MENU

domingo, 1 de fevereiro de 2015 - 17:49F-1

JEREZITAS (1)

_CA08631

SÃO PAULO (longo caminho) – Assim que terminou o primeiro dia de testes da temporada, hoje em Jerez, Alonso exclamou: “Eita, Giovana, o forninho caiu”, e ninguém na Honda entendeu nada, porque esses japoneses são muito desconectados do mundo e ficam só pensando em motor, motor e motor.

O forninho da McLaren caiu no dia #1 do MP4/30, que deu só seis voltas, mas ninguém deve se preocupar muito com isso. Carro novo, como motor novo, de uma montadora que passou seis anos longe da F-1, sempre tem problema. E ninguém deve, também, fazer previsões ultraotimistas para a Ferrari depois do melhor tempo do dia de Vettel. No máximo, tal façanha indica que o carro não nasceu manco. Se vai ser excepcional, ninguém tem condições de dizer. Mas ele ficou feliz, está pensando no nome que vai dar ao carro (sugestões?) e, pela primeira vez na vida, está usando um capacete singelo, sem Red Bull pintado, apenas com as cores da Alemanha — já candidato ao mais bonito do ano, se ficar com ele até o fim.

A Mercedes, com as 157 voltas de Rosberg, é que deixou todo mundo preocupado. Nico ficou na frente a maior parte do tempo, andou até fazer calo no dedão, até que Vettel e Ericsson tirassem todo o peso de seus carros, colocando pneus fora do regulamento e dobrando a pressão permitida do turbo para ficar em primeiro e segundo.

OK, não foi bem isso, mas é claro que não se deve considerar a Sauber, igualmente, um fenômeno só porque cravou uma P2 na abertura da pré-temporada. Assim como a Ferrari, o time suíço pode comemorar, ao menos, o fato de não ter feito um carro torto. Mas segue sem grana, tanto que nem pintar os caminhões, pintou.

Preocupado, mesmo, fica o fã da F-1 ao ver apenas sete equipes andando. Eram 11 no ano passado, lembram? Pois a Force India já tinha avisado semana passada que não iria terinar. A Lotus informou que só na terça vai conseguir colocar o E23 na pista. Caterham e Marussia, essas não se sabe sequer se existem, ainda.

Os tempos estão aqui, na cobertura do Renan do Couto, enviado do Grande Prêmio a Jerez. Volto já com posts isolados para as apresentações dos carros da Williams, Red Bull, Toro Rosso e Mercedes, que apareceram pela primeira vez oficialmente hoje. E vamos ver também o que andaram dizendo os pilotos.

25 comentários

  1. Paulo Pinto disse:

    O nome da “vermelhinha” deveria ser Fangiolita, em homenagem ao pentacampeão e ao futuro penta do Herdeiro.

  2. Simão disse:

    FG uma sugestão para o nome “per la máquina” de Vettel .
    Gina…

  3. Marcos disse:

    O que será que o Alonso deve estar pensando ao ver a Ferrari andando bem?

  4. Paulo disse:

    Tomara que eu esteja errado, mas o Vettel não corre o ano todo com essa pintura, por que realmente ficou bonito, simples e bonito.

  5. Rafael disse:

    Alem do capacete lindo do Vettel, essa nova Ferrari tambem eh lindona, lembra a bico de pato de 90.

    E que McLaren opte pelo laranja, seria sensacional.

    Mercedes ficou bonita.

    E muito legal a ideia da Red Bull de camuflar o carro como fazem as montadoras.

  6. Marcos disse:

    Nome do novo carro ? Malena, em homenagem ao personagem da Mônica Belucci no filme de mesmo nome.

    Mais linda e safada não tem…

  7. leandro disse:

    NOME DE CARRO ITALIANO, TEM DE SER SACRO NO MINIMO.

  8. Chupez Alonso disse:

    Entra ano e sai ano e Ve44el continua na frente e Al Caponso atrás. Eita sina!

    Deve doer…

  9. Allez Alonso! disse:

    Fogo de palha, a Ferrari fez o mesmo ano passado. Igual cavalo paraguaio.

  10. Daniela disse:

    Ele gosta de dar nomes safados aos carros, mas acredito que vai pegar leve nesse começo na equipe rsrsrs

  11. Celio Ferreira disse:

    Caraca 157 voltas, F1 mais do mesmo .

  12. LUZ PRATA disse:

    boa tarde GOMES e galera.

    As Flechas de Prata W06 vao dar PAU GERAL em 2015 !!!

    PAU ainda.MAIOR que em 2014 !!!

    A Tecnologia Superior Ariana MB….deveria ser PROIBIDA de participar desta brincadeira de Autorama F 1…hahahhahahahahahaharrrrsss….ela esta. …ANOS LUZ a FRENTE…hahahahahahaharrrrsss… Valeu.

    • luiz alberto disse:

      O pior meu caro luz Prata é que já foi assim na década de 30 com os W25 e W125 , na de 50 com os W 196 ninguém conseguia ganhar se os carros não apresentassem problemas ou tivesse algum acidente, nos anos trinta ainda tinha um concorrente que conseguia importunar as Mercedes, más também era alemão nada menos que a Auto Union que hoje é só AUDI, quem sabe né , no WEC ela esta sendo sacaneada pelo longo domínio na categoria,estão a cada ano criando restrições e outras mutretas para diminuir a eficiência de seu motor Diesel e prestigiar a aqueles que apesar de muita grana não tem a mesma competência dos engenheiros de Ingolstadt,então fica mais fácil dar uns agrados aos “Fazedores de Regulamento” e puxar a sardinha para até onde seu braço curto mas rico ,pode alcançar(lógico que estou “sugerindo” que os Toyoda compraram o pessoal da ACO para fazerem um regulamento em que seu produto pudesse rivalizar com os eficientes,torçudos ,econômicos e pouco poluentes motores Diesel da AUDI,uma vez que a Peugeot que também é francesa como o ACO e o presidente da FIA ,não competem mais com seus bons motores também do siclo DIESEL. Colocar um estupido restritor na admissão depois do projeto pronto só pode ser sacanagem e sem entrada de ar não ha como gerar potência. A AUDI só continuou no WEC mesmo muito intencionalmente prejudicada por ter dignidade coisa que o pessoal do ACO e FIA parece não terem).

    • Paulo Pinto disse:

      Bem-vindo, prateado! É… pelo visto, mais um ano na cor prata.

  13. Cláudio F1 disse:

    Nunca antes na história do automobilismo a F1 esteve tão decadente, a Caterham e a Marussia são que nem o GP da Coreia do Sul, estão na lista de inscritos apenas pra fazer volume, pois, na verdade, são equipes fantasmas. A Sauber, a Lotus (by Kolles) e a Força das Índias estão numa pindaíba danada, tanto que a sobrevivência destas até o final da temporada é dúvida constante. E, pra arrematar, temos GP da Alemanha em perigo. Enfim, tá tudo uma merda, mas pelo menos GP do México está de volta, mesmo que sem a Peraltada…

  14. Herik disse:

    Aguardando ansiosamente suas análises sobre os fluxos aerodinâmicos otimizados.

  15. Jorge Santos. disse:

    Apesar de torcer para Lewis Hamilton na F-1, eu torço para que as outras grandes encostem na Mercedes, não tem graça nenhuma essas temporadas em que uma equipe dispara, ficamos dependendo da equipe liberar a disputa entre os seus dois pilotos.
    Agora o fato da Mercedes da 157 voltas mostra que o carro vem forte, parece que resolveram o problema de confiabilidade do carro.

    • luiz alberto disse:

      Acho que um carro que ganhou 17 de 20 provas não tinha problemas de confiabilidade graves,só alguns casuais que pode ocorrer em qualquer equipe (de tudo que se move por motor e outros agregados nada é mais confiável que AVIÃO,e de vez em quando também algum , apresenta problemas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>