MENU

quinta-feira, 17 de outubro de 2013 - 0:14Rádio Blog

RÁDIO BLOG

Um pouquinho atrasado, mas isso não podia passar em branco aqui. Pior é que essa eu perdi.

32 comentários

  1. Muchacho disse:

    Dirigi 170Km do interior para SP fazer um agrado para a patroa (que é muito fã do Boss) sem muita pretensão, mas para acompanhá-la e ganhei o melhor show na minha vida !!
    Que disposição para quem tem 65 anos !!

  2. o cara abriu o show assim. todo mundo deveria sair e comprar outro ingresso. the boss rules!

  3. Rogério Leonardo disse:

    Este é um raro caso de estrela internacional que respeita seu público, que ama o que faz, que tem um profissionalismo bem acima do normal e tem sensibilidade para cativar ainda mais seus fãs.

    Um exemplo a ser seguido por diversos idiotas que se acham mais importantes do que realmente são.

  4. Carlos Santista disse:

    o melhor do show foi ver um cara, com a camisa de Che, vibrar e dançar ao som de Born in the USA !!!!!

    • Cassius Clay Regazzoni disse:

      Qual o problema?

      A américa foi incubadora de diversas conquistas democráticas para a história da humanidade. Há uma incontável quantidade de pensadores americanos com ideologias libertárias e americanos que não concordam com os atos de seu governo.

      O governo dos EUA é hoje totalitário e sanguinário, promove guerras e diversos ataques ao direitos humanos em muitos aspectos, mas a sociedade americana ainda é diversa e cheia de experiências positivas.

      Che também foi um líder sonhador com sérias contradições, mas sua vida e sua luta são símbolos contra a desigualdade e injustiça social.

      Entendo que as pessoas tem de passar a entender que o mundo não é preto e branco e sim formado por diversas tonalidades, extraindo daí as coisas positivas e lutando contra as negativas.

      Maniqueísmo é sinal de ausência de capacidade de argumentação e fanatismo (não digo que seja seu caso, mas, se for, abra a mente e evolua, vai lhe fazer um bem danado).

    • Leandro Sakoamoto disse:

      Born in U.S.A, ao contrário do que a maioria que nunca prestou atenção na letra ou não entende inglês, é uma música crítica aos Estados Unidos e sua política belicosa, entre outras coisas.

      • Cassius Clay Regazzoni disse:

        Devo desculpas duplas porque também era um ignorante na letra de “Born In The USA”.

        É um crítica realmente forte e é incrível que tenha feito tanto sucesso.Mostra que nem tudo está perdido na terra do Tio Sam.

        Indesculpável como não me atentei para o fato de que Springsteen sendo filho da classe trabalhadora e engajado, jamais faria uma letrinha ufanista e piegas.

    • Fabiano disse:

      Você sabe o mínimo do mínimo de inglês, Carlos?
      Essa musica é uma critica, não uma exaltação ao EUA.
      Procure a tradução na net antes de falar mais bobagem.

      • Carlos Santista disse:

        já que a postagem envolve Raul Seixas, mandarei um versinho: “Essa metamorfose ambulante
        do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”

  5. Fabiano disse:

    Fui no show memorável em SP. A interação dele com a E Street Band e com o publico é maravilho.
    O Bruce prometeu que volta em breve. Se você puder ir da próxima vez, vá sem pensar duas vez, FG.
    Abraços!

  6. Sanzio disse:

    Não conheço o Bruce, não é da minha época. Bom, talvez até conheça, mas não sei que é (d)ele…
    Outro dia estava assistindo TV e passou uma reportagem dele andando na boa pela praia no Rio, sem frescura, sem viadagem. Virei pra minha mulher e disse “Puta merda, esse cara é foda!”. Agora descubro que o cara me toca Raul? Estou diante de um mito!

  7. samuel.aju disse:

    Bruce, a lenda….. Indiscutivelmente, a pérola do festival.

  8. Celio Ferreira disse:

    Bruce tocou musica do nosso maior rqueiro —-genial !!!!

  9. Hipótese disse:

    A galera nervosa fez aquele pedido básico de qualquer festival de música no Brasil:

    “TOCA RAUL!!!”

    E… ele tocou!?!?

    Como diria Zagallo: “aí sim, fomos surpreendidos, novamente!”

  10. Eu estava no Rock in Rio. Foi impressionante. Tinha muita garotada que tinha ido nesse dia pra ver o cara que tocava antes do Bruce (esqueci o nome). Excelente guitarrista, mas o show dele não funciona pra festival. Isso foi ótimo pois acabou o show dele, as crianças foram embora e quem ficou, ficou a vontade para ver o melhor show em muito tempo de Rock in Rio, digno de figurar no Hall das performances épicas que esse festival já teve.

    Muita gente que tava lá conhecia de Springsteen apenas Born in The USA e mais uma. Quando ele entrou tocando Raul ganhou a multidão em 30 segundos. A puxada dele na música foi única, até hoje ouço a versão dele mentalmente.

    Meu humilde relato sobre o show do Bruce: http://ftvieira.wordpress.com/2013/09/26/bruce-springsteen-no-rock-in-rio/

  11. Al Unser Jr. disse:

    Muito bom mas… aos 4:22 do vídeo… como alguém leva o filho para ver um show com … protetor de ouvidos industrial da 3M?????

    Mas é cada coisa nesse mundo… como diria meu nono “tem que passar a patrola nessa pora toda”!

    • Fabiano disse:

      Então… essa criança é Italiana e os pais viajam o mundo todo vendo shows do Bruce.
      Não sabia que proteger a audição do filho fosse um problema pra alguns.

    • Ed Kaefer disse:

      cara, eu costumo usar aqueles protetores de espuma. Ajuda muito a filtrar os agudos e não deixa o som estourar diretamente no seu tímpano. Muito útil quando o tecnico de som ou o equipamento deixam a desejar….. Fora que voce não sai do show com a sensação de ouvido entupido.

  12. Neto Brucutu disse:

    Flavio, bom dia 1

    Você não foi o ùnico a perder esse Show incrivel. Agora vamos torcer para que ele volte!
    Valeu o video !!

  13. Serginho disse:

    Tava lá, e pude mostrar pra minha filha de 15 anos que o não-sei-quem que tinha feito o show antes do Bruce não sabia nada. Não interagiu com o público, não deu bis, não fez nada fora do script e fez um show altamente burocrático. The Boss mostrou pra ela o que é um show de rock.

  14. Sergio disse:

    3 horas e 18 minutos do melhor show da minha vida. Mas fica tranquilo, Flavio – no final ele prometeu que vai voltar em breve.

  15. carlos lima disse:

    Flavio, até o big boss Mr. Springsteen se rendeu à genialidade do nosso Maluco Beleza.

    Muito legal. Bravo!

  16. Márcio Montechese disse:

    Fantástico! Grande Bruce!

  17. Leandro Ferreira disse:

    Pôxa!
    Show de bola! Obrigado por compartilhar, Flávio!

  18. Rafael disse:

    Muito bom esse show do Bruce Springsteen… Esse do vídeo é o de SP.
    Confesso que não sou tã fã assim dele, gosto de um rock um pouco mais pesado. Mas o show dele foi disparado o melhor do Rock in Rio!

  19. Wagner L. disse:

    “The Boss” faz atualmente o melhor show de rock, disparado. No Rock in Rio, simplesmente transformou todas as outras apresentações do palco Mundo em pó, com uma apresentação memorável. Tudo resultado dessa mistura : repertório e banda incríveis, carisma e energia sem fim.

  20. Thiago Azevedo disse:

    Muito bom, eles foram muito felizes na escolha!
    A palavra sociedade deve ser difícil de pronunciar para aqueles que falam inglês.

  21. Meu filho de 2 anos adorou essa apresentação e agora fica sempre pedindo para eu colocar “Viva” para ele. Consegui gravar um pedaço da performance e colocar no YouYube: http://youtu.be/dZJmIB4lhRs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *