ANTES, A INDY | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

domingo, 1 de fevereiro de 2015 - 18:31Indy, IRL, ChampCar...

ANTES, A INDY

SÃO PAULO (só piora)Revela Victor Martins que a Indy mandou representantes a Goiânia para dar uma olhada na pista e tentar salvar a etapa brasileira da categoria, marcada para 8 de março. A corrida deveria acontecer em Brasília. Mas por recomendação do Ministério Público da União, o governo do DF suspendeu as obras no autódromo e avisou que não vai pagar a conta da prova, que pertence à TV Bandeirantes. Isso porque todos os papeis assinados entre a emissora e o ex-governador, Agnelo Queiroz (PT), eram de uma fragilidade jurídica de dar pena.

Carlo Gancia, que é um dos representantes da IndyCar no Brasil, disse ao Grande Prêmio que o MP não tem poder de cancelar a prova. Não o fez. Apenas determinou que as empresas do governo do DF, Terracap e Novacap, não enterrem dinheiro no autódromo com base em contratos fajutos. Se a Band, que é dona do evento, quiser fazer a corrida em Brasília, pode assumir as reformas, por exemplo. Pedindo autorização ao governo, claro, que é dono do autódromo.

Isso, no entanto, não vai acontecer. E meu maior medo, agora, não tem nada a ver com a realização ou não da corrida — é um problema da emissora e da IndyCar, são brancos e que se entendam, como dizia minha avó. Medo, mesmo, é do destino do autódromo Nelson Piquet. Quebraram tudo. Quem vai arrumar?

9 comentários

  1. Gustavo Gomes disse:

    Então, quem quiser usar que arrume!

  2. Lucas disse:

    Acho que só arrumaria se alguma categoria como a Formula Truck remontasse o autódromo, se depender do MP, Band ou até a CBA acho difícil, infelizmente parece que estamos perdendo mais um autódromo no Brasil.

  3. Saima disse:

    O Jornal da Band acabou de exibir uma matéria longa sobre isso. Dizendo que tudo foi legal e transparente, mostrando os melhores momentos de provas antigas (achei estranho dizer que Piquet fez sucesso na Indy – ele bateu nos treinos em 92 e o motor quebrou em 93, mas enfim…), argumentando que a prova seria boa e esperada com ansiedade e jogando toda a culpa no MP.

  4. Paulo Moaraes Junior disse:

    O Anderson Clayton Pinteiro e a CBA vão arrumar!!!

  5. Brabham-5 disse:

    O meu medo é que não se conserte a merda que fizeram, e se arrumarem os estragos do autódromo, “aproveitem” e mudem o circuito de nome para homenagear o outro tricampeão.
    Sabemos bem o tipo de políticos que temos…

  6. Adriano Reis disse:

    É improvável que a prova vá para Goiânia, pois – segundo parece – a área dos pits (ou boxes, nunca sei bem que termo usar) é curta e estreita para a Indy. Outro aspecto que pesa é o fato de os guardrails terem apenas duas lâminas, e não três, sendo mais baixos. Por pouco a reforma que foi feita na pista e dos pits (ou boxes…) poderia tornar o autódromo apto para receber a categoria com tranquilidade. Vamos aguardar…

  7. Bruno Terena disse:

    Calma!

    A CBA está esperando.

  8. Cláudio F1 disse:

    Quem vai arrumar? Ora bolas, ninguém! O mais provável é que ocorra o mesmo que aconteceu com o autódromo de Jacarepaguá, ou seja, será implodido e o terreno loteado para as construtoras. É a força da grana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>