MELHOR PARAR

SÃO PAULO (com dor no coração) – O que você está vendo abaixo representa 12,5% do grid da etapa carioca da GT3, que acontece em rodada dupla hoje e amanhã em Jacarepaguá. Sobraram oito carros na categoria dos superesportivos que começou tão auspiciosa e, hoje, virou nada.

gt3rio

Subscribe
Notify of
guest
48 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Madsen
12 anos atrás

Copio aqui parte do comentário que fiz no meu blog:

Estive no Autódromo do RJ, ou o que sobrou dele, para assistir ao Itaipava GT, o evento que reune 3 categorias de Turismo, a GT3 Brasil, o Trofeo Maserati e a Copa Renault Clio. Os carros são muito maneiros e na corrida de Domingo as arquibancadas cobertas estavam quase lotadas de gente que foi assistir a GT3 e os “Supercarros”, porque depois que acabou a corrida a grande maioria foi embora, simplesmente ignorando a prova da Maserati que vinha depois.

A proposta do evento eu acho muito boa, pena que com a crise e a falta de incentivo da CBA os grids estejam tão pequenos. Apenas 11 carros na GT3, e nenhum Viper ou Ford GT, que correram aqui no ano passado, quase tudo Ferrari, dois Porsches e uma Gallardo. Na primeira corrida abandonaram 4 carros, restando então apenas 7 no final. A corrida foi boa, o Chico Serra pilotou muito, mas é uma pena serem tão poucos. Detalhe pro ronco da Lamborghini que é incrível, muito lindo mesmo!

No Trofeo Maserati poucos carros também, só 13. Eles são bonitos e fazem um barulho animal. Na minha opinião a organização tinha que juntar eles com a GT3 pra ficar com um grid cheio. Eles viram só uns 5 segundos mais lentos e podiam fazer duas categorias em uma, tipo a ALMS com protótipos e GTs, aposto que ia ser muito mais maneiro.

E a Copa Clio, que esteve ano passado aqui com quase 30 carros, esse ano só tem 16 no grid. Triste ver isso, mas também a principal equipe perdeu 4 dos seis carros que tinha em um incêndio ano passado, o que causou um grande desfalque para a categoria. Mas esses carrinhos andam bem, tem um barulhinho bom de ouvir e são uma excelente porta de entrada pros iniciantes, quem sabe um dia eu não corro lá… quem dera…

Bom é isso, criticar é fácil… os “Supercarros” atraem sim muita gente ao autódromo, gente que vibra e quer ver eles, pena que estejam com tão poucos, mas não são oito, eram ONZE.

Falou,

Pipe – http://carrodecorrida.blogspot.com

Carlos
Carlos
12 anos atrás

O ano que vem teremos GT4 com as maseratis trofeo usadas, porsche GT3 996 que são os porsche light de hoje, tudo em 2009 é apenas um ensaio para 2010. Teremos também o Pirelli Ferrari Challenge, nada está acabando, apenas crescendo, o nosso Brasil é um dos paises que tem mais homens ricos no mundo… Um dia quem sabe será um dos paises mais rico do mundo…

Tiago Ribeiro
Tiago Ribeiro
12 anos atrás

Finalmente tiraram a ReUnion da Jogada.
W.Derani comprou novamente os direitos totais da Categoria. Infelizmente, tarde para isso.

Geraldo Rodrigues, Guilherme Schaffer e Fernando Julianeli acabaram com a categoria. Mal carater que são, roubaram dinheiro de patrocinador e da SRO. Depois que a fonte secou, largaram tudo na mão do pessoal da SRO. Saindo de Mercedes 0km por ia…
Bando de gente oportunista e mal carater.

Marcelo Mattos
Marcelo Mattos
Reply to  Tiago Ribeiro
12 anos atrás

Pelo que sei eles sairam fora pois não dá lucro. Quem faz caridade é igreja Thiago….. A vida é assim. devolveram pro Derani as ações….. O foco da empresa é agora diversificar os esportes. recebi o release. Não concordo com sua posição. A reunion gera empregos, e tras para nosso esporte grandes empresas. Acho que o Geraldo principalmente (os outros não conheço) sofre de inveja por ter construido fortuna no automobilismo. Já vi varios pilotos que sairam da reunion em algum momento, voltarem. Ex: Burti, bernoldi, etc….. O problema é que o automobilismo brasileiro é cercado de fracassados e é mais fácil ser pedra que vidraça.

Fernando Assis
12 anos atrás

A própria estoque está para acabar…
Acho que ano que vem não a veremos mais, ao menos na Tv oficial..

MARCOS ANDRÉ RJ
MARCOS ANDRÉ RJ
12 anos atrás

ESTIVE SÁBADO NO AUTÓDROMO E TINHAM 5 CARROS NA PISTA, SÓ 3 ANDANDO BEM, UM PORSHE DA BMG E UMA FERRARI SE ARRASTAVAM PELA PISTA, A ÚNICA COISA QUE VALEU FOI O PEGA DO SERRA PAI COM SERRA FILHO E O KHODAIR, QUE CHEGARAM A SAIR OS 3 EMPARELHADOS DA CURVA DA VITÓRIA….

NO DOMINGO…NEM FUI…PREFERI CURTIR A PRAIA….LEMBRO QUE NO ANO PASSADO AINDA TINHA OS VIPER E OS GT 40…ESSE ANO NEM ISSO…CADÊ O CORVETTE O AUDI R8 E O ASTON MARTIN?????

Fernando Passos
12 anos atrás

Com o perdão do trocadilho, logo mais vai ser: G “Tem” 3…

FLÁVIO SILVA
FLÁVIO SILVA
12 anos atrás

É uma pena que esta categoria não decolou como deveria. Volto a repetir que a crise é mundial, cito como o exemplo o DTM.Os grids desta categoria só tem 19 carros,é muito pouco para a categoria considerada a TOP em se falando de carros de turismo.
Sera que precisamos voltar ao passado como os argentinos?Explico, a categoria mais popular de lá é a Turismo Carretera que leva muita gente aos autódromos,apesar de usar carros com motores 6 cilindros de duzentos anos atrás. Será que vamos ter que ressucitar os Opalas e Omegas?Até que não vai ser uma má idéia,apesar de que isto não é evolução.Isto é sim corrida para carros clássicos.
Esta mais do que na hora de se criar o campeonto brasileiro de marcas e pilotos.Poderia,nesta categoria criar-se duas divisões em função da ciindrada,ou seja 1.6l e 2.0l.Os carros correriam juntos mas com pontuação diferenciada.Poderia também ser liberado o trabalho na injeção,carros aspirados com uns 220 hp (2.0l) e 170 HP (1.6l).
Mas tudo isso depende somente:Das montadoras.
É uma idéia…ou um sonho.

Dener
Dener
12 anos atrás

uma corrida pela metade. Metade do grid ideal na metade do circuito, perfeito.

Kennedy Vitorette
Kennedy Vitorette
12 anos atrás

O bom dessa categoria era que ninguém precisava de patrocínio para correr, todo mundo podia tirar a grana do próprio bolso e fazer acontecer. Mas, a falta de organização não permitiu que os caras diluissem os custos, pois mesmo de um monte grande se você só tira uma hora acaba, por isso o pessoal foi cansando de torrar grana em algo sem futuro. E como era uma categoria Hobby, essa esfriada sempre acontece, alguns resolveram ir pescar ou pegar essa grana toda e gastar com a amante gostosa, que é muito melhor.
Isso não era uma corrida séria. Simplestemente era um desfile de ricos e famosos, os carros nem eram equalizados direito, enquanto os Ford GT andaram detonaram todo mundo, pois tinha muita diferença de rendimento. Já vai tarde… se acabar não vai fazer falta nenhuma. Esse tipo de categoria, mesmo não sendo, não acrescenta nada ao automobilismo. Igual a Stock Car, que não desenvolve nada e nem ninguém. É só a Globo solta o osso que vamos ver a debandada geral dos aventureiros.
O que acontece é o tamanho da burrice dos nossos dirigentes, em plena crise mundial fizeram os caras trocarem os carros, para modelos supostamente mais novos, pois alguém tinha que ganhar uma grana com a renovação da frota. O cumulo.

pablorocha
pablorocha
12 anos atrás

Até ganhei o ingresso no site promocional da PTbrás mas nem me interessei em ir, sem graça este torneio, quando a Classic for a Goiânia quem sabe em não apareça por lá..

vitão
vitão
12 anos atrás

qualquer coisa que tenha carro correndo vale a pena. Pouco importa se é piloto pagante, gentleman driver, carro de rico , de pobre, de Dubai ou do Piauí. Se o cara ganhou dinheiro trabalahando, pagou os impostos, pode se divertir no que quiser. E a CBA é uma vergonha sim, assim como qualquer coisa que tenha o geraldo rodrigues envolvido.

flavio agusto
flavio agusto
Reply to  vitão
12 anos atrás

O Geraldo não está envolvido na categoria. Saiu pois não dava grana. O cara é empresário e não picareta de carro de corrida como vc deve ser.

vitão
vitão
Reply to  vitão
12 anos atrás

se sou ou não picareta é problema de quem me paga, e não é você. E o sr. geraldo rodrigues é tão grande empresário que andou cobrando das equipes R$ 10 mil por carro no ano passado a título de verba de promoção, e ele retirava as credenciais das equipes que não pagaram justamente no alinhamento do grid. Pergunte a quem esteve na prova de Curitiba do ano passado que vão contar hstórias bem edificantes da figura. Deve ser por isso que deram o banquinho para ele.

flavio agusto
flavio agusto
Reply to  vitão
12 anos atrás

Verba de promoção? Tá falando merda. Essa é a INSCRIÇÃO da GT3 meu chapa… Não sabe o que falas…. Se tirou a crdencial sua por falta de pagamento é problema seu de calote e não do organizador. Não tem grana vai correr de Classic…. Compra um Pumão pra vc. Automobilismo é esporte de nego com grana….. Não de quebrado que não paga a inscrição.

vitão
vitão
Reply to  vitão
12 anos atrás

nossa, tamanha dedicação em defesa de picareta deve ter o seu preço, não é ? eu não corro e não tenho equipe, mas se quisesse tenho grana suficiente pra isso. O caso é do estelionato aplicado pela citada figura, que recolhe grana EXTRA, além da inscrição, a título de promoção. Converse com as equpes da GT-3 que elas dirão o que pensam do GR, que aíás sempre foi um fracassado, tudo o que passa pela mão dele dá errado (propositadamente) até o barrica deu-se melhor quando se livrou dele !

vitão
vitão
Reply to  vitão
12 anos atrás

o que as pessoas fazem para comer um nhoque de graça, não é ?

Ramon
Ramon
12 anos atrás

Que tal entrevistar alguns organizadores, como esses da GT3? Vamos ver o que têm a dizer. Pena essa situação.

Seven
12 anos atrás

Daqui a pouco tem a mega rampa para você…

flavio agusto
flavio agusto
Reply to  Seven
12 anos atrás

Bem melhor….. E dá mais dinheiro…. Automobilismo no Brasil é mal negócio…Não dá retorno.

Clezio Soares da Fonseca
Clezio Soares da Fonseca
12 anos atrás

Na minha pobre opinião de um ex-sonhador-a-ser-piloto,
é o que todo mundo já sabe, não falta carros, falta incentivo
para o público. Em 1988 numa reunião da CTDN (que entrei
de bicão), havia muitos pilotos de todas as categorias (da Top a de carrinhos de rolimãs que eu representei) foram
discutidas formatos, veiculação e públicos, mas pelo jeito
não aprenderem muita coisa. Hoje em dia só se salva a
formula truck, porque na época, Aurélio Batista procurou saber o quê atraía o público e não o quê atraía pilotos
ricos para apenas se divertirem na pista porque não têm
onde brincar. No Início alguém conhecia Renato Martins,
Vigfísio, Macarrão, Drugovich, Cangueiro? Atualmente, esses e outros são os novos herois do nosso automobilismo. A CBA deveria se espelhar nesta categoria
e por as mãos na massa e não apenas no “cascalho” para
gastar com mordomias de dirigentes corruptos que querem
apenas se aparecer para os cartolas da Fia. É uma pena
que a Classic não tem a força da F truck, mas ainda bem que tem um Flávio Gomes com seu blog para não deixar
morrer à míngua uma categoria legal e divertida, que merece um público digno.

DOuglas
DOuglas
12 anos atrás

Seu texto tem um ar “eu avisei”… Mas você quase sempre mete o pau até afundar e ai rir….
No fundo é ruim para todos. Só não entendo estes textos que sempre me passam a impressão de que “nada vai dar certo”.

ronaldin
ronaldin
12 anos atrás

Triste isso,muito triste.
Acho que o golpe de misericórdia foi quando nivelaram os carros por baixo.

DINO
DINO
12 anos atrás

Neste pais pode-se fazer muitas coisas. Este carro foi construido no Brasil. Foi projetado e feitos por brasileiros.O motor é v8 e produs 600 cvs e o mesmo detem o record do autodromo de Interlagos para carros construidos e progetado no Brasil. Isto a globo não mostra, prefere mostrar um campeonato de “barrigada” no exterior.Stock,GT3 e linea jamais participaram do mesmo evento pois seus idealizadores tem por principio primeiro o negocio depois a paixão. O carro esta aqui:http://www.gtcars.com.br/produtos_3.html

Hiperfanauto
12 anos atrás

Carros bonitos, pilotos endinheirados pagando para correr funciona e funciona muito bem, enquanto é novidade e esta na moda. Não foi a falta de publico que minguou a GT3 pois esta nunca esteve preocupada com a platéia. A GT3 michou gente, é porque a meninada riquinha e alguns grisalhos bem sucedidos que mantinham a brincadeira se cansaram e agora vão brincar de outra coisa. Deve michar também a Porsche Cup e a Copa Maseratti, pois em termos de BRASIL, elas não tem nada a ver com a realidade da grande maioria que pratica o automobilismo com platéia ou sem platéia ( vide a Classic Cup e as corridas na terra em Santa Catarina)

André Buriti
12 anos atrás

Mesmo com poucos carros estarei lá pra prestigiar, melhor assistir carro na pista do que ficar sentado em frente da TV ouvindo baboseiras do Galvão Bueno.

D.
D.
12 anos atrás

bem o publico foi pouco mas esse pouco e melhor do que as multidões de muitos outros estados brasileiros

a corrida sofreu sim com poucos carros mas houve momentos bons nesta corrida do RJ amanha talvez tenha mais gente assistindo essa corrida

Flavio Almeida
Flavio Almeida
12 anos atrás

Pena, mais uma categoria indo pro fundo do poça…e olha que só tem carrão….isso é pra gente ver que não adianta só ter carros bonitos no grid precisa ter planejamento por trás para dar suporte a categoria, sem isso já era mesmo.
FG, quem diria…né a formula classic tem muito mais participantes e sem duvida muito mais competitividade….

Faltou estrutura, visão, empenho e determinação do pessoal que organiza. Uma pena.

Abraços a todos.

Tevez
Tevez
12 anos atrás

Ta certo o Sevem, automobilismo de base mão existe vai fazer um curso lá na argentina presidente

Cristiano
Cristiano
12 anos atrás

Na verdade o Brasil adora elaborar categoria para dar errado. Porque não juntam Stock, GT3 e Copa Linea e fazem um campeonato decente com subdivisões???

Miguel Cardozo
Miguel Cardozo
12 anos atrás

Essa quantidade de carros no grid está pior que muitos jogos de video-game por aí. Jogos como GRiD e Need for Speed Shift (ótimos simuladores de corrida) possuem 29 oponentes. É lamentável que para ter emoção com o automobilismo brasileiro é necessário recorrer ao virtual.

Pedro Fetter
Reply to  Miguel Cardozo
12 anos atrás

Simuladores? Um é mais arcade que o outro, por favor…

Simulador é Live for Speed, Gran Turismo, Forza, rFactor…

Paulo Ferreira
Paulo Ferreira
12 anos atrás

É uma pena, mas realmente esta categoria não tem a ver com Brasil, e infelizmente poucas ideias (automobilisticas) dão certo por aqui sem a maldita rede Globo.

Em vez de uma categoria dessas deviam tentar ressucitar um Nacional de Marcas & Pilotos, umas formulinhas… protótipos nacionais como sugerido acima… mas isso é sonho…

Eduardo Melo
Eduardo Melo
Reply to  Paulo Ferreira
12 anos atrás

A fórmula truck dá certo sem a rede globo, vamos parar de jogar toda a culpa na toda poderosa. A verdade é que as corridas estão um saco, sem graça. Na truck temos briga durante toda a corrida. Quem gosta de automobilismo quer disputa, não importa onde seja transmitida a corrida. Se a Stock tiver boas corridas eu assisto, não importa a emissora.

MSM
MSM
12 anos atrás

Infelizmente é verdade o que vc escreveu FG. Ano passado melhorou bastante, mas esse ano afundou. O que eu acho incrível é que a “crise” fez mais estrago lá na Europa, mas é só ver a categoria para ver os grids com 40 carros, inclusive com a entrada da Audi e da BMW.
Aqui foi um desinteresse total, a ponto de tirarem os Vipers depois da 3ª rodada e o Ford GT, que foi correr na categoria européia. Triste fim para esses belíssimos carros.
De qualquer forma, o tempo abriu aqui no Rio, e amanhã estarei lá para ver a Renault Clio, o GT3 e a Maserati. Até porque poderá ser a última (literalmente) corrida em Jacarépaguá, pois no próximo dia 2/10 será escolhido a cidade sede para as Olimpíadas, e até onde eu sei, o Rio será escolhido (para infelicidade nossa). E já que os “Grandes Arquitetos do Projeto Brasil Olímpico” disseram, vão colocar tudo abaixo para fazer o tal Complexo Olímpico.

Lucas Albuquerque
Lucas Albuquerque
12 anos atrás

Eu quiz dizer “NÃO chega a ser barato”!!!

Lucas Albuquerque
Lucas Albuquerque
12 anos atrás

Aham, até parece que corrida é coisa de pobre… Pra se correr na TC2000 que é um carro tipo stock que é mais em conta não chega a ser barato. Acho que nem na Classic que o Flávio corre.

Lucas Albuquerque
Lucas Albuquerque
12 anos atrás

Aham, até parece que corrida é coisa de pobre… Pra se correr na TC2000 que é um carro tipo stock que é mais em conta chega a ser barato. Acho que nem na Classic que o Flávio corre.

Derick
Derick
12 anos atrás

O mundo em que vivemos hoje não permite tamanha ostentação, fora esses carros de ricos de Dubai.

Flavio Gomes, vc que se diz comunista deveria abominar essas aberrações………..

Zé Eduardo
Zé Eduardo
12 anos atrás

Amanhã vou lá me despedir da categoria. Uma pena…

Dionisio
Dionisio
Reply to  Zé Eduardo
12 anos atrás

Manda um abraco pra ela.

Seven
12 anos atrás

Vou repetir, se quiser, também desenho: lavanderia ou caça níquel. funciona enquanto dá lucro. Certa hora, pega suas máquinas e leva para outro ponto. Olha o histórico da cervezera mor…

Seven
Reply to  Seven
12 anos atrás

E uma categoria dessas tem mais que se fuer… Precisamos de F-Ford, Super-V, Divisão 1. esporte-prototipos nacionais. Mirem nuestros hermanos!!!

Seven
Reply to  Seven
12 anos atrás

Eles fazem mais de 1000 corridas por ano! Tem divisão até para Fiat 600 da décda de 60!!!

ALEX B.
ALEX B.
12 anos atrás

Putz, se a Estoque com toda sua divulgação pela todo poderosa e com custos menores tá balançando, imagina andar com estas fortunas ambulantes por aqui! Tens razão Flavinho, mas lamentavelmente pra nós, cest fini! :(

felipe
felipe
Reply to  ALEX B.
12 anos atrás

Estoque…do que, de roupas??? hauhauahua….pelo amor de deus!!!
E’ Stock meu filho!!

Carlão
Carlão
12 anos atrás

cade a gloriosa CBA ??? quanto trabalho estão fazendo né ??? fico impressionado com a qualidade da categoria. muita divulgação né….

Seven
Reply to  Carlão
12 anos atrás

E quando falo que a GT3 tem mais que se fuer, digo:

– São carros que não tem nada a ver com nossa realidade (as estoque too);
– São gentlemen drivers pagando (desculpem o pleonasmo);
– Não acrescentam um cm³ ao nosso automobilismo, enfim (posso discorrer mais sobre isso, mas aqui não é o espaço)