GIRA MONDO, GIRA

SÃO PAULO (olhem com outros olhos) – Não sei se teve destaque na grande imprensa, provavelmente não, porque a grande imprensa ou acha essas coisas bregas, ou demagógicas. Nem uma coisa, nem outra.

A visita do presidente Lula ontem ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, para uma festa de Natal com catadores de sucata e moradores de rua, está lindamente relatada no blog do Ricardo Kotscho. Merece a leitura.

Lula foi considerado pela revista americana “Newsweek” a 18ª pessoa mais influente do mundo. No Brasil, sua popularidade nunca foi tão alta. Mas eu ainda escuto, aqui e ali, bobagens monumentais sobre ele. Os argumentos, porém, são cada vez mais escassos. Na maioria das vezes, um “não gosto dele e pronto”.

Bem, pelo menos é uma justificativa honesta. Idiota, mas honesta.

Subscribe
Notify of
guest
56 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael Neves
Rafael Neves
13 anos atrás

Em 33 anos nunca vi e, antes que façam algum comentário sobre a época em que era um bebê, nunca OUVI meu pai comentar sobre um governo tão bom em termos de economia como este de hoje. Claro que ainda existem absurdos em diversas áreas como saúde, educação, segurança… mas são problemas que vem desde a colonização portuguesa e não vão ser 08 anos que vão resolver estes problemas mas, inegavelmente o Lula é um estadista nato! parabéns ao seu governo e esperamos mais reformas e atitudes como reduzir o IPI para carros populares a ZERO.

Abraços FG e feliz 2009

oldparts
oldparts
13 anos atrás

Jailson Silva, gostar de automobilismo não é sinônimo de alienação, omissão e distanciamento. Devem existir espaços mais adequados para foruns políticos do que este aqui.

Thiago
Thiago
13 anos atrás

Para qualquer carioca existe um motivo claro para não gostar do Lula: ele apoiou o safado do Eduardo Paes, que inclusive era seu inimigo.

Mas existe toda uma áurea mística ao redor da imagem do Lula. Ele pode fazer o que for que todos sempre acreditarão na sua boa índole. É algo impressionante, mesmo.

oldparts
oldparts
13 anos atrás

Me senti honrado com uma resposta sua, quase como apertar sua mão. Mas vou continuar vindo aqui por causa de carros, corridas, motores e até pra saber do 69. Abraços até 2009.

Jailson Silva
Jailson Silva
13 anos atrás

Esse tipo de discussão, longe das eleições, para quem não faz política partidária, como acredito que seja o caso de quase totalidade dos blogueiros que postaram, beira a ingenuidade. Aonde chegamos enchendo a bola de políticos?
Em quantos temas neste governo o Brasil evoluiu tanto como nos outros, isto é, zero? Certamente muitos (alguns exemplos, como já mencionado anteriormente, educação, saúde, transporte, segurança…).
Como não podemos mudar o que já passou, só nos resta instigar o Estado a agir de forma eficiente aonde e do modo que a nossa sociedade anseia. Afinal, o que importa é melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Jailson Silva
Jailson Silva
13 anos atrás

Caro Hugo, responder no mesmo tom já seria um ótimo começo. Quando o governo boliviano declarou que não iria cumprir acordos assinados e ameçou estatizar empresas brasileiras, qual foi a postura de nosso governo? Quantas vezes nosso presidente disse, para quem quisesse ouvir, que o Brasil deveria ser mais benevolente com os mais pobres? Pois é, outros países viram (“nossa” postura) e ouviram e, a partir desse momento, passaram a criar pêndengas comerciais, até então inexistentes. Cada um atrás do seu quinhão.