DÁ UMA TRISTEZA…

RIO (feriado onde?) – O Rafael Rego mandou o vídeo acima, que uns caras fizeram na antiga fábrica da Caterham, em Leafield. Está abandonada desde que o time quebrou, no final de 2014. Cara, dá uma tristeza… A Caterham, vocês devem se lembrar, nasceu como Lotus em 2010 na era da invasão das nanicas estimuladas por Max Mosley — junto dela vieram a Hispania (depois HRT) e Virgin (depois Marussia e Manor). Era a Lotus verde, propriedade daquele Tony Fernandes, malaio, que não sei por onde anda.

Aí o time mudou de nome, em 2012, e o direito de uso da marca Lotus passou a ser do grupo Genii, que por sua vez assumira a Renault, transformando-a na Lotus preta, que trouxe Raikkonen de volta à F-1 e ainda ganhou duas corridas antes de ser revendida à montadora francesa.

Viagens 010Além desse vídeo, este aqui mostra mais um pouco desse destino melancólico da fábrica que, por acaso, eu conheci nos idos de 1997 ou 1998, quando Pedro Paulo Diniz corria pela Arrows. Vejam a foto ao lado e comparem com as primeiras imagens desse segundo vídeo. Nela, da esquerda para a direita, temos Roberto Bascchera (na época no “Jornal do Brasil”), Castilho de Andrade (“Jornal da Tarde”), o empresário do Diniz (gente do céu, esqueci o nome!), Odinei Edson (Rádio Bandeirantes), Livio Oricchio (“Estadão”), eu, Márcio Fonseca (atrás de mim, assessor de imprensa do piloto brasileiro) e Fábio Seixas (na época, da “Folha”).

Depois que a Arrows fechou as portas, as instalações foram usadas pela Super Aguri, outra equipe simpaticíssima que durou pouco tempo.

Triste pacas um lugar importante como esse, com tanta história, acabar assim.

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Pinto
Paulo Pinto
4 anos atrás

Esperava-se muito da Caterham, principalmente com Kobayashi, mas as nanicas que pontuaram foram a Marussia e a Manor.

Wilian Esteves
Wilian Esteves
4 anos atrás

O grande pesar que sinto ao ver esse vídeo não é ver uma fábrica abandonada. É imaginar quantos sonhos não foram abandonados junto… Uma pena que as nanicas não tenham dado certo…

wendel
wendel
4 anos atrás

Flavio, segue um vídeos da conta da Caterham no youtube, mostrando a fábrica ainda em funcionamento,,, Triste comparar os dois vídeos… Mas é vida que segue.
https://www.youtube.com/watch?v=uE3EZTiQXKE

Diego Freitas
Diego Freitas
4 anos atrás

Bem que a Honda poderia comprar essas instalações e voltar com a equipe dela, ao invés de ficar feito batata quente nas mãos da McLaren e da Toro Rosso.

FG e Livio Oricchio lado a lado numa foto? Nunca imaginei!

Marcelo
Marcelo
4 anos atrás

O empresário do Diniz é o Daniel Morelli, que tambem era (não sei se ainda é… ) empresário do Kubica.

Rafael Lima
Rafael Lima
4 anos atrás

Voltem Hispania, Caterham e principalmente Manor!

Elcio
Elcio
4 anos atrás

Muito triste mesmo!!!!
História sendo jogada no lixo!!!!
Sendo engolida por montadoras!!!

DIEGO DE FREITAS ESPINOZA
DIEGO DE FREITAS ESPINOZA
4 anos atrás

Cacilda! Não sei se me impressiona mais a tristeza da fábrica abandonada, ou ver o tamanho da equipe de imprensa brasileira visitando uma fabrica da Arrows. Nos dias atuais é impensável ver uma cobertura dessas pra F1 no Brasil….

Giovanni
Giovanni
Reply to  DIEGO DE FREITAS ESPINOZA
4 anos atrás

Também pensei nisso… hoje a Globo deve ser a única que envia uma equipe, e não duvido que seja por algum tipo de obrigação

murilo medeiros
murilo medeiros
Reply to  Giovanni
4 anos atrás

Equipe beeeeemmmm reduzida, a narração e comentários são feitos no estúdio.