MENU

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013 - 13:15Automobilismo internacional

VIRGIN DO E

SÃO PAULO (está crescendo) – A Virgin é mais uma das equipes formadas, batizadas e anunciadas como participante da Fórmula E, o campeonato de monopostos elétricos que começa no ano que vem. E que termina em 2015. A primeira temporada da F-E vai de setembro a junho, estilo futebol europeu, com corridas previstas para a Argentina, o Uruguai e o Brasil. Esta, no Rio — não sei onde, mas será de rua, certamente.

A lista dos times que pretendem participar da categoria está aqui. Além da Virgin, outro nome que esteve na F-1 é o da Super Aguri.

Goste-se ou não dos carrinhos elétricos, fato é que se abre um novo mercado para pilotos sem vaga nas categorias de ponta de monopostos. E a F-E está nascendo forte, bem estruturada, com empresas importantes envolvidas no projeto. E todo apoio de Jean Todt, presidente da FIA, até porque seu filho Nicolas está na brincadeira.

Quem vocês acham que vai correr na F-E?

virgine

65 comentários

  1. Fernando disse:

    Não sei se o Lucas Di Grassi já tem contrato com alguma equipe da F-E, mas se não tiver, depois de ter sido garoto propaganda por todo esse tempo, vai ser muita sacanagem com ele…

  2. Luis disse:

    Essa Fórmula E tem cara de que veio para concorrer diretamente com a Indy. Seguindo sugestão de pilotos, seria um bom lugar para abrigar o Antônio Félix da Costa, o Adrian Sutil, e até mesmo o Felipe Nasr.

  3. Claudio Chacal disse:

    Essa história do torque imediato dos motores elétricos pode tornar a coisa bem interessante…esses carros tendem a ter a final baixa (desses aí é limitada a 220km/h) mas tracionam um bocado. Se colar, pode mudar até o padrão dos traçados, dispensando retas longas – ou seja, poderão correr em “kartodromão” e mesmo assim dar corrida boa.

    Para ter uma idéia, um texto sobre a participação de uma motinho elétrica da Zero em uma corrida longa para motos pequenas:

    http://www.motorcycle.com/events/electric-boogie-record-books

    Os caras mencionam que, mesmo economizando bateria, ela deixava as cinquentinhas, 100cc e 125cc para trás nas retas curtinhas do kartódromo.

    É de se pensar…

  4. Ivandro Correa disse:

    Parafraseando Vettel:
    “Acredito que os carros precisam ter cheiro e som”
    Essa é minha opinião e ponto!

  5. Marcus Simões disse:

    Pilotos? Só vai dar foguete molhado.

  6. Deni Williams disse:

    Vai ter reabastec… digo… carga rápida nas paradas?

  7. Dyego disse:

    Fiquei curioso quando ao “ronco” desses carros e procurei uns vídeos no youtube.com..
    Pqp, parece um monte de moscas no pé do ouvido… o “ronco” (que não existe) é péssimo!!
    Sem condições…

  8. Seinfeld disse:

    Imaginem a transmissão de uma corrida dessa categoria, só se ouvindo a voz do narrador e comentarista, já que mal dá pra ouvir o “ronco” do motor da F-E.

    Já pensaram nisso? preferem Galvão Bueno, Luis Roberto ou Cleber Machado?? Talvez Luciano do Valle?

    “Tudo isso” sem o ronco de um motor abafando ou “ao fundo”.

    SONO.

  9. Peter Perfeito disse:

    hahahaha…

    Quem mais? Rubens Barrichello! Isso se ele já não está na Europa numa hora dessas tratando de procurar(se oferecer apara) uma equipe…

    Vai que é tua Barrica!!

    kkkkkkkkkkkkkkk

  10. ALEX B. disse:

    Usain “lighting” Bolt???

  11. MARCIO disse:

    A Qualcomm esta envolvida > Auttotrac > Nelsinho Piquet ?

  12. Celio Ferreira disse:

    Formula E é o futuro, e quem sabe um dia será preliminar da F1,
    ( E vai pegar com certeza, será um autorama gigante )

  13. Francis disse:

    Quem vai correr? Todo e qualquer piloto que não entrou na OLX.

  14. Mateus disse:

    Por que não Schumacher?

  15. Robson Leandro disse:

    Não sei, mas acho que essa Fórmula E é igual aquele campeonato de carros de clubes que eu nem sei se ainda existe ou aquele outro que tinha só pilotos veteranos. Ou seja: não vai dar em nada…

  16. Böemer disse:

    Acho o maior barato… e na verdade, gostei do barulho do motor, tem jeito de nave espacial. Já tô na torcida pela super aguri.

  17. Lucas disse:

    A Renault não vai entrar esses projeto?

    O Carlos Ghosn vive reclamando que a F1 não serve como laboratório pro desenvolvimento de tecnologias aplicáveis em carros de passeio. Deveria apoiar a F-E, então, que certamente pode ser útil na construção de carros elétricos!

  18. Dyego disse:

    Carro de corrida sem cheiro de gasolina e ronco de motor não é carro de corrida, simples!
    Não acredito que essa presepada tenha vida longa..
    A FIA certamente vai soltar a maior grana agora, e dpois que ver que coisa não emplacou, vai pular fora.
    Ahh, pilotos? Di Grassi, Koba Mito, Heikki, Razzia, Kazuki Nakajima, Heidfield… e mais alguns sem mta grana que andam vagando por aí no mercado.. Possivelmente façam algumas etapas.
    Barrichello?? Se ele não cair na Catheram, quem sabe…

  19. Jaime disse:

    Quem vai correr eu não sei. Mas tem ex-mecânico da BMW com bastante experiência na F-E. Em 2008, ele já atuava! Óia aqui: http://flaviogomes.warmup.com.br/2008/07/da-choque/

  20. Thiago Moyses disse:

    Parece o carro do Speed Racer. Quem sabe as pistas tenham loopings e os carros possam futuramente dar pulos.

  21. David Santos disse:

    O desenho desta Formula E é lindo! Talvez o tio-Bernie antevendo a derrocada (sobretudo financeira) da nossa F1, já esta providenciando o seu substituto.

  22. Tulio Menegoni disse:

    Muito interessante deve ser a diferença na pilotagem de um carro de corrida elétrico de alto desempenho. A disponibilidade imediata de torque deve mudar bastante a tocada.

  23. PedroL disse:

    Vai ser bacana acompanhar essa nova categoria, com o apelo sustentável que a mesma apresenta, não tenho dúvidas que será um tremendo sucesso, principalmente com relação aos patrocinadores, escrevam ai.

  24. daniel silva disse:

    E o Brasil querendo ser grande no mundo por que não cria uma equipe para participar deste campeonato? Empresa como a Eletrobrás poderiam ser patrocinadoras. O governo federal também poderia apoiar universidades ou empresas que desenvolvam novas tecnologias e já recebem apoio de BNDES para participarem de uma equipe neste categoria.

  25. Pdr Rms disse:

    Equipes garagistas com conhecimento e experiência no automobilismo. Me lembrou um pouco a F1 dos (ou antes) anos 80.

  26. Eduardo costa disse:

    Flávio,

    Corrida de rua no rio:

    Era um antigo sonho da prefeitura do Rio realizar uma prova internacional de automobilismo no aterro do flamengo e enseada de botafogo.

    Na época que isso começou a ser especulado, isso no segundo mandato do então prefeito César Maia, até um provável circuito foi apresentado, tendo o prefeito ido a Londres para encontrar com Bernie Ecclestone. Na época, Algumas pessoas – roda de amigos, nada além disso… Não sou jornalista para ter fontes – diziam que a visita a Bernie não tinha a ver com uma corrida de automóveis no Aterro/enseada mas sim com a candidatura da Cidade do Rio de Janeiro aos jogos panamericanos. Outros ( Idem… Roda de amigos) afirmam piamente que foi sim para trazer uma corrida para o Rio, como se fosse um GP de Mônaco em terras brasileiras ( um pouco de teoria da conspiração aqui ou alí, mas não restam dúvidas que o visual seria absurdamente bonito).

    Mas isso tudo esbarra num problema: o aterro do flamengo é tombado pelo IPHAN e as alteraçoes necessárias para instalação de um complexo esportivo do porte de uma competição “padrão FIA” seriam de pronto ou negadas de pleno direito ou colocadas em análise até que fossem dadas as garantias necessárias que nenhuma alteração ocorreria na área tombada. Não alterar implicaria em não construir boxes e paddock… Como colocar instalações provisórias em padrão FIA, então, seria o desafio.

    Um segundo desafio para a área do Aterro do flamengo é que ela é, em grande parte, uma área extremamante residencial e de grande fluxo de automóveis de segunda a sexta. Nos finais de semana parte do aterro até é interditado para lazer da população e para eventos esportivos de pequeno porte, mas não o suficiente para uma competição Autombilistica ( obs.: a título de exemplo, os eventos promovidos pela shell com a ferrari e pela petrobrás com a williams foram realizados num final de semana de aterro fechado, como de praxe, e já foi um tumulto terrível).

    Lá tb tem suas vantagens, os bairros da zona sul próximo ao aterro, sem exceção, tem estações do metro ( cinelandia, glória, catete, largo do machado, flamengo e botafogo) e uma razoável oferta de vagas de estacionamento (incluindo aí o centro do Rio) muitas linhas de ônibus… Mas isso não basta.

    A organização e limitação de acesso deverá ser fundamental, com diversos pontos de controle, impedindo que aqueles que não tem ingresso ou não comprovadamente more ou trabalhe na região cheguem na área do evento. Mas por que isso? Vc lembra daquelas corridas aéreas da RedBull? A que foi realizada no Rio levou mais de um milhão de pessoas ao aterro. O melhor que deu para fazer foi ir para o Santos Dummont para assistir a decolagem. Foi um inferno… Ok, foi um evento gratuito, sem postos de controles e isso – um milhão de pessoas – ficou marcado como um publico récorde para um evento esportivo.

    Bem, mas do que adianta falar isso tudo … Corrida no aterro só se o IPHAN – a muito custo – autorizar. Portanto, não me surpreenderia se ao invés de aterro, a pista provisória fosse montada na Barra da Tijuca, especificamente na avenida das américas, entre o Barrashopping e o Extra. A Barra é a queridinha do atual prefeito e do atual governador e qualquer alteração necessária não penderia, salvo melhor juízo, de autorização do IPHAN.

    Mas isso só se confirmará quando for de fato anunciada a data e local da prova. Como carioca torcedor de Automobilismo – independente de carros e de pilotos, gosto de corridas – gostaria muito que a corrida fosse no aterro, dada ser aquela orla a mais bela do Rio. Mas como cidadão carioca, seria menos impactante que a corrida fosse realizada na Barra da Tijuca. Como cidadão revoltado, a corrida deveria ser no autodromo de jacarepaguá e sua excelente pista, onde fui as tres ultimas corridas da F1, todas da Indy, todas do mundial de motovelocidade e diversas da stock (pista antiga e pista nova), onde cheguei a andar de kart no antigo kartódromo (saudades… Mas fiquei gordo e alto demais para seguir), mas eis que o mesmo Cesar Maia que quis trazer a F1 para aterro foi quem deu início a mutilação da pista com o parque aquatico, arena de poliesportiva e velódromo…. Depois veio o Paes que “desligou os aparelhos” e matou o então moribundo automobilismo carioca em pról das olimpiadas, ai fudeu tudo! não que aas olimpiadas seja um evento menos importante, mas na mesma Jacarepagua e na mesma Barra da tijuca há área suficiente para montar o complexo esportivo

    Abs,

  27. Norson Botrel disse:

    Certamente, o Rubinho vai querer uma vaga.
    Eu acho que podia ser uma categoria com aqueles caras que até podiam estar na F1, mas não estão: Sato, Sutil, di Grassi…

  28. Ricardo Herrera disse:

    Não sei se me acostumo com corridas sem o ronco de um belo motor a gasolina.

  29. Tiago Oliveira disse:

    Kobayashi, Frijns e Kubica, só pra realizar meus sonhos, por favor.

    Já pensou se os carros nao conseguem terminar a corrida por falta de bateria? O carro eletrico dessa potencia também é ainda um perigo pouco dominado. Lembram-se do que aconteceu com o box da Williams apos a vitoria do Ruimdonado em 2012? Estou dramaticamente voltado à tragédia hoje.

    Mas reitero meu apoio à categoria, e vou tentar assistir uma das corridas pelo menos. O calendário “sul-hemisferiano” também parece bom pra ter algo pra ver na pista enquanto as outras categorias estarao na silly season.

  30. Antonius disse:

    Super Aguri no grid? Achei alguém pra torcer (ou passar mais raiva!).

  31. Fabio Amparo disse:

    Seria ótimo correr.

    Me baseando em um post seu de uns meses atrás, dirigir um carro de corrida é sempre bom… qualquer carro de corrida.

  32. Ernesto Longhi disse:

    Cada dia gosto mais disso!

  33. Leandro Alves Rezende disse:

    Flavio,

    O Lucas Di Grassi é certo porque além dele ser piloto das quatro argolas, as quatro argolas também vai ter um time dela na Formula E, nem precisamos dizer para quem vai sua torcida.

    Lembrando que devemos ter pilotos americanos, porque o time da Andretti também está no páreo.

    Segue abaixo o link das equipes da Formula E.

    http://www.fiaformulae.com/teams-and-drivers

    Abs,
    Leandro Rezende

  34. Alexandre Rangel de Jesus disse:

    Bom, falando de pilotos, Lucas Di Grassi já é dado como certo, Bruno Senna é um posssível candidato também.

  35. Alexandre Rangel de Jesus disse:

    O visual do fórmula E é bem interessante e bonito e rebato as muitas críticas que ele vem recebendo quando ao ronco dos motores e tudo mais, infelizmente as pessoas tendem a compara-lo com a F1 o que não é correto, pois não veio para substituir e sim para somar além do que carros elétricos são o futuro.

  36. Nelson Barreiros Neto disse:

    No momento que estou escrevendo este não tem nenhum comentário publicado ainda…

    Mas acho que 9 entre dez vai citar o o Sr. Barrichello não???

  37. askjao disse:

    O carro é um misto de indy com aquela willians de bico feio pacas.

    • Antonius disse:

      “Williams”, por favor, nos xingue direito.
      O bico a que você se refere (“walrus nose” = nariz de morsa) é o do FW26 de 2004.
      E, não.
      Não era feio.
      Feio era o trio que pilotava: gorducho, orelhudo e genérico. Isso era feio!

  38. E os carros andam muito. Segundo o site oficial da categoria, podem chegar a 220km/h, velocidade esta limitada pela FIA. Ou seja, é capaz de que andem mais do que isso.

    Não tem jeito, é o futuro. A categoria está nascendo forte e tem tudo para dar certo. Vai ser um jeito novo de correr, o regulamento prevê até pit-stops obrigatórios para… Troca de carro! Faz sentido, é mais prático trocar de carro do que trocar de baterias.

  39. Diogo disse:

    Acho que correm na F-E aqueles que perderam lugar ou não conseguiram chegar na F1: Alguersuari, Di Grassi, Valsecchi, D’Ambrosio, Petrov, Kobayashi…

  40. Geraldo disse:

    Primeira equipe? Creio que seja a nona equipe anunciada. É uma pena que nenhuma equipe brasileira tenha se inscrito, a Cesário (F3), a equipe brasileira do FIA GT ou quem sabe a equipe Fittipaldi poderiam se inscrever.

  41. Edgar Bianchi Filho disse:

    Com certeza o lucas , talves sobre ate para o Barrichello

  42. Marcello disse:

    Di Grassi recomeçando nos fórmulas??

  43. Maurício Filho disse:

    Será no Aterro do Flamengo.

  44. Loreno Menegotto disse:

    Contagem regressiva para o aparecimento de motores eletricos/hibridos na F1…

  45. Yuri Nehy disse:

    O carro é feio pa carai, hein.

    Parece um carro de Indy com bico tubarão e asa dianteira de protótipo…

    Vai parece corrida de carrinho de controle remoto, promete ser interessante. Aposto que o nosso velho Barrica vai arrumar um esquema pra correr aí.

  46. Marlo Lemos disse:

    Rubens Barrichelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>