VIDEOCHATO

SÃO PAULO (chove ainda?) – Semana passada fizemos um videochat sobre F-1 com a turma da TViG. Durou uma hora, mas tem uma edição dos, digamos, “melhores momentos” clicando na minha careta feia aí em cima. Alguém viu?

Subscribe
Notify of
guest
48 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Cris
Cris
12 anos atrás

Flávio, boa tarde. Meu nome é Cristiane sou estudante no Mestrado de Economia, vi o trailler do filme ferrari a paixao de um homem, já tem algum tempo que estou tentando baixar o mesmo porem sem exito, voce sabe aonde possa baixar?
Uma sugestao o filme as invasoes barbaras também é muito bom.
abraços
ccscristiane@hotmail.com
cristiane.correa@pucpr.br

Alex Mendes
Alex Mendes
12 anos atrás

Gostei muito do vídeo, seus textos e reportagens na tv são sempre diretas e isentas.
Não precisa de falsa modéstia, todos sabemos que você é um bom jornalista!

Rodrigo Duarte
Rodrigo Duarte
12 anos atrás

É simples, não é difícil, muito fácil de entender. O que é difícil mesmo, para alguns, é aceitar o fato. Eu torço, gosto de torcer pelos brasileiros, mas acredito nesta postura jornalística, profissional, ética e na minha opinião, mais correta, de não torcer e, se torcer, tentar dividir as coisas, ser um FG na arquibancada e um FG no microfone, ou no teclado, ou em qualquer ambiente ou situação onde você se encontre trabalhando.

Fabio Mantovani
Fabio Mantovani
12 anos atrás

Concordo com você e com a Marilia Compagnoni Martins.

gilson
gilson
12 anos atrás

Eu torço pra brasileiro! Por exemplo: torci pro Piquezinho se lascar. E agora esse escândalo mostra que não estava errado.

Eu gostava do Senna e depois do Barrichelo.

F.G. (…acho) gostava do Piquet (que era espetacular sim) e depois contra o Barrichelo, e a favor do Piquezinho. Até que viu que “tal pai tal filho o cacet”)

Pedro Giulliano
12 anos atrás

criticar é diferente de cobrir, que é diferente de torçer, que é diferente de entender quando se mistura os três!

Pedro Giulliano
12 anos atrás

eu pensava que vc ficava na frente do computador conversando, que nem num bate papo…

que chato kkk

Felipe Viscovo
Felipe Viscovo
12 anos atrás

Aew FG vc tem td razão, fora narrador torcedor rs…

Vcs já viram a narração da Sportv????

Chega a ser pior q a do galvão, ainda mais aquele comentárista lito cavalcante, é o casagrande da F1 ahuahauha…
Reparem ele está sempre certo… sabe de tudo e nunca erra nas suas avaliações e apostas, um comédia, é um fanfarrão ahauahuaha

Conde
Conde
12 anos atrás

Matou a pau . “Promotor de eventos” foi ótimo . Parabéns pela postura de Jornalista assumido .

Levi Davet
Levi Davet
12 anos atrás

É isso aí FG! Na F1, sou Kimi e detesto ouvir o Galvão nas transmissões. Só que a Globo teve um efeito ruim em mim porque aprendi a torcer incondicionalmente contra o Brasil em competições internacionais e comemorei a eliminação na Copa de 2006, o que não é legal. Não dá pra vender a alma pros gringos não, eles sempre metem o pau em quem não é do círculo deles (vide Nelsinho que está sendo massacrado por Bernie e cia.).

E no futebol, o Corinthians está acima do Brasil dentro do meu coração.

Felipe Holtz
Felipe Holtz
12 anos atrás

Olhem só o grau de psicose dessa senhora:

“Flávio Gomes, eu apostaria em Nico Roseberg com Butom na Brawn e Lewis e Rubinho na McLaren pode escrever as duplas destas equipes são estas..pode ser também Rubinho e Nico na Branw e Lewis e Buton na McLaren porque a Mercedes quer Nico “alemão” correndo com motor alemão em uma destas duas equipes, o pai de Lewis não o quer na Mc, quer um piloto que seja o escudeiro da filho, o melhor escudeiro que existe na F1 é supostamente Rubinho , então Ross Brawn vai trocar o passe do Rubinho pelo do Nico.
Pode escrever ! e quando sair o anûncio diga : quem disse isso em primeira mão foi a Etel de Bauru-SP, mãe, dona de casa interiorana, e a-pai-xo-na-da por F1!!!!”

É mole?

Felipe Holtz
Felipe Holtz
12 anos atrás

Mas como é marrento esse baixinho…Credo!!
PS: brincaderinha, FG.

Alan Bandeira Preta!
Alan Bandeira Preta!
12 anos atrás

É o cacete!

Geckodriver
12 anos atrás

Bem, uns gostam do “antipático” Piquet pai, outros da “promessa” Barrichello. Como diz a música, é “cada um no seu quadrado”! E F0d@-se pra quem fica criticando a opção dos outros…

regi nat rock
regi nat rock
12 anos atrás

Legal. O casca grossa mandando ver.
Minha mulher tava aqui do lado e ouviu o audio, perguntou quem era e mandou um beijinho procê, pela postura profissional.
Diz ela que, são poucos que assumem o que são.
A maioria absoluta é Pachecão.
Eu mesmo aprecio quem chuta o balde sem preocupações de ser politicamente correto.
Esses, que vão àquela parte..
Ops, to liberado pra Londrina, mesmo sendo meu niver. Vê se desta vez vc de um jeito preu sentar do lado certo tá legal?

Bruno
Bruno
12 anos atrás

É, vamos torcer para o Button, Alonso, Hamilton e cia e vamos criticar o Massa, Barrichelo e Nelsinho, vamos torcer para que as bandeiras que aparecem no topo sejam as dos outros paises e não a nossa… o povo brasileiro não é patriota e é isso o que torna nosso país cada vez pior, compare ao norte-americano e veja a diferença, compro briga com qq um que fale mal do meu país, troço para o Brasil até no xadrez, o que eu quero é a minha bandeira no topo! concordo com vc quando vc diz q o reporter tem q ser imparcial mas acho que o FG como pessoa e não profissional deveria sim torcer pelos brasileiros.

Fagner Naves
Fagner Naves
12 anos atrás

Não tem argumentos? A Brawn não é mais a sumidade que era no começo do campeonato, o Barrichello não é certo que correrá na F1 ano que vem…então não é distante da realidade que tenha sido a ultima vitória do Barrichello…

Sobre a imparcialidade na transmissão também acho difícil uma transmissão sem esse apego ao patriotismo. Mas o que o Galvão Bueno faz é muita babação, como o Flavio disse quem ganhar não faz diferença nenhuma na vida de ninguem. Sem contar a inferiorização que fazem aos adversários dos Brasileiros, vide Raikkonen.

Thiago
Thiago
12 anos atrás

Foi muito bom esse bate-papo. A resposta sobre elogiar ou não os brasileiros foi ótima.

Fangio
Fangio
12 anos atrás

Ótimo Flávio…..

É duro aguentar o Galvão……

Bruno Abila
Bruno Abila
12 anos atrás

Achei muito legal a resposta da ultima pergunta: ” se eu for torcer para um piloto brasileiro, eu vou para a arquibancada”.

Acho que vou mostrar esse video para algumas pessoas.

Parabéns Flavio.

Leonardo
Leonardo
12 anos atrás

Gostei da sua postura e concordo com tudo o que você falou, especialmente sobre a questão de torcer para os brasieiros!
-Mas a Globo precisa criar um certo frenezi para o povâo passar a se interessar pela F1. É natural que façam isso apesar de ser jornalisticamente ruim.
Parabéns.

Zeno
Zeno
12 anos atrás

muito bom, deveria fazer mais vezes

Marilia Compagnoni Martins
Marilia Compagnoni Martins
12 anos atrás

Só para aumentar o coro: “Vamos o cacete….” “Ainda bem que o Button rodou…”

Vamos montar o slogan: “Sou brasileiro e torço pra quem eu quero”

bj

Etel-Bauru-SP
Etel-Bauru-SP
12 anos atrás

Flávio Gomes, eu apostaria em Nico Roseberg com Butom na Brawn e Lewis e Rubinho na McLaren pode escrever as duplas destas equipes são estas..pode ser também Rubinho e Nico na Branw e Lewis e Buton na McLaren porque a Mercedes quer Nico “alemão” correndo com motor alemão em uma destas duas equipes, o pai de Lewis não o quer na Mc, quer um piloto que seja o escudeiro da filho, o melhor escudeiro que existe na F1 é supostamente Rubinho , então Ross Brawn vai trocar o passe do Rubinho pelo do Nico.
Pode escrever ! e quando sair o anûncio diga : quem disse isso em primeira mão foi a Etel de Bauru-SP, mãe, dona de casa interiorana, e a-pai-xo-na-da por F1!!!!

Bruno Kart
Bruno Kart
12 anos atrás

Excelente entrevista! Nos comentários das matérias no site da Globo.com é fácil perceber como as pessoas são influenciadas pelos comentários entusiasmados do Galvão. A maioria se deixa levar pela empolgação e não conseguem analisar a corrida.

Parabéns Flavio, vc disse em poucas palavras tudo que se deve falar sobre a imprensa voltada a F1.

Peixe Virtual
12 anos atrás

Nao se ter obrigaçao de torcer por brasileiros é legal,
agora tem gente que nao torce de jeito nenhum quem quer que seja só de piraça mesmo, aí nao acho legal, vira um ufanismo as avessas,
as vezez somos sem saber influenciados pela chatice ufanista da globo, a acabamos torcendo contra mesmo qdo nao mandam p gente torcer a favor,enfim é isso aí!

Jonathas Nascimento
12 anos atrás

Mandou bem Flávio, abaixo o ufanismo nesta terra chamada Brasil.

claudio aun
claudio aun
12 anos atrás

Flavio,
parabéns , sua opinião, só mostra que o esporte ainda é mais importante que o evento.
Não exercer o poder de que tem um jornalista, são para poucos e SÉRIOS Jornalistas , (apesar de você torcer para a Lusa).

Raul Souza
Raul Souza
12 anos atrás

é… vamos o cacete!

Marcel
12 anos atrás

Tem pra todo mundo. Tem as pessoas que gostam de locutor torcedor e tem gente que não gosta. A Globo como não é boba, deve ter feito a sua pesquisa e analisado que tem muito mais espectadores que se identificando com um locutor torcedor do que um locutor “imparcial”.
Mas quem reclama do Galvão falando na orelha é pq não assistiu F1 fora do Brasil. Cheio de comerciais durante a corrida. Prefiro ele falando, que é só abaixar o volume mas tendo a corrida de cabo a rabo.
E aqueles dois da Speed, meu DEUS… q locução chata.

ViniBene
ViniBene
12 anos atrás

Pois é…me parece que o Flávio ficou desconfortável com a pergunta sobre criticar Barrichello.
Concordo quando o Flavio diz que não tem que torcer pros Brasileiros. E não tem mesmo. Jornalismo deve ser imparcial. Entretanto, criticar excessivamente não é jornalismo. Dizer coisas como “Esta deve ter sido sua última vitória na F1” (no Twitter alguns tempos atrás) também não parece ser jornalismo, pois não foi apresentado nenhuma evidência para esse argumento.

Dionisio
Dionisio
12 anos atrás

Muito bom Flavio.

G. Steigert
G. Steigert
12 anos atrás

Concordo que o jornalismo deve ser imparcial, mas não acho que uma transmissão de esporte (ou então um “teaser” pra atrair o público) também deva ser. Não vejo isso como jornalismo…

Eu sempre baixo as corridas, via torrent, da transmissão britânica. Ano passado eles tinham uma entrada que mostrava o Button, o Hamilton e o Coulthard. Ou seja, quase a mesma coisa que a Globo faz. Isso acontece no mundo todo e na minha opinião isso faz bem pro esporte de alguma maneira.

Abreser
Abreser
12 anos atrás

Boooooooooooooooa FG ! Jornalistas serios (tal como vc) nao tem OBRIGACAO de torcer ou fazer “patriotada” ! Compromisso SIM de informar. Mas,,, vc nunca trabalhara na Rede Bobo de Televisao

Emerson Nóbrega
12 anos atrás

Você tem razão Flavio, porque na última corrida, se fosse o Button que tivesse tido o problema na largada o senhor Galvão ia falar mundos e fundos do inlgês, e isso cansa demais.

Rodrigo Dutra
Rodrigo Dutra
12 anos atrás

Adorei a resposta em relação a você não torcer pelo Barrichello, penso exatamente assim também.

Tuta
Tuta
12 anos atrás

Como foram longos esses melhores momentos. Manda editar de novo rsrsrs brincadeira, Efegê.

Daniel Beltzasak
Daniel Beltzasak
12 anos atrás

Tem o link pra entrevista completa, Flavio?

Abs,

Fabiano
Fabiano
12 anos atrás

Tá legal, mas agora fala sério aqui.
Por que você não gosta do Barrica?
hehehehehe;
Bem legal. Sem papas na língua.

joao
joao
12 anos atrás

Ae madou bem Gomes.

[puxa-saco mode on] eu acompanho o seu blog principalmente pela sua imparcialidade, já imaginou um dia transmissao ao vivo de f1 por qualquer canal menos a globo com narração de Flavio Gomes, ai sim da vontade de assistir, sem ter que aguentar pérolas como RBR, STR, Kubitsssszaa. [puxa-saco mode off]

JackSpeed
JackSpeed
12 anos atrás

eu vi e dei risada quando a entrevistadora chamou a Red Bull de RBR.

Oscar
Oscar
12 anos atrás

Comcordo em parte sobre a imparcialidade, minha pergunta então é sobre os jogos da seleção brasileira na Copa e o Brasil nas olimpíadas, como deve ser a narração da GLOBO, SPORTV e ESPN Brasil?

Chico Cougo
12 anos atrás

Muito bom!

“Torcer o cacete…”

Hahahaha, Flavião mandando ver.

Parabéns, cara, muito da minha vontade de seguir acompanhando o automobilismo se deve ao teu blog e “adjacências”.

Abração!

João Eduardo
João Eduardo
12 anos atrás

Flávio, onde está o chat completo? Valeu!

quickbr
quickbr
12 anos atrás

é… Imparcialidade é tudo! gostei.

Buenisch
Buenisch
12 anos atrás

Excelente resposta sobre não ser obrigado a torcer para pilotos brasileiros. Infelizmente há essa cultura do “herói nacional” tão celebrada por Galvão & Cia.
Mas isso não é um mal só do Brasil. Num GP em Hockenheim (não lembro em que ano) os alemães começaram a ir embora logo depois que o Schummy abandonou a prova, esvaziando as arquibancadas na metade do GP.
Pra quem gosta, de qualquer esporte que seja, o que importa mesmo é o “show”, e não a origem do “protagonista”.

Tiago S.
Tiago S.
12 anos atrás

Legal, tem ele inteiro por aí? Na pagina do tv ig só encontrei ele editado assim.

rafael jorgens
rafael jorgens
12 anos atrás

Caramba, tá parecido com o Gene Hackman em Operação França.