MENU

sexta-feira, 18 de setembro de 2009 - 14:06Stock Car

A CRISE

LONDRINA (and now…) – Pela primeira vez em 30 anos, Amir Nasr não tem como colocar seus carros na pista. Sua equipe está fora da etapa da Estoque no Rio. Contratos não cumpridos de patrocinadoes. E um de seus pilotos, Antonio Pizzonia, tem chances grandes, ou tinha, de ir aos playoffs. A história está no blog do Victor Martins. É a crise batendo na porta da categoria mais rica, sensacional e espetacular do Brasil, talvez do mundo e do universo conhecido pelo telescópio Hubble. A Medley está fora do ano que vem. A Eurofarma, pelo que ouvi falar, também está se mandando.

Mas é a melhor do mundo, como sempre diz a TV oficial.

43 comentários

  1. Rodrigo Cesar disse:

    cacá bueno salario de 1 milhão?
    rsssss

    e porque ele não foi correr na nascar….teve um ano ai que ele disse que ia.

  2. edilson vieira disse:

    Enquanto isso, no universo paralelo da Grobo, a prova é maravilhosa, a transmissão cheia de anunciantes, o campeonato deste ano… um sucesso! Nenhum, nenhum piloto da Stock apareceu diante das câmeras, aproveitando umf lash ao vivo, para pedir socorro para a categoria. Nem o filhinho do papai Bueno…. de que adianta ser campeão de um campeonato decadente?

  3. Sergio disse:

    Sr. Flavio,

    Acompanho esporadicamente automobilismo e sempre tive a impressão que a Stock Car era a principal categoria no Brasil. Impressão deixada pela emissora oficial e pelo fato de ex-pilotos de F1 competirem nela
    Se na sua opinião a Stock Car não é a principal categoria do Brasil, qual o senhor apontaria como sendo a melhor atualmente ou em 2009?

  4. General Degòle disse:

    eu acho é bem feito,não pelo Amir Nasr, mas pela Stock-jaca categoria babaca que tentou de todo jeito proibir os trucks de andarem em Interlagos, quem não tem competência abre concorrência,só isso que digo. Dêem logo um fim nessas bolhas de autorama com motor V8 , pelamor…

    E viva a Truck! Vivo o finado Aurélio! Viva Dona Neusa!

  5. MSM disse:

    Mesmo com a crise, a nociva participação da Poderosa e do amadorismo da Vicar e CBA, é muito triste que o nosso automobilismo caia ano após ano. A Stock não é a maravilha que dizem, mas é ainda uma das poucas que ainda tem grid cheio e um mínimo de divulgação a nével nacional. Infelizmente, quem tinha que tomar as rédeas para o melhoramento da categoria, os pilotos e as equipes, se acomodam com o amadorismo dos dirigentes e com a publicidade parasitória da rede de tv.
    E o pior é que não vejo alternativa a curto prazo, vide a GT3 que até o ano passado vinha progredindo, mas que neste ano despencou absurdamente e virou apenas um desafio Porsche x Ferrari, com no máximo 10 carros, já que até as equipes e os pilotos que começaram o campeonato com o Ford GT e os Dodge Vipers se mandaram sem nenhum compromisso. Enquanto isso, a GT3 Europa ,mesmo com crise coloca 40 carros por etapa e com vários outros modelos que não correm por aqui. Vamos ver se no ano que vem a FIAT e o MAssa dão uma vida no nosso combalido automobilismo nacional. Mesmo com esses problemas, estarei amanhã em Jacarépaguá e no próximo domingo também, pois pior do que está é não ter mais corrida no nosso país.

  6. fabio disse:

    Boa ou Ruim, eu prefiro que continue a existir. Não é mole não, ter uma equipe de ¨”N” integrantes precisando receber seus salários, estrutura de oficina e suas despesas, pilotos dependendo de seus resulltados e tudo isso indo pro Ralo. Tenho certeza que a maioria dos senhores nem sonham e ou nunca sonharam ou pensaram nisso quando estão dessendo a marreta ou até mesmo torcendo para que tudo vá para o Buraco. Ninguém tem culpa se a Globo divulga as suas maravilhas na Telinha agora, o papel dela é divulgar mesmo. Pensem, mas pensem muito mesmo antes de descer o sarrafo na categoria. Defendo aqui qualqquer categoria e seus idealizadores e seus praticantes. Adoro o nosso automobilismo.

  7. Aloisio Andreoli disse:

    Pessoal,
    sou de Brasília e conheço alguns mecas da Amir Nasr Racing.
    Em primeiro lugar, acho importante sim o trabalho do FG, pois a Stock é, ao mesmo tempo, uma bosta e uma coisa muito boa! É preciso separar as coisas e perceber que todos têm a sua parcela de culpa.
    Explico: coisa boa, porque no nosso país – não tem jeito – qualquer iniciativa que movimente este mercado (automobilismo de competição) é bem-vinda e mesmo sendo a Stock o que é, consegue dar emprego a centenas de profissionais que, com a MORTE de todas as outras categorias decentes que havia, conseguem, heroicamente, manter-se no mercado e passando sua experiência e conhecimento adiante. Estes caras demoram anos para chegar em um nível bom de profissionalismo. Eles são o nosso automobilismo. Os donos de equipe são o nosso automobilismo. Os mecânicos são nosso automobilismo.

    Uma bosta: o Col, a Vicar, a Globo e todos estes merdas não são o nosso automobilismo. São empresários que (de forma natural, como deve ser) visam a grana. Mas mesmo eles não sendo o nosso automobilismo, precisamos separar as coisas. É preciso entender que precisamos deles para que o automobilismo seja viável.
    Conclusão: o que falta é união e consequentemente maior força representativa daqueles que realmente são o nosso automobilismo. No dia em que estes caras perceberem que eles é que fazem o show, que eles é que têm o verdadeiro poder de realização dessa porra toda, talvez aprendam a fazer a pressão certa para aqueles que devem viabilizar toda essa coisa com a grana.
    Por enquanto, estão todos olhando para o próprio umbigo. CBA, equipes, Vicar, etc…
    Os pilotos (os alienados): enquanto tudo isso acontece, os nossos pilotos acham que é isso mesmo e é duro ver a imaturidade de um Pizzonia, por exemplo, querendo botar ainda mais pressão numa equipe na situação da dele.
    O Cáca de Bueiro, fala em salário de R$1 milhão, o outro quer 800 mil… nada contra estes salários, mas qual é o custo destes caras em comparação ao custo de uma equipe? Ou seja, é preciso fortalecer as equipes, meus amigos da Rede Globo!!!

    • Pedro disse:

      muito bom comentário Aluizio. de forma clara e simples vc fez um resumo do nosso automobilismo nacional. não entendo como anos atrás éramos tão fortes neste esporte e agora somos só isso. será grana?.
      Espero ler mais comentários seus neste blog.
      Parabéns,
      Pedro Wolthers.

  8. FLÁVIO SILVA disse:

    A crise é mundial e portanto chegaria aqui a qualquer momento.O DTM esta com 19 carros no grid,para uma categoria top de carros de turismo é pouco.Pelo que tenho observado no Speed Channel só as “várias” divisões da Nascar (Nationwide,Nextel,Mexicana…)é que estão sobrevivendo com grids cheios.
    Nos dias atuais mais de 20 carros no grid,em qualquer categoria,é lucro.
    Volto a repetir no que disse anteriormente:Sou fã de automobilismo e qualquer categoria nacional eu gosto, pois é melhor ter alguma coisa que não ter nada.

  9. Eu racho o bico com as respostas do Flávio Gomes… no mais, vergonhosa a situação do automobilismo brasileiro. Que a F-Fiat traga bons ares de volta às nossas pistas!!

  10. Luiz Roberto disse:

    MAS QUE BOSTA HEIM?!!!!!!!!!!!

    Enquanto isso, quase ninguém divulga mas a F-TRUCK vai muito bem, obrigado.

    Corre no Domingo com provas preliminares e outras coisinhas mais. Será um show brasileiro na Argentina.

    Não esquecendo que teremos show em Londrina também.

  11. dcoelho disse:

    Vou repetir o que já disse em outros posts:

    A Top Race V6 argentina gasta 20 MIL REAIS por corrida! A Stock gasta isso só com pneus! E o carro vira só 2 segundos mais lento que o Stock em Interlagos. O grid lá é lotado, com cerca de 40 carros e autódromos cheios…

    Nesse ponto, eles estão muito a frente de nós, brasileiros. Em compensação, eles tem o Maradona…

  12. Marco Aurélio disse:

    CORREÇÃOI

    onde escrevi “ESTOQUE BRASIL” leia-se “ESTOQUE NO RIO”

  13. Marco Aurélio disse:

    Flávio
    pode ser que eu esteja errado, mas onde você escreve “ESTOQUE BRASIL” não seria correto escrever “STOCK BRASIL”?
    ou as duas formas estão corretas.

  14. Levi Davet disse:

    Stock, GT3, tudo acabando por causa da crise…

    Tinha que fazer voltar uma categoria como o Brasileiro de Marcas e Pilotos, mas as montadoras não querem, pois, segundo o presidente da Volkswagen do Brasil, o mercado brasileiro é “irracional” e só se importa com a imagem (leia-se, adesivos e penduricalhos) ao comprar carros… Não é à toa que a VW continua vendendo Golf de dez anos atrás aqui no Brasil.

    É uma pena.

  15. Carlos disse:

    Engraçado, ano passado nesse mesmo “restódromo” acontecia a corrida do milhão!!!! Esse final de semana também vai acontecer a corrida do milhão, o Amir Nasr já ganhou o seu!!! ahahahahaahahahaha

  16. nilton disse:

    “dio nizio” de que ? ou de onde ???

  17. Tiago disse:

    E ontem no Linha de Chegada o pessoal ainda insistia em exaltar ao máximo a Estoque e (pasme!) o incrível circuito de rua de Salvador… ao ouvir essas baboseiras, não consegui deixar a TV nem 2 minutos no Sportv. Chega a dar raiva o pachequismo da Globo, que considera o esporte brasileiro lindo, perfeito e maravilhoso. Por isso assino embaixo de tudo o que você diz sobre a Globo, Galvão e cia. limitada. É muita hipocrisia para uma emissora só…
    P.S.: Teve um monte de gente ai nos comentários que não entendeu a ironia na expressão “melhor categoria do mundo”…. melhor desenhar da próxima vez, Gomes.

  18. Dionisio disse:

    … e vc, dando pulos de alegria com isso, certo?
    Botar carro antigo pra correr é fácil, mas você não teve capacidade de fazer metade do que a stock fez.

  19. Milton disse:

    Bem, pelo menos ainda ha uma esperança chamada TROFEO LINEA…E que não, não tem NADA a ver com carros montados somente com tubos…

  20. Paulo disse:

    Eu particularmente adoro qualquer coisa que ande sobre rodas equipada com um motor à explosão, então não direi que não gosto, mas acho a Stock meio várzea.
    De toda forma, é triste ver uma categoria de automobilismo indo pro limbo dessa forma.
    Fico pensando em quantos possíveis novos Piquets, Fittipaldis e Paces acabarão se tornando dentistas e advogados sem saber que teriam talento para se tornar pilotos de ponta.

  21. Rael disse:

    Hoje mostraram pilotos da Stock na Ana Maria Braga. Será uma resposta vergonhosa ao clamor por mais exposição da categoria?

  22. Daniel disse:

    Sera que o Massa já não sabia do provável problema financeiro da Stock e por isto esta trazendo uma categoria rival a Stock???
    Abs!!!

  23. Paulo César disse:

    ” …da categoria mais rica, sensacional e espetacular do Brasil, talvez do mundo. ”

    Menos, Flávio, menos……….

    A ” crise ” até que demorou para fazer supostos estragos na categoria.

  24. Peter Cardozo Losch disse:

    Flávio, não entendi… Você vive criticando a Stock e agora é a melhor do mundo? A Stock está indo por água abaixo, agora que a Globo alijou as corridas de sua programação. É uma pena.

  25. André disse:

    Vai azedar…
    Quem sabe,assim,a categoria não sai das mãos da Rede Bobo,vulgo a “platinada” e não volta pras mãos da Band q pelo menos trata com mais respeito os eventos esportivos q transmite.
    Sonhar não custa nada…

  26. FLÁVIO SILVA disse:

    Espero que essa crise passe aos poucos na Stock,afinal nem só de Classic vive o nosso automobilismo.Não acha F.G.?
    A “melhor categoria do mundo”,é um comentário meio irônico, ou melhor “despeitado”.
    Todos tem o direito de gostar de “corridas” de monoposto ou Stocks ou até de “carroças russas”.
    Flávio neste blog você deveria ser mais neutro a respeito da Stock…mas não sempre que pode “baixa a ripa”.
    Daqui a pouco vem a legião dos “fanáticos por monobloco de verdade” enchendo o blog contra a nossa maior categoria.
    Quanto mais categorias de automobilismo no Brasil melhor,seja o que for.

  27. FLÁVIO SILVA disse:

    Espero que essa crise passe aos poucos na Stock,afinal nem só de Classic vive o nosso automobilismo.Não acha F.G.?
    A “melhor categoria do mundo”,é um comentário meio irônico, ou melhor “despeitado”.
    Todos tem o direito de gostar de “corridas” de monoposto ou Stocks ou até de “carroças russas”.
    Flávio neste blog você deveria ser mais neutro a respeito da Stock…mas não sempre que pode “baixa a ripa”.
    Daqui a pouco vem a legião dos “fanáticos por monobloco de verdade” enchendo o blog contra a nossa maior categoria.
    Pena…pelo jeito você FG e mais um monte de gente q

  28. Frederico Maia disse:

    na formula 1 são as montadoras que tomam conta sem nenhum compromisso e na stock são os genéricos. A equipe do Amir começou a pipocar quando ele perdeu o patrocínio do BRB (Banco de Brasília)

  29. ALEX B. disse:

    A Estoque, do jeito que andam gastando, não vai longe! Uma equipe gasta de R$ 50.000,00 até 75.000,00, dependendo de quantos carro tem, se chove ou não, por fim de semana!!! Haja patrocinio! Tá caro, e as montadoras caindo fora, sei não…
    Mas e a nova CBA? Faz nadica de nada? O Col parece o tio Bernie, andando de braçoa com alemão ALZH…

  30. Mark Kweirotz disse:

    Pelo jeito a Stock vai ter que cair na realidade dos patrocinios disponíveis no pais: “Oficina do Waltinho”, “Açougue Boi Feliz”, “Farmácia do Luciano”, “Marmitex da Zuleide”, etc…

    Saem os laboratórios e entram os amigos, vizinhos e fornecedores (até do marmitex)…

  31. Luis Henrique disse:

    Pra falta de dinheiro…. NÃO TEM REMÉDIO!!

  32. flavio agusto disse:

    Esse turco é picareta!!!

  33. fusca_69 no twitter disse:

    Claro, a imprensa especializada senta o pau na categoria. Qual empresa vai querer patrocinar? Quem sabe a Renault e o Briatore como diretor da categoria…

  34. disse:

    A culpa é do Galvão e sua “equipe de mkt”. Enquanto isso, quem estiver em Sampa, vale a pena dar um pulo na Granja e ver o Fórmula Future.
    http://www.racingfestival.com.br/view_noticia.asp?id=05

  35. Assis disse:

    tb sou um grande adepto do sarcasmo ……

  36. Will disse:

    Por essas e por outras que é urgente ressuscitar as categorias de base do automobilismo brasileiro. Para nossa sorte, e graças ao Massa, teremos uma categoria de monopostos para os pilotos que saem do kart.

  37. jovino disse:

    Pois é. Para que uma categoria tão cara assim! Um patrocinador forte sai, outro está saindo e quando todos perceberem, estão todos fora e aí a categoria mais esnobe do Brasil vai para as cucuias.
    Tenho pena do Amir que é um batalhador, mas em relação ao Pizzônia, me parece que está voltando para a formula 1.
    O melhor seria voltar com os Opaleras.
    Jovino

  38. Valmir Passos disse:

    Vamos perguntar agora para o Reginaldo Leme, que nunca fez nada de real pelo automobilismo brasileiro, como isso pôde acontecer com a categoria que não era apenas a mais competitiva do mundo, mais até que a DTM, como também tinha os melhores pilotos do mundo (segundo palavras dele mesmo). Será que ele vai falar alguma coisa?

  39. Flávio, será que a desistência da equipe do Amir Nasr tem algo atrelado ao futuro do sobrinho dele, Luis Felipe Nasr, na Formula 1, já que este é o atual campeão da Formula BMW?

    Algo do tipo “economiza aqui pra investir ali”?

    Abraços

  40. Dionisio disse:

    Inflacionaram demais a categoria. E agora estão voltando à realidade. Apesar de que corrida não é coisa pra pobre.
    Duro corre a pé.

  41. FABIANO ROCCO disse:

    Flávio, vc. está sendo injusto com a Estoque

    Ela não é a maior categoria do Mundo, mas conforme
    a Rede Bobo de Televisão, É A MAIOR E MELHOR CATEGORIA DO UNIVERSO CONHECIDO EM TODOS OS TEMPOS!

    Magda Bueno

Deixe uma resposta para FLÁVIO SILVA Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>