MENU

Tuesday, 18 de August de 2009 - 14:59Encontros

FOTO DO DIA

As fotos são de Paulo Keller e tem muito mais aqui. No fim de semana aconteceu mais uma edição do Mopar Nationals (alguém me explica de onde vem a palavra “Mopar”?), aqui perto de SP, um passeio até Itupeva, se não me equivoco. Dá para ter uma ideia do naipe do evento, não? Vamos lá, depoimentos de quem foi ou viu a caravana V8 passar!

42 comentários

  1. Darcy Becker says:

    Mopar = Motros andParts, e Daitona reza a lenda q temos alguns perdidos no Brasil.

  2. E.Martinez says:

    Carros com tração traseira, motores potentes, e com cores decentes….tempos que não voltam

  3. agora entendo porque ví dodges na estrada neste domingo ! e que vontade de poder estar na estrada com qualquer um desses !

  4. Tamanduá says:

    ¡ Holas !

    alguns dizem que MOPAR veio de “MOre POweR” com o “O” de ‘power’ onomatopéicamente (caracas, essa palavra existe?) alterado para “A” devido à pronúncia . . .
    Então virou Mopar . . .
    Well, combina pacas com o rulers que eram os Dodge/Plymouth dos fins dos 60 e início dos 70.
    Que o digam os Daytona na NASCAR.

  5. Thiago says:

    Essa foto com o traseiros dos Dojão tá linda demais. Visão do paraíso pra mim, que sonho com um Charger R/T Amarelo

  6. Sandro Marcasso says:

    Olá, Flavio!
    Antes de mais nada, parabéns pelo trabalho.
    Quanto ao nome Mopar ele vêm de Motor Parts, assim como as outras montadoras possuem um nome próprio para suas peças como: Ford FOMOCO e Motorcraft, GM AC Delco e por aí vai.
    Espero estar colaborando e com relação ao nosso evento o Mopar Nationals quero lembrar que esta edição marcou o aniversário de 10 anos do Chrysler Clube do Brasil, parabéns à todos os amantes do antigomobilismo que de alguma forma nos ajudaram até aqui!

  7. Paulo Keller says:

    Rodrigo Moraes,

    Muito obrigado pelo comentário.

    Abraço.

  8. Fred Moraes says:

    MoPar quer dizer Motor Parts. Esta sigla identifica a linha de peças de reposição da Chrysler Corporation, ou seja, qualquer peça para Dodge, Chrysler, De Soto, Imperial, Eagle, Jeep ou Plymouth tem o símbolo MoPar. São simples peças de reposição não tem nada a ver com divisão de performance como AMG

    No filme Vanishing Point (Corrida contra o destino de 1971) o carro era um Dodge Challenger R/T 1970 branco, já o do filme Dirty Larry Crazy Mary (Fuga Alucinada) o carro da fuga é um Charger amarelo 1969.

    Os Chargers R/T tinham 215 hp, os Chargers 205hp e os Darts 198hp e eram medidos na norma SAE, ou seja, sem periféricos acoplados ao motor.

    O evento foi fantástico, foram quase 300 Chryslers reunidos.

  9. Beto (Dakota Maiden) says:

    Isso sem falar nas cerca de 15 Dakotas que apareceram para prestigiar o evento (inclusive a minha de Niterói). V8 galera!!!!! Porque motorzinho é coisa de dentista……

  10. Wellington de Lelis says:

    Estive no evento. Fui com meu dodge Magnum 79 em companhia de 3 Chargers R/T de Belo Horizonte especialmente para o Mopar Nationals. Viagem ótima e evento nota 1000! Compareceram dodgeiros de todo Brasil, inclusive uma carreata de 10 Dodges do Espírito Santo. O encontro é anual, e informações para quem não ficou sabendo e deseja ir nos próximos podem ser obtidas no site http://www.moparnationals.com.br.

  11. Beto (Dakota Maiden) says:

    Isso sem falar nas 15 Dakotas (incluindo a minha aqui de Niterói) que compareceram para prestigiar o evento também. V8 galera, porque quem gostar de motorzinho é dentista.

  12. Nilton Lopes says:

    A Jeep, por ser do grupo Chrysler também é Mopar.

  13. petrafan says:

    a Mopar é mais ou menos como a Motorcraft (da Ford), ou seja, uma marca de serviços e peças para os carros da marca.

  14. lucianocop says:

    Sábado eu estava na Rodovia dos Bandeirantes e encontrei com mais de 20 ou 30 desses no primeiro pedágio, rumo ao encontro, uma cena fantástica!

    O pedágio estava cheio, com filas, pois todo mundo parava para olhar, tirar fotos, etc.

  15. Gabriel 3 Cilindros says:

    Eu estava lá foi nota 10 o evento, mais de 200 Dodges e ainda tinha um Dodge Challenger (se não me engano 2008) e um dodge Viper 2006. Foi sorteado também um Dodge Polara. Parabéns aos organizadores, hotel nota 10 e o evento nota 10.

  16. Roberto Martinez says:

    Um dos americanos que eu mais gosto é o famoso Dodge Challenger 1970 , dos filmes “Corrida contra o Destino” (o amarelo) e “Fulga Alucinada” (o branco)
    Nos 500 Km haviam dois do modelo com releitura atual, baseada no 1970 , laranja, lindos.
    Só um detalhe nesses modelos atualizados, eles usam freios italianos Brembo, muito bons , ao lado dos AP ingleses, mas para os fanáticos pelos americanos (não é meu caso) deve ter sido duro de engolir…

  17. Rodrigo Moraes says:

    Muito chique! Carros de sonho!

    Paulo Keller, as fotos estão lindas, na minha opinião.

  18. Leandro 440 magnum says:

    Mopar or no car!

  19. valter says:

    Evento espetacular, anual infelizmente. Dois por ano seria mais justo para quem saliva por um carro desses, vendidos pelo valor de duas calças Zoomp ou Forum na década de 80.
    Quem aproveitou e guardou, sorte. Quem comprou para ralar, a imbecilidade está provada hoje.
    A fileira de Charger R/T da foto é algo de encher os olhos de lágrimas.
    Para somar, vários importados, que graças ao José Roberto Nasser, chegam cada vez mais.
    E quer saber da última que ouvi ? já está a caminho do Brasil um Dodge Daytona, o guerreiro alado que dominou a NASCAR em 1970 e provocou a mudança do regulamento, tamanho o massacre imposto à Ford e GM.
    Deve chegar em breve, e será o primeiro na terrinha do 1,0 litro.
    MOPAR RULES !!!!!!!!!!!!!

  20. rogerio catelli says:

    só os RT…………..o resto brigava com os 302

  21. Luiz says:

    Fiat por Fiat prefiro o 147….

  22. Luiz says:

    Evento de FIATs antigos….gosto mais do 147

  23. Nuvolari says:

    Não sei se o povo irá ver, já que o post já está no meio da página, mas já vi muita gente falando que o nome Mopar seria uma espécie de corruptela de “more power”, ou seja, mais potência em inglês. Dizem que teve origem no sul dos EUA por causa do sotaque tipicamente redneck.

  24. Rafael Jorgens says:

    Gomes, escrito em um adesivo colado num dojão: “minha mulher sim, meu cachorro talvez, meu dodge JAMAIS!”

  25. Paulo Keller says:

    Flavio, obrigado por linkar minha foto. Valeu mesmo.

    Ao amigo Bruno A.

    OK! entendi seu comentário. Minha idéia foi fazer algo diferente do que se vê em todos os outros lugares. Mas sei que não dá para agradar a todos.

    Abraço

  26. Eddie® says:

    no link em ingles tá historia da marca, que tem mais de 7 decadas!!!!

    http://www.turbinecar.com/mopar-history.htm

  27. AM says:

    8 x Charger = 8 x 205 HP (originais) ou 195HP no caso dos Dart.

    Lembrando que o cálculo de HP na época é diferente do cálculo de hoje. Antigamente tiravam os “extras”, tipo direçao hidráulica, e hoje o cálculo é feito com tudo junto e a potencia nominal é menor.

    Lamento que sou um feliz dono de Dodge e nem fiquei sabendo do evento, que pena e acho que poderia ser muito melhor se fosse melhor divulgado.

    MOPAR = MOtor PARts, divisão da Dodge/Chrysler que produzia acessórios e peças para os modelos mais esportivos e/ou musculosos da fábrica.
    Não sei bem como, mas o termo “MOPAR” virou sinonimo para referência dos muscle cars da Dodge/Chrysler/Plymouth e que, diga-se de passagem em minha isenta opinião, muito melhores do que os muscles da Chevrolet, Buick, AMC,Ford, etc, etc…

  28. Mengod says:

    FG;

    Vi você falando sobre o evento no Limite da terça passada, mas não sabia onde seria o evento.

    No sábado, estava indo com o meu irmão e as mulheres pro Hopi-Hari e a caravana passou por nós. Só coisa linda…

    Pessoal muito simpático, alguns aré acenavam para as fotos que estávamos tentando tirar….

    Se soubesse, teria saído ais cedo do parque para dar uma passada lá, já que foi num hotel (acho) bem em frente.

    Um abraço!!!

  29. Mário Mesquita says:

    Taqueospareo…. É a verdadeira nação dos 318…. ahahahahah

    Se fosse no Rio, levava meu LeBaron podrinho. Tá podre, mas anda….

  30. Vinicius says:

    FG,
    estava a caminho de indaiatuba no sabado e vi um montao deles … um mais lindo que o outro! Fiquei fissurado em um R/T vermelho, placa preta e tudo mais. Fantastico! Parabens a galera do V8
    Abraços
    Vinicius

  31. Bruno A. says:

    Ao Paulo Keller:
    amigo, para de estragar as fotos com aquele efeito tentando dar bokeh nelas. mais da metade das fotos, se originais ficam espetaculares, mas estão profundamente arranhadas com aquilo.

    Ao encontro:
    parabéns aos organizadores, eu morreria de felicidade num lugar desses!

  32. Mauricio Costa says:

    link para as fotos http://autoentusiastas.blogspot.com/2009/08/mopar-nationals-2009-parte-1.html
    sensacional os carros e as fotos………..como sou picapeiro, reparem nas D-100 . que maravilha

  33. Sípoli says:

    Fotos de Paulo Keller do Autoentusiasts

  34. Gustavo Homrich says:

    Fefo,

    Por que MOPAR não sei, mas é referencia para Dodge, Chrysler e Plymouth.

  35. luidhi says:

    Bem já explicaram o que é mopar… O simbolo do miolo da roda é da divisão Mopar.

    Uma espécie de “AMG” ou a letra “M” da Mercedes e BMW, respectivamente.

  36. Rocky says:

    Ainda levo meu Landau pra algo desse genero.

  37. Fefo says:

    Valeu Felipe. Desculpa a ignorância, mas MOPAR é só para os Dodge? Por que Motor Parts então? é uma referência a peças de reposição?

  38. charly says:

    Ouuu meu Deus que beleeeza!!!

  39. Leo says:

    Mopar (short for MOtor PARts) is the automobile parts and service arm of Chrysler

  40. “Mopar (short for MOtor PARts)”…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *