MENU

Monday, 14 de October de 2013 - 15:37F-1

O PODEROSO HULK

SÃO PAULO (fervendo) – Todo mundo quer Hülkenberg. E hoje o especulômetro da F-1 está particularmente agitado. Eddie Jordan garantiu que ele já acertou sua volta à Force India. Mas tem um site italiano, que não é exatamente nenhuma bíblia de informação, que diz que Jordan falou outra coisa, que ele assinou com a Lotus e que o anúncio é iminente.

Melhor esperar a definição das coisas, mas o fato é que Nico está bem na fita. Nas últimas quatro corridas, marcou 32 pontos, com um quinto, um nono, um quarto e um sexto lugares. Só cinco pilotos tiveram desempenho melhor que ele nessas quatro provas, a saber: Vettel (100 pontos), Alonso (56), Raikkonen (43), Webber (33) e Grosjean (34). Para quem corre na Sauber, estar em sexto nesse minicampeonato é algo considerável. Seus pontos praticamente garantiram à equipe o sétimo lugar entre os construtores, deixando para trás a Toro Rosso (está 45 x 31 para os suíços, e a filial da Red Bull está em viés de baixa).  Em dinheiro, significa uma bolada extra de 5 milhões de dinheiros europeus — aqui e ali algumas revistas costumam publicar os valores estimados de premiação ao final do campeonato, e o sétimo leva 55 milhões, contra 50 do oitavo; o campeão recebe da FOM 100 milhões de euros, grana que vem da receita de direitos de TV, publicidade, vendas de camarotes e ingressos e sanduíches e refrigerantes. A Force India, que está em sexto, tem apenas 17 pontos a mais que a Sauber. Nas últimas quatro provas, fez apenas um. A Sauber marcou 38, os 32 de Hülkenberg e seis de Gutiérrez. Dá para sonhar com uma arrancada na reta final.

É bom fazer essa conta também quando se contrata um piloto. Não se pode colocar no orçamento apenas aquilo que ele traz de patrocinadores. Muitas vezes o sujeito compensa a falta de amigos no mercado para bancar sua carreira com um desempenho na pista que é revertido em dinheiro imediatamente. Investimento de alta liquidez. É o caso de Raikkonen, que já fez 177 pontos para a Lotus neste ano. A equipe ainda briga pelo terceiro lugar no Mundial, talvez até pelo vice. Essa briga está interessante, diga-se: Ferrari com 297, Mercedes com 287 e Lotus com 264. A grana lá em cima é alta. A Red Bull, com 445, é virtual campeã. De novo.

Ah, mas você falou há um mês que o Massa tinha fechado com a Lotus! Falei nada. Falei que havia uma conversa e um acordo, mas que para carimbar a bagaça Felipe precisava de dinheiro, e estava contando com a colaboração de Nicolas e Jean Todt. As coisas continuam no mesmo pé, embora Hülkenberg, com seus últimos resultados e atuações, tenha ganhado muitos pontos nessa corrida pela vaga.

Ainda teremos algumas mexidas no mercado de pilotos. Pérez não está 100% garantido na McLaren. Maldonado quer levar seu dinheiro da PDVSA para outro canto. A Williams pode acabar ficando com uma vaga aberta, apesar do contrato com a estatal venezuelana ainda estar em vigor. E essa é uma vaga fácil: pagou, levou. Massa na Williams?

Pode ser. Pode ser tudo, a essa altura. Mas que todos querem Hulk, querem.

40 comentários

  1. Acho Hulk bom demais para ir para a Lotus.

    Não creio que ano que vem a Lotus terá o brilho de 2013.

    Primeiro porque não terá Kimi.

    Segundo porque grande parte de sua equipe técnica foi, junto com Kimi, para a Ferrari.

    Terceiro, a Lotus até agora não sabe se fechará o orçamento deste ano e como fará com o do ano que vem, o que pode ter atrapalhado no desenvolvimento do carro de 2014, se é que já pensaram nele.

    Espero que a McLaren consiga fugir desta sombra da necessidade ter um piloto pagante e contrate Hulk para ser o parceiro de Button.

    Massa? Com este panorama que pinto para a Lotus, acho que Massa e Lotus se merecerão.

    Force Índia, apesar de grana curta, é empurrada pelo motor Mercedes, o qual dizem que é o mais forte e de menor consumo de todos. É uma ótima opção.

    Já que é pra chutar, Hamilton campeão de 2014.

    Abs!

  2. Pedro says:

    A preferência da Lotus é por Hülkenberg, de acordo com o Boullier…

    http://www.motorsport.com/f1/news/hulkenberg-our-choice-for-lotus-in-2014-boullier/

  3. luiz carlos barbosa says:

    Piloto e chefe de familia não da certo, fosse diretor de equipe só contrataria piloto solteiro e sem filhos…parece que para cada filho o piloto perde 1 segundo em media de sua velocidade final.

  4. Alexey Karpov says:

    Já Johnny Herbert foi mais longe em afirmar que Hulk pode até ir para Ferrari no lugar de (segurem-se) Alonso, que por sua vez estaria indo para (pasmem) McLarem no lugar de Sancho Perez e Massa fica mesmo com a Lotus. Rumores. Sim, claro. Neste momento existem muitas hipóteses sobre o destino dos pilotos até mesmo para desviar a atenção da mídia. Mas o certo é que Nico, andando com a fraca Sauber na fente de Felipe (com uma ferrari) chama muita atenção. Seria legal vê-lo em Maranello.

  5. Tiago Oliveira says:

    Parece que o Eddie Jordan quando se desfez da equipe mais legal de todos os tempos continuou com a chave dos arquivos e senha de administrador, normalmente quando ele fala é quente, quando se trata do ex-quintal dele entao, eu daria por fechado.

  6. jorge says:

    Acho que a Lotus acaba fechando com o Massa msm, e o Hulk vai ou pra McLaren ou pra Force India , e caso o Maldonado saia da Williams, a Petrobras não poderia entrar na jogada? Sabemos do interesse da estatal em retornar e como já houve uma parceria com a Williams, acho q o velho Frank não iria achar ruim trocar a Pdvsa pela Petrobras…e nesse caso o escolhido seria o Massa ou o Nasr ou o patrocinado pela empresa Bruno Senna? alguma possibilidade de um desses 3 estar na Williams ano q vem ou estou viajando? e o MITO KOBAYASHI, sem chance de voltar a F1?

    • Paulo Pinto says:

      O “mito” Kobayashi, pelo visto, vai precisar fazer outra “vaquinha” entre os torcedores, para angariar mais verba que dê para “comprar” uma vaga.

      A F-1 atual está “se lixando” para mitos ou pseudo-mitos. Os candidatos, ou trazem muito talento ou muito dinheiro. Ou os dois.

      E o japonês, convenhamos, não tem muito dos dois.

      • luiz carlos barbosa says:

        Infelizmente o “mito” Kobayashi vai perder sua chance de voltar a formula 1 pois essa contratação pela Ferrari vai inibir que Honda o queira como piloto em sua volta a categoria.

  7. Excelente o texto Flávio, meu xará, entretanto o Vettel não tem 100 pontos, e sim 125.

    Cinco vitórias: Bélgica, Itália, Cingapura, Coréia do Sul e Japão!

    Abraço!

  8. Seinfeld says:

    Quer dizer os últimos “verdadeiros” campeões foram contemporâneos do Irvine. Ah tá.

    Eddie Irvine…outra viúva.

  9. Ron says:

    O Hülkenberg está merecendo uma vaga excelente (Lotus ou McLaren) e é, sem sombra de dúvidas, o ator principal pós-Raikkonen das mudanças de assento neste fim de ano.
    O Massa é que a gente não sabe qual a vaga correspondente a ele (Force India ou Sauber já seriam grande vantagem, a Williams parece algo mais condizente com a realidade). E ainda inventa esse discurso de revolta depois de “assinarem a azulzinha” e da rodada na outra prova.
    Quanto aos construtores, o Raikkonen pode estar num dilema: marcar pontos para a Lotus (a equipe vai ganhar e poder lhe pagar) ou, de repente, até dar uma ajudinha para que a Ferrari termine em segundo lugar (para dar uma força no caixa, já que ele irá para lá ano que vem). E a recíproca pode valer para o Massa se a vaga na Lotus ainda estiver de pé.
    Ainda me causa estranheza essa indefinição na McLaren em relação ao Pérez. Ou já assinaram com alguém (Hulk? Massa?) e estão mantendo segredo ou tem surpresa grande pela frente.

  10. A F1 de hoje tem 4 pilotos acima da média: Vettel, Hamilton, Alonso e Raikkonen. Tudo que esses 4 decidirem, o resto é consequência.

    Cabe às equipes, que não têm esses 4 no time, realizarem investimento (arriscar!) em algum piloto novato que possa vingar.

    A promessa do ano passado era o Perez, que foi muito bem na Sauber. A McLaren arriscou com o chicano, mas o carro desse ano é um lixo, então não deu para avaliar o investimento. Mas arriscou, e acho que a equipe poderia dar mais um ano para o moleque.

    A bola da vez agora é o Hulk.

    Porém, o que me intriga é por que alguns 2a. pilotos, como Rosberg, não tentam a vaga aonde o Grosjean não tem pinta de campeão, muito menos para liderar uma equipe. Se eu fosse o Rosberg, tentaria a vaga na Lotus-Renault, ainda mais com a eminente saída do R. Brawn da Mercedes.

  11. Paulo Pinto says:

    Boullier: Hulkenberg é a nossa primeira escolha (STATSF1).

  12. Eddie says:

    Cara, na fase que o Hulk tá, o Massa tem que estacionar 3 caminhão de dinheiro na frente da Lotus pra ter chance de ganhar essa vaga do Hulk !!!

  13. Matteoni says:

    De todo modo, o que tem menos chance no ano que vem de ser campeão é o Slowson.

  14. Rafa says:

    Poxa vida Hulk…Force India?!

    Esperava mais de vc…

  15. Ivandro Correa says:

    Sinceramente tô me lixando pro massacrado. Ter esse sujeito na F1 só pra dizer que tem brasileiro lá não vale a pena.
    Eu gosto do esporte, gosto de ver excelentes pilotos nas pistas, independente se são brasileiros ou não.
    Claro que seria legal ter um brasileiro na F1, mas só se for pra andar lá na frente. Se for pra fazer figuração esquece….

  16. Nelson Barreiros Neto says:

    Segundo acabei de ler em um portal, Eric Boulier já cravou que a escolha é Hulkenberg.

    Teria dito:

    “Desde que ele começou a conversar com a nossa equipe, ele tem feito um bom trabalho. Nós adoraríamos ter Hulkenberg como piloto. Ele é nossa escolha”, disse Eric Boulier em entrevista à revista Sporting Life.

  17. Marcelo says:

    “Muitas vezes o sujeito compensa com um desempenho na pista que é revertido em dinheiro imediatamente”

    Então o Felipe tá fodido mesmo, vai ter que colocar a pastinha debaixo do braço e ir a luta atrás de mais patrocinadores. Banca do bolso caraio, aposta em si mesmo, coloca 30 milhões apostando em seu talento. Avisa a esposa, o Galvão, os críticos! E avisa principalmente a satânica equipe Ferrari, porra:

    “Todos vão ter que me engolir na equipe Lotus, não percam por esperar”

    Não tem solução, se Massa for depende de resultado na pista, lascou!

  18. Richard Hermann says:

    O Massa o ano que vem vai correr de Stock Car, e ser comentaristas em algumas corridas da Globo…

  19. Tiago says:

    Há um tempo atras (acho que em 2010) a Ferrari tentou fazer um lobby para a FIA e a FOM liberar um 3º carro para as equipes. Acho que isso seria interessante, se as 8 melhores (RBR, Lotus, Ferrari, Mercedes, McLaren, Sauber, Force India e Williams – essa por ser clássica) tivessem 3 carros, seria um campeonato mais interessante. Assim, Caterham e Marussia poderiam se fundir com outras equipes e levar algum $ para ajudar a bancar os custos e o staff dessas minúsculas teria alguma chance de conseguir algum resultado. Toro Rosso não teria mais razão de existir, pois poderiam usar o 3º carro da RBR para colocar um piloto jovem, mesmo caso vale para todas as equipes. Assim, ficaria “mais fácil” de somar pontos para o mundial de construtores e talvez a grana que gastassem para construir o 3º carro seria compensada pela racha dos pilas no final da temporada, afinal, seriam apenas 8 rachando o mesmo montante que hoje 11 dividem. Sei lá, eu acho que seria interessante, sem Caterham, Marussia e Toro Rosso, que só completam grid, e ainda assim com 24 carros. E talvez assim o Massa tivesse lugar em uma equipe forte (apesar de achar que ele não faria nada nessa equipe).

  20. Filipe says:

    Haha, Massa vai parar na Williams. Muito pouco para quem disse que só ficava na F1 se fosse pra andar na frente.

  21. Fabio Amparo says:

    A Lotus, na situação financeira em que se encontra, vai dar preferência para quem levar a carteira mais cheia, e nisso Felipe leva vantagem (por enquanto). Os caras tem contas para pagar e não podem esperar o final do campeonato do ano que vem para ter o $ da FOM nas mãos. Acho que o brasileiro leva essa.

    Para Hülkenberg vai sobrar a Force India ou a própria Sauber mesmo… vai saber.

    Abraços

  22. renann says:

    Vai que o Hulk fecha com a Mclaren?! ele mais pontos do que patrocínio.. talvez nesse fator, leve alguma vantagem ele ir p/ a Mclaren… e se fosse pra dar um chute bem por fora, dá hulk na mclaren, perez na lotus (precisam de grana e ele tem o tio slim) e o massa… seilá… ele quer um carro competitivo mas não consegue ser competitivo…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *