a sede da fábrica.

    • Bernardo disse:

      tive a mesma impressão

    • Marcel Rossi disse:

      Concordo, e acho que nao sao poucas as sutis referencias. Mesmo quando coloca o Senna dizendo “there are no limits, there are no rules” e o mostram desobedecendo as ordens do radio da uma boa ideia do comportamento dele na equipe. Nao foi por nao seguir a ordem de nao ultrapassar o companheiro de equipe na primeira volta que as coisas azedaram entre ele e o Prost?

      Eu achei legal, nao tao divertido como os demais mas tambem nao esperava que fosse ser nenhuma bobagem emotiva ou retratar o cara com um tom messianico! A unica falha foi a ideia de colocar o Bruno pra dublar, bonita homenagem, mas a voz dele e’ umas tres oitavas acima da do tio!

  23. Jayme disse:

    Muito ruim, o pior de todos até agora.

  24. Gabriel disse:

    Falem o que quiserem, mas o fato é que Senna não é só inesquecível para nós brasileiros e sim para o mundo inteiro.
    O FG mesmo, sabe a falta que Senna ( ou outro piloto do mesmo nível ) nos faz na F1.
    Infelizmente Massa e Barrichelo não foram nem sombra de Ayrton.
    Errando muito ou não, Senna sempre dava show, assim como Villeneuve ou Mansel ( quem os viu correr sabe do que estou falando). E o que queremos é ver show de pilotagem.
    Ver aquele piloto que briga, que não “embroma” a corrida inteira para ultrapassar, se ultrapassado luta para voltar, corre com a mesma eficiência em qualquer condição.

  25. Pedro Araújo disse:

    Léo, é o que o (a) Ba falou: O Senna é um personagem que não dá muita margem pra que se desenvolva algum tipo de humor. A imagem que ficou pro público em geral é: mito, super-humano. Humor bem feito se faz quando o personagem é mais próximo do que se considera um cara normal. Ou quando se quer desconstruir o mito. Não seria o caso agora, certo?

  26. Glauber disse:

    Também achei bem fraquinho, mas vocês perceberam que o “Professor” e principalmente a parte que aparece Senna X Prof era uma metáfora do Prost???

  27. Pedro Assis disse:

    Como assim, o mais fraco? É o do Senna. Obviamente é o melhor episódio, o mais elaborado, melhor dirigido e com o melhor roteiro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Se não pôde ser melhor, foi porque o cara morreu, ou seja, não teve CHANCES de deixar legado suficiente para ter o melhor tooned. E tudo culpa da Williams. Conveniente, não?
    FG cada dia mais anti-senna. Anti-Brasil!

  28. Fernando disse:

    Podia ser bem bem melhor, não por ser o Senna, mas teriam coisas mais interessante e aparentemente divertidas para se falar.

    Mas sabe o que acho? foi podado pelo Instituto… De todos os pilotos ele foi o menos cartunizado.

  29. Renato Powell disse:

    Eric Comas mandou um abraço:

    http://www.youtube.com/watch?v=dUyXHG55xQ8

    Dá uma olhada nos comentários da molecada nesse vídeo. Vou colar um, como exemplo:

    MrCombatarmschannel 1 ano atrás

    Dear God
    Can you swap Senna and Bieber
    Thanks

    Responder · 15 Voto positivoVoto negativo

  30. Mauricio Alves disse:

    Fraco mesmo…
    Mas, para quem é…

  31. Marcell disse:

    Um grande piloto sem dúvida…
    Merecia algo a mais!
    Faltou algo tipo, rei de monaco, melhor primeira volta de todos os tempos… ou a vitória no Brasil em 1991 naquelas condições dramáticas…

    Vacilo

  32. João disse:

    Realmente, bastante fraca a animação. Como disse o Leo, pela reverência que a própria equipe tem pelo piloto, deveria ser bem melhor. O do Hunt e do Emerson são os melhores.

  33. Coisinha disse:

    Não foi dos piores não…o interessante foi ver o Bruno forçando o sotaque. O Bruno fala Ingles bem melhor que isso, mas o Airton…..era bem fraquinho no Ingles….

  34. Daniel Magnani disse:

    Incrível!!!
    Ignoraram completamente a historia!
    Eu como um dos orfãos, (assumido, tinha 13 anos na época e sei que não fui o único), sabemos o quanto faz falta uma pessoa centralizadora em nosso automobilismo.
    Mas tudo bem, o eufemismo (ou a diminuição dos atos) está aí para isso mesmo.
    Valorizemos o dia presente.

  35. A parte deplorável é o ”professor” vestido de passista, parece que aqui só existe bunda de fora, samba, cobras e macacos na visão dos estrangeiros pois só sabem lembrar e citar na maioria das vezes essas quatro coisas.

  36. Marcio sousa disse:

    Parece que é uma piada com o estilo Joel Santana de falar inglês do Senna… kkkk

  37. Fraco, mesmo. Pérez caladinho… tomara que seja um sinal de que Hulk tem alguma chance em Woking.

  38. Fabio Amparo disse:

    Ficou bem mais ou menos.

    Não mostram muito da pilotagem, ou da personalidade do piloto. Fora a chatice do personagem ficar aguentando as anedotas do chefe….

    Abs,

  39. Richard Hermann disse:

    É fraco, pensei que seria melhor….

  40. Victor disse:

    Hunt, Prost e Senna, que são os melhores personagens para criar esses videozinhos bestas, foram os piores produzidos. Acho que já saturou, não deve voltar para o ano que vem.

  41. Clayton Duarte disse:

    Achei o do Hunt o mais legal.

  42. ba disse:

    É difícil fazer humor com tanta gente besta que endeusa o cara…

  43. Seinfeld disse:

    Falou que achou o “mais fraco de todos”. Mexeu no vespeiro. kkkkkkkk

    Contagem regressiva para o ataque “delas”…

  44. marcos disse:

    Notaram que o Sérgio Perez não participou da gravação do áudio para o episódio? Seu perssonagem passa o episódio inteiro desmaiado só pra não ter que falar nada. Estranho…

  45. Rafael Chinini disse:

    e pelo jeito vão ignorar o Hamilton também. deve ser mesmo motivo do Lauda, com ligações com a Mercedes

  46. Rafael Chinini disse:

    também achei um dos mais fracos.
    falou da disputa com Prost, e ser um poeta, com frases cheias de impacto que eram.
    mas nem aparece levantando uma bandeira do Brasil! era o fato mais marcante! aliás, nem mostrou ele na chuva!!! achei que iam fazer ele pilotando na água..sei lá.

    do Emerson foi o melhor, seguido pelo Prost e Hunt.
    pq não fizeram do Lauda?!

  47. Leo disse:

    Bem fraquinho. Para uma equipe que reverencia tanto o piloto, merecia bem mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *