EU AMANHÃ

SÃO PAULO (o mais caro será qual?) – Roger Baillon, morto em 1996, era um empresário do setor de transportes que ao longo dos anos, nas décadas de 50 e 60, montou uma impressionante coleção de carros que um dia seriam expostos num museu particular. Mas os negócios começaram a ir mal e, lá pelo final dos anos 70, Baillon vendeu cerca de 50 deles e esqueceu o resto numa propriedade rural no sudoeste da França. Calcula-se que eles ficaram escondidos por décadas, até que no final do ano passado foram “descobertos” por caçadores de relíquias da Artcurial Motorcars. As aspas justificam-se pelo fato de que no meio antigomobilista francês essa coleção não era tão secreta assim.

Sexta-feira passada, 59 dos carros da coleção de Baillon foram a leilão em Paris. No total, foram arrecadados mais de 25 milhões de euros, com uma Ferrari California 1961 batendo todos os recordes, vendida por 16,3 milhões de moedas européias, o que dá coisa de 50 milhões de dilmas. O carro pertenceu ao ator Alain Delon. Aqui tem várias fotos dela, lindíssima.

A maioria dos carros estava num estado adoravelmente lamentável — muitos não serão restaurados, o charme é mesmo a ferrugem. Tinha de tudo, de um Renault 1918 vendido por 15,5 mil euros, a um horroroso Lancia 1987 arrematado por 8,3 mil. A maioria era da década de 30. Uma coleção emocionante. Veja neste link por quanto cada um foi vendido.

Baillon era uma figura interessante (se você lê francês, tem um perfil dele aqui). Fico pensando se um dia, daqui a 50 anos, vão encontrar a minha coleção, também, abandonada num galpão no interior. Se forem leiloar, favor caprichar no preço inicial de Meianov e Gerdolino.

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
7 anos atrás

Que coleção maravilhosa!

Lico
Lico
7 anos atrás

Posta uma foto ai de sua coleção!!!!!

Ted - Belo Horizonte
Ted - Belo Horizonte
7 anos atrás

Olhos cheios de lágrimas…
Fico imaginando o que passa na cabeça dos restauradores de carros antigos ao ver essas cenas.
É como uma criança criativa que ganha uma caixa de LEGO com 10 mil peças e os pais dizem: “Divirta-se!”

bslnew
bslnew
7 anos atrás

não entendi o valor de compra do “Voisin C3 – 1923″….
os demais estão mais inteiros….
será só coisa de colecionador? mas foi o q o preço mais disparou em relação a estimativa!

Sanzio
Sanzio
7 anos atrás

Não pretendo estar por aqui daqui 50 anos. Mas, se estiver, prometo dar uma “upada” nos lances do bravo soviético e no Gerdolino! ;-)

Zé Queiroz
Zé Queiroz
7 anos atrás

Nooossa, uma puta história!! Parabéns aos indiana jones por encontrá-los e a vc por divulgar!!
Indo na onda do amigo acima, compraria um V10 ou V12, de preferência ferrari, pois logo logo (e infelizmente), virarão contos para nosso filhos…
Abraços

Conde
Conde
7 anos atrás

De chorar . A Ferrari é realmente muito linda .

Fausto
7 anos atrás

Eu sou fan de carros antigos com patina. Aliás, até prefiro uma antiguidade com marcas de uso do que os restauros de A a Z que tornam um carro antigo como se tivesse acabado de sair de fábrica.
Mas tenho um problema com estes achados e sobretudo com os valores envolvidos nas vendas… Porque é que alguém da milhões por um pedaço de sucata que nunca mais na vida vai circular? Isto é como querer manter uma pessoa de 200 anos viva só porque foi fantástica na sua adolescência…
Que comprem os carros históricos, os reparem de modo a voltarem a vida, ainda compreendo, mas o resto, manter sucata em casa, não.

Zé Queiroz
Zé Queiroz
Reply to  Fausto
7 anos atrás

Cara, cada um dá um valor para história diferente do outro, em representações e dimensões distintas. Sentimentos. Além, óbvio, do poder aquisitivo. Se alguém ganha 1.000 vezes a mais que você, na teoria está disposto em gastar 1.000 vezes o que você gastaria no que lhe dá prazer. Escala. Enfim, entendo seu questionamento, mas para que é aficcionado por carros e suas histórias, e tem alguns bi na conta, 16mi vai fácil…rs
Quem me dera ter!!
Abs

Zé Queiroz
Zé Queiroz
Reply to  Zé Queiroz
7 anos atrás

Além, por €3k como o Amilcar de 1927, eu colocaria na minha sala!!haha

Fábio 77
Fábio 77
7 anos atrás

Passa o endereço do teu galpão prá facilitar a busca….

Brunno
Brunno
7 anos atrás

Fui ver o tal horroroso Lancia 1987 e.. é um Lancia com motor Ferrari! E raro

Fabio Amparo
Fabio Amparo
7 anos atrás

Fico imaginando a felicidade dos caras que encontraram essa coleção!

Uma curiosidade que tenho: Para quem foi o $ do leilão? Algum membro remanescente da familia?

Abs,

Romanista Ferrarista
7 anos atrás

Che spettacolo!! Um paraiso na terra. Claro, não é a Innocenti cabrio, mas eu achava e acho a Lancia Thema-Ferrari spettacolare tambem … um monstro!

Ricardo
Ricardo
7 anos atrás

Se você fosse comprar um carro zero no Brasil, visando esse carro se tornar um clássico em alguns anos, qual seria?
Eu iria de Citröen DS3, ou Jimny. E vc FG?

Romanista Ferrarista
Reply to  Ricardo
7 anos atrás

New Beetle e 500 … la storia continua.

Ivan
Ivan
Reply to  Ricardo
7 anos atrás

penso que hoje todos são muito parecidos entre si, ou é impressão minha?