MENU

segunda-feira, 17 de setembro de 2012 - 16:56Brasil

ME PROCESSEM (2)

SÃO PAULO (ridículo) – Lembram do motoqueiro debiloide que grava suas atrocidades em vídeo e tem uma legião de fãs retardados na internet? Foi entrevistado pelo G1. A reportagem está aqui. O repórter Paulo Toledo Piza ouviu, sobre o assunto, o capitão Paulo Oliveira, chefe do setor operacional do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) de São Paulo. Destaco o trecho:

Atalla pode atribuir o fato de ter levado apenas uma autuação à sorte. Nos dois vídeos analisados, o capitão Paulo Oliveira  verificou que, em poucos segundos, Kleber comete uma infração que levaria à suspensão do direito de dirigir e apreensão da carteira de habilitação dele: trafegar a mais de 50% do limite de velocidade. Considerada gravíssima, leva a multa de R$ 574,62.

Além de acelerar mais do que o permitido, comete outras infrações, de diversas naturezas, como ultrapassagem proibida, dirigir na contramão, ultrapassar pela direita, ultrapassar sinal vermelho, entre outros. A maioria ocorre em estradas livres e em vias rápidas congestionadas, como a 23 de Maio. “A cidade, infelizmente, não foi concebida apenas para carros, motos, caminhões ou ônibus. O motorista tem que compartilhar”, disse o capitão.

Apesar de as infrações estarem registradas em vídeo, o poder público nada pode fazer, segundo o capitão. Segundo ele, as multas só podem ser aplicadas se flagradas por um agente ou radar.

O último parágrafo é o que nos dá zero de esperança. Capitão, o senhor e seus superiores são uns bundões, covardes e omissos. Lamento que seus salários sejam pagos com meus impostos. Lamento pagar os salários para um poder público que não tem o poder de fazer nada. E é claro que tem. Não faz porque, repito, são todos bundões, covardes e omissos.

Me processem.

189 comentários

  1. Felipe disse:

    Até quando a polícia vai permitir esse cara fazendo piada com as leis de trânsito, cadê o ministério público para colocar ordem e investigar, provas não faltam. Que absurdo q é essa situação!!! E mesmo atropelando e matando, a legião de fãns retardados dele só vem aumentando, isso é lamentável. Socorro polícia, socorro ministério público, precisamos que dêem exemplo urgente, antes q isso vire moda.

  2. bruno disse:

    isso ai tiozão pau na ferrari brother

  3. claude bes disse:

    com essa desculpa tem que obedecer a lei, pensa no que deu com os nazistas, quem nao concordava com as leis era fuzilado, em nuremberg foram considerados culpados por obedecer a leis estupidas.

  4. Jackspeed disse:

    em João Pessoa-PB a PRF prendeu os riquinhos que colavam o ponteiro dos camaros e outra maquinas em plena BR 230!

    • Vagner "Ligeiro" disse:

      Só que isso foi fruto de uma investigação e de uma ação a qual o resultado era previsível.

      Diferente dos “rachadores” (prrrrrrrrrrfffffffffffffffflllllllllllllll), o carinha da moto é uma pessoa só que anda no meio de um trânsito maluco. E ele sabe a repercussão que teve tudo isso e provavelmente hoje anda de scooter e na moralzinha, já que sabe que a qualquer momento, pode se dar mal. posso estar errado.

    • Vagner "Ligeiro" disse:

      estou errado: ele continua gravando vídeos…

  5. Vagner "Ligeiro" disse:

    Um adento que fiquei pensando depois.

    É incrível a incoerência do motociclista. “Estou pilotando de forma indevida. Não repite isso”. Cara, o cara quer ser exemplo e faz coisas erradas perante a lei? “Em nome do sensacionalismo?

    Sabe o que penso? O cara quer usar um recurso moral (dar lições de moral) para poder minimizar seus erros perante a lei. É como se o Super Man pudesse salvar o mundo, com o porém que ele teria direito a matar uma pessoa inocente por dia.

  6. O pior é que pelo fato do policial já falar que não pode fazer nada, porque só agente da lei ou radar pode multar, só incentiva ainda mais para outros fazerem o mesmo, já que terão a certeza que podem postar o que for no Youtube/Facebook que não pega nada.

    E como disse outro amigo aí, a menina que denuncia os problemas na escola foi parar na delegacia.

    Tá tudo muito errado por aqui.

  7. rapahel disse:

    É FG, sua indignação é mais que justa, mas seu alvo é errado. Só quem conhece sabe o trabalho que apolícia tem pra nada, pois as leis nesse país são feitas sob medida pra aliviar a barra de bandido. Sempre que se tenta endurecer as leis penais, pseudo ONGs esquerdopatas, que comungam do seu socialismo querido, soltam os cachorros e não deixam nada mudar. POr isso o Brasil é reconhecidamente o lugar da pilantragem e da casa da mãe Joana. Comece uma campanha, FG, pelo endurecimento do Código Penal, pelo fim do regime semiaberto, pelo fim dos indultos, pelo fim do limite de 30 anos na cadeia. Aí sim, vc vai ter crédito para protestar.

  8. Barreto disse:

    Parece que os vídeos deste cabra só servirão para duas coisas:

    Caso ele mate alguém – dá para caracterizar como homicídio doloso, pois o mesmo assumiu o risco.

    Caso ele se mate no carro de alguém – caracterizar como suicídio.

    Barreto

  9. Eduardo disse:

    Não podem prender esse maluco por que não tem flagrante. Mas a menina que fala mal da escola dela pelo Facebook vai parar na delegacia… http://noticias.r7.com/educacao/noticias/menina-que-denunciou-escola-no-facebook-vai-parar-na-delegacia-20120919.html

    • Vagner "Ligeiro" disse:

      Pelo que li, só foi prestar esclarecimentos, e não ser presa. Isso é previsto pela lei, e parece que os policiais trataram muito bem ela. Não duvido que isso já tenha sido resolvido.

      Em tempos: isso me faz pensar que é possível chamar o cara para esclarecimentos também. Mas volta no que falei em um dos comentários: é preciso entrar com uma ação para tal.

  10. Vagner "Ligeiro" disse:

    Flávio, acabei vindo aqui por coincidência também relacionado a esse assunto. Lendo seu texto, assim como alguns comentaristas colocaram, implica-me o fato de você ofender a polícia devido ao fato de eles “não poderem fazer nada” com os vídeos. Como dito também, só pode ser detido em flagrante delito ou levar uma multa, por meio eletrônico ou não.

    Já discuti com muito “pé-de-chumbo” na internet, falando que velocidade acima do limite, ao meu ver, é crime. Só que é considerado na verdade infração de trânsito. Por isso a polícia o máximo que pode fazer é, por enquanto, multa-lo. E também não pode fazer muita coisa, sendo que polícia é mais um braço da justiça e não pode fazer atuações sem autorizações dela.

    Quem poderia fazer algo, neste jogo do poder público, seria a justiça. Esta poderia entrar com um mandato para impedir o tal motociclista de conduzir qualquer veículo automotor. Para isso, o correto, nesta infeliz buRRocracia, seria entrar no Ministério Público com um processo explicando tudo o que ele fez e faz, assim um juiz veria se isso é passível de punição, e caso afirmativo, que as medidas punitivas tomem forma e façam uso da polícia para a aplicação.

    Como digo muitas vezes: “na cabeça de um ‘criminoso’, o que ele faz não é ‘crime’. Crime é o que definimos como tal” Como andar em alta velocidade é um risco e pode prejudicar tanto quem executa quanto quem está fora, é crime.

    • Enko disse:

      em momento algum ele aparece na tela, como identificá-lo então?
      é muito complexa a sitiuação, e tudo se deve às leis fracas e a má vontade de quem as aplica, infelizmente a polícia nada pode fazer a não ser esperar por um
      fragrante para colocá-lo no seu devido lugar; na cadeia.
      .

      • Vagner "Ligeiro" disse:

        Já disseram que o próprio tem loja de escapamentos, a moto dele não é difícil de encontrar (Hornet Branca, cara. Não é qualquer um que tem), é conhecido por alguns, e claro., a conta do YouTube é associada ao nome dele (vai ser difícil imaginar que a conta seja “anônima”.

        Se o próprio SBT e G1 achou o cara, a polícia e a justiça não acha?

        O problema é o seguinte. Como eu disse: “na cabeça de um criminoso, o que ele faz não é crime”. Mas ele sabe que se passar na frente da polícia à 150 km/h, ele será perseguido. Não viu ele reduzindo quando passou pela polícia?

        Policiais só fazem uma operação de abordagem com planejamento, e se não estou errado e dependendo do caso, com autorização judicial. Eles teriam que montar uma arapuca bem montada e sem ninguém saber para pegar o cara, se for para realmente só pegar o cara da Hornet. Porém da história: todos os motoboys tem uma “rede de comunicação informal” (lampejando ou alertando) que já informa uns aos outros onde tem blitz.

        Eu já tenho em mente meios de pegar carinhas como ele. O ponto é fazer a ação.

  11. Uma pergunta? Como estes aqui que não falaram nada tiveram os carros apreendidos??

    http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2011/11/operacao-apreende-carros-de-luxo-usados-em-rachas-em-joao-pessoa.html

    a reportagem da Globo:

    http://www.youtube.com/watch?v=W1kxGNtTeu0

    Pura falta de vontade!!!

    Flávio veja a reportagem!!

  12. IRIO ALEXANDRE disse:

    Já que o assunto é cagada sobre duas rodas…vejam isso: http://www.youtube.com/watch?v=xXifyrjyTic&feature=player_embedded#!

  13. Gabriel O'Neill disse:

    Não sou advogado e entendo pouquissimo de lei. Talvez aqui alguem consiga responder. Se um cidadão comum (o que acredito 90% de nos aqui somos) entrar com uma ação no ministerio publico. Dá para fazer isto? Pode fazer isto?O ministerio publico vai investigar com base no video?

  14. Bruno Mantovanelli disse:

    O dia que PMs como esse capitão aí parar de comer coxinha e começar a trabalhar, esse país será muito melhor.

  15. Paul Nascheck disse:

    Tem muita gente IDIOTA falando que ele só poderia ser multado e PRESO se fosse multado por um radar calibrado de acordo com as normas da ABNT. Esses idiotas se esquecem dos seguintes artigos de código de trânsito que falam de infrações que resultam em SUSPENSÃO IMEDIATA DO DIREITO DE DIRIGIR!

    Art.170 CTB: Dirigir ameaçando os pedestres que estejam atravessando a via publica ou os demais veículos:
    Infração – Gravíssima
    Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir;
    Medida administrativa – retenção do veiculo e recolhimento do documento de habilitação.

    Art.173 CTB: Disputar corrida por espírito de emulação:
    Infração – Gravíssima
    Penalidade – multa (três vezes) suspensão do direito de dirigir e apreensão do veiculo.
    Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação e remoção do veiculo.

    Art.174 CTB: Promover, na via, competição esportiva, eventos organizados, exibição e demonstração de pericia em manobra de veiculo, ou deles participar, como condutor, sem permissão da autoridade de transito com circunscrição sobre a via:
    Infração – Gravíssima
    Penalidade – Multa (cinco vezes), suspensão do direito de dirigir e apreensão do veículo;
    Medida administrativa – recolhimento do documento de habilitação e remoção do veículo.
    Parágrafo único – As penalidades são aplicáveis aos promotores e aos condutores participantes.

    Art. 175 CTB: Utilizar-se de veículo, para, em via pública, demonstra ou exibir manobra perigosa, arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneu:
    Infração – Gravíssima;
    Penalidade – Multa, suspensão do direito de dirigir e apreensão do veiculo.
    Medida Administrativa – recolhimento do documento de habilitação e remoção do veículo.

    Esse Motoboy Babaca poderia ser condenado por esses 4 artigos e não é necessário radar calibrado pela NASA e sim VERGONHA NA CARA DESSA POLÍCIA DE MERDA.

    Esse Comandante que apareceu na reportagem é um tremendo de um BUNDÃO DE MERDA! Não honra a farda que veste!

    E pra piorar esse merda de Kleber Atalla foi entrevistado pelo SBT… vídeo abaixo.

    http://www.youtube.com/watch?v=ZcYEEdT_his

    • Vagner "Ligeiro" disse:

      Cara, a lei é clara: só pode ser preso se for em flagrante. Apesar do vídeo ser considerado um tipo de flagrante, um advogado pode argumentar várias coisas para poder tirar o poder do vídeo de punir. Creio que aí é o famoso “não criar provas contra si mesmo”.

      Se todo vídeo de racha, manobra arriscada ou afim fosse considerado realmente prova de infração ou crime, não duvide que muita gente já teria levado uma multinha em casa, e não precisaria nem fazer operações para poder a polícia barrar um racha.

      Flagrante, pela lei, é pegar realmente o cara “no pulo”, visualmente, na hora. Pode ser usado uma câmera também para comprovar o ato, mas no caso, o policial tem que estar presente (ou um cidadão). Teria que se fazer uma operação para pegar o cara na hora.

  16. Luis Filipe disse:

    é Flávio … você ilustrou perfeitamente a polícia e os órgãos públicos com o Chefe Wigun dos Simpsons … são exatamente assim. Quem já asistiu aos simpsons algumas vezes, sabe exatamente a crítica que o personagem representa

  17. Ricardo Divila disse:

    De retorno a Europa.

    Passei por Sao Paulo semana passada, visitando a familia e estando na pista para as 6horas WEC.

    E com grande tristeza devo dizer que estou contente de voltar para a Europa. Como Brasileiro, Paulista e Paulistano, que sempre apoia e sustenta o seu pais e cidade, devo dizer que me envergonho quando volto ao Brasil.

    Me envergonho quando vejo o que a minha cidade se transformou. Me envergonho quando encontro os amigos e escuto o que me contam do seu dia a dia, e como vem o futuro do pais. Me envergonho quando ligo a televisao e vejo o nivel dos programas de audiencia. Me envergonho qundo veja apropaganda eleitoral e o nivel dos politicos. Me envergonho quando sigo o desenvolver da politica, a corupcao, a falta de nivel, e o deboche geral.

    Me envergonho tendo que explicar ao pessoal que foi ao Brasil correr no WEC, meus colegas de pista, que viajam pelo mundo, e conhecem muitos outros paises, que o Brasil nao e o que viram em Sao Paulo, ao menos espero.

    Que a falta de educacao, a loucura do transito, a poluicao mental e compartamento que vejo e eles tambem viram nao e o que caracteriza o Brasil. Embora, mesmo desculpando, acho que e a verdade de um pais que perdeu o rumo a muito tempo.

    Quando estou fora do pais, me esqueco deste caos e mesquinhez de comportamento, dessa corrupcao e falta de civilidade, das favelas que espalham se pela cidade, desse povo sofrido que nao recebeu educacao, e volto deprimido com a perda da oportunidade que o Brasil teve e desperdicou. Com a falta de ensino que leva a exemplos como o citado.

    Debeis existem em todos os lugares do mundo, mas eventualmente sao coibidos de continuar a se comportar assim. Mas o pior e o fan clube de outros debeis e analfabetos que seguem o mesmo raciocinio. E eles estao em franco crescimento demografico. Sinto isso cada ano que volto para casa, em fatias de um ano mais tarde. Mudando, e para pior.

    Moro aqui num pais civilizado, que tem problemas como todos paises tem, mas uma coisa que se tem aqui a civilidade, espirito civico e educacao moral, o que sinto falta quando vou para o Brasil.

    Eu ja desisti de pensar em voltar ao pais, quando volto sera para ver a familia, mas todos voces que estao ai tem o dever de tentar a endireitar o pais, embora sera coisa de ao menos duas geracoes.

    Se nao por interesse pessoal, se voces se acomodam na falta de educacao, pensem ao menos nos filhos e na sua familia, que terao que viver num ambiente sempre pior. O Brasil melhorou a condicao de vida de milhoes de habitantes nos ultimos anos, e eh visivel, mas a qualidade de vida nao e so a qualidade material do individuo.

    E tambem a condicao moral e a qualidade de vida geral. E o Brasil peca muito neste quesito.

    Continuarei defendendo o Brasil no qual cresci, mas vai ser dificil de defender o Brasil que vejo quando passo por ai, e a direcao no qual vai. E triste de se envergonhar da sua propria patria, moralmente vazia e analfabeta.

    Boa sorte Brasil, pode ser que um dia poderemos ter orgulho de ser Brasileiro, mas ta dificil.

    Com o passar do tempo, esqueco do que vi, e do que voces vivem diariamente, e vai voltar a saudade daquele Brasil que tenho na memoria, ate a proxima vez que voltar.

    Ricardo Divila, o envergonhado.

    • Bullitt Kowalski disse:

      Tenho muita adimiração por ti Divila, tu é respeitado lá fora, ao contrário deste país, onde valorizam jogadores de futebol imaturos, vagabundas malhadas e idiotas esbanjando seus bens parcelados a juros estratosféricos.

      Sou engenheiro como o Senhor, e estou exausto e cada vez mais pobre, e o que só vejo é desgraça, obras mal planejadas, mal gastas, tentando trabalhar numa área que todo mundo acha que sabe, mas o que só vejo são idéias estúpidas da cabeça de gente supostamente influente. E olha que não estou trabalhando numa empreiteira bilhardária pra desperdiçar dinheiro público nos estádios da copa de 2014, uma euforia torta do povão aqui que vai estar embriagado de cerveja e música ruins quando chegar a conta.

    • cristiano augusto silva disse:

      Ola Ricardo Boa Noite!!

      Gostaria de saber se vc me autoriza publicar seu texto em meu facebook!!! vai ser de uma valia muito grande… parabens a vc e ao flavio gomes….

    • Igor disse:

      Infelizmente o que viram em Sao Paulo e o retrato fiel do Brasil como um todo. Voce tera que ser cada vez mais criativo para suas futuras explicacoes aos seus colegas de pista, ate o dia em que nao tera mais argumentos. E esse dia esta muito proximo…sem duvida!

    • Burrinho Batiquebra disse:

      Você é o Divila, engenheiro?

      De qualquer forma, não precisa se empenhar tentando explicar para os estrangeiros que o Brasil não é São Paulo. O resto é igual ou pior (exceto o trânsito). Convencê-los do contrário seria propaganda enganosa. De resto, endosso tudo o que foi dito.

    • J.Ramalho disse:

      Ricardo, amigo…

      O Brasil é um grande e ótimo negócio, kkkkkkkkk…
      Para poucos, é verdade, mas que é, é.

      Boa viagem e sucesso.

  18. Carlos disse:

    Por isso que se diz PM: Polícia de Merda.

  19. Edson Jr disse:

    E vão ter que processar a mim também!

    BUNDÕES, COVARDES E OMISSOS!

    Não prestam para nada! Vagabundos!

    • Jairo disse:

      Flávio e outros,

      Inicialmente, sou servidor público de um órgão policial federal que, entre tantas outras competências, tem a de fiscalizar o trânsito. Não é uma questão de sermos bundões, covardes, omissos e vagabundos como vc e alguns nos designaram. Não sei se felizmente ou infelizmente, vivemos em um Estado de Direito, em que todos e principalmente os agentes públicos devem cumprir as leis impostas. Infelizmente neste caso desse senhor irresponsável e seus vídeos, o agente da autoridade de trânsito deve agir assim que presenciar a infração, é o que dispõe o Código de Trânsito Brasileiro e seus regulamentos, pois imagine se qualquer agente de trânsito, a seu bel prazer, decidisse escolher uma placa de um automóvel qualquer e aplicar-lhe um auto de infração, seria temerário, pois daria brechas inimagináveis. Entendo e compartilho da indignação da maioria, pois apesar de não morar em SP, sou motociclista também e sei dos riscos para todos que cruzarem com esse senhor. Aqui caberia páginas de razões para até hj não haver a punição exemplar desse indivíduo, mas por respeito e não conhecimento da estrutura dos órgãos de fiscalização de trânsito de SP, não adentrarei nesse mérito, só posso dizer que algumas ações poderiam ser tomadas, tais como mapear os locais desses vídeos, horários em que ele trafega dessa forma, enfim, alguma coisa para flagrá-lo cometendo essas infrações e aí sim tomar todas as medidas previstas na Lei. Não estou defendendo ninguém, muito menos esse senhor, mas vc generalizou demais em sua opinião, é um direito seu, sou leitor do seu blog, gosto dos seus textos, concordo com algumas posições suas e discordo de outras, esse é o exercício da democracia, pois somos trabalhadores também e o risco para nós também é alto, desculpe pelo longo texto, pois não é possível tentar explicar tantas variáveis em poucas linhas, nâo tenho o seu poder de síntese, espero que esse senhor sofra alguma consequencia antes que cause mal a alguém que tenha o azar de cruzar o seu caminho, mas infelizmente as coisas devem ser feitas corretamente.
      Mais uma vez, entendo a posição de todos, mas acho que nunca se deve generalizar, é a minha opinião, respeito as contrárias.

      Jairo

  20. Burrinho Batiquebra disse:

    É claro que a PM não pode fazer nada. Quem deve iniciar o processo é a Polícia Civil, responsável pela investigação. E depois que a Civil analisar os vídeos direitinho, é só conseguir o mandato e enjaular o retardado mental. Não se apeguem à estas miudezas da lei. Se o poder público quisesse fazer alguma coisa, já teria feito. Existem meios para isso.

  21. Rodrigo disse:

    Sei lá, acho que é meio difícil julgar um cidadão dessa maneira.
    Chamá-lo de debilóide me assusta. Vindo de um jornalista tão experiente quanto você.
    Uma coisa é condená-lo pela forma de guiar uma motocicleta. Outra coisa é querer acabar com a pessoa, com comentários estúpidos. Nem parece um senhor renomado jornalista automotivo…
    Enfim,
    vejo que o tiro mais uma vez saiu pela culatra. Pelo que sei, está sendo entrevistado pelo SBT Repórter. Acredito também que “às suas custas”, pelo péssimo comentário feito à ele. Se falasse única e exclusivamente da pilotagem arriscada e colocando a vida de outros em questão, acho que o resultado seria outro, talvez o que era pretendido…
    A verdade é uma só. Ele cativou o público dele pelo jeito pessoal e não só pela pilotagem. Se fosse só pela pilotagem, temos inúmeros vídeos no youtube que retratam isso e você não disse uma vírgula sequer sobre… Ele cativou as pessoas, e isso incomodou muita gente, inclusive à você e seus amigos, pelo fato da audiência dele ser muito significativa, apenas com uma moto e uma câmera acoplada à moto.
    Como disse, a forma de ele cativar rendeu! Muito mais do que ficar sentado atrás de uma tela de computador e tentar bancar o moralista, o correto, o exemplo…. Exemplo? Que exemplo???
    No mais, espero que o Sr. Kléber, do que tanto rendeu comentários aqui, pense um pouco na forma de pilotagem, mas jamais, repito, jamais, perca a essência da pessoa que é.
    Hoje mesmo, postou um vídeo extremamente emocionante, talvez até em resposta àqueles que sempre o julgam pela pilotagem arriscada. E confesso, foi de arrepiar.
    Obrigado,

    Rodrigo Franco – São Carlos/SP
    [email protected]

    • Flavio Gomes disse:

      Meu amigo, o que ele pensa sobre qualquer assunto não me interessa minimamente. Nem se tem carisma, se cativa os outros, se tem milhões de pageviews, se manda os jovens escovarem os dentes e as crianças irem na escola. A única coisa que importa no que tenho colocado aqui, e não tem nada pessoal com o motoqueiro, isso vale para todos os que postam atrocidades na internet, é: 1) ninguém tem o direito de dirigir assim porque coloca a vida dos outros em risco; 2) as autoridades têm a obrigação de reprimir isso, apurar e punir. O resto não é comigo.

      • Rodrigo disse:

        Ok, entendo Sr. Flávio Gomes….
        e está com toda razão em querer e brigar por: 1) ninguém tem o direito de dirigir assim porque coloca a vida dos outros em risco; 2) as autoridades têm a obrigação de reprimir isso, apurar e punir. sic.

        Porém Sr. Flávio, você à de convir que seus textos infelizmente não ficaram só nisso.
        Enfim, não vou me estender nisso… Só acho, já que aqui o espaço é livre, que o Sr., assim como o Kléber, são pessoas formadoras de opinião…

      • Roberto disse:

        Peraí, o tal motoqueiro é “formador de opinião”?! De quem? Meu Deus, estamos perdidos mesmo!!!

      • Basilio disse:

        Sr. Ricardo, não adianta querer defender o indefensável. Cadeia é muito pouco para o que esse imbecil tem feito. O ideal seria ele sozinho na sua moto, à 200 km/h encontrar um poste de concreto reforçado, isso com a máxima urgência, para minimizar o risco desse senhor matar um inocente. Fora isso, é de se lamentar ofensas a um funcionários públicos sem o devido cuidado de se informar sobre os limites normativos e legais de atuação dos servidores em questão. Nunca é demais lembrar que os únicos servidores publicos que podem criar leis são os políticos, a todos os outros resta a obrigação de cumpri-las, sob responsabilidade civil e criminal. FG, gosto muito do seu trabalho, tanto no blog quanto na ESPN, mas nesse post vc vacilou.

      • Pedro José Carguero disse:

        Rodrigo, já começou a falar merda. Se ele cativou o público, isso é um problema do público, que pra começo de conversa, tá errado em assistir televisão (visto que o povo brasileiro é o único povo do mundo que tem coragem de chegar na urna e digitar um número que gravou por causa de uma musiquinha).

        E eu, como quase todos que leem esse blog, gostam do jeito do Flávio escrever assim, pois ele não é hipócrita. O tal motoqueiro é um babaca sim, o poder público é um bando de bundões sim, e sua opinião é demasiada leviana. Se quiser pegar sua moto e ir lá fazer a merda que aquele ser humano fez, fique a vontade; no seu velório, churrasco for free em minha casa.

    • Burrinho Batiquebra disse:

      Outro idiota “cativado” por um semi-analfabeto, criminoso e doente mental. Pior do que ser tudo isso é ser um fã de tudo isso. Vai tomar no cu, Rodrigo Franco de São Carlos, SP.

    • Serginho disse:

      Cara, perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado. Sou motociclista, piloto uma moto considerada grande, não tenho escapamento barulhento, não uso micro-seta, não encho minha moto de adesivos e não piloto pondo em risco a vida dos outros. Ele podia ser o Papa, o Dalai Lama, a Madre Teresa de Calcutá, ele pode falar da fome, das drogas, do governo. Isso não dá o direito de sair igual um alucinado pelo trânsito colocando outros em risco. Queria ver se algum parente seu fosse morto por um marginal travestido de “carismático”…

    • Cesar Simões disse:

      Ele realmente tem carisma, parece que cativou a você também. A você e a outros milhares de debilóides. E é isso que assusta: a quantidade de debilóides.

  22. Pedro José Carguero disse:

    Sou gordo, minha bunda é grande, e me senti ofendido nesse tópico. Posso processar e pedir o DKW como indenização? Acho justo.

  23. Marcelo disse:

    A natureza cuida…… logo ele aparece estirado no chão…… aí vão aparecer os admiradores dizendo que “morreu fazendo o que mais gostava”…..affffffff

    Não demora muito….. c vai ver….

  24. Marcelo Melo disse:

    Ok. Isso é menos importante que as roubalheiras que existem neste país? É.

    Isso é menos importante que as propinas que os “Hilustris” politicos aceitam e oferecem? É, também.

    Mas o dia que esse merda da moto atropelar e matar um filho teu, um parente ou amigo teu ou até mesmo arrancar-lhe o retrovisor…..aí, companheiro…. isso vai passar a ser importante que as propinas, as chantagens e aos desvios de dinehiro da Copa e das Olimpíadas.

    Pegar como prova um video desses “não pódi”. Mas te arrancar até as calças numa Blitz, “pódi”. Dar porrada na tua cara num beco escuro, “pódi”.

    Tem que botar pra fuder com esses merdas, mesmo. Cadeia nestes putos. Inclusive com as otoridades que dizem que “não se pode agir” baseado num vídeo.

  25. J.Ramalho disse:

    Mas que dureza de vida…

    Me lembra da piada do Gary Cooper, cercado de índios por todos os lados, que no final, conclui que a única maneira de sair com vida daquela “merda total” é “become an indian myself” (perdão pelos eventuais erros de gramática inglesa).
    De um lado, um velho demente de 51 anos de idade que se comporta como um menino de 16 no trânsito.
    De outro, uma legião de analfabetos, semi-analfabetos e analfabetos funconais “que mexem em computador” e adoram qualquer um que que compense a falta de governo e justiça de um país governado por desonestos.
    De outro ainda, um repórter sem um pingo de respeito por nada nem por ninguém, e que ofende qualquer um com a mesma irresponsabilidade, desenvoltura e infantilidade do “moleque de 51 anos”, atraindo a atenção pelo mesmo caminho tortuoso e duvidoso: o da criação de factóides.
    Por fim, um país em que o sistema de justiça preocupa-se apenas com a segurança do Estado, e onde o lema é: “se não ofende o Estado… dane-se!”

    É mesmo uma vidinha dureza…

  26. Rodrigo Correa disse:

    Discordo quando é dito que o comandante e seus superiores são covardes, bundões e omissos nesse caso em específico.. Ele é um agente público e deve fazer apenas aquilo que é previsto na lei. Se a lei não permite que que o motoqueiro seja penalizado por meio desse vídeo o problema a ser discutido é o conteúdo da legislação e não a ação desses agentes.
    Se a lei determina que a única forma de se provar o ato ilícito é por meio de radar eletrônico, quem deveria ser questionado são os deputados/senadores que detém o poder de legislar.
    A alegação seria que apenas um radar eletrônico poderia produzir uma prova válida, o que pessoalmente discordo, afinal não há como se discutir perante as imagens do vídeo, mas aí é uma falha da lei.
    Concordo que a atitude do motoqueiro é completamente errada; concordo que existem muitas falhas na fiscalização do trânsito brasileiro, porém o fato de não ser possível fazer nada com relação ao vídeo não entra no mérito da qualidade do comando do policiamento.

  27. Eduardo disse:

    concordo com tudo com o que vc disse e um absurdo se fosse aqui nos USA esse cidadao estaria preso.

  28. José Morelli disse:

    Em um dos vídeos deste ex-drogado (que pra mim não é ex, um cara que faz e fala daquele jeito é xarope), ele te detonou quando soube da sua publicação lá, a primeira. Falou: “Ah esse jornalista aí que corre de Lada, isso é carro de corrida bixo?” Falou um monte….Não é mentira, só procurar lá no canal de vídeos dele, parece que é o vídeo em que ele faz uma escolta do carro do patrão, algo assim. Se ele fizesse vídeos mostrando o cotidiano da cidade andando no trânsito sem infringir nenhuma lei e colocar vidas de pessoas em risco, não teria problema algum, seria até interessante porque com certeza daria audiência, esse tipo de “diário do cotidiano” em SP e exibido no Youtube é uma coisa que gera interesse e tal, mas o cara quer fazer tudo na zueira….

  29. Guilherme disse:

    Reforço o último parágrafo do Flavio: Capitão, o senhor é um fanfarrão!

  30. Ricardo Bigliazzi disse:

    Ja falei isso algumas vezes no Blog… vamos ter calma… esse problema deverá ser resolvido num curto espaço de tempo pois é impossivel um sujeito desses sobreviver ao acidente que fatalmente ele vai sofrer (baseado nas probabilidades que ele tem de escapar de um acidente se arriscando tanto assim).

    Fica a torcida para que ele não mate ninguém quando isso acontecer

    Imperador
    “deixo claro que não torço para que ele se acidente, é apenas uma questão de quando o mesmo vai acontecer”.

  31. Lucas Ranyel de Sousa Cruz disse:

    O capitão só falou a mais pura verdade e é xingado por um jornalista de terceira que nem conhece a lei! A PM não pode autua-lo só com base no vídeo e isso não é incompetência do capitão isso é o que a LEI diz e caro Flávio, não é a PM que faz a lei. Se a problemática fosse tão simples como “tem o vídeo, sabe quem é, prenda!” seria ótimo, mas infelizmente não funciona assim. Alguém poderá dizer “é incompetência sim, basta fiscalizar!” e com que efetivo amigo? Seria ótimo e o ideal que houvesse uma viatura para cada 2km de via e que todas pudesse autuar o infrator, mas novamente a legislação brasileira separa Polícia em Civil, Militar custeado pelo Estado e Órgão de Trânsito custeado pela prefeitura. Um Jornalista deve colocar as emoções de lado e pelo menos tentar analisar o caso, não é o que o senhor fez.

    • Flavio Gomes disse:

      Ô cretino, não estou dizendo que a PM tem de autuá-lo. Tem de prendê-lo. E proibi-lo de dirigir. Ele e milhares que fazem a mesma coisa e colocam no YouTube. Repito o que escrevi em outro comentário: se uma pessoa liga uma câmera e grava, por exemplo, um esquartejamento, a polícia não pode fazer nada? Deixa de ser retardado, rapaz. Se não entende o que eu escrevo, vá ler outra coisa. Letra de funk, por exemplo.

      • Zeiger disse:

        Você é que não sabe ler, Flávio Gomes. A Polícia Militar não pode autuá-lo com base no vídeo pois a lei não permite isto. (Conseguiu acompanhar até aqui?). Não se trata de questionar sua louvável indignação, mas tão somente corrigir-lhe o foco, o alvo de suas críticas.

        E, quanto ao teu exemplo do esquartejamento, deveria ser desnecessário lembrar que não se trata de infração de trânsito. Tendo tal crime enquadramento em outras esferas do Direito, terá, igualmente, outro fluxo de tratamento, conforme a lei.

        PS.: Uma vez que você já tive comentários anteriormente bloqueados por você, não acredito que este post será publicado para contribuir com a discussão em questão.
        Mas se você o leu e não conseguiu contra-argumentar, ao menos conheceu um pouco melhor suas limitações.

      • Flavio Gomes disse:

        Você é que é um retardado. Não estou falando em autuação. Agora se manda.

      • Zeiger disse:

        Nem você sabe sobre o que está falando.
        Já restou claro que a PM não pode autuá-lo ou prendê-lo (sem um flagrante ou um mandado de prisão expedido), ou tampouco investigá-lo (que é atribuição da Civil ou da Federal).
        Só não quer reconsiderar pois isto não combina com o personagem que você criou. E os xingamentos são seus recursos habituais para estes casos.
        Mas não me mando, não. Gosto das informações que você posta aqui e de algumas debates que acabam acontecendo e que julgo muito pertinentes.
        Teu blog vale a pena ser acompanhado, mesmo você não sabendo conduzir estas boas discussões.

      • Flavio Gomes disse:

        Ah, vai… Se manda sim! Arruma outro blog pra ler. Qualquer coisa.

  32. Jarzombek disse:

    O policial apenas segue a legislação. Se a lei não permite punir o sujeito com base em um vídeo, o policial nada pode fazer. Nesse caso seria necessária a alteração da legislação de trânsito.

    • Flavio Gomes disse:

      Onde está escrito que as autoridades não podem investigar alguém com base num vídeo?

      • Rodrigo Correa disse:

        Aí o motoqueiro poderia argumentar: Onde está escrito que alguém pode ser investigado com base nesse vídeo?
        Não sou formado em Direito, sou totalmente leigo no assunto, mas a única coisa que consigo pensar para isso é o fato de as autoridades seguirem o Direito Público, ou seja, só podem fazer o que a lei determina.
        Concordo com o Jarzombek, o problema é mais em cima.

      • Azevedo disse:

        Não interessa se está registrado em vídeo, papel de carta, fita K7, o diabo a quatro…interessa que há um registro claro dos absurdos cometidos!!

        Putz, tá difícil de entender, heim!?

      • Ricardo Barbosa disse:

        Quer dizer então que seu eu matar seu filho e gravar em video estou ileso da lei ?

        Anta de pêlo longo, é isso que voce é…

        Fico imaginando aqui se o retardado do mootoqueiro matar uma criança….os fãs dele vão achar irado ?

        Bando de merdas….

      • Zeiger disse:

        Investigar é atribuição da Polícia Civil ou da Polícia Federal, não da Polícia Militar. O capitão da PM que você está ofendendo e caluniando é o foco errado de suas críticas.

      • Flavio Gomes disse:

        Mantenho tudo que escrevi, sem tirar uma vírgula. Omisso.

  33. Leonardo disse:

    Já disse comentando outro post e digo de novo: é CRIME!!!! Não é só infração. E CRIME, porra, dá cadeia! Ou deveria dar…

    E ainda assim precisamos ver AUTORIDADES dizendo que não podem fazer nada. Abram INQUÉRITO para averiguar a muitíssimo provável ocorrência do CRIME tipificado no art. 311 do Código de Trânsito Brasileiro:

    Art. 311. Trafegar em velocidade incompatível com a segurança nas proximidades de escolas, hospitais, estações de embarque e desembarque de passageiros, logradouros estreitos, ou onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas, gerando perigo de dano:
    Penas – detenção, de seis meses a um ano, ou multa.

    Se uma avenida ou rodovia cheia de carros não for local “onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas” e se andar a 300 km/h não gerar “perigo de dano”, daí arrumem um hospício pra mim, porque eu estou dissociado do mundo real.

    Se a infração de trânsito só pode ser auferida mediante flagrante (abordagem) ou utilização de radar, por favor apliquem o CÓDIGO DE PROCESSO PENAL e o CÓDIGO PENAL. Submetam esse senhor ao chamado “devido processo legal” para que, ao final, seja julgado como deve de acordo com a LEI.

    Devo lembrar, também, a esse monte de agentes policiais e judiciários, que costumeiramente gosta de usar a LEI como desculpa pra deixar criminoso solto, que a LEI, neste caso, é clara e IMPÕE aos senhores que tomem providências.

    • Herbert disse:

      Só para acrescentar, quem abre inquérito para investigação é delegado, e não Capitão, mediante apresentação da noticia do crime/infração, por qualquer um do povo. E a promotora poderia fazer isso sem precisar de investigação policial que denunciaria o crime, e não o Capitão, nem o CP Tran.

  34. Maurício disse:

    Só uma dúvida: a polícia não pode incriminar um assaltante cujo crime foi registrado por câmeras em bancos, estacionamentos etc…? Não é o mesmo caso, senhor capitão?

  35. Ricardo Arcuri disse:

    Engraçado eles falarem que so podem multar em flagrante ou na presença de agente. Se por video nao podem multar, entao o que os da direito de multa usando cameras ou radares?

    A verdade é que eles nao querem fazer nada mesmo. Como vc falou, usam nosso dinheiro pra mamar nele, apenas.

    Cada dia que passa, me torno a favor de privatizar a CET, ou tirar o direito de estabilidade de emprego destes trastes. No momento que a agua bater na bunda deles, vc vai ver como eles vao trabalhar direitinho, fazendo as coisas direito….

    • Herbert disse:

      A CET já é privatizada pois trata-se de economia mista.”COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO – CET, é uma sociedade por ações, de economia mista, que se regerá por este Estatuto e pela legislação que lhe for aplicável.”
      Ou seja, é por isso que tem radar a beça, o que não se aplica ao CPTran, que faz polícia de transito ostensiva, e não investigaria.

