MENU

segunda-feira, 8 de junho de 2015 - 16:24F-1

SOBRE ONTEM À TARDE

alosnsopcban

SÃO PAULO (relaxa e goza) – A conversa pós-GP do Canadá, como sói ocorrer em campeonatos previsíveis, ficou mais para os derrotados do que para os vencedores. O piti de Alonso ganhou as manchetes, ainda mais depois que ele postou uma foto da classificação de cabeça para baixo, na qual aparecem, em primeiro e segundo, ele e Button — os dois acabaram sendo o grande fiasco do fim de semana de Montreal.

A paciência de Fernandinho está acabando?

Na verdade, a resposta a essa pergunta é menos importante do que à questão “que diabos está acontecendo com a McLaren e com a Honda?”.

É isso que precisa ser respondido. Por mais que se compreenda que sair do zero é dureza para qualquer um, ainda mais nesta F-1 de motores e sistemas indefensáveis, parece surpreendente que depois de sete corridas esses dois gigantes tenham conseguido somar apenas quatro pontos e vários vexames no Mundial.

O ambiente no time não é bom. “Tem gente aqui que ainda acha que somos os melhores, mas isso ficou para trás”, disse uma fonte não-identificada à imprensa espanhola.

A crença na capacidade que equipe e fabricante mostraram no passado ainda é o que ainda estanca as críticas mais virulentas de todas as partes — pilotos, jornalistas, dirigentes. McLaren e Honda têm sido poupadas de uma humilhação generalizada porque, no fundo, as pessoas acreditam que não se pode descartar a possibilidade de um salto de qualidade de uma hora para outra, tantas foram as vitórias de ambas em tempos não muito distantes.

Mas, olha… O que vem acontecendo nos últimos meses não dá nenhuma indicação de que esse salto virá. Tem algo de bem errado acontecendo em Woking. E no Japão.

Quanto a Alonso, acho que ele tem sido, sim, bastante paciente. Button, também. Dos pilotos ninguém pode reclamar.

Pitaquinhos…

– Maldonado fez seus primeiros pontos no ano. Agora, entre os que já largaram no campeonato, apenas Alonso, Merhi e Stevens ainda não terminaram entre os dez primeiros. Magnussen, inscrito para o GP da Austrália, também não — mas não chegou a largar.

– Pela primeira vez desde que foi alçado à condição de titular da Red Bull, Ricciardo terminou uma prova fora da zona de pontos — descontando os abandonos, claro. O pior resultado do australiano no time rubrotaurino se dá exatamente um ano depois de sua primeira vitória na categoria, lá mesmo no Canadá.

– Uma constatação: com a Renault, no atual estado de coisas, a Red Bull não vai a lugar algum.

– Grosjean foi muito digno ao assumir a culpa pelo acidente com Stevens e se desculpar publicamente. “A gente nunca para de aprender”, falou.

– A rodada de Raikkonen no grampo, sozinho, tirou da Ferrari a chance de pódio em Montreal. O que deixou Arrivabene bem zangado. As coisas podem começar a azedar para o finlandês no time.

89 comentários

  1. Brabham-5 disse:

    O pior para a McLaren é que não sair do lugar que está, é prejuízo na conta.
    E, pelo que (não) vejo nos macacões dos pilotos ( e são ex-campeões!) e no carro, ali não deve estar sobrando $$$…

    Quanto o Grosjean…Tava demorando até. Quem ouviu o rádio dele p/ a equipe durante a corrida, após a BARBEIRAGEM, ouviu ele reclamando e botando a culpa no coitado do cara da Marussia.

    Sobre o a lambança do Raikkonen: deveria ter levado um esporro do engenheiro na hora, no mesmo tom que ele Kimi dá pelo rádio no mesmo engenheiro durante as corridas. Vai correr de ressaca, dá nisso.

  2. O Alonso esteve no Céu na McLaren em 2007, mas ele não aceitou dividir a equipe com o estreante Lewis Hamilton que tinha apoio de Ron Dennis, então acabou infernizando o time caindo fora no final da temporada. Em 2015 o Alonso volta pra McLaren no Fundo do Poço como se estivesse pagando os seus Pecados de 2007. Agora o Alonso vira esse jogo que até esse momento foi um tiro no pé, ou então basicamente se aposenta!

  3. Simão disse:

    FG,

    no livro do Bernie, fica muito claro o quanto arrogante é o Ron Dennis. Um cara incapaz de admitir qqer nível de fracasso. A McLaren éstá ferrada. Veja qu os carros nem tem uma pratocínador “master”. Está como a Willians de alguns anos atrás. A diferença e que o Frank é mais realista. A McLaren torrou zilhões para produzir o carro de passeio e que não vende nada. Só saiu dinheiro de Wolking nos útimos anos e aí está fazendo falta pra a F1. A McLaren ainda vai amargar um longo período de ´[essimos resultados.

    Qto a Red Bull… já escrivi isso antes e já faz tempo. Os energéticos estão pulando fora. Já não tem mais interesse em gastar tanto dinheiro nesse negócio.

    Abr
    Simão

  4. Luis felipe disse:

    Flavio, voce ja viu fiasco maior que este da Mc Laren ?

  5. MARCIO disse:

    Se a McLaren estava tão bem assim com a Mercedes, pq nos seus últimos anos de parceria o carro tb não rendia nada??? Será que a culpa é realmente da Honda???

    • Renato F1 disse:

      Não. Só 70% da culpa são da Honda. Os outros 30% são da McLaren.

      A equipe equipada com os motores Mercedes-Benz andava bem (Ih! Vou mandar esta para o setor de propaganda). O carro não era tão bom quanto o da Mercedes, mas o motor era o mesmo. Com isto, conseguia chegar à zona de pontuação facilmente e terminar as corridas.

      Mas, aí, quiseram fazer graça e trocaram o certo pelo duvidoso. Resultado: um fiasco total

  6. Wolfpack disse:

    Depois da corrida a TV espanhola ficou 30 minutos com Alonsito no ar, explicando a situação. O cara está pra explodir, e quem conhece Alonsito sabe que este seu jeito bonzinho é mais irônico por parte dele do que uma boa vonatde com a equipe.
    Por sinal o que dizem é que com esta F1 com sistemas híbridos e regenerações de energia dos freios, o que conta é a integração chassis e trem de força, o que só pode ocorrer quando o fabricante do chassis e motor estão sob o mesmo teto, mesmo dono. Então, fluxo de ar, toda a eletrônica só dará chances por um bom tempo a Ferrari e Mercedes. A Renault entendeu isso e já procura uma equipe própria. Já Redbull e McLaren ainda levarão um tempo,pra entender.
    A F1 tem que mudar, colega que foi a Barcelona disse que os carros da F2 fazem mais barulho do que os F1. Até os Porsches da Porsche Cup fazem mais barulho. F1 está acabada com este suistema híbrido, engenheiro pedindo para economizar combustível. Horror! Se a FIA quer carros híbridos e elétricos, que coloquem na Fórmule E. Já deu este sistema atual da F1.

  7. Ferrarista disse:

    A verdade é que Alonso carrega consigo uma energia negativa que contagia toda a equipe trazendo a discórdia, o azar e a crise por onde quer que trabalhe… Onde esses caras da Honda estavam com a cabeça quando contrataram alguém como Alonso? Eu jamais traria um cara tão negativo assim pra minha equipe!

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    Muio legal ver uma prova de F-1 como Idiota do Alonso a comer o pao que o diabo amassou.

    Ta dificil para a Mclarem e muio provavelmente na fila pelas vitorias a Mclarem anda tera que assitir um futuro dominio da Ferrari.

    Chupa Alonso. Todo castigo para corno eh pouco… rsrsrs.

  9. Isso aí deve ser praga do Martin Whitmarsh que foi espinafrado da equipe e desapareceu da face da Terra.

    Uma questão me incomoda há alguns anos: a McLaren, assim como Ferrari e Mercedes, faz carros de rua, logo, faz os próprios motores, sendo assim, porque diabos não faz os próprios motores para os seus carros de Fórmula 1. Sei que nem sempre foi assim, no passado os carros eram construídos com motores de parceiros, mas atualmente, até onde eu sei, os P1, por exemplo, usam motores híbridos, como da Fórmula 1, de fabricação própria. Logo, após tantos apostos e vocativos, repito a questão: McLaren, por que diabos vocês não colocam o motor do P1 no seu F1 para ver se anda melhor do que com esse motor de Civic?

  10. Formiga disse:

    A MacLaren vem em queda há algum tempo. Desde que Hamilton saiu dela para ir para Mercedes em 2013 o timi só apresentou carro ruim, em 2014 mesmo com o motor Mercedes ficou atrás da Williams, que não é nenhum primor de carro.

    A Honda tão bajulada como sendo o suprassumo na tecnologia, patinou muito na última passagem pela F1 usando os tradicionais V8. Boa parte dos engenheiro segundo o Flávio Gomes na época foi responsável por diversos projetos “geniais”, porém andava sempre atrás. Então o passado vencedor parece estar mais parecido com o do Botafogo, bem distante.

  11. Rubergil Jr disse:

    Flávio, só um pitaquinho, tem uns errinhos bobos no texto, isso é raro acontecer contigo então acho que deixou passar na correria:

    “…como sói ocorrer em campeonatos previsíveis…”
    “..que equipe e fabricante mostraram no passado ainda é o que ainda estanca as críticas…”

    No mais, momento Mãe Dinah: Bottas vai de Ferrari no ano que vem. No lugar dele na Williams deve vir um pagante com um bom $$$. E Raikkonen vai pra… casa.

    Abraço!

  12. Marcelo R. disse:

    Lamentável, agora vendo o que a Mclaren está passando com a Honda quem não entra nessa “nem a pau” deve ser a Audi. Didi das latinhas é quem deve estar mais lascado, pois esse é o efeito dessa F1 de hoje.

    Cria uma propaganda negativa porque ninguém vai querer enterrar um monte de grana para fazer um motor que leva mais de ano para compreender. Prova disso é a Ferrari de 2014 e a de 2015. Mas a recíproca também é verdadeira, pois basta ver a RBR ano passado e esse ano.

    Gostaria de um campeonato onde todos lutassem por pódio e vitórias. Toda corrida é a mesma coisa, e a imprensa investindo num pseudo clima na Mercedes entre Hamilton e Rosberg.

    Hoje a F1 tem tudo definido, vitória da Mercedes, salvo alguma besteira, Vettel em terceiro e Kimi em quarto com as William’s ou RBR em seguida.

    O grande problema da F1 é que ela foi capturada pelos magnatas e tio Bernnie adora dinheiro. Daí essas corridas em autódromos absolutamente sem graça (Abu Dabhi), onde a atração não é a corrida, mas o prédio em volta do circuito, as luzes e por aí vai. Se não corrigir o rumo, vai acabar…

  13. Patrique També disse:

    Como disse o Wanderson, a Honda já havia ido mal na década passada, depois de comprar a BAR. Como equipe, a Honda não foi lá grande coisa nos anos 60 e nem nos anos 2000. Construiu seu nome como fornecedora de motores, primeiro para a Williams, onde se consolidou como o melhor motor da F-1 evoluindo ano a ano, e depois na McLaren, onde estraçalhou a concorrência.

    Quem diria: Renault e Honda, os melhores motores da história (ao lado de Cosworth e Ferrari), em estado de humilhação total. A Renault não sabe o que faz, se fica e compra uma equipe ou se vai embora. A Honda acabou de (re)entrar e tem de lidar com isso. Nem a nanica Spirit, responsável pela volta da Honda nos anos 80, antes da Williams, começou tão mal como esta McLaren de hoje.

    E, realmente, nem na Indy a Honda tem se dado bem. O futuro da McLaren parece bastante duvidoso.

  14. Clayton disse:

    A dupla de pilotos da Manor está fazendo uma temporada fantástica na F-1. Ambos tem o mesmo número de pontos que Fernando Alonso, piloto de muito prestígio na categoria.

  15. Alex disse:

    A situação da McLaren é estranha. Pelo que se sabe a equipe não sofreu nenhum grande golpe, nos últimos anos, que justifique acreditar que esteja em decadência. Diferentemente da Williams, que foi, progressivamente, perdendo patrocinadores, motores, pilotos, engenheiros, etc.

    • luigi disse:

      Não caro Alex , o problema da McLaren é justamente o oposto ,o que ocorre com o Time é o imenso crescimento . Sim crescimento mesmo ; mas da ” EMPÁFIA e ARROGÂNCIA ” de Ron Dennis . Talvez se ele calçar a sandália da humildade (coisa que acho difícil) e lembrar-se que já foi um simples mecânico de pista (dos muito bons) e deixar de atormentar projetistas com seus conceitos e preconceitos ai quem sabe a equipe volte a ser o que era .

  16. Gustavo disse:

    Flávio,
    Perdoe-me pelo off-topic, mas não resisto a deixar uma demonstração daquilo o que está faltando na F-1, e sobrando em categorias como o WTCC.

    https://www.youtube.com/watch?v=lguaHTegJo0

    É até covardia, não acha?

    • luigi disse:

      É caro Gustavo se esta transmissão fosse feita por uma TVzinha brasileira que se acha o máximo e tivesse um comentarista que também já foi bom, ele estaria quase aos berros dizendo : ¬ Tem que ser punido ! ,Tem que ser punido ! Tem que ser punido !
      Ainda bem que esta TV não transmite este evento ;já pensou se o filho do narrador participasse ,o grau de ufanismo que iria ser , se com o piloto do carro #19 já é insuportável , mesmo ele sabendo que 98% dos brasileiros que assistem corridas sabem que este piloto só foi bom até ser “I M O L A D O ” pelo Besteirolrricuello ,e que agora só é um bom participante , pelo que demonstrou na Alemanha 2010 ,só é participante ,concorrente jamais !
      Obrigado pelo lembrança do vídeo ,que é espetacular !

  17. Rafael Chinini disse:

    queria ver se ficaram crucificando o Groselha igual o Max!!
    foi menos grave, mas a braçada do Grosjean foi PIOR do que a do Max em Mônaco,,,

  18. Chupez Alonso disse:

    E outra:

    O patrocínio da McLata nunca foi tão adequado:

    Johnnie Walker.

    Keep Walking…em último.

    Correr jamais!

  19. Davi de Oliveira disse:

    Você mesmo Flávio tinha dito q a Honda deveria ter entrado logo em 2014 pra passar pelas dificuldades desse ano antes, e depois desenvolver o motor melhor.

    Agora a Honda vem com problemas crônicos no automobilismo há muito tempo, na época da Honda F1 em 2007 e 2008 ela penava com motores e carros horríveis. E até na Indy vem tomando um couro bonito da Chevrolet.

    Agora cadê a Mclaren para tentar uma mudança no carro? Diziam q tinham contratado o assistente do Newey pra acertar a parte aerodinâmica, mas não se tem evolução.

    Eles não fizeram como a Williams ou a Ferrari que foram atrás de vários profissionais de várias áreas pra tentar revolucionar. E mesmo a volta do Ron Dennis não adiantou nada.

    Só resta lamentar, porque a Mclaren fora do páreo é triste para a F1.

  20. Daniel disse:

    O pessoal baba na Honda por causa dos Williams e McLaren dos anos 80, mas esquecem da Bar e da próprio equipe de fábrica que tanto fez sofrerem o mesmo Button e o Barrichello.

  21. Sanzio disse:

    Eu entendi o tweet do Alonso mais como zoação do que como chilique. Até a McLaren respondeu com algo tipo “belo ponto de vista do copo meio cheio, meio vazio”.
    O problema, ao meu ver, foi querer fazer um motor compacto demais, pra poder estreitar a tampa do motor e ganhar em aerodinâmica. Parece que da parte do motor, as coisas estão se resolvendo. Quando foi ultrapassado pelo Hamilton, depois do grampo, Button acompanhou a Mercedes quase que no mesmo ritmo. Junte-se a isso o fato de os abandonos terem sido causados pelo escapamento, não do motor.
    Acho que o maior problema que Honda vai enfrentar é o consumo. Basta olhar pras Mercedes, que terminaram com menos de 1 Kg de combustível. Eles começaram a instruir os pilotos a economizar muito depois de a McLaren ter feito o mesmo com Alonso.
    Resumindo: Se os testes privados não fossem proibidos, esse carro estaria andando lá na frente.

  22. Paulo F. disse:

    Sem testes, toda experiencia da Honda não vale um dolar furado.
    Alonso? Vão chamar os rapazes de branco e aplicar mais uns choques nele prá ver se acalma. Button tem mais futuro que ele na F1.
    Caso em 2016 a equipe de Woking não fique entre as 4 primeiras, isto é do 8 lugar no grid para cima , pode acontecer o que aconteceu com a Brabham que depois de 30 anos simplesmente virou fumaça, o que não quer dizer que o Bernie tenha se dado mal. Nem Ron Dennis vai cair do cavalo por isso!
    Para a Renault também: o gato subiu no telhado.
    Tem a história da Toyota. Nem toda montadora na F1 é fadada ao sucesso.

  23. Chupez Alonso disse:

    Rapaz, campeonato excepcional!!!

    Se melhorar, estraga!

    Searrastando Porúltimonso atrás das MancaMor que ainda usam o carro do ano passado!?

    El Fodón Del la última posicion!

    O melhor piloto mais ultrapassado da história da F1.

    #EuRioDoÚltimo!

    Literalmente!!!

    Pilotinho marqueteiro de Merdhi. Até o Button já pontuou.

    Todo castigo pro picareta e seu bando é pouco.

    Chupa (e engole!) Allonzo!

    Allez Mão!

  24. fabiom disse:

    Pessoal lembra mt da Honda com a Mclaren nos anos 80 e esquece do desastre que foi em 2007 e 2008, até a Super Aguri andava na frente!

  25. MARCELO disse:

    Fiquei na duvida, Vettel teve que cumprir alguma punição na primeira parada ou a Ferrari errou na troca de pneus? O alemão perdeu muito tempo 6.6 – total 27.241. Fiquei confuso, Luís Roberto disse que Vettel teve que cumprir punição de 10 seg. Estou achando que a Ferrari se atrapalhou na troca de pneus, se foi isso, é a segunda pisada com o alemão no final de semana. Vettel pilotou uma barbaridade, largou em 18º, na volta 8 parou nos boxes perdendo tempo a mais(cerca de 4 seg), voltou para a pista em 20º. Na volta 34 já estava a 1 seg de Massa que ainda não tinha parado nos boxes. Na volta 36 o alemão faz a segunda parada, dessa vez tudo normal 3.2 – Total 23.945. Felipe fez sua primeira e única parada na volta 38, e a troca foi mais rápida que do alemão 3.1 – Total 23.912. Detalhe, quando Massa saiu dos boxes, Vettel fez a melhor volta 1:17.481 tomando a posição do brasileiro. Na volta 40, Vettel já tinha 5.636 de vantagem para Felipe. O tedesco largou atrás do brasileiro, fez duas paradas(na primeira perdeu tempo), e terminou a frente com 6 seg de diferença. Reginaldo Leme deu uma pachecada legal na corrida…

    No link abaixo, a corrida completa, assista antes que o site tire do ar.

    GP do Canadá – 07/06/2015 HD
    http://globotv.globo.com/rede-globo/formula-1/t/provas/v/gp-do-canada-07062015/4236168/

  26. Cezar disse:

    A Honda, como equipe foi ridícula entre 2006 e 2008. Pode-se dizer que tinha um chassi decente na qual a Brawn ganhou com o motor Mercedes em 2009. Agora com aquele motor podre deles, acho que não ganhava.
    É preciso parar de olhar para o passado com o que fizeram juntas, a McLaren e Honda.
    Mercedes, Renault e Ferrari não apanharam tanto no ano passado para fazer essas porras funcionarem.
    Acho que o motor é ruim, agora não sei o quanto o carro da McLaren é bom. Há mais de cinco anos que a McLaren não acerta num carro.
    Coloca o P1 na pista que vai passar menos vergonha…

  27. Rafael disse:

    A Formula 1 de hoje não tem nada a ver com a dos anos 80 e 90 em termos de tecnologia. Além disso, salvo engano, a Mc Laren correu de Honda até 1992. Já se vão 23 anos. Seria como pensar que a equipe seria vitoriosa em 1990 porque fez grandes carros no final dos anos 60. Continua sendo uma grande equipe, mas tem que superar as dificuldades. E logo.

  28. André W disse:

    Discordo completamente do Blogueiro. Acho que o Alonso é um mala sem alça que não tem paciência nenhuma e é um tremendo boçal. Ganha uma fortuna pra ficar choramingando. Se a Honda e a Mclaren sabiam que teriam um ano difícil, até a minha avozinha que morreu sabia, não sei pra que gastar uma fortuna com Button e Alonso quando precisavam de pilotos para crescer junto e não ficar exigindo vitórias. Seis corridas não são nada, a Toyota se dedicou quase uma década para virar equipe de ponta e não conseguiu, e hoje com a complexidade das unidades de força é lógico que a Honda não iria chegar e abafar. A parte boa é ver todo mundo na pista tirando um lasco do aparelho excretor do Espanhol.

  29. André W. disse:

    Era possível ver isso nas informações que apareciam na tela da distância entre os carros, em especial da redução constante da diferença entre o Vettel e o Massa mesmo quando o Brasileiro ainda estava cinco posições à frente. É só não ouvir as besteiras que o narrador e comentaristas falam, pois eles só ficam preocupados em não falar RED BULL e filtrar coisas boas dos brasileiros. Obs O Burti se saiu muito bem analisando as disputas e acertando na interpretação das colisões.

  30. Marcos Milani disse:

    Lembram que todo mundo falava da “esperteza” da Honda em atrasar em 01 ano o começo na McLaren? Usariam este anos extra para aperfeiçoar a “power unit” ainda por cima usando a experiência/dados da McLaren com a Mercedes.

    Não se fazem mais japas como antigamente.

  31. MARCELO disse:

    Diferença do pole para melhor Mclaren no grid, quanto mais se aproxima do pole, mais acirrada fica a disputa no meio do grid.

    1-Austrália, 17º Button – 5.095
    2-Malásia, 17º Button – 8.198
    3-China, 17º Button – 3.494
    4-Bahrein, 14º Alonso – 2.468
    5-Espanha, 13º Alonso – 3.079
    6-Mônaco, 12º Button – 1.995
    7-Canadá, 14º Alonso – 1.883

    Lauda tinha razão, Alonso esta rasgando o cu no abismo, pra piorar, esta tomando coça de Button!

    Batalha de grid:
    Button 3 x 3 Alonso

    Melhor posição de largada:
    Button 12º
    Alonso 13º

    Melhor posição de chegada:
    Button 08º(Mônaco +16.063)
    Alonso 11º(Bahrein +1 volta)

    Não largou na corrida:
    Alonso, GP Austrália
    Button, GP Bahrein

    Abandonos:
    Button, 2
    Alonso, 4

    *O espanhol abandonou três corridas seguidas, já pode pedir musiquinha no Fantástico! Ferrari, Vette e Raikkonen rachando milhões…

    Pontuação no mundial:
    Button, 4
    Alonso, 0

    Prioridades da Mclaren em 2015:
    1) Terminar as corridas.
    2) Não tomar volta dos líderes.
    3) Calar a boca do espanhol.

    Prioridades da Mclaren em 2016:
    1) Pontuar regularmente.
    2) Conquistar alguns pódios.
    3) Calar a boca do espanhol.

    Prioridades da Mclaren em 2017:
    1) Conquistar algumas vitórias.
    2) Garantir top 3 entre as equipes
    3) Calar a boca do espanhol.

    Se acontecer a evolução acima, Mclaren pode incomodar em 2018, título é outra história, quem sabe em 2019. Estou vendo o espanhol com ‘pires na mão’ bater na porta de outra equipes.

    • Cezar disse:

      Velho, o único que está tomando coça é o Rosberg.

    • Gustavo Segamarchi disse:

      Títulos Mundiais:

      Alonso 2 x 1 Button

    • Chupez Alonso disse:

      Pilotinho marqueteiro de Merdhi!

    • Tag Heuer disse:

      quanto mais vc escreve…..mais valorizo o talento do espanhol, kkkk!! ………………R E C A L Q U E, total!

    • Patrique També disse:

      O espanhol não esteve em Melbourne, mas o resto da análise está perfeito. Nesse ritmo, será que ele aguenta até 2020? Ele está é rezando pela mudança brusca no regulamento do ano que vem… Se bem que, acho que todo mundo está…

    • Robertom disse:

      Allez vai surtar….

      • Paulo Pinto disse:

        Bem lembrado! Cadê o Vicellez?

      • Allez Alonso! disse:

        Depois do X de GP2 que o Alonso aplicou no alemão-fake-jr., quem rasga o cu aqui no blog é a tedescada., pqp!!!! Foi linda a manobra!!!
        Alonso teve 4 quebras e a tedescada já planta o caos, ano passado tinha tedesco achando no meio do ano que Vettel iria reerguer a redbull, kkkkkk! Levou três vitórias do Ricciardo e fez um terço dos pontos! Kkkkkkkk, memória curta!
        Na China só um carro teve o novo assoalho e foi o carro do Button.
        Alonso destruiu o Kimi ano passado.

        Ricciardo destruiu o Vettel ano passado.

        Button fez mais pontos que o Hamilton quando dividiram a mesma equipe.

        Kvyat está fazendo o que o Vettel não fez. Kimi anda mais rápido em ritmo de corrida que o Vettel, coisa que ele não fazia contra o Alonso.

        A mclaren está sofrendo os problemas que os motores do ano passado tiveram, temperatura, consumo, entrega de potência, deficiência do ERS, etc.
        Fato é que você tem que ter apoio de fábrica pra ser campeão, Redbull tem motor de fábrica, Ferrari e Mercedes também. A mclaren só restava uma alternativa é pra isso ela tem os melhores pilotos do grid.
        Vettel por muito menos já xingava de merda, mas Alonso é racer, se tá na pista é show na certa.
        Isso são fatos, o resto é mimimimi de complexado, vettelete que levou do sorrisão…
        Estou esperando a Ferrari ser vice com o Vettel, Alonso fez e não tinha o segundo melhor carro….
        #GoGoVettel! #RumoAoVice! #Chupa!

      • Chupez Alonso disse:

        Internado em algum hospício.

      • Paulo Pinto disse:

        “…Alonso é racer, se tá na pista é show na certa.”

        O espanhol “tá na pista” há nove anos seguidos e este ano é show na certa: de comédia pastelão.

      • Allez Alonso! disse:

        Essa aí, só porque dei um pontapé na bunda fica no meu pé, acorda Luciana! Quem tem que ir pro hospício é você, acabou! Se liga! Alonso nem sabe que você existe. Nem o Vettel. Nem eu! Hahahaha!
        #NaoMeChupaMais!

      • Chupez Alonso disse:

        O doido fugiu da camisa de força!

      • Paulo Pinto disse:

        A Matrix está derretendo! Alguém, por favor, salve o Vicellez.

        Tudo culpa do espanhol e suas escolhas erradas…

      • Alfredo Ramos disse:

        Caro Allez, sou obrigado a concordar com os gozadores de plantão. Você ainda não se deu conta da atual situação de Alonso. Nos últimos nove anos o espanhol fez somente uma escolha acertada, a ida para a McLaren em 2007. Escolha que não durou devido a tudo que aconteceu. Se ele permanecesse na equipe, levantaria o título do ano seguinte, derrotando Lewis e quem sabe, iria para o lugar dele na Mercedes.
        Acho muito difícil Alonso sair desse labirinto em que se meteu. E se sair, vai demorar porque o momento é de Hamilton e você não se dá conta disso.
        Você deve ser “filhinho de papai” ou o “queridinho da mamãe”, porque você vive num mundo idealizado. E nesse mundo só vale uma opinião, a sua.
        Desça do salto e reconheça que a situação não é nada favorável para o seu piloto. Faça isso ou se deixe devorar pelos fãs do alemão.
        A escolha é sua.

      • Allez Alonso! disse:

        Alonso não fez nada nos últimos 9 anos e é considerado pela autosport top 10 nos melhores pilotos de todos os tempos. Conhece a autosport? Certeza que não.
        http://f1greatestdrivers.autosport.com/?driver=9
        Acorda, fera! Foda-se o que a ralezada chupadora chupez e cia. pensam sobre o Alonso, bando de coxinha que não gostam de corridas e não aceleram porra nenhuma, como você. Se o Alonso levasse ferro de um Zé ninguém, como o Vettel levou do Ricciardo eu não torceria pra ele, mas vettelete gosta é de salsicha no rabo e não de corridas.

      • Alfredo Ramos disse:

        Essas revistas erram e muito. Por acaso é a mesma que escreveu que Massa seria o novo Senna?

      • Allez Alonso! disse:

        Você deve ter algum problema mental, ou é burro mesmo.
        Essas revistas erram muito e cita uma manchete da Autosprint?, que por sinal eu me lembro bem. Foi o Schumacher que recomendou a dupla da Ferrari depois de 2007. E nas palavras dele, o melhor brasileiro depois do Senna, claro cutucando o Barrichelo.
        Não foi “a revista” que disse isso, mas você não deve ter lido, claro que não.
        Autosport não é a mesma coisa que Autosprint, não seja ignorante, já basta ser burro.

      • Alfredo Ramos disse:

        Ofender os outros, descarregando a frustração de nove anos de torcida vazia, não vai consertar o destino pobre do Alonso e nem evitar os ataques debochados dos torcedores rivais.
        Analise sua linguagem e pondere bastante. Boa sorte.

      • Allez Alonso! disse:

        “Você deve ser “filhinho de papai” ou o “queridinho da mamãe”, porque você vive num mundo idealizado.” Quem começou ofendendo foi você, depois reclama??? Vsf!! Como eu disse, burro e ignorante. Frustração é fazer um terço dos pontos do companheiro. Vaza prego!

      • Alfredo Ramos disse:

        Frustração é ver dois pilotos mais jovens de idade e de fórmula, passarem de passagem em títulos, vitórias, poles e etc e ainda por cima amargar um zero na pontuação.
        Não vou devolver os xingamentos porque você está destemperado e já tem a carga que merece. Boa sorte.

      • Paulo Pinto disse:

        Continua perdendo a linha, Vicellez. Não demora e vai imitar o idolatrado, rasgando o c* no barranco…

        Hahahahahahaha! (sete… o cara conseguiu chegar ao número sete… corridas sem pontuar).
        Já é alguma coisa.

  32. Plinio disse:

    A Honda está 1 ano atrasada. Os Honda viram tempos medianos de 1 ano atrás. O tempo de 1:16:2 do ALonso brigaria pelo 10 lugar com a Ferrari do Raikonen em 2014. Nessas unidades complexas 1 ano faz uma diferença enorme.

    • Gustavo Segamarchi disse:

      É verdade, mesmo. A Honda está atrasada em 1 ano e tem menos fichas de atualizações do que as outras montadoras do grid.

      Eu acredito que, em 2016, ainda não será o ressurgimento da Honda, mas acredito que ela volte beliscando as posições entre o 8º ao 10º lugar.

      Uma resposta mais concreta, só poderá ser dada em 2017, que é quando entram os motores de 1000 HP.

      Vamos aguardar!

  33. Daniel Corsi disse:

    Ao amigo que se pergunta como Vettel passou Massa, vale uma olhada no Lap Chart que a Ferrari tem publicado após cada uma das corridas do ano.
    http://formula1.ferrari.com/en/inforacing-canadian-gp-2015/
    Vettel ganha a posição após as paradas no pit nas voltas 35/36 (1a de Massa, 2a de Vettel).

  34. Wanderson Marçal disse:

    O problema, o grande problema é que a Honda há muito tempo não faz um grande trabalho nos monopostos. Pouca gente se lembra, mas entre 2005 e 2008 quando a equipe tomou controle total do que era a BAR, o time só decaiu: em 2006 foi o primeiro ano como equipe só de fábrica e o time foi razoavelmente bem porque era período de transição e pegou parte do trabalho da equipe que ficava na Inglaterra e não era totalmente controlada pelos japoneses. Depois disso, só piorou a ponto de fazer dois anos terríveis, 2007 e 2008. E no último ano pularam fora deixando um chassi campeão, projetado por Ross Brawn, mas que só se desvelou ao mundo graças a substituição do péssimo motor Honda pelo melhor da categoria, o Mercedes-Benz. Rubinho em 2007 e 2008 vivia a reclamar da falta de velocidade em reta — possivelmente por questões contratuais ele não dizia que o motor era mesmo uma merda. E tudo mudou daí em diante.

    Já na Indy a Honda tem se mostrado tão incompetente quanto. De 2012 pra cá, disputando com a Chevrolet, perdeu a Ganassi para a adversária e projetou um aerokit de merda pra atual temporada.

    A melhor coisa para a McLaren é definitivamente ficar a espreita, esperar a Mercedes cair fora como equipe de fábrica (podem ficar certos, isso vai acontecer. A crise bateu na Alemanha e essa gastança na F1 não ficará impune quando parar de vencer) e trazê-la para compor parceria. Quem sabe até com o Hamilton. Até lá buscar terminar dignamente os campeonatos.

    • Speedy Racer da Mooca disse:

      Mas Wanderson, se a Honda como gestora de equipe não foi bem, por outro lado, como fornecedora de motor teve passagens vitoriosas pelo automobilismo mundial. Foi hexa-campeã ininterrupta com a Williams e a McLaren de 1986 à 1991. Na Indy Car Series foi octa-campeã ininterrupta de 2004 à 2011 e depois em 2013. Competência para fornecer bons motores a história mostra que os japoneses têm. Acho muito cedo decretar a inoperância da Honda já no primeiro ano de retorno.

  35. Murillo disse:

    Flavio não sei se concorda comigo mas pra mim a Honda tá perdida já faz tempo, o problema é que o pessoal não lembra, mas quando o Ross Brawn foi contratado pela Honda ele dizia que o carro de 2009 ia ser fantástico (e realmente foi), a Honda acabou abandonando a F1 em 2009 e o Ross Brawn pegou aquele carro(Que seria a Honda 2009) e fez a Brawn GP (só que usou o motor Mercedes). Algumas pessoas falavam em “off” que o Ross Brawn tinha dado muita sorte da Honda ter saído, porque assim ele pode pegar um ótimo carro e colocar nele também um ótimo motor, ou seja a Honda já tinha um motor fraco na sua ultima passagem na F1, tudo bem que são outras regras e outro tipo de motor, mas eu não acho que a Honda consiga melhorar pro ano que vem não.

  36. Airton Silva disse:

    A Mclaren tem o antecedente de 1994, quando ficou só um ano com os motores da Peugeot e já em 1995 abandonou os franceses e partiu para os motores Mercedes.
    Todavia, a situação é diferente agora, pois a Honda tem capacidade técnica para desenvolver um excelente conjunto propulsor, estando a residir a dificuldade enfrentada atualmente pelos japoneses no fato de que realmente esses motores e agregados são incrivelmente complexos e de regulamento engessado como nunca antes.

  37. Jader disse:

    Com a limitação dos testes, congelamento de motores, muito difícil dar um salto de uma hora pra outra, mesmo se tratando de McLaren e Honda.

  38. daniel disse:

    Estava pensando sobre esse problema do Alonso e a McLaren e fiz uma reflexão: Que piloto faria falta a categoria se saisse hoje das pistas, independente do carisma que tem o público ?

    Pergunta interessante

  39. Rones disse:

    Alguém me explica como o Vettel chegou à frente do Massa? Largou atrás, enquanto estava atrás do Massa demorou mais pra passar os retardatários, parou antes e ainda chega na frente sem passar na pista? Em que ponto da corrida foi isso?

    • Paulo Pinto disse:

      Vettel aparece à frente do Massa a partir da volta 37.

      Fonte: STATSF1.

    • Murillo disse:

      Cara eu não vi toda a corrida, mas acho que foi no momento em que o Massa ficou na pista (antes da primeira parada), as últimas voltas do Massa antes de parar para fazer sua troca foram horríveis, creio que nesse ponto o Vettel que já tinha parado vinha bem mais rápido que o Felipe.

    • Airton Silva disse:

      Fiquei curioso com isso e gostaria de ver um lap chart da corrida. Creio que o VET fez tempos muitos melhores após o primeiro pit stop – chegou a fazer melhor volta -, ultrapassou MAS durante o pit stop único deste e ainda conseguiu executar o segundo pit e voltar à frente do MAS, que quando finalmente foi fazer esse único pit stop estava uns dois ou três segundos por volta mais lento que VET.

      • luigi disse:

        O que prova que mesmo que faça 100 temporadas na F 1 nunca terá coragem de dizer a seu engenheiro que precisa entrar no box ,sempre deixara nas mãos deste ,e pelo que temos visto desde “dois mil e f 1 com menos frescuras “, eles vez em sempre erram a gestão de corrida . e aliado a isto ,demonstra não ter muita disposição nas ultrapassagens mais complicadas (Sem o D S R e o motor Mercedes ,dificilmente estaria entre os dez primeiros )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *