NÃO ACABA NUNCA

dkwgilsonSÃO PAULO (ainda bem) – Que legal essa pequena história no blog do Maxicar. Gilson Fernandes tem essa Vemaguet desde zero, em 1963, e durante décadas usou o carro para vender livros didáticos. Um dia encostou a peruinha, mas agora resolveu colocá-la para andar de novo. O bichinho já rodou 1,3 milhão de km, com nove motores.

Caso de amor, não? Estamos esperando o Gilson no Blue Cloud, em Caxambu, de 22 a 25 de outubro!

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Josenildo Amaral
Josenildo Amaral
12 anos atrás

Trabi no Salão de Frankfurt, agora elétrico:

http://www.autobild.de/artikel/trabant-nt-auf-der-iaa-2009_976322.html

Melkus no Salão de Frankfurt, agora com DNA da Lotus:

http://pistonheads.com/news/default.asp?storyId=20640

J.N.Dias
J.N.Dias
12 anos atrás

Luiz:
Apesar de serem ano 63, Fuscas e Kombis podem ter suas peças trocadas por peças de versões mais recentes. E são bem comuns e fáceis de encontrar por aí. Já DKW é praticamente um carro clássico, ver um DKW na rua está cada vez mais raro.

Lena Freire
Lena Freire
12 anos atrás

Entendo bem disso pois nossa Vemaguet está na família desde 1964. Além disso, acaba de ser coroada com uma belo prêmio da Federação Brasileira de Veículos Antigos.

Luiz
Luiz
12 anos atrás

Ta cheio de fusca e Kombi 63 rodando por aí e ninguém se espanta, por que será?

Luiz
Luiz
12 anos atrás

Com nove motores ele ultrapassou a Red Bull com seis.

leal
leal
12 anos atrás

Alguém poderia dizer com 1,3 milhão de km vai de SP até onde????

Fernando
Fernando
12 anos atrás

Sensacional essa história, acho legal a paixão e dedicação de pessoas como o Sr. Gilson……espero que ele possa ainda trocar muitos motores e rodar muito KM. Abraços a todos.

Roberto Fróes
Roberto Fróes
12 anos atrás

140 mil km com um motor DKW é até muuuiiiita coisa! Costumavam durar bem menos.
Lembrem-se que vocês devem retroagir aos anos 60, com um motor da década de 30, e 2 tempos…
Apesar disso, era um motor (então) de alto rendimento e baixo consumo.
E fazer o motor DKW era rápido e barato.
E mais rápida ainda a troca, pois foi a Vemag – depois copiada pela Volkswagen – que propôs o motor à base de troca: Você perdia menos de 1 hora para entrar na Concessionária e sair de motor novo.
Procure saber quanto durava um motor da década de 10, de 20…

petrafan
petrafan
Reply to  Roberto Fróes
12 anos atrás

eu realmente não tenho informações sobre durabilidade de motores das décadas de 1910 a 1960. vou ver se acho alguma coisa.
porém é fato que motores com baixa taxa de compressão, baixa potência específica e regime de rotações médio sempre tendem a durar mais. teoricamente, os de dois tempos, por terem muito menos peças móveis, deveriam durar mais ainda (se não me engano, a propaganda da DKW mencionava que eram apenas 7 peças móveis: 3 pistões, 3 bielas e o virabrequim).
exemplos disso são os motores estacionários e os de veículos de carga (em que pese a utilização pesada, o que pouco acontece em carros).
por exemplo – e não sou fã desse motor não, nem estou dizendo que ele era uma maravilha -, o motor de 4 e 6 cil. do Chevy II e Chevy Nova americano, com influências (se não o próprio projeto) da década de 30 e que ficou conhecido no Brasil através do Opala, tinha alta durabilidade.
por outro lado, além de falhas de projeto (não necessariamente do motor, mas de componentes que podem afetá-lo, como juntas, volante, velas, etc.), os fatores externos podem contribuir, como qualidade do lubrificante, da gasolina, estilo de dirigir do motorista, etc.
mas mesmo assim, motores menos “espremidos” sempre duram mais.

Bugre
Bugre
12 anos atrás

140 mil Km é média normal de 2 tempos?

General Degòle
General Degòle
12 anos atrás

Aqui em Santos se vê Corcel, Chevette , Fusca eBrasilia de monte.

André Grigorevski
12 anos atrás

“O DKW foi seu companheiro de estrada até 1987…”, uau! Mais uma ótima história envolvendo os antigos.

Será que alguém utiliza ainda hoje um DKW (ou um Simca, Aero-Willys, Gordini…) como carro único e de uso diário? O último que vi assim foi uma Vemaguet meio surradinha, há uns 4 anos, em Magé-RJ.

General Degòle
General Degòle
12 anos atrás

Motores descartáveis, mas o carrinho marcou época.

Eder
Eder
12 anos atrás

Lindo carro, sem dúvida nenhuma… Porém, (será q tô sendo muito chato???) também achei a quilometragem média por motor, um pouco baixa… É isso mesmo que eles duravam, ou ele exagerou no zelo FG???

petrafan
petrafan
12 anos atrás

pouco mais de 140 mil km por motor, na média.
pouco hein?

Eric
Eric
Reply to  petrafan
12 anos atrás

E assim a VW fez a fama do Fusca no mundo inteiro…..

ALEX B.
ALEX B.
12 anos atrás

Cara, no me gusta o fumacê, mas o design dos Das Klein Wunder, é duka!! Parabens ao heroico Gilson!

Nadson
Nadson
12 anos atrás

Nove motores? Então, na última vez em que saiu, perdeu dez posições no grid.

Marcog
12 anos atrás

Estive no sul há 2 semanas, e num passeio à região dos vinhos avistei uma branca bonitinha vendendo numa agência, logo na entrada da (linda) cidadezinha de Garibaldi.

Acho que se ampliar a foto, dá pra ver o telefone da loja. Se interessar a alguém…

petrafan
petrafan
Reply to  Marcog
12 anos atrás

olá. o que a branca bonitinha estava vendendo?

Jackie Fã #1 (O(###)O) DKW #96 !!
Jackie Fã #1 (O(###)O) DKW #96 !!
12 anos atrás

Gilson Parabéns !!!
Seu carro é lindo !!