  36. luiz disse:

    aqui as leis são feitas de rico para rico, “para ingles ver”, “engana trouchas”, viva os propineiros, brasil sil sil…(já era, desculpem meu pessimismo, mas faz tempo que é assim, o futuro já virou presente e o Brasil “putenfia” nunca chega lá…….e querem cadeira no Conselho de Segurança da Onu kkkkkkkk

  37. Luis disse:

    Agora fiquei em uma dúvida…. quando eu levo uma multa de rodízio ou velocidade, o que prova que eu cometi a infracao é justamente uma fotinho, batida por um radar.

    Ou seja… a única prova está gravada em uma FOTO…Neste cado tem imagem, voz que comprova o condutor e tudo mais… como não valer? Vai entender….

    Abs

  38. Murillo Sperandio disse:

    Então esse debiloide pode continuar andando desse jeito nas ruas? Se ele matar alguem e fugir tudo bem, afinal de contas se nao houver nenhum policial por perto eles nao podem fazer nada, só vale o flagrante, cambada de ……… Vai aí um Pavilhão 9 que esclarece a verdade sobre essa raça maldita.
    http://www.youtube.com/watch?v=1ub5DhwU4-M&list=FLiVB8rTUGgisYtGc5UDWaqw&index=15&feature=plpp_video

    • Zeiger disse:

      Essa “raça maldita” é a que garante o teu sono, que garante a tua dia-a-dia ordinário. É a que garante o teu aparelho de som para que você possa ouvir teus “raps” revoltados; é a que garante o computador sobre a tua mesa, de onde você escreve asneiras sem reflexão.
      Há décadas já virou moda no país falar mal da polícia e dos policiais. Criticá-los e ofendê-los, por aqui, dá ibope e não dá em nada.
      Muito fácil, mas muito covarde.
      Os problemas apresentados acima são devido às nossas péssimas leis. E que mais sofre com as ineficiências e incoerências de nossas leis são justamente quem trabalha para fazê-las cumprir: as forças policiais.

  39. Jeambro disse:

    O Brasil está uma bosta.

    Corrupção em todos os escalões, impostos escorchantes, educação, saúde, segurança e trânsito uma merda só, e ainda por cima, você liga o rádio só tem axé, funk e sertanejo universitário.

    Aí vem um capitão da PM falar uma asneira dessas!

    Está complicado viver por essas bandas.

  40. disse:

    No mínimo a moto deve ter também o dispositivo que levanta a placa.
    E o cara é “chefe do setor operacional do Comando de Policiamento de Trânsito”
    Lavou as mãos.

  41. Lucas Carioli disse:

    É meu amigo, as leis no Brasil são feitas para o bandido sair impune.

  42. Luciano Silveira disse:

    Frise-se que nao defendo o cara (apesar de dar risada com alguns dos comentarios dele).
    .
    Mas Flavio, a culpa não é da polícia, e você, melhro que ninguém, deveria saber disso. A LEI não permite que sejam aplicadas infrações quando elas não forem flagradas diretamente por um agente ou radar.
    .
    Por acaso você já parou pra pensar no problema que seria se qualquer um pudesse receber qualquer multa sem ter sido devidamente fiscalizado?????
    .
    A lei deve ser alterada para permitir que sejam notificadas as infrações em casos de registro em vídeo. Ou seja: coloque a culpa nos nossos deputados federais ou em nossos ex-presidentes/atual presidente, já que a atribuição de criar novas leis é dessas pessoas.

  43. Cléber Fabbri disse:

    O jornal matutino do SBT hoje trouxe reportagem sobre o crimonoso. Não vi inteira, mas no final a apresentadora comentou algo como “que absurdo”…

  44. Estevão disse:

    Pior que ele são os cretinos que acham certo motocicleta andar nos malditos corredores. Moto é veículo, carai. E, como tal, tem que respeitar a faixa, ocupando a caga de um veículo. Larguem mão de ser otários e achar que corredor é normal.
    Abraços!

  45. Bruno Mantovanelli disse:

    Parabéns pelo post.
    Acrescento apenas que além de bundões, eles são VAGABUNDOS, não querem ter o trabalho de ficar analisando esses vídeos desses cretinos na internet.
    Quem precisa de uma polícia dessas?
    Os cretinos, idiotas e assassinos agradecem.

  46. Julio Cesar Gaudioso disse:

    Capitão Paulo Oliveira:
    Me desculpe mas o Sr. está enganado, existem mecanismos legais sim! Basta que mostre, se tiver interesse, as imagens para o setor jurídico do órgão de trânsito (CPTran) que ali, num instante, encontram o que fazer para interromper esse descalabro viário. E fornecer instrumentos para os agentes atuarem e autuarem o irresponsável. Com vontade e interesse, se consegue tudo, caso contrário, é melhor ficar em casa, para não ser classificado de conivente. Tenho a convicção que o Sr. assumirá a postura que a farda exige e não o caminho fácil da acomodação.

  47. Matheus disse:

    “Nas gravações, Atalla fala de assuntos variados, como prevenção às drogas e às doenças sexualmente transmissíveis, sobre a importância de respeitar os mais velhos e o valor do estudo. Em alguns vídeos, chega a pedir a seus fãs que não façam como ele e pilotem de maneira mais responsável.”

    Acho que cabe fazer uma avaliação psicológica no senhor motoqueiro. O cara é um fabricante de assassinos em série por causa desses vídeos estúpidos que ele posta, os quais eu me recuso a assistir porque não dou audiência para pessoas tipo, e ainda quer fazer um discurso educacional de “meia tigela”, como dizia a minha avó.

    Como falaram aqui, “Estamos fudidos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *