MENU

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 - 20:42F-1

É MANOR, MANO

SÃO PAULO (insistência doida) – A Marussia não existe mais, a equipe que está inscrita no Mundial 2015 é a Manor, que conduzia as operações do time russo, e todos ainda esperam disputar o campeonato deste ano. Com o carro de 2014. Mas, por enquanto, a aprovação ainda não foi dada. Fato é que, no Twitter, a Marussia virou Manor F1 Team, e tem até campanha no ar: “Get ready!” é o mote.

Acho que, diante da iminência de um grid com 16 carros (Force India, Caterham e Marussia são dúvidas fortíssimas), vão acabar liberando os calhambeques marússicos. Com qualquer nome.

16 comentários

  1. Gigi Siciliano disse:

    Eu só perguntaria aos que sabem muito : Que irá fazer um carro ruim em 2014 no campeonato de 2015 , por mais algum piloto engodado em estado vegetativo ?
    Se a discussão fosse pela falta de equipes com capacidade para boas corridas , más estas faltantes só servem para enganar aqueles públicos de países onde os que assistem Gp podem também comprar relógios Rolex e esquiar na neve em pleno deserto ou comer gafanhoto frito com palitinhos.

  2. eduardo disse:

    No passado recente equipes colocavam se carro novo na terceira ou quarta corrida e não tinha problema.A verdadeira solução seria acatar a sugestão do Berne e ter uma F1b como a MotoGP fez para escapar de grids de 14 motos,acredito que com carros mais baratos chefes de equipe do ramo montariam equipes para realizar o sonho da F1 e não teriam que vender a equipe para um aventureiro depois de poco tempo por não conseguir cobrir estes custos abisurdos que só fazem sentido para as 4 ou 5 equipes mais ricas

  3. Jonny'O disse:

    Claro, é recente até, em 2005 a Red Bull iniciou na F1 com o Jaguar 2004(pintado) , mas é claro ,estamos falando da Red Bull , claro que uma Red Bull poderia pintar um carro usado e correr.

    Mas isso não foi o bastante!!!…..em 2006 a Toro Rosso (uma Red Bull junior ) iniciou suas atividades na F1 com esse mesmo Jaguar , agora pintado de Toro Rosso , coitadinho do chassi ia pro seu 3ª ano sem descanso (3ª mão) , Mas o maior absurdo foi que , este Jaguar de 2004 já tava fora do regulamento …usava motor V10!!!!!! na F1 V8 da época,conseguiu uma autorização especial…….

    Pobre Marussia …….. mas , se procurassem algum energético por ai…mesmo que genérico???

  4. Cleverson disse:

    Grid esquálido? Espero que isso não venha a acontecer…

  5. Sanzio disse:

    Flavio, a Force Índia postou mais cedo que tava indo pros testes de Barcelona.
    https://mobile.twitter.com/ForceIndiaF1/status/566187496422506496

  6. Magnum disse:

    Cara, matemática simples: o cara põe essa espelunca pra funcionar com 15, 20, vá lá 25 milhões, por umas 3 ou 4 corridas, ganha os 50 milhões da FIA, mais ou menos, decreta falência, e sai vazado. Mais ou menos por aí, porque lucro, só com patrocinadores e contratos de marketing… tem naum! Ou pode fazer vaquinha eletrônica de novo, ganhar mais auxílio do tio Bernie e ir enrolando até o final… é uma também, porque botar a vida de piloto pagante em risco dá uma grana danada e não precisa ter medo da FIA!

  7. celso disse:

    E ano que vem somem a Lotus e a Sauber!
    No modelo de negócios do Gagá Bernie, sobreviverão Ferrari e Mercedes.
    Se a Red Bull ficar muito tempo sem vencer (o que não combina com o seu slogan e seu modo de vida) também vai embora do mesmo modo que chegou, sem alardes. Se vencer, fica mais algum tempo nesse negócio cada dia mais decadente.

    Mas fazer o quê, se o próprio Gagá já disse que faz negócio pra gente velha que consegue comprar um rolex. O futuro? ahh dane-se o futuro, pois ele sabe que estará morto antes que a F1 sucumba por falta de interesses

  8. Chupez Alonso disse:

    Vai disputar o campeonato mano a mano.

  9. George disse:

    Não entendo o motivo de não se permitir chassis 2014. Há alguma proibição no regulamento?
    Se há é um absurdo, impor a todos terem que mudar alguma coisa, já que o regulamento técnico não mudou, apenas permitiu evoluções.
    Mas se o carro for bom, por exemplo, é obrigado a mudar?
    Se não tiver grana para novos desenvolvimento, é obrigado a mudar qualquer coisinha só pra dizer que o chassis é 2015?
    Realmente não entendo (ou desconheço) esse regulamento.

  10. Cláudio F1 disse:

    Essa insistência “doida” tem nome: grana pelo nono lugar de 2014!

  11. Paulo F. disse:

    Tem que deixar correr mesmo os carros de 14.
    O m23 da McLaren foi usado por anos!

  12. ALEX B. disse:

    The show must go on….

  13. Já que estamos tratando de f1 não entendo porque esse tal grupo de estratégia da fia que tá + pra estratégia nenhuma decidiu vetar a ideia do tio Bernie de combinar equipes com motores v8 aspirados de fazerem parte do mundial de f1 se bem me lembro na era turbo existia sim um campeonato a parte para os aspirados acho que em 1986 chamou – se taça Colin Chapman seria uma alternativa para equipes que não queiram se aventurar nessa nova tecnologia toda que é muito mais cara lembro de alguns casos de equipes aspiradas lógico que em pistas travadas chegavam até na frente dos turbos por terem que diminuir o ritmo para não ficarem a pé nos finais das provas só não concordo com as equipes usarem o chassi red bull 2013 acho que elas propiás devem construir os chassis assim como nada de usarem motores mecachrome do pilantra do Briatore mais sim buscarem montadoras como Ford, GM, Ferrari e etc em meio a detonação e a crise que a f1 se encontra acho que seria sim viável para o bem do espetáculo e abriria novas vagas para jovens promessas que já buscam outras alternativas por não terem vagas na f1 oque os amigos acham da ideia?

  14. Allez Alonso! disse:

    Meu comment sumiu. O blog as vezes fica igual ao motor Honda, rs! Mas acho que ninguém está preocupado com o grid curto e sim com a grana da FOM. Deveria se chamar Team ForzaJules!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>