MENU

sábado, 13 de novembro de 2010 - 18:25F-1

MEU COMPANHEIRO CAMPEÃO

SÃO PAULO (excepcional) – Parabéns à turma do Grande Prêmio. A melhor coisa da cobertura da decisão do Mundial de F-1 é esse especial com três depoimentos de pilotos brasileiros que foram companheiros de equipe de Vettel, Alonso e Webber: Átila Abreu, Tarso Marques e Antonio Pizzonia.

Histórias incríveis, como Alonso com medo de assombração num castelo pedindo para dormir no quarto de Tarso, ou Vettel querendo aprender funk com o pai de Átila, ou ainda a surpesa de Pizzonia com a temporada de Webber, em quem ele nunca apostaria numa eventual luta pelo título.

“Causos” imperdíveis, como se diz.

50 comentários

  1. Leonardo Araújo disse:

    Excelente ideia de matéria. Só faltou dar uma editada na história do Pizzonia, que ficou fraca.
    Menos pelo corriqueiro em si, mas para entender o que acontece por trás das câmeras e fora das pistas.
    Ajuda a lembrar, por exemplo, que a maioria que vai para a Europa são adolescentes, alguns mal tiraram a carteira de motorista e a barba está crescendo agora.
    E com 23 anos, quando jovens de carreira acadêmica estão saindo da universidade e engatinhando em seus primeiros empregos, esses “garotos” estão valendo milhões e disputando títulos mundiais.
    Esse é um lado da F1 que todos que gostam de corrida querem ver.

    • galileu disse:

      parece que eu li algo como o pizzonia ter sido sondado lor equipes de F1 para voltar? é ruim ! nem a hispania o contrataria, garanto que ele leva pau do di grassi e do bruno.
      se toca pizzon, sua chance já foi e voce não mostrou nada, nãom vem agora dizer que voce chegou cedo de mais na categoria, com que idade? quem trocava suas fraudas quando vocce errava e as borrava?

  2. TOM SEM FREIO disse:

    Os comentarios : Desde a época de Minardi, o espanhol já mandava, veja o comentario do Tarso Marques, dizendo que ele sempre levava os patrocinios, e outra desde essa época, ele CAGA nos brasileiros, seja o Tarso Marques, o Nelsinho Piquet, ou o Massa. O Pizzonia, diz que nao acreditou aonde o Webber chegou. E ele aonde chegou ? Na stock da RGT. Nada mais. Quanto ao Vettel, nao é preciso dizer nada, o cara é normal só isso.

    • galileu disse:

      ELE TINHA A GRANA NA MÃO, QUANTO A TM NP MFM APIZZONIA, SE FERVE-LOS EM UM CALDERÃO O CALDO NÃO DÁ MEIO PILOTO COMO O WEBBER , QUANTO A STOCK DA RGT, O PIZZÃO NÃO ESTÁ FAZENDO NADA TEMBEM, PILOTO MEDIOCRE, INVEJOSO, IMCOMP.ETENTE.
      É FACIL FALAR, VEDJAM O PIQUEZÃO, VIRA A METRALHADORA E ATIRA PRA TODO LADO, FOI BOM, FOI, MAS SUA EPÓCA JÁ PASSOU, QUEIMADOR DE LINGUA QUE SÓ ELE. SE O PIZZÃO ACELERASSE MAIS E FALASSE MENOS, QUEM SABE

  3. Zeuxis disse:

    Este pizzonia, é um babaca, amargurado, mais ainda depois que tomou um pé na bunda da Mauren, e os outros testemunhos, fantástico.

  4. Emerson Pippi disse:

    Pois é… A Mauren Maggi que fez o certo, assim como a Jaguar….

  5. Jean disse:

    “a surpesa de Pizzonia com a temporada de Webber, em quem ele nunca apostaria numa eventual luta pelo título.”
    Ah! Sim, lutar pelo título só o Pizonia na Bola mesmo…

  6. Carlos Malfitani disse:

    O Pizzonia é uma piada mesmo….

    Rodou em volta de apresentação, capotou Jaguar de rua em apresentação de imprensa…

    http://www.youtube.com/watch?v=Jc8uZGDAdQE

    Nem na porcaria da stop car ele consegue se destacar….

    Além de braço duro é chorão…

  7. Fabiano Lacerda disse:

    Esse Pizzonia é um imbecil frustrado de marca maior…

  8. Roberto A. Silva disse:

    Venceu o arrojo, a lisura e a competitividade.

    Para quem defende jogo de equipe e falta de esportividade, que se lambuse na malandragem.

    Para Alonso ficou a imagem de que só passa se receber ordem dos boxes, para o adversário abrir.

  9. Samuel disse:

    O do Pizzonia é muito chato… rancoroso, só fala dele. Do Webber mesmo, só fala que supostamente ele o temia. Patético.

  10. Leandro disse:

    Alonso, do mesmo nível de Schumacker no quesito jogo sujo. Dá-lhe Vettel!!!!!

  11. Julian disse:

    Cadê o Alonso campeão ??????????

  12. marcio disse:

    Cade o “el fodon das Asturias” ???? Além de fazer uma pessima corrida deu bronca no Petrov, o que esperava? que deixasse ele passar como fez o Massa? pessimo perdedor. Cade o “El fodon” ?????

  13. Lucas disse:

    Uma pena ver esse contraste tão grande entre os depoimentos tão legais do Tarso e do Átila e esse texto desnecessário do Pizzonia…

  14. Roseli Lopes disse:

    Muito bons os relatos. Pena que o Pizzonia não tenha tido um passado tão amigável com o companheiro como os outros dois tiveram. Mas eu sempre achei o Alonso tímido e de poucas palavras. Mas o melhor e mais concentrado em resultados. E é por isso que gostaria que o melhor torne-se o campeão hoje. Talvez no ano que vem o Vettel possa ser o merecedor.

  15. Muchacho disse:

    Putzzz, eu estava torcendo para o weber canguru, eis que o Pizzonia lembrou as fdptagens que a equipe e o canguru fizeram com o Pizzonia, minando o cara aos poucos…..vou ter que repensar isso. eu já tinha apagado esse lado diabólico e desaprovável da biografia do canguru.

  16. greyhound disse:

    Espetacular. Ótima idéia de transmitir o lado pessoal de cada um deles. Mas Tarso Marques que me desculpe : Esse Alonso é safado e traíra. Aquela ultrsapassagem sobre Massa na entrada dos boxes, mostra o seu caráter. Sem falar em Cingapura e na espionagem da McLaren, e ainda por cima, seu empresário é o Briatore. Cabra safado, não vai ser campeão nunca mais.

  17. plow king disse:

    Pizzonia, um loser mesmo. Fracassado do kct. Destilando rancor… so fosse um pouco bom mesmo ele estaria hoje la com os bons. Ah, sera que a equipe Williams armou aquela rodada que ele deu na volta de apresentacao?? Loser.

  18. Miguel Direito disse:

    Webber é o mais político, Alonso o mais profissional e Vettel o mais normal…

  19. leandro disse:

    Flavio, sábado a Folha publicou uma carta do diretor de imprensa da F1 em relação a reportagem das “mulheres” do grid.

    Postei abaixo. Abraço

    Fórmula 1
    A reportagem “Garotas de programa estão no grid” (Esporte, 7/11) é um exemplo de apuração duvidosa e edição equivocada.
    O texto suscita, com base nas declarações de uma modelo de nome fictício, que mais da metade das recepcionistas presentes no autódromo seriam prostitutas. E ilustra com a foto de uma das selecionadas por uma agência de modelos para o Grande Prêmio.
    O terceiro parágrafo da reportagem sentencia: “(…) elas agradam a todos os olhos, desde os mais até os menos famintos”.
    A leviana associação de modelos e/ou recepcionistas com prostituição compromete a imagem desse mercado de trabalho que cresceu em São Paulo, cidade de muitos eventos das mais diversas atividades.
    Há ainda a questão ética de publicar uma foto de uma das moças, facilmente identificável, sob o infeliz título da reportagem.
    A organização do GP Brasil de Fórmula 1 repudia o tratamento indigno e ofensivo dado às mulheres que estiveram no grid de largada e aos demais profissionais atingidas direta ou indiretamente pelo texto em questão.

    CASTILHO DE ANDRADE , diretor de imprensa do GP Brasil de Fórmula 1 (São Paulo, SP)

  20. Rodrigo Pires disse:

    Gp tá afinadinho em Flávio?

    good work :D

  21. aborcsp disse:

    Excetuando o Atila Abreu, ou o companheiro dele abordado, no caso o Vettel, é impressionante como a geração de pilotos surgida apos Piquet e Senna não aprendeu absolutamente nada com eles!
    Tarso Marques se gabando da amizade com o Alonso…
    Quem está prestes a conquistar o 3º titulo e quem está fazendo modificações automotivas?
    Pizzonia condoido pq não foi amiguinho do Webber…
    Quem ainda pilota na F1 e quase foi campeao e quem está no limbo da Estoque car?
    WTF?
    É bem aquilo q o Atila falou: o seu 1º e maior adversário é o outro piloto da equipe!

  22. alessandro schubach disse:

    gente.. impressionante como esse Pizzonia é um bundao… nunca fez porra nenhuma e se julga o injustiçado…

  23. Fabio Ferreira disse:

    Ótima matéria. Quando criticam a suposta arrogância de um ou a simpatia de outro, sempre penso na pessoa de verdade, aquela que só quem é bem próximo conhece. As impressões destes três pilotos nos mostra como podemos ser injustos, à distância.
    Gostei também dos textos dos pilotos, mantidos no original (ou com alterações mínimas?). A dificuldade de redação deles deixa no leitor uma sensação de proximidade, sem a frieza que por vezes um texto editado pode ter.

  24. Blume disse:

    Está matéria é bastante interessante.
    Eu sempre achei Alonso um cara reservado e muito focado. E isso passa a impressão de prepotência. Mas, pelo visto ele valoriza as antigas amizades e parace ter sido legal com o companheiro de equipe.
    Sebastian Vettel foi descrito como eu já imaginava. E que bom saber que ele é fora das pistas o que demonstra ser nos circuitos: rápido, divertido e carismático! Um rapazão que curte a vida.
    Já Webber foi aquele que parece ter deixado em seu companheiro a opinião mais negativa. E é estranho perceber que um dia ele foi “queridinho” da equipe também, e não achava isso ruim, ao contrário adorava!
    Coisas da Fórmula 1.
    Mas, tudo isso não quer dizer nada. São opiniões de uma única pessoa a respeito de um piloto. Há inumeros vieses.

  25. ogni disse:

    Caracas. Baita cara complexado este Pizonia. Em vez de falar do companheiro de equipe dele, o Weber, que é o tema da matéria, ficou se explicando, chorando…………Vai aprender a guiar e ser um pouco mais humilde.

  26. Danielle disse:

    Ops!! Tô matando a pau o portuga, SINÔNIMO.

  27. Rodrigo Monassa disse:

    Curioso é que, nessa época em que se usa aspectos pessoais e da personalidade dos pilotos pra falar mal ou bem (“Webber é gente boa e está sendo maltratado pela equipe”, e ‘Alonso é mau-carater e trapaceiro”) os depoimentos trazem à tona situações simplesmente opostas. Foi bom lembrar que Webber sacaneava Pizonia, e Alonso ainda trata Tarso Marques com carinho e mantém a amizade. fica mais fa´cil rpa alguns membros da imprensa (vide GB, da RGT) depois ignorarem o que falaram antes ..

  28. Danielle disse:

    Konnyaro

    Nossssssssssa!! Eu sabia, enquanto lia o texto da “estória” do Tarso, que alguém falaria algo parecido do Alonso.

    E desde quando depilar as pernas é sinômio de viadagem?
    Aliás, tu mostra que tbm não é indiferente, haja vista que de todo o vídeo da Montanha Russa só notou as pernas depiladas do Alonso. Muito lindas! Que pernão!

    Desencana, veio! Esse negócio de rotutar as pessoas pela aparência já era!

    Abs.

    Dani

  29. Konnyaro disse:

    Este Alonso não me engana… Como se diz no ditado popular, é de cedo que se torce o pepino!
    O fantasma na verdade era só desculpa para poder dividir a cama com o Tarso…
    Qual seria a desculpa para depilar as pernas como fez agora em Dubai? Talvez seja para melhorar a penetração aerodinamica…

  30. Guto disse:

    Quanta dor de cotovelo do Pizzonia, hein?

  31. Lucas disse:

    Poxa FG. O site tá de parabéns mesmo. Ótimos os textos, principalmente o do Tarso Marques. Até simpatizei (bem pouco) com o Alonso depois dessa.

  32. Luizão disse:

    Claro, Tarso era o fodão de quem o Alonso copiava até o acerto do carro e o Pizzonia, um injustiçado, coitado. O único que não olhou pro próprio umbigo foi o Átila, portanto o depoimento mais sincero foi o dele. Mas achei bacana a idéia da matéria.

  33. Homônimo disse:

    É interessante quando não sabemos o final do texto, o que ocorre nas suas mal escritas. Essas entrevistas comuns e narração padrão RGT é para Jó.

  34. emerson pippi disse:

    Show as histórias do Tarso Marques. Lembro que ele correu pela Minardi com um apoio do Governo do Paraná. Ele fez uma volta sensacional em Interlagos embaixo de chuva, passando uns seis carros, mas acabou saindo da pista.

  35. Jader disse:

    Depoimento do Tarso Marques é o melhor a história que ele contou quase inacreditável. Ele passou uma imagem do Alonso bem diferente do que mostram na imprensa.

    Pizzonia passou o pior depoimento, falou mais mal da equipe do que falou sobre o Webber.

  36. Daniela_Rio disse:

    Oi Pessoal !
    Realmente é uma ótima reportagem..Gostei muito da do Vettel, ele realmente dá a impressão de ser um cara divertido. Bem diferente do Weber e do Alonso. Por isso espero que ele possa ser campeão . Eu acredito !! Vamos Vettel !!!

  37. Interessante a matéria.
    Impressões: O capacete do Alonso ficou melhorou muito com o passar dos anos, o Pizzonia não.

  38. Eder Casagrande disse:

    Muito surpreendente as histórias!

    Principalmente a do Alonso, por mostrar um lado positivo dele que eu jamais achei que existisse, e a do Webber, pelo lado negativo, que hoje em dia parece ser tão diferente destes velhos tempos…

    Já o Tião, até por ser bem jovem, é só alegria mesmo, bem “coisa de moleque”.

    Muito legal a reportagem!!!

  39. Rafael disse:

    Fiquei imaginando ficar neste castelo, e ouvir alguém andando nestes pisos de madeira, eu também ia me cagar todo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>