MENU

sexta-feira, 25 de outubro de 2013 - 23:49Colunas Warm Up

FRANK

SÃO PAULO (faz favor) – Na iminência de anunciar mais um piloto brasileiro para seu time, Frank Williams é o destinatário da carta de hoje na coluna Warm Up. A equipe, outrora grande, hoje sobrevive do passado e da aura dos títulos conquistados principalmente nos anos 90. Um trechinho:

royalmailBem, Frank, grande sua equipe é. Empresa forte, sólida, respeitada. Mas acabaram os resultados. Neste século, Frank, sua equipe ganhou só 11 corridas. Onze. Só neste ano, o Vettel ganhou nove. Aí é osso. Ossada de dinossauro, como diz uma amiga minha da comunidade. Não peça para traduzir, vai ser difícil compreender. Vamos mudar: aí é dose pra leão. E se não fosse aquela zebra de Barcelona no ano passado, você estaria sem saber o que é uma vitória desde 2004. Quase dez anos, Frank. Não combina com você, nem com sua gente.

Quer ler o resto? É só clicar aqui.

33 comentários

  1. Cleiber Queiroz disse:

    Na equipe Williams encerraram a carreira na F1 os brasileiros: Ayrton Senna, Rubens Barrichello, Bruno Senna e agora Felipe Massa. O que o Frank Williams tem contra os brasileiros? :)

  2. Newton Castro disse:

    Também torço para a Willians se recuperar, é uma equipe que tenho nas minhas memórias como grande vencedora e gostaria de vê-la andando na frente novamente, mas infelizmente (e espero estar redondamente enganado) não me animo em pensar que isso ira acontecer. Como disseram em outro comentário, o Massa será mais um brasileiro a se aposentar pela Willians.

  3. carlos lima disse:

    Brilhante. O que fazer após a leitura desta carta, repleta de humanidade, ao Frank Williams? Aplaudir, de pé.

    Bravo!!

  4. VODKA FINLÄNDIA disse:

    Uma equipe decadente e um piloto mais que decadente.
    Faz sentido.

  5. Lucas disse:

    Seria um exagero dizer que o Frank gosta de trabalhar com brasileiros pois isso o conforta de alguma forma, com relação ao acidente do Senna?

  6. LUZ PRATA disse:

    e tem outra…a nossa Gloriosa… DILMA…via…PETROBRAS / F1 TEAM BRASIL… deveria assumir o CONTROLE deste HJ pequeno team de Autorama F 1 !!! custaria muito menos que uma simples plataformazinha velha de PETROLEO !!! e assim Alavancar novos Talentos Brasileiros…o custo disto ? E MIXARIA para nosso GIGANTE BRASILEIRO que se LEVANTOU…com o GIGANTESCO PRE- SAL !!! incalculavel… valeu.

  7. LUZ PRATA disse:

    boa tarde Gomes e galera.

    essa e a ULTIMA …chance da …Lendaria….Willlians… se levantar…powered MB !!!

  8. Ricardo Fulgoni disse:

    Esse post me aguçou uma curiosidade que jamais tive: ver frame a frame o vídeo da câmera on board do Senna, momentos antes do acidente fatal. O fiz.

    Eis o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=o0rbd0Z8XJI

    Pois bem, vendo frame a frame entre os segundos 47 e 49 do vídeo, nota-se claramente que o bico aponta pro lado interno da curva num dado momento. No frame seguinte vê-se que a roda dá uma leve guinada pra fora da curva. Com isso, dá a entender que o carro saiu de traseira e, ao tentar corrigir, o piloto exagerou e fez com que o carro saísse pela parte externa da curva. Acidente muito comum em ovais. A tamburelo parece uma curva de oval.

    Reparem também nas cameras on-board de outros pilotos nesta curva. Apenas Senna contornava a tamburelo tão por dentro, o que facilitaria uma saída de traseira nesta curva.

    Acho que o Adrian Newey tem razão em afirmar ter sido falha do piloto. Acho que a equipe do Sir Franck Willians não tem responsabilidade no que aconteceu. Foi uma fatalidade.

    • Rodrigo Ribeiro disse:

      Aparentemente, o carro estava saindo de traseira. Existem pilotos que gostam de carros “traseiros”, vide Schumacher. O Senna perdeu o controle do carro. Somente a Williams sabe por qual motivo.

    • Mauricio Alves disse:

      Desde aquela época que falo a mesma coisa, mas as “viúvas”, estimuladas pelo Galvão “baba ovo do Senna” Bueno, até hoje ficam zurrando e evacuando impropérios contra Sir Frank.

  9. Robertom disse:

    O velho Frank está cansado, além da idade, preso a uma cadeira de rodas desde 86.
    Mas continua teimoso como uma mula e pão duríssimo.
    Mantido o atual cenário tudo indica que continua a decadência de tradicional equipe.
    Mas os boatos apontam para uma revolução total, pois Ross Brawn compraria a parte de Toto Wolf e assumiria um papel importante.
    Aí a coisa pode melhorar muito.

  10. Marcos Alvarenga disse:

    Piquet estava atras de Sir Frank no dia do acidente que o deixou semi-tetraplégico? Não sei dessa historia não. Alguém pra contar?

  11. Mauricio Alves disse:

    Cabendo confirmação que não tenho como obter, comenta-se que já estão de malas prontas para a Williams o responsável pela aerodinâmica da Lotus e o Rob “Alonso is Faster Than You” Smedley.
    Seria, então, a tentativa de virada, a cartada da Williams para criar um bom pacote competitivo para 2014, já que as mudanças serão tão profundas que quase reinventarão a F1??
    Espero que sim. Por sua tradição e seu passado de vitórias, tanto a equipe quanto, principalmente, Sir Frank merecem um renascer!!

  12. Peter Perfeito disse:

    A Williams com apenas um ponto no Mundial de Construtores e temos de ouvir o Galvão Bueno preocupado se a Lotus sobrevive ano que vem?

    Acho mais fácil uma equipe que teve um ano bom, que desenvolveu um caro bom o bastante pra ter alguma vitória ou poles do que a incompetente Williams.

    A Lotus pode estar devendo para Raikkonen, cortando pessoal…mas mostra que lá o pessoal tem competência para garantir investimento.

    Já a Williams, nem com a grana de uma petroleira Venezuelana ajudando.

    E acham que vão dar a reviravolta contratando o Rob Smedley e o Massa? Que piada!

    Aliás, falando em Lotus, se fosse o dono da equipe, formaria a dupla de 2014 com Maldonado ($$$$) e Hulkenberg (talento).

    Porque menos que o Grosjean nenhum destes 2 vai fazer. Muito pelo contrário.

    • hausensson disse:

      Nem tanto assim.

      Ano passado, a Williams acertou mão no carro. Faltou um pouco de sorte, e talvez, pilotos melhores.

      Nada impede de acontecer de novo ano que vem. Já que o regulamento todo muda. Lembra-se da Brawn em 2009?

  13. josé marinho disse:

    Foram escolhas erradas ou decisões erradas que apequenaram a Willians por exemplo não querer pagar o que alguns pilotos ou engenheiros talentos queriam ou querer ir na contra mão da historia inventando uma solução tecnica diferente enquanto todas as outras equipes seguiam outro caminho e a insistencia em andar sozinha enquanto outras faziam parcerias, mas apesar de tudo isso ainda gosto muito da Willians por é ainda na alma uma equipe de garagem.

  14. Geraldo coelho disse:

    pode ter reviravolta

    Hulk vai ficar na Sauber, e a Lotus por ser o destino do Massa ou do Maldando!!

    eu continuo apostando em Massa na McLaren..

    vamos aguardar

  15. disse:

    As ligações do Tio Frank com o Brasil são enormes. Massa será o 4º brasileiro que ele aposenta na F1.

  16. José Brabham disse:

    Bacana…

  17. Marcelo disse:

    Gostei desse texto, a parte da ossada de dinossauro foi demais, agora tem um detalhe, pra voltar a ser equipe grande não podia começar pior. Falo da possível contratação de piloto em fraca decadência, Felipe Massa, haja dinossauros. Se o brasileiro fechar mesmo com a Williams vou jogar uma pá de cal nesse assunto!

    Antigamente nos enterros o cal era jogado para o defunto feder menos. Hoje com os caixões mais fortemente vedados não há esse problema. A expressão significa “deixar por isso mesmo”,”esquecer propositalmente”,”abafar”, “vamos jogar a pá de cal nesse assunto Flavinho”, quanto mais mexe, mais fede, quando mais fede mais mexe”

    Pelamor, contrata o Kobayashi, tio Frank vai atrás justo o felipeta-roda-presa…

  18. Ricardo Leone Kulaif disse:

    É triste, mas, é verdade.

  19. Matuck disse:

    O problema da Williams é só grana? Ou será que ela não atrai mais engenheiros talentosos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>