MENU

Tuesday, 17 de February de 2015 - 23:56F-1

PRA LER (3)

SÃO PAULO (e vive de quê?) – A McLaren correu no ano passado sem patrocinador principal. Neste ano, pelo jeito, de novo.

Mas Ron Dennis não se aperta. Diz que, na F-1 atual, o modelo de patrocinador-máster para financiar uma equipe já era. Sua conta: um patrocinador principal teria de arcar com quase a metade do orçamento de um time grande. Ninguém mais paga isso.

OK, faz até sentido. Ninguém paga. Mas alguém tem de pagar as contas. Alonso, por exemplo, não deve ser muito barato. E quem paga? Esses patrocínios eventuais? Ou a McLaren, que se transformou numa empresa de tecnologia, fatura hoje o suficiente para ter uma equipe de F-1?

É certo que a Honda vai bancar boa parte das despesas. Mas não tudo. Segue sendo, para mim, um mistério a fonte de financiamento deste time. No passado, Marlboro, West e Vodafone (além da Mercedes) assinavam as promissórias. E agora? Vão viver de luz?

9 comentários

  1. Werther says:

    O golpe que os governos e as ONU´S da vida deram nas empresas de midia foi fulminante e acabou acertando em cheio na F1. Ao proibir a propaganda de cigarro, as empresas de mídia e demais dependentes de patrocinadores passaram a se ajoelhar para governos atras de patrocínio publico ou aceitar migalhas. Os tiranetes jah proibiram tb a propaganda infantil, vão avançar sobre a propaganda de de bebida e alguns mais lunáticos já estão satanizando até propaganda de perigosas maquinas movidas a motor. Com isso, cada dia mais o mundo ter que pedir benção para políticos.

  2. Acarloz says:

    E o Mansour Ojjeh ?

  3. Marcos José says:

    O problema é que o Ron Dennis não aceita patrocinio por pouco dinheiro em seus carros. O modelo adotado pela Williams com a Martini na cabeça do Ron Dennis não é o correto mas hoje ninguém mais vai pagar uma fortuna para patrocinar uma equipe de F1 pelo valor que o Dennis deseja e quer, os tempos mudaram.

    • Marcos José says:

      Na minha opinião o Dennis mentiu nesta entrevista, realmente para ele o patrocinador-master tem que bancar toda a equipe é não somente a metade do orçamento dela. Ele cobra caro para isso mas ninguém quer mais gastar uma fortuna para satisfazer o que o ele quer (daí a recusa por qualquer cota de patrocinio por ele por um valor menor e a McLaren correr sem nenhum patrocinador-master durante 2014).

  4. Segafredo says:

    O dinheiro vem do petróleo Àrabe.

  5. Ricardo says:

    Todo time de Formula 1 é lavanderia.

  6. Celião says:

    Se a Equipe for bem , ninguem vai saber , agora se der com os
    burros n’agua , aí aparece a fonte cortando gastos etc…

  7. Helton Fernandes says:

    Os carrinhos de linha estão vendendo muito.
    A venda dos P1, 675 e 650 e outros códigos deve contribuir em muito para a equipe.

  8. carlos lima says:

    Para ouvir! Flavio, caro escriba, a propósito de “viver de luz” lembrei desta canção do Chico Buarque. Não tem nada a ver com a F-1, mas é uma lembrança para Rádio Blog, quem sabe?
    https://www.youtube.com/watch?v=kU3CjrJHfso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